Municípios das regiões de Concórdia e Joaçaba conhecem o Projeto Terra Legal. Nesta sexta-feira, 22, os agricultores e lideranças de Jaborá, Catanduvas, Vargem Bonita e Irani saberão mais informações sobre o projeto de regularização de imóveis rurais, proposto pela Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca. A proposta é fazer uma varredura e atender todos os agricultores familiares desses municípios. A reunião será às 9h30 na Câmara de Vereadores de Irani.

O Projeto Terra Legal pretende legalizar os imóveis do meio rural, promover a regularização fundiária das terras devolutas, posses e partilhas e a atualização do Cadastro Ambiental Rural de todos os imóveis rurais localizados nesses quatro municípios.

O Governo do Estado pretende legalizar e regularizar os imóveis rurais, com a inscrição no Sistema de Gestão Fundiáriano (SIGEF/Incra), atualizando o cadastro de terras na Subsecretaria de Reordenamento Agrário (MDA/SRA) e o Cadastro Ambiental Rural. O secretário de Estado da Agricultura, Moacir Sopelsa, destaca que a legalização das propriedades rurais traz mais segurança jurídica para os agricultores e é indispensável para acessar as políticas públicas federais e estaduais.

Por outro lado, o Governo do Estado terá um cadastro atualizado que poderá nortear as decisões sobre o desenvolvimento de políticas públicas e o planejamento estratégico sustentável desses municípios. Os produtores e técnicos poderão ainda pensar em um plano produtivo para o imóvel rural.

Informações adicionais:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48)-3664-4417/ (48) 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br
www.facebook.com/AgriculturaePescaSC/

Joaçaba - Equipe técnica da Secretaria da Infraestrutura vistoria obras na Regiona
Foto Mayelle Hall / ADR Joaçaba

A equipe técnica da Secretaria de Estado da Infraestrutura vistoriou a obra do contorno viário de Capinzal e Ouro nesta segunda-feira, 18. A visita do secretário adjunto Paulo França e do diretor José Abel da Silva foi acompanhada pelo secretário executivo Rafael Laske e pela gerente de Infraestrutura da Agência de Desenvolvimento Regional de Joaçaba, Bárbara Dresch.

Em 11 quilômetros de extensão, o contorno vai ligar a SC-150, próximo ao Santuário do Caravágio, em Ouro, até o entroncamento com a rótula do Bairro São Cristóvão, em Capinzal, passando pela Linha Galdina (Campos Novos) e pelas linhas Residência e São Roque (Capinzal).

Com investimento de R$ 35 milhões do Governo do Estado, os serviços iniciaram em 2016 pela empresa Consórcio Vias do Vale e estão 54,6% executados. Eles contemplam terraplenagem, drenagem, pavimentação asfáltica, obras complementares e sinalização da rodovia, além da construção de duas pontes, sobre o Rio do Peixe e o Rio Leãozinho.

Conforme o secretário adjunto Paulo França, a terraplenagem deve ser concluída neste ano. Já a pavimentação é prevista para o fim do primeiro semestre de 2018. “Trabalhamos com esse cronograma, com o objetivo de entregar a obra o mais rápido possível”, ressalta.

SC-467

A equipe da SIE também esteve na SC-467 e percorreu os 33,6 quilômetros de Ouro a Jaborá. Com investimento de R$ 41,3 milhões do Governo do Estado, a Construtora Triunfo, de São Paulo, deve iniciar em breve a execução dos serviços remanescentes da obra de pavimentação, que iniciou em 2013 e foi paralisada em 2016.

“A empresa já está contratando a equipe e só depende da licença de instalação para iniciar o trabalho”, informa França. Segundo ele, a Secretaria da Infraestrutura vai solicitar que a empresa promova melhorias nos trechos mais críticos da rodovia, para que o tráfego possa fluir normalmente durante a obra, que tem prazo de 540 dias.

A pavimentação da SC-467 é uma reivindicação de mais de 30 anos e vai beneficiar centenas de famílias, propriedades e empresas. As regiões contempladas são essencialmente agrícolas, com destaque para os grãos, suínos, frangos e leite. O asfalto vai facilitar o escoamento da produção e favorecer o abastecimento da agroindústria, além de reduzir os custos operacionais dos veículos de carga, aumentar a segurança e encurtar distâncias.

Informações adicionais para a imprensa
Mayelle Hall
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Joaçaba
E-mail: imprensa@jca.sdr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3527-9339 / 98837-9450 / 99924-2717
sc.gov.br/regionais/joacaba


Foto Mayelle Hall / ADR Joaçaba

Representantes do poder público estadual e municipal e entidades da sociedade civil dos municípios que integram as Agências de Desenvolvimento Regional de Joaçaba, Campos Novos, Seara, Videira, Caçador, Concórdia e Curitibanos participaram, nesta quinta-feira, 31 de agosto, do workshop para elaboração do Plano de Desenvolvimento Santa Catarina 2030. O evento foi realizado na Unoesc, em Joaçaba.

A construção do Plano é uma ação do Governo do Estado, coordenada pela Secretaria do Planejamento (SPG), com apoio da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A proposta é construir uma visão de futuro para Santa Catarina, definir indicadores, metas e objetivos setoriais, traçar linhas de ação estratégicas para as regiões e identificar os desequilíbrios socioeconômicos.

Foi o quinto de oito workshops que serão realizados no Estado. Na oportunidade foi apresentada a metodologia do Plano de Desenvolvimento, tendências e cenários, além de dados sintetizados nos workshops setoriais previamente realizados. Os participantes, divididos em grupos por dimensão e áreas temáticas, discutiram os obstáculos que dificultam o desenvolvimento macrorregional e propuseram ações estratégicas, que foram apresentadas em plenária. O Plano de Desenvolvimento de Santa Catarina 2030 aborda quatro dimensões: Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Social, Infraestrutura e Meio Ambiente e Gestão Pública, que se dividem ainda em 12 áreas de discussão.

O diretor de Desenvolvimento Regional e das Cidades da SPG, Norton Boppré, destacou que o workshop é construído de forma participativa como instrumento auxiliar para a ação governamental em Santa Catarina. E busca responder as seguintes questões: onde estamos, aonde queremos chegar, como vamos chegar lá e com quais instrumentos de governança.

Mais informações para a imprensa
Maykon Adriano Flor
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado do Planejamento - SPG
Fone: (48) 3665-3319 / 99186-9740
E-mail: maykon@spg.sc.gov.br
www.spg.sc.gov.br




Foto: Divulgação / SSP

A Olimpíada Catarinense de Bombeiros foi realizada no último final de semana em Joaçaba. O evento reúne Bombeiros Militares, Comunitários e Civis Profissionais para competirem em provas que simulam as atividades profissionais dos bombeiros. Nessa 17ª edição, a soldado Bombeira Militar, Gislaine Domingos de Aguiar, que atua na Gerência de Projetos da Diretoria de Planejamento da Secretaria de Estado da Segurança Pública subiu ao pódio se consagrando a bombeira mais rápida do Estado.

A primeira colocação da prova de Corrida Rústica, de 3 quilômetros, veio depois de muita dedicação e foco, com treinamentos diários e uma alimentação que inspira todos os colegas de trabalho a seguir a rotina saudável.

Segundo a Gislaine, a parte mais difícil da prova foi quando iniciaram os aclives, presentes em grande parte do percurso. "Mas mantive o controle emocional e a técnica necessária”.

A servidora representou o município de Florianópolis e ajudou na conquista do título de 1º Colocado Geral das Olimpíadas para a equipe com 69 pontos. Em segundo lugar ficou o município de Lages, com 50 pontos. Seguido pelo município de Rio Negrinho, com 40 pontos no total.

Informações adicionais para a imprensa
João Carlos Mendonça Santos
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Segurança Pública - SSP
E-mail: imprensa@ssp.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-8183 / 98843-7615
Site: www.ssp.sc.gov.br