O delegado regional de Jaraguá do Sul, Adriano Spolaor, apresentará durante reunião do Colegiado Regional de Governo (CGO), nesta quinta-feira, 29, às 16h, na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Jaraguá do Sul, as atividades desenvolvidas pela Polícia Civil e números da região.

Jaraguá do Sul aparece na primeira colocação como a cidade catarinense, com população superior a 100 mil habitantes, com a menor taxa de homicídios por cada grupo de 100 mil habitantes. No ranking nacional, Jaraguá do Sul lidera com taxas de 3,7 homicídios e mortes violentas com causa indeterminada para cada 100 mil habitantes. Brusque vem logo em seguida com 4,1 mortes. Blumenau, com 9,7; Tubarão, com 11,4, e Florianópolis, com 13,4 mortes por cada grupo de 100 mil habitantes completam a lista dos municípios catarinenses com as menores taxas de assassinatos.

O Colegiado reúne mensalmente representantes de órgãos estaduais para a discussão do andamento das ações do Governo do Estado na região. Os encontros começaram em outubro do ano passado e a cada reunião um representante apresenta dados e ações. Esta dinâmica foi proposta na segunda reunião do CGO para que os próprios representantes conheçam todos os trabalhos que são desenvolvidos pelos órgãos do Governo do Estado na região para que, posteriormente, possam planejar ações concomitantemente que beneficiem o maior número de pessoas.

Informações adicionais para a imprensa

Ana Cenatti
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul
E-mail:anacenatti@jgs.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3276-9241 / (47) 9-8861-2652
Site:www.adrs.sc.gov.br/adrjaraguadosul

Jaraguá do Sul - Reunião da Comissão Intergestores Regional
Foto: Divulgação / ADR Jaraguá do Sul

Em reunião da Comissão Intergestores Regional (CIR), nesta quarta-feira, 28, na Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali), em Jaraguá do Sul, foi aprovada a implementação do Núcleo de Apoio Técnico (NAT) Regional. De acordo com a secretária de Saúde de Joinville e coordenadora do CIR, Francieli Cristini Schultz, será um banco de dados que estará disponível para consultas por meio do Sistema do Telessaúde, que oferece apoio assistencial e atividades de educação permanente aos profissionais de saúde. “A medida visa a contenção dos gastos com a judiciação da saúde”, afirma Francieli. O Telessaúde Santa Catarina é um dos Núcleos que compõem o Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes, e atua em todo o território nacional, com parcerias estabelecidas desde sua origem.

Durante a reunião, os municípios presentes se manifestaram à favor do novo sistema, que não terá custos. “Tampouco a responsabilidade pelas respostas às demandas administrativas ou judiciais relativas à saúde”, completa a coordenadora. Na próxima reunião da CIR, ainda sem data marcada, será feito um planejamento para a implantação da ferramenta. Participam das reuniões da CIR, secretários municipais, médicos, farmacêuticos, assessorias jurídicas municipais e representantes das Gerências de Saúde de Jaraguá do Sul e Joinville.

Sistema Telessaúde

Em 2007, quando o Ministério da Saúde criou o Programa Telessaúde Brasil, Santa Catarina já possuía experiência em Telemedicina e uma considerável cobertura de rede, sendo um dos nove estados selecionados para estabelecer um dos Núcleos Estaduais de Telessaúde e ofertar os serviços de teleconsultoria, tele-educação e segunda opinião formativa. A estrutura tecnológica do sistema de Telemedicina foi desenvolvida pelo INCoD, do Departamento de Informática e Estatística do Centro Tecnológico da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Em 2010 foi formado o Sistema Catarinense de Telemedicina e Telessaúde (STT). Passou-se a ofertar, numa mesma plataforma, laudos a distância de diversas modalidades, acesso dos pacientes aos exames, webconferências, minicursos e teleconsultorias.

Atualmente, o Telessaúde Santa Catarina, em parceria com a SES-SC e algumas secretarias municipais, tem cobertura para 100% dos municípios do estado, com oferta de todos os serviços previstos no Programa Nacional, consolidando-se como uma importante ferramenta de apoio assistencial e educação permanente dos profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS).

Informações adicionais para a imprensa

Ana Cenatti
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul
E-mail:anacenatti@jgs.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3276-9241 / (47) 9-8861-2652
Site:www.adrs.sc.gov.br/adrjaraguadosul

Jaraguá do Sul - Governo do Estado repassa R$ 20 mil para Schroeder
Foto: ADR Jaraguá do Sul / Prefeito de Schroeder, Osvaldo Jurck (E) e secretário ADR, Leonel Pradi Floriani

O Governo do Estado irá repassar, por meio de convênio, R$ 20 mil para Schroeder para a realização da Schroederfest e Exposchroeder 2017. A assinatura do convênio aconteceu na tarde desta terça-feira, 27, no gabinete do secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Jaraguá do Sul, Leonel Floriani.

O prefeito Osvaldo Jurck e o secretário executivo assinaram o documento e ressaltaram a importância do evento para o município. O Governo do Estado deve repassar os recursos em setembro. O município dará contrapartida de R$ 8 mil.

A Schroederfest acontece a cada dois anos e neste ano está marcada para acontecer entre os dias 5 e 8 de outubro. A Exposchroeder acontece paralelamente, sendo organizada pela Associação Empresarial de Schroeder, apoiada pela Prefeitura.

A Schroederfest terá competições germânicas como o concurso de tomadores de chopp em tulipa, mais o serrador, lenhador e corrida de tamanco.

Informações adicionais para a imprensa

Ana Cenatti
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul
E-mail:anacenatti@jgs.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3276-9241 / (47) 9-8861-2652
Site:www.adrs.sc.gov.br/adrjaraguadosul


Foto: Ana Cenatti/ ADR Jaraguá do Sul

A rodovia SC-110, que liga os municípios de Jaraguá do Sul e Pomerode, está com as obras de revitalização em ritmo acelerado, o que causa congestionamento em alguns trechos. Na manhã desta terça-feira, 27, técnicos do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) e da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Jaraguá do Sul acompanharam o andamento dos serviços e ainda planejaram os trabalhos de sinalização.