O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Comunicação, emitiu – em 25 de maio de 2018 – a Instrução Normativa nº 001/2018. A Instrução dispõe sobre a suspensão da publicidade dos órgãos e das entidades da administração pública estadual direta e indireta no período eleitoral de 2018, e pode ser lida na íntegra neste link.

Em atendimento à legislação eleitoral, a Secretaria de Estado da Comunicação informa que as áreas de notícias das páginas de internet de todos os órgãos estaduais, incluindo postagens em redes sociais e sites de programas específicos, devem ser interrompidas.

A suspensão também se aplica a perfis de programas, projetos e ações desenvolvidas pelos órgãos estaduais. O mesmo vale para os perfis de departamentos, diretorias, setores, coordenadorias regionais e a toda e qualquer subdivisão vinculada a órgãos estaduais.

Os websites das instituições públicas ligadas ao Executivo deverão destacar, em sua página inicial, a seguinte mensagem informando a suspensão de atualizações: "Em atendimento à legislação eleitoral, a partir do dia 7 de julho e até o final do período eleitoral, estão suspensas as atualizações deste site. Para mais informações, consulte o site www.sc.gov.br".

A divulgação das informações de interesse público e dos serviços de todos os órgãos estaduais caberá apenas ao portal do Governo do Estado, acessado no endereço www.sc.gov.br. Este será o único site de governo que permanecerá com atualizações em sua área de notícias. As notícias serão publicadas após análise da Diretoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Comunicação. Em casos específicos, caberá à Secretaria de Estado da Comunicação consultar a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para garantir a legalidade da publicação.


Fotos: Jeferson Baldo / Secom

Como forma de consolidar a política pública contínua de incentivo a um dos setores econômicos que mais crescem em Santa Catarina, o governador Eduardo Pinho Moreira inaugurou nesta sexta-feira, 15, o Centro de Inovação Jaraguá do Sul. É o segundo de 13 centros que serão implantados no Estado com foco na geração de desenvolvimento a partir das ideias inovadoras. “Em Santa Catarina, o setor da Tecnologia e Inovação já representa 5% do PIB, e é fundamental que o serviço e a governança públicos estejam conectados com os avanços do setor para garantir eficiência e mais qualidade de vida ao cidadão catarinense”, frisou Eduardo Pinho Moreira.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Adenilso Biasus, reforçou que SC tem o dever de compartilhar e fomentar a produção e o acesso ao conhecimento. “Os centros de inovação são os ambientes ideais para isso, já que unem o Estado, as universidades e o setor produtivo. Tudo o que for desenvolvido aqui será revertido em receita com valor agregado, geração de emprego, renda e na entrega de serviços públicos de melhor qualidade”, discursou.

INVESTIMENTOS DE R$ 7 MILHÕES

O segundo Centro de Inovação do Estado, na cidade de Jaraguá do Sul, conta com investimento de R$ 7,426 milhões, dos quais R$ 7 milhões são do Governo do Estado e R$ 426 mil do município.



>>> Mais imagens na galeria

Os Centros de Inovação abrigarão aceleradoras de empresas, incubadoras, laboratórios de pesquisa, de capacitação e de consultoria para novos negócios. Cada unidade prioriza a vocação econômica da região em que está inserida, sendo que a de Jaraguá do Sul será direcionada para o setor de energia.

“Os 13 Centros de Inovação consolidarão a cultura inovadora e do empreendedorismo nas regiões. Contarão com incubadora, aceleradora, coworking, laboratórios de ponta, orientação/mentoria para empreendedores, Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), eventos com escopo em inovação, centro de treinamento e diversos espaços de convivência”, ressalta o diretor de Desenvolvimento de Ciências Tecnologia e Inovação, Jean Vogel.

2,7 MIL METROS QUADRADOS

Segundo o prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, o município irá fortalecer o seu DNA de inovação. “Temos uma força industrial, gente qualificada, empresas de renome mundial, por isso acredito que o Centro de Inovação é um ambiente que vai fomentar ideias novas, fortalecer o setor de tecnologia, de inteligência. É uma aposta para o futuro, que já esta dando certo”, enfatizou.

Em Jaraguá do Sul, o prédio tem uma área de aproximadamente 2.700 metros quadrados, composto por térreo, mezanino, primeiro pavimento e ático. Com espaço para showroom, auditório, salas de reuniões e treinamentos. Ainda salas para as empresas, coworking, coffee break e áreas para descanso interno e externo.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

O governador Eduardo Pinho Moreira entrega nesta sexta-feira (15), o segundo Centro de Inovação do Estado, na cidade de Jaraguá do Sul. Com um investimento de aproximadamente R$ 7,5 milhões, a estrutura será entregue à sociedade em solenidade com a presença também do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Adenilso Biasus e demais autoridades.

O prédio tem uma área de aproximadamente 2.700 metros quadrados, composto por térreo, mezanino, primeiro pavimento e ático. Com espaço para showroom, auditório, salas de reuniões e treinamentos, conta ainda com  salas para as empresas, coworking, coffee break e áreas descanso interno e externo.

Serviço
O quê: Inauguração do Centro de Inovação de Jaraguá do Sul
Local: Rua Cesare Valentini, 200 - bairro Três Rios do Sul, Jaraguá do Sul
Horário: 15h30min

Mais informações para a imprensa:

Mônica Foltran
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável
E-mail: monica@sds.sc.gov.br
Telefone: (48) 36652262 / 996961366
Site: www.sds.sc.gov.br


Fotos: Jeferson Baldo/Secom

Na 16ª Festa Catarinense do Arroz (Fecarroz), em Massaranduba, na manhã desta terça-feira, 1º de maio, o governador Eduardo Pinho Moreira assinou um convênio da primeira edição do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam). Os recursos de R$ 381 mil do Governo do Estado e a contrapartida de R$ 256 mil da prefeitura serão aplicados na pavimentação asfáltica, drenagem pluvial e sinalização da Rua Alberto Holtz. O governador também visitou o parque de exposições do evento e participou do desfile agrícola na Rua 11 de Novembro.

“A festa mostra a mobilização dos produtores e da comunidade. É muito bem organizada e mostra a integração, a capacidade de produção e a força do município. Santa Catarina tem no agronegócio uma atividade econômica importante, então nós temos que estimular. O Governo do Estado é parceiro. Também assinamos convênio para pavimentação de ruas, com isso, a cidade se desenvolve ainda mais. É um orgulho estar em Massaranduba”, disse Eduardo Pinho Moreira, que também parabenizou todos os catarinenses pelo Dia do Trabalho. 

>>> Galeria de fotos

O prefeito de Massaranduba, Armindo Sesar Tassi, agradeceu ao governador pela presença na Fecarroz e pelos recursos do Fundam. “A obra de pavimentação permitirá a melhoria da infraestrutura em um dos principais acessos de entrada do município. E vai trazer mais segurança a todos os que trafegam pela via”, informou. 

O governador desfilou ao lado de mil pessoas na Rua 11 de Novembro. Cerca de cinco mil espectadores acompanharam o evento, que também contou com carroças, cavalos e máquinas. 

Capital catarinense do arroz

A Fecarroz marca o fim da safra de arroz no município que produz aproximadamente 54 mil toneladas ao ano. Massaranduba, que é considerada a Capital Catarinense do Arroz, está localizada na microrregião do Vale do Itapocu, entre as cidades de Blumenau, Guaramirim e Jaraguá do Sul. 

A festa, que começou no dia 26 de abril e segue até o final da tarde desta terça-feira, contou com 150 expositores, atrações culturais, musicais e exposição agrícola. Na gastronomia, o que não poderia faltar é o arroz, por isso os visitantes puderam conferir cerca de 40 pratos elaborados com o produto. 

"A Fecarroz traz em evidência o arroz, um produto importante da economia catarinense. Esta região de Massaranduba é referência em tecnologia, produtividade e qualidade do arroz. Quando a cidade e o campo se juntam para uma grande celebração se promove o consumo e a cultura do produto”, disse o secretário da Agricultura, Airton Spies.

Produção em SC

Santa Catarina é o segundo maior produtor de arroz do país. Produzido em 83 municípios do Estado, o produto se concentra no Sul catarinense, com 61,9%, seguido pela região do Médio/Baixo Vale do Itajaí e Norte, com 25,2%, Alto Vale do Itajaí, com 9,04% e Litoral Centro com 3,9%. Atualmente, mais de 30 mil pessoas dependem economicamente desta atividade no Estado, conforme dados da Secretaria de Estado da Agricultura.

Estimativa da safra

Neste ano, Santa Catarina tem 147.809 hectares de área plantada de arroz, com uma produção estimada de 1,16 milhão de toneladas. A produtividade prevista é de 7,8 toneladas/hectare. 

Dados da Secretaria de Estado da Agricultura apontam que o mês de março fechou com cerca de 85% da área plantada com arroz irrigado no Estado colhidos. Até a segunda semana de abril, esse percentual aumentou para aproximadamente 88%. A expectativa dos produtores é de que esta seja uma boa safra, embora um pouco menor em relação ao ano anterior. 

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC