Ibirama receberá Estação Cultural em março
Espetáculo Poses para (não) esquecer - Foto: Divulgação/Estação Cultural

Ibirama é uma das 44 cidades catarinenses que receberão em março o projeto Estação Cultural, uma iniciativa itinerante promovida pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) em parceria com as prefeituras para levar apresentações artísticas e oficinas gratuitas a toda a população.

O primeiro espetáculo: Poses para (não) esquecer - de Heloísa Marina, está marcado para o dia 3 de março no Teatro Hansahoehe às 19h30. Na peça, a atriz confronta as lembranças das histórias de guerra contadas pela avó imigrante polonesa com suas diversas versões, fundindo os fatos e fábulas de sua família com questões íntimas e coletivas. 

Nos dias 9 e 10 será realizada, também no Teatro Hansahoehe, a oficina Produção Cultural Auto Suficiente- de Roberto Rezende. A atividade acontece às 10h e às 16h.

Ibirama receberá Estação Cultural em março
Espetáculo Estardalhaço -  Foto: Divulgação/Estação Cultural

Já no 18 é a vez do Espetáculo Estardalhaço - da Traço Cia de Teatro que será apresentado às 17h  na Praça da Bandeira. Na peça, dois palhaços estendem sua lona e se preparam para estrelar o maior espetáculo da Terra. No repertório, a verdadeira história de amor de Leonardo DiCaprio e de sua Julieta, suas vidas e mortes, amores e guerras. O clássico é reinventado com truques, brincadeiras, números cômicos e jogos de improviso. O espetáculo que deveria abrilhantar seus artistas acaba colocando-os a beira de um abismo. O resultado final exige desembaraço, mas os palhaços aprontam um verdadeiro estardalhaço!

Mais informações sobre a programação podem ser obtidas no departamento de Cultura de Ibirama pelo fone: (47) 3357-4442.

O projeto

 O Estação Cultural deu início às suas atividades com apresentações culturais no mês de dezembro de 2017 em cinco cidades: Garopaba, Ituporanga, Quilombo, São Lourenço do Oeste e Lages. Na etapa atual, que segue até abril, os municípios recebem, também, oficinas com foco em diversos segmentos artísticos como música, literatura, dança, patrimônio, entre outros. Para participar das oficinas, os interessados devem entrar em contato diretamente com o departamento de Cultura de cada município para mais informações.

 A iniciativa da FCC é embrião de uma política pública que visa à democratização do acesso às atividades culturais, com atrações de abrangência estadual. O objetivo da FCC é contribuir para atrair diversos tipos de públicos, valorizando ações que fomentem a reflexão e a discussão dos temas abordados e possibilitando a troca de linguagens artísticas e culturais entre as regiões catarinenses. O Estação é um projeto de circulação, integração e de estímulo à produção cultural catarinense. São mais de 150 projetos selecionados, mobilizando todas as regiões catarinenses, levando as mais variadas formas de expressão artísticas e também de conhecimento, por meio de oficinas.

“Em fevereiro tivemos grande participação dos catarinenses. O que o projeto busca é a valorização do nosso artista, da sua produção e também a formação de público no Estado” explica o presidente da FCC, Rodolfo Joaquim Pinto da Luz.

Helena Marquardt
Assessoria de comunicação 
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.adr.sc.gov.br
Site: sc.gov.br/regionais/ibirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama

Gerente da ADR de Ibirama participa da abertura do Dia de Campo da Cravil
Fotos: Helena Marquardt/ADR Ibirama

A gerente de Políticas Socioeconômicas Rurais e Urbanas da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Ibirama, Edna Beltrame Gesser, prestigiou na tarde desta quarta-feira,  21, a abertura do Dia de Campo da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil) que segue até a sexta-feira, 23, para oportunizar que técnicos, agricultores e estudantes conheçam e visualizem, em único local, novidades em tecnologias, produtos e serviços agropecuários.

O evento começou no Parque Universitário Unidavi, em Rio do Sul, com plaestras e depois seguiu com a visita ao Polo Tecnológico da Cooperativa em Lontras. No local, todos visitaram mais de 50 estações com áreas destinadas a culturas de grãos, entre elas o feijão, a soja, o arroz e o milho – grão e silagem. Já no setor de hortifrútis estão tomate, couve-flor, repolho, alface crespa e lisa, abóbora moranga e cabotiá, feijão de vagem e pimentão. A novidade desta edição é uma área destinada à cultura de banana.

No setor da pecuária, os visitantes conheceram novas tecnologias, entre produtos e serviços, além de uma coleção com mais de 20 variedades de pastagem perene preparadas pela equipe da cooperativa. Mais de 400 animais das raças Jersey e Holandesa também estavam disponíveis para negociação.

A Epagri – Ciram também esteve presente demonstrando suas tecnologias para informação sobre previsão do tempo.

Gerente da ADR de Ibirama participa da abertura do Dia de Campo da Cravil

De acordo com Edna, o evento é importante pra que os agricultores tenham acesso a novas tecnologias que possibilitam o aumento da produtividade do campo, o que reflete no aumento da renda das famílias e garante a permanência no campo. “Hoje o agronegócio é uma parte importante da economia que temos que valorizar cada vez mais e o Dia de Campo faz exatamente isso”, comentou.

Helena Marquardt
Assessoria de comunicação 
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.adr.sc.gov.br
Site: sc.gov.br/regionais/ibirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama

  

Presidente Getúlio - Vigilância Sanitária dá palestra em escola
Foto: Helena Marquardt/ADR Ibirama

A Vigilância Sanitária da Regional de Ibirama, em parceria com agentes de endemias do município de Presidente Getúlio, realizou nesta terça-feira,  20, na EEB Orlando Bertolli uma palestra sobre as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti como dengue, zika, chikungunya e febre amarela. O objetivo é orientar os estudantes do 7º ao 9º ano para que eles ajudem no combate do mosquito.

De acordo com a responsável pela Vigilância, Rosdalva Iumara Schroder, a palestra foi ministrada pelo bioquímico José Carlos da Costa que é servidor do Ministério da Saúde, mas atua na Gerência de Saúde da Regional. “É sempre bom reforçar porque temos casos de dengue na região, inclusive dois focos em Presidente Getúlio então esse é um momento que respondemos dúvidas dos alunos e damos orientações importantes” explicou.

Ela afirma que a intenção é percorrer todas as escolas dos nove municípios da Regional levando as palestras porque as crianças são fundamentais para o combate das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. “Contamos muito com a ajuda deles porque não adianta apenas nós palestramos, as atitudes estão com eles que podem inclusive repassar essas informações para os pais e parentes.”

A estudante Emily Pereira, do 9º ano, acredita que os jovens podem contribuir bastante. “Esse é um assunto muito sério, pois antes só havia essas doenças em outras partes do Brasil e agora vemos muito por aqui e se os alunos contribuírem podemos acabar com os focos do mosquito”, falou.

A Denise Luana Suave, também do 9º ano, afirma que achou a palestra importante pois sempre é bom saber mais sobres as doenças e ficar mais alerta. “Assim podemos compartilhar com outras pessoas o que nós aprendemos já que muitas pessoas ainda não sabem”, comentou.

Relatório aponta 3008 focos registrados em 2018 em SC

De acordo com dados do último boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive), só em 2018 o estado já registrou 3008 focos do mosquito Aedes, um deles inclusive em municípios da Regional de Ibirama. A maioria dos focos estava em armadilhas montadas pelos agentes de endemias, em depósitos móveis e em recipientes plástios ccomo latas, entre outros.

Mais informações para a imprensa:

Helena Marquardt
Assessoria de comunicação 
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.adr.sc.gov.br
Site: sc.gov.br/regionais/ibirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama

Começam as aulas do Ensino Médio Integral em Tempo Integral na EEB Orlando Bertolli
Fotos: Helena Marquardt/ADR Ibirama

Começaram nesta segunda-feira, 19, na EEB Orlando Bertolli, em Presidente Getúlio, as aulas do Ensino Médio Integral em Tempo Integral (Emiti). A escola é uma das 17 em Santa Catarina que iniciam o programa em 2018. Ao todo 57 estudantes se matricularam na nova modalidade de ensino ofertada na região e foram recebidos com um evento de boas vindas e atividades focadas na integração.

Milena Ferreira de Souza de 15 anos conta que gostou do primeiro dia e revelou o que espera das aulas daqui para frente. “Estou achando bem legal, principalmente a interação com a outra turma porque antes a gente era bastante limitado e espero que possamos aprender a ter mais essa convivência porque no futuro vai ser bom pra gente. Acredito que as aulas vão ser bem dinâmicas e divertidas.”

O estudante Gabriel Chagas, também de 15 anos, conta que até o ano passado nunca tinha ouvido falar do Ensino Médio Integral em Tempo Integral, mas gostou da novidade. “É uma coisa renovada e achei bem legal, pois me enturmei com pessoas que eu não conhecia e participei de atividades bem diferentes, então ainda espero bastante mudanças nos meus estudos”, afirmou.

A diretora da EEB Orlando Bertolli, Jucimeri Beppler, ressalta que a expectativa com a nova modalidade é a melhor possível. “Esta é uma fase de adaptação, mas os professores estão preparados, os alunos estão participando das atividades e acreditamos que essa modalidade terá um futuro de sucesso porque prepara um cidadão realmente crítico”, opina.

Começam as aulas do Ensino Médio Integral em Tempo Integral na EEB Orlando Bertolli

Saiba mais sobre o Emiti

O gerente de Educação da ADR de Ibirama, Nilo Poffo, que visitou a EEB Orlando Bertolli nesta segunda-feira e falou com os alunos, explica que o conceito de integral vai além da permanência dos estudantes por mais tempo na escola e foca no desenvolvimento da pessoa como um todo. “Os alunos vão trabalhar o seu papel na sociedade, a escolha da profissão e diversas outras questões”, comenta.

Os alunos ficam na unidade das 7h30 às 17h de segunda a quarta, na quinta-feira das 7h às 12, porque a tarde acontece o planejamento coletivo dos professores, e na sexta-feira novamente das 7h30 às 17h. De forma integrada à aprendizagem dos conteúdos de português, matemática, história, entre outros, o Emiti visa incentivar os jovens a desenvolverem competências altamente valorizadas no mundo atual, como resolução de problemas, responsabilidade, comunicação, abertura para o novo e criatividade.

Para isso, as aulas e projetos partem de questões e desafios do mundo real, estimulam a criação, a participação ativa e a colaboração, e levam o estudante a vivenciar e colocar em prática as habilidades. No Projeto de Vida, um dos componentes da proposta, os jovens têm a oportunidade de pensar, planejar e começar a construir sua trajetória pessoal, com o apoio dos professores e da família.

Mais informações para a imprensa:
Helena Marquardt
Assessoria de comunicação 
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.adr.sc.gov.br
Site: sc.gov.br/regionais/ibirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama