Jaraguá do Sul - Grupo Folclórico da escola Prof.João Romário Moreira completa 28 anos
Fotos: Ana Cenatti / ADR Jaraguá do Sul

No dia 25 de maio de 1989 surgia o grupo folclórico da escola estadual Prof. João Romário Moreira, do bairro Rio Cerro II, em Jaraguá do Sul, que passou a se chamar Grünes Tal e até hoje preserva e resgata as tradições germânicas por meio da dança. Já são 28 anos de história.

O grupo teve início apenas com a categoria juvenil, hoje conta com cinco categorias (mirim, infantil, infanto-juvenil, juvenil e adulto), são mais de 90 integrantes. “A faixa etária dos integrantes vai de quatro a mais de quarenta anos, é uma história que passa de pai pra filhos e envolve toda a comunidade”, falou a fundadora do grupo, Magali Gruetzmacher Ittner, que conta com seus dois filhos, em diferentes categorias, também seguindo a tradição. “É o que eu mais gosto de fazer, representa nossa cultura”, afirmou a aluna Caroline Gruetzmacher Souza, de 13 anos, filha da fundadora.

Magali está há 29 anos dando aulas na escola João Romário Moreira. Iniciou seu trabalho com aulas de artes. Um ano depois formou o primeiro grupo folclórico. Hoje ela dá aulas de alemão na unidade, a única escola das 29 unidades da regional de Jaraguá do Sul que tem esta disciplina na grade curricular, e continua à frente do Grünes Tal. “É uma atividade sadia, envolve toda família, as apresentações dos finais de semana promovem a interação com outros grupos, então são muitas coisas boas”, destacou Magali.

Jaraguá do Sul - Grupo Folclórico da escola Prof.João Romário Moreira completa 28 anos

A noite desta quinta-feira, 25, foi de festa na escola. Além de comemorar os 28 anos, foi feita a inauguração do traje da categoria juvenil. O valor investido para confecção foi de R$ 19,9 mil, proveniente do Fundo de Cultura municipal. “Tivemos o projeto selecionado e foi uma alegria para todos nós, pois o grupo é mantido pela escola e por meio de eventos que nós mesmos promovemos”, explicou Magali.

A diretora Liane Lia Reinke parabenizou todos os envolvidos no projeto, pois hoje o grupo conta com quatro coordenadoras. “O grupo nos dá muitas alegrias e os parabéns hoje vão para as coordenadoras que dão sequência aos trabalhos e aos pais e alunos, pois depende de todos vocês”, concluiu.

Informações adicionais para a imprensaAna Cenatti
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul
E-mail:anacenatti@jgs.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3276-9241 / (47) 9-8861-2652
Site:www.adrs.sc.gov.br/adrjaraguadosul


Fotos: Jaqueline Noceti / Secom

O governador Raimundo Colombo e o secretário da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, entregaram nesta quinta-feira, 25, a ordem de serviço para a construção do elevado da BR-280. A obra será em Guaramirim, no entroncamento com a SC-108, acesso a Massaranduba e Blumenau. O investimento é de R$ 41,2 milhões do Governo do Estado pelo Pacto por Santa Catarina. Os secretários da Saúde, Vicente Caropreso, do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Carlos Chiodini, e da ADR Jaraguá do Sul, Leonel Floriani, dentre outras autoridades, acompanharam o ato. 


Fotos: Jaqueline Noceti/Secom

O governador Raimundo Colombo visitou nesta quinta-feira, 25, as obras do Centro de Inovação e da rodovia SC-110 (Malwee/pé da serra de Pomerode), em Jaraguá do Sul. Os investimentos do Governo do Estado são de R$ 5,5 milhões e R$ 13 milhões, respectivamente. Também participaram da visita os secretários da Saúde, Vicente Caropreso, do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Carlos Chiodini, e da ADR Jaraguá do Sul, Leonel Floriani.

>>> Confira a galeria de fotos do Centro de Inovação

Colombo destacou que são duas obras significativas e de grande importância. A construção do Centro de Inovação, conforme o governador, mostra a preocupação do Estado em gerar oportunidades aos catarinenses. “É um projeto para Santa Catarina no futuro, é transformador, é uma nova economia, e permite a integração entre o sistema universitário, iniciativa privada e setor público. Juntos, somando forças, faremos uma grande transformação. São 13 centros iguais a este. Este centro de Jaraguá deve ser entregue no início do ano que vem para uso. Temos também, aqui na frente, a construção do Centro UP. Então, a gente cria um centro tecnológico de alto potencial de desenvolvimento e que é a cara de Santa Catarina”, disse Colombo.

Sobre as obras na SC-110, Colombo disse que ela garantirá mais segurança aos que trafegam pela rodovia. “Estamos na fase final desta obra que é muito importante. A melhor coisa para nós, do Governo, é quando vemos que a obra andou e que a comunidade vai poder usufruir de uma estrada mais segura, sinalizada e com calçadas. Essa região tem um potencial econômico importante, por isso também é fundamental investir em infraestrutura”, explicou o governador.

 

>>> Galeria de fotos da SC-110

“Essa rodovia está em ritmo acelerado. Houve alguns contratempos, não por parte do Governo do Estado, mas com a empresa vencedora da licitação. Acreditamos que em meados de setembro conseguiremos entregar essa obra para comunidade”, ressaltou o secretário de Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro. O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, informou que a conclusão da obra, que até então não contava com acostamentos, é muito aguardada pela comunidade. 

Centro de Inovação

Os Centros de Inovação vão beneficiar Santa Catarina com a criação de negócios de alto valor agregado, fomentando o empreendedorismo, dinamizando a economia e fortalecendo a atração de investimentos. A primeira unidade finalizada foi o Centro de Inovação Luiz Henrique da Silveira, em Lages, inaugurado em junho do ano passado pelo governador Raimundo Colombo.

Em Jaraguá do Sul, o investimento total é de R$ 6,3 milhões, dos quais R$ 5,9 milhões são do Governo do Estado e R$ 424,5 mil via convênios. A obra está com mais de 60% executada e fica na Rua Cesare Valentini, em terreno cedido pela prefeitura no Bairro Três Rios do Sul.

No total, serão 13 Centros de Inovação em todo o Estado. Além de Jaraguá do Sul, estão em construção as unidades de São Bento do Sul, Tubarão, Chapecó, Joaçaba, Itajaí e Blumenau; em Brusque a obra foi licitada e a ordem de serviço será assinada nos próximos dias. Receberão também o projeto Rio do Sul, Florianópolis, Joinville e Criciúma.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Carlos Chiodini, salientou que o Centro de Inovação, juntamente ao Centro UP, incentivará a cultura da inovação e o fortalecimento da economia preparada para os novos tempos. “Ainda vai deixar a nossa indústria mais competitiva, com a precisão dos serviços e do comércio. Há um engajamento de toda comunidade em torno dessas obras. Esta é a nova economia”, disse.

Rodovia SC-110

Na SC-110, estão sendo executados os trabalhos rodoviários de terraplenagem, pavimentação asfáltica com alargamento da pista, drenagem, sinalização, obras complementares, de contenção, serviços diversos, iluminação e meio ambiente. As obras na rodovia totalizam uma extensão 12,1 quilômetros, com investimentos de R$ 13 milhões.

O secretário executivo da ADR Jaraguá do Sul, Leonel Floriani, informou que as obras vão melhorar o fluxo e o escoamento da produção das indústrias que utilizam a via, além de trazer mais segurança aos motoristas, pedestres e moradores. A rodovia dá acesso a Pomerode, Blumenau, Timbó, Indaial, Rio do Sul e outros municípios da região.

>>> Governador apresenta a 2ª edição do Fundam em Jaraguá do Sul e destaca a importância do programa para a retomada da economia

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e  @GovSC

Fotos: Jaqueline Noceti/Secom
 
Como uma medida essencial para dinamizar a economia catarinense a partir do próximo semestre, o governador Raimundo Colombo apresentou na manhã desta quinta-feira, 25, a segunda edição do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam) aos prefeitos e lideranças da Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali), em Jaraguá do Sul. O investimento previsto neste ano é de R$ 700 milhões em todos os municípios.
 
 
O governador acredita que a vida nas cidades melhora quando se faz investimento por meio de quem está mais próximo. No caso do Fundam, o destino dos recursos é uma decisão de cada município. Conforme Colombo, a verba é repassada para as prefeituras, que definem as obras prioritárias. “Assim conseguimos manter o que é essencial para a qualidade de vida catarinense: a nossa boa distribuição demográfica. Santa Catarina tem uma vocação empreendedora, nosso povo é trabalhador e se tiver oportunidade produz, gera riqueza e melhora a vida de todos. Por isso, o apoio e os investimentos são essenciais para que as pessoas crescam nas cidades onde estão”, disse o governador. 
 
Na primeira edição do Fundo de Apoio aos Municípios, foram investidos R$ 606 milhões nos municípios catarinenses com gerenciamento e controle pela equipe do BRDE. Os municípios aplicaram os recursos em diferentes áreas, especialmente em saúde, educação, saneamento básico e infraestrutura. 
As prefeituras não precisam dar contrapartida. Foram mais de 1,3 mil ruas pavimentadas, o que representa um total de 538 quilômetros lineares, 56 obras realizadas e quase mil novos equipamentos e máquinas compradas em todas as cidades do Estado. Nos municípios de Corupá, Barra Velha, Guaramirim, Jaraguá do Sul, Massaranduba, São João do Itaperiú e Schroeder foram disponibilizados R$ 16,7 milhões.
 
Já está na Assembleia Legislativa o projeto do executivo pedindo a aprovação para que o Estado realize os financiamentos dos recursos necessários para a segunda edição e deve ir a votação na próxima semana. A proposta do Fundam 2 já tem o aval do Governo Federal e da diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
 
Depois do lançamento, as equipes das prefeituras farão um trabalho em conjunto com as ADRs na elaboração dos projetos, dentro das características previstas para depois apresentar aos gestores do programa. No encontro com o governador, os prefeitos da região agradeceram pelos investimentos realizados na primeira edição do Fundam, deram sugestões sobre o programa e falaram das prioridades dos seus municípios.
 
 
O prefeito de Guaramirim e presidente da Amvali, Luiz Chiodini, ressaltou a parceria do Governo do Estado e municípios. “Esses recursos melhoram a qualidade de vida nas cidades. É um apoio muito importante para podermos fazer e agilizar ações”, ressaltou. Durante o encontro, o governador destacou ainda os esforços do Governo para honrar os compromissos no ano passado. Colombo lembrou que o Estado não aumentou impostos e que, apesar do cenário de crise nacional, Santa Catarina tem conseguido manter o equilíbrio das contas públicas e um bom ritmo de investimentos e geração de emprego, a exemplo do saldo de mais de 1,8 mil vagas registradas em abril, segundo dados do Caged. 
 
Este é o terceiro encontro de 21 que serão realizados em todas as regiões do Estado. O primeiro foi em Mafra, no Planalto Norte, e o segundo em Tubarão, no Sul catarinense. O próximo será em Chapecó, nesta sexta-feira, 26.
 
Também estiveram presentes no evento em Jaraguá do Sul os secretários da Saúde, Vicente Caropreso, da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Carlos Chiodini, e os executivos regionais das ADRs de Jaraguá do Sul, Leonel Floriani, de Joinville, Simone Schramm, além de deputados e outras autoridades.
 

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e  @GovSC