Canoinhas - Primeira reunião do colegiado de 2017
Foto: Sérgio Teixeira da Silva

A Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Canoinhas realizou nesta quinta-feira, 20, a primeira reunião de 2017 do Colegiado de Governo. O encontro aconteceu na Câmara de Vereadores e contou com a presença dos representantes dos órgãos estaduais que atuam na região. Gerentes e coordenadores da Casan, Celesc, Cidasc, Epagri, Polícia Militar, Polícia Ambiental, Corpo de Bombeiros Militar, IGP e Fatma estiveram presentes para participar de importante encontro entre os órgãos do Estado, para planejamento e discussão de ações regionais, buscando efetivo desenvolvimento da região.

O primeiro encontro do ano visou fortalecer o trabalho dos órgãos na região, com palestra do grupo Master Mind, que debateu o assunto “Competências essenciais para Liderança”.

O secretário executivo regional da ADR Canoinhas, Aloísio Salvatti, abriu o encontro enfatizando a importância das reuniões do Colegiado. “Podemos ter aqui momentos para juntos resolvermos problemas e até evitá-los, num trabalho de parceria, com melhor comunicação e integração entre os órgãos do Estado na região”, frisou na abertura.

Durante as duas horas do encontro, todos os presentes puderam participar de dinâmicas de grupo, avaliando seus conceitos e prioridades, buscando direcionar esforços para oferecer à população de toda região um trabalho dada vez melhor, com atendimento repleto de qualidade.

No final do encontro, o secretário destacou a importância da reunião. “Trabalhar com pessoas é algo muito difícil, e conhecer essa arte de lidar melhor com o ser humano e seus anseios é muito importante para nós servidores públicos. Acredito que esse primeiro encontro servirá de motivação e direcionamento nas atividades de todos”, encerrou Salvatti.

O próximo encontro do Colegiado está previsto para acontecer no mês de maio, com apresentações de ações e demandas de alguns dos órgãos estaduais que atuam na região.

Informações adicionais para a imprensa:
Sérgio Teixeira da Silva
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Canoinhas
E-mail: comunicacao@cni.sdr.sc.gov.br / sdrcanoinhas@spg.sc.gov.br
Fone: (47) 3627-4021 / 98802-2391
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrcanoinhas





Canoinhas - Etapa microrregional dos Jasti
Equipe da dança livre de Canoinhas, que se classificou para etapa estadual em 2016/ Foto: Sérgio Teixeira da Silva

O munícipio de Canoinhas sedia na próxima terça-feira, 25, a etapa microrregional dos Jogos Abertos da Terceira Idade. Todos os jogos serão realizados no estádio municipal Benedito Therézio de Carvalho (Ditão), e nesta fase irão disputar as vagas para etapa estadual os municípios de Canoinhas, Irineópolis e Porto União.

Estarão sendo disputadas na etapa microrregional as modalidades de bocha rafa vollo, canastra, dominó e truco, nos naipes masculino e feminino. Os classificados nesta representarão a região de Canoinhas na etapa estadual, que será em Blumenau entre os dias 17 e 21 de maio.

Para o integrador de esportes da ADR Canoinhas, Erivélton Correia de Melo, os jogos da terceira idade promovem a integração, bem estar e melhora a autoestima dos idosos, com práticas esportivas, de lazer e recreação para pessoas com mais de 60 anos.

Os Jasti é uma realização do Governo do Estado em parceria com a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) e a Agência de Desenvolvimento Regional de Canoinhas. Os jogos foram criados para estimular práticas desportivas entre pessoas com idade acima de 60 anos, visando bem estar e integração dos competidores.

Informações adicionais para a imprensa:
Sérgio Teixeira da Silva
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Canoinhas
E-mail: comunicacao@cni.sdr.sc.gov.br / sdrcanoinhas@spg.sc.gov.br
Fone: (47) 3627-4021 / 98802-2391
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrcanoinhas

Canoinhas - EEB Almirante Barroso realiza dia de aula prática diferenciada com alunos do Ensino Médio

Mais de 200 alunos do Ensino Médio da Escola de Educação Básica (EEB) Almirante Barroso, em Canoinhas, participaram nesta segunda-feira, 17, de um dia especial, conciliando ensino teórico com prático. As aulas diferenciadas aconteceram na sede da Universidade do Contestado (UnC) Campus Canoinhas, no distrito de Marcílio Dias, durante todo dia.

Aproximadamente 200 alunos do Ensino Médio – turmas Educação Geral, Inovador e Integral participaram de experiências além da sala de aula. Trilha ecológica, slack line, jogos de voleibol e futebol, disputas de xadrez gigante, rally a pé de regularidade, circuitos, brincadeiras instrutivas de torta na cara e karaokê foram algumas das atividades realizadas neste dia de aula especial para os alunos.

As atividades foram trabalhadas, abordando temas das disciplinas de Biologia, Educação Física, Geografia, Língua Portuguesa, Química, Física e Xadrez, com apoio em campo dos professores de Orientação de Convivência e das disciplinas regulares, além da equipe administrativa.

Para o professor de Biologia, Vitor Sartor, atividades como essa levam o aluno a vivenciar na prática o que é falado em sala de aula, além de integrar mais todas as turmas. “Notamos que esse dia faz com que nossos alunos conheçam um pouco mais sobre as diversidades ecológicas e culturais do ambiente que vivem”, destaca.

Os professores e direção da escola em Canoinhas pretendem realizar mais atividades como essa no decorrer do ano letivo, promovendo assim um novo formato pedagógico, com a promoção de integração, socialização e novos aprendizados, formando o aluno com uma nova visão sobre o mundo que está inserido.

Informações adicionais para a imprensa:
Sérgio Teixeira da Silva
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Canoinhas
E-mail: comunicacao@cni.sdr.sc.gov.br / sdrcanoinhas@spg.sc.gov.br
Fone: (47) 3627-4021 / 98802-2391
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrcanoinhas

Maior comprador de milho do país, Santa Catarina diminui seu déficit e aumenta a produção em 18,6% nesta safra. Com 380,6 mil hectares plantados, a estimativa do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Cepa/Epagri) é de que o Estado colha 3,2 milhões de toneladas de milho neste ano. A boa safra é resultado das condições climáticas favoráveis combinadas ao uso de alta tecnologia e ao aumento da produtividade, que chega a uma média de 141,6 sacas de milho por hectare.

O aumento da produtividade é o caminho para elevar a produção de milho e atender a demanda do setor produtivo de carnes. Em regiões como a de Chapecó, Canoinhas e Xanxerê os produtores estão colhendo em média 150 sacas por hectare, enquanto na região de Curitibanos a produtividade chega a 173,3 sacas por hectare. Agricultores de São Miguel do Oeste e Joaçaba também investem para aumentar o rendimento das lavouras e nesta safra a produtividade já é, respectivamente, 28,3% e 24,9% superior a do último ano.

A maior região produtora do Estado é a de Chapecó com uma safra estimada em 603 mil toneladas, 13,7% a mais do que em 2015/16. A área destinada ao grão também aumentou, com 63,4 mil hectares plantados e uma produtividade de 158,3 sacas por hectare. Em microrregiões que já se destacam na produção do grão, como Xanxerê, Joaçaba e Curitibanos, o aumento na produção é superior a 20% nesta safra.

Como o Estado se destaca na produção de carnes e leite, 75% da ração animal é formada pelo grão. Só o setor produtivo de carnes consome seis milhões de toneladas de milho/ano, ou seja, o dobro do que o estado produz.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, ressalta a parceria dos produtores, cooperativas e Governo do Estado para aumentar a produção de milho em Santa Catarina e diminuir o déficit do grão. “Nós estamos ao lado dos produtores com o programa Terra-Boa, apoiando a aquisição de sementes de milho de alta tecnologia, e também com o Programa de Incentivo ao Plantio de Milho, que garante a venda antecipada do milho para as agroindústrias. São programas que dão um suporte para os produtores e incentivam o investimento em tecnologia para aumentar a produtividade. Santa Catarina é um grande produtor de carnes e não existe suinocultura e avicultura sem milho”.

Este ano, os investimentos no Terra-Boa chegam a R$ 50,9 milhões para subsidiar a aquisição de 220 mil sacos de sementes de milho, 300 mil toneladas de calcário, 1,1 mil kits forrageira e 350 kits apicultura. A expectativa é atender 70 mil agricultores em no Estado.

Cerca de 73% do milho plantado na primeira safra já foi colhido e 92% da área de milho safrinha já foi plantada. Os números sobre a produção de milho e de outras culturas em Santa Catarina estão disponíveis no Boletim Agropecuário, publicado pelo Cepa/Epagri.

Milho Silagem

A safra de milho silagem, utilizado na alimentação de bovinos de corte e leite, também teve crescimento em Santa Catarina. O Estado deve colher 9 milhões de toneladas de milho silagem 10,9% a mais do que na safra 2015/16. Com uma área plantada de 216 mil hectares, a produtividade chega a 41,9 toneladas por hectare. Até o inicio de abril, cerca de 95% da área de milho silagem já havia sido colhida em Santa Catarina.

Informações adicionais:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48)-3664-4417/ (48) 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br 
www.facebook.com/AgriculturaePescaSC/ 

Próximos eventos