A Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Jaraguá do Sul realiza nesta quinta-feira, 27, às 16h, na ADR, mais uma reunião do Colegiado Regional de Governo (CGO). O Colegiado reúne representantes de órgãos estaduais para a discussão do andamento das ações do Governo do Estado na região.

Os encontros tiveram início em outubro do ano passado e a cada reunião um representante apresenta dados e ações. Na reunião desta quinta-feira o representante da Cidasc apresentará os trabalhos desenvolvidos pelo órgão. Esta dinâmica de apresentação foi proposta na segunda reunião do CGO para que os próprios representantes conheçam todos os trabalhos que são desenvolvidos pelos órgãos do Governo do Estado na região para que, posteriormente, possam planejar ações concomitantemente que beneficiem o maior número de pessoas.

 

Informações adicionais para a imprensa:

Ana Cenatti
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul
E-mail:anacenatti@jgs.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3276-9241 / (47) 9-8861-2652
Site:www.adrs.sc.gov.br/adrjaraguadosul

A Defesa Civil do Estado emitiu aviso meteorológico para as regiões do Planalto Norte, Litoral Norte, Grande Florianópolis, Planalto Sul e Litoral Sul de novas ocorrências de vento moderado com rajadas fortes por alguns momentos até o início da noite desta quarta-feira, 26. Caso as previsões se confirmem há riscos de alagamentos e vendavais. São rajadas de vento de quadrante Sudoeste de 60 a 80 km/h. A Regional de Jaraguá do Sul está localizada no Litoral Norte.

Na madrugada desta quarta-feira, 26, o mau tempo causou estragos em Santa Catarina. Chuva e fortes rajadas de vento, que ultrapassaram os 100 km/h, deixaram danos em pelo menos 20 municípios. 

Na Regional de Jaraguá do Sul quase todos os municípios registraram estragos. Veja na lista abaixo as ocorrências:

Corupá - A Defesa Civil do município e os bombeiros voluntários trabalharam logo no início da manhã na retirada de cinco árvores que caíram na pista da BR-280 no trecho que vai de Corupá para a Serra do Mar. A Secretaria de Infraestrutura trabalhou nos bairros e localidades de Osvaldo Amaral, Rio Natal e Bomplandt para a retirada de árvores que caíram nas estradas atrapalhando o trânsito. A queda de energia na cidade ocorreu das 5h10 às 6h20 da manhã, já restabelecida. Até o início da tarde, os sinais de telefone celular da maioria das operadoras estava inoperante.

Guaramirim - Queda de árvore em cima de uma residência, no bairro Caixa d’Água, sem vítimas. Três bairros ficaram sem energia elétrica, já restabelecida.

Na escola estadual São Pedro, no Bairro Guamiranga, o ginásio de esportes teve estragos na cobertura e alguns aparelhos eletrônicos queimaram.

Jaraguá do Sul - Rodovia SC-110 , no trecho da Serra de Pomerode foram registradas quatro quedas de árvores que chegaram a obstruir a via, mas já foram retiradas. Outras três árvores também foram derrubadas pelo vento no terreno onde está localizado o Centro Municipal de Educação Infantil, Guilherme Tribes, no bairro São Luis. Não houve danos ao imóvel, mas houve necessidade da intervenção dos bombeiros para retirar as árvores e desobstruir o acesso à escola. Também houve registro de mais duas ocorrências nos bairros Chico de Paulo e Garibaldi, além da queda de um galho, já removido, na Marechal Deodoro, no Centro. De acordo com o serviço 199 da Defesa Civil, ocorreu ainda o comunicado de um destelhamento em residência no bairro de Nereu Ramos.

Schroeder - Destelhamento e quedas de árvores. Defesa Civil municipal ainda trabalha no registro das ocorrências.

Acompanhe diariamente os boletins meteorológicos diários e de curtíssimo prazo (1 a 3 h de antecedência) nas redes sociais e páginas oficiais da SDC e EPAGRI/CIRAM.

http://www.defesacivil.sc.gov.br/

http://ciram.epagri.sc.gov.br/

 

Informações adicionais para a imprensa:

Ana Cenatti
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul
E-mail:anacenatti@jgs.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3276-9241 / (47) 9-8861-2652
Site:www.adrs.sc.gov.br/adrjaraguadosul


Foto: Defesa Civil Itajaí

O mau tempo da madrugada desta quarta-feira, 26, causou a morte de três pessoas em Itajaí e estragos em pelo menos 20 municípios de Santa Catarina. Além de chuva, foram registrados ventos, que ultrapassaram os 100 km/h. Um adolescente, 15 anos, e duas meninas (4 e 10 anos), três irmãos, morreram depois de levar um choque elétrico após um poste cair. As mãe das crianças está hospitalizada. Outras ocorrências de destelhamento em residências, queda de árvores e rede de energia elétrica (postes) foram registradas.

As inscrições para o Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura estarão abertas a partir desta quinta-feira, 27 de abril. O processo, que terá vigência de 60 dias – encerrando em 26 de junho -, traz uma novidade para essa edição: ele será digital, com inscrições por meio do site www.fcc.sc.gov.br/editalelisabeteanderle.

Com investimento total de R$ 5,6 milhões, o edital selecionará até 176 projetos em 11 premiações. Os recursos são do Governo do Estado de Santa Catarina, com promoção da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e do Conselho Estadual de Cultura (CEC). O lançamento oficial da nova edição do edital ocorrerá no dia 27, às 14h30, em cerimônia aberta ao público na sala de cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis.

Embora tenha sido lançado e executado pela primeira vez em 2009, o Edital Elisabete Anderle foi instituído pela Lei 15.503 de 2011, se consolidando como o maior programa de estímulo e investimentos a projetos culturais de Santa Catarina. Proponentes de todo o Estado poderão submeter seus projetos para as 11 premiações: Culturas Populares; Arte e Cultura Negra e Indígena; Artes Visuais; Dança; Literatura; Música; Patrimônio Material e Imaterial; Museus; Teatro e Circo, Apoio a Eventos Artísticos e Culturais; Bolsa de Trabalho, Intercâmbio e Residências.

“O edital é resultado dos compromissos empenhados pelo Governo do Estado para atender um anseio manifestado pela área cultural de Santa Catarina. É um edital democrático que irá fomentar a maior parte da cadeia produtiva da cultura no estado”, comenta o secretário estadual de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, que na cerimônia de lançamento assinará oficialmente o edital.

Para o presidente da FCC, Rodolfo Joaquim Pinto da Luz, a entrada do Elisabete Anderle no universo digital é um avanço no histórico do edital. O novo modelo de inscrição, ressalta, vem atender a uma demanda histórica já manifestada reiteradamente pela classe artística e pelo Conselho Estadual de Cultura. “De imediato, garantimos um processo limpo, sem custos de papel, despesas com correios e tempo para que os proponentes possam fazer sua inscrição com calma e mais eficácia. É um passo na qualificação desse instrumento, democratizando-o, tornando-o mais inclusivo e podendo assim atingir o nosso objetivo maior que é ampliar a participação para todo o território catarinense”, explica Rodolfo Pinto da Luz.

A expectativa é que, com o novo sistema, o número de projetos inscritos supere a marcar de 2 mil – ultrapassando o recorde da última edição, realizada em 2015, que foi de 1.569 inscrições.

Sobre o site

O site www.fcc.sc.gov.br/editalelisabeteanderle  entrará no ar na quinta-feira, 27. Logo após a cerimônia de lançamento, às 14h30min, a Comissão de Organização e Acompanhamento (COA) do Edital fará uma apresentação da plataforma, com orientações para a sua operação, que será transmitida ao vivo pela página da Fundação Catarinense de Cultura no Facebook (www.facebook.com/FundacaoCatarinensedeCultura).

No curso do prazo de inscrições, outras transmissões do gênero serão agendadas, bem como a realização de caravanas que percorrerão o Estado para apresentar o novo processo. Todas as informações, incluindo o cronograma público de atividades, estarão disponíveis no site oficial do edital. As inscrições terão prazo de 60 dias com previsão de anúncio do resultado final (projetos premiados) para 1º de agosto e consequente pagamento na primeira quinzena de setembro deste ano.

Com o novo site, o processo de envio dos projetos será totalmente digital, eliminando a necessidade de impressão em papel e custos para o envio pelos Correios. Além da inscrição, ao acessarem a plataforma os proponentes contarão com tutoriais (em vídeo e em texto) e todas as informações necessárias para inscrever os projetos. Cada usuário cadastrará um e-mail e senha, garantindo sua segurança e privacidade.

Após criar a conta no sistema, o proponente pode se inscrever em todas as premiações como pessoa física ou jurídica, sendo limitado o envio a um projeto por categoria. A plataforma conta com um recurso para “salvar” os projetos, possibilitando que ele fique seguro e seja enviado à Comissão de Organização e Acompanhamento (COA) somente após sua finalização. O proponente pode editar seus projetos quantas vezes quiser antes de enviá-los.

Após o envio, será possível acompanhar a evolução da inscrição pelo painel de controle do sistema até a aprovação, ou não, da proposta. Somente o proponente poderá ver e acompanhar seus projetos por meio do cadastro de segurança.

O sistema de inscrições do Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura também conta com uma área de curadoria dos projetos, tornando o processo de avaliação mais rápido e ágil.

 

Informações adicionais para imprensa
Marcos Espíndola
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefone: (48) 3664-2572
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br
Site: www.fcc.sc.gov.br 

Twitter: www.twitter.com/fccoficial  

Facebook: www.facebook.com/FundacaoCatarinensedeCultura