Santa Catarina tem 149 casos confirmados e registrou a primeira morte por Covid-19, conforme boletim de atualização divulgado pelo governador Carlos Moisés em coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 26. O primeiro óbito foi de um homem de 86 anos. O estado segue com 325 casos suspeitos da doença.

Há pacientes com diagnóstico positivo para a doença Covid-19 em todas as regiões do estado. No total, são 30 municípios com casos confirmados da doença. Além disso, há cinco casos confirmados de residentes de outros estados e três de outros países.

As cidades catarinenses com casos confirmados são: Balneário Arroio do Silva (1), Balneário Camboriú (8), Blumenau (12), Braço do Norte (9), Camboriú (4), Canelinha (1), Chapecó (4), Criciúma (12), Florianópolis (20), Gaspar (1), Gravatal (3), Içara (1), Imbituba (5), Itajaí (16), Itapema (1), Jaguaruna (2), Jaraguá do Sul (2), Joinville (7), Lages (1), Navegantes (3), Pomerode (1), Porto Belo (3), Rancho Queimado (2), São José (8), São Ludgero (1), São Pedro de Alcântara (1), Siderópolis (2), Tijucas (1), Timbé do Sul (1), Tubarão (8).

>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

“Estamos nos mantendo firmes na questão do isolamento. O apelo do Governo é para que as pessoas continuem ficando em casa. Essa semana é importante para planejar as ações, se preparar para atender os doentes. O desafio pode ser maior que nossa capacidade de resposta, então vai depender das ações que estamos tomando nestas duas primeiras semanas de isolamento social”, reforçou o governador.

Mudança de metodologia

Desde quarta-feira, 26, houve uma mudança nos critérios de monitoramento, com os casos passando a ser contabilizados pelo município de residência do paciente e não mais pelo de notificação. 

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br


Foto: Divulgação / Cidasc

Referência internacional em sanidade animal e vegetal, Santa Catarina mantém as fiscalizações nas barreiras sanitárias da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc). Os serviços de defesa agropecuária seguem normalmente, inclusive neste período de restrições ao convívio social determinadas pelo Governo do Estado.

"Para preservar a saúde de seus funcionários e dos produtores rurais, a Cidasc está priorizando o atendimento via telefone e email. Além isso, o produtor pode retirar a Guia de Trânsito Animal ou a Permissão de Trânsito Vegetal através do Sistema Sigen+. O trabalho de fiscalização nas barreiras continua, assim como o atendimento a doenças de notificação obrigatória", destaca a presidente da companhia, Luciane Surdi.

>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

Os barreiristas foram orientados a intensificar as medidas de prevenção para evitar o contágio pelo coronavírus, principalmente mantendo uma distância segura dos transportadores e reforçando os hábitos de higiene. Santa Catarina possui barreiras sanitárias fixas nas divisas com Paraná, Rio Grande do Sul e na fronteira com a Argentina, que controlam a entrada e a saída de animais e produtos agropecuários no estado.

Escritório municipais da Cidasc

O atendimento presencial nos escritórios municipais da Cidasc está suspenso. Os médicos veterinários e engenheiros agrônomos atenderão presencialmente apenas em casos de doenças de notificação obrigatória, suspeitas de introdução de pragas quarentenárias ausentes no estado, e em outros casos inadiáveis.

Quando indispensável o atendimento presencial, o produtor, responsável técnico ou representante de empresa deve agendar via telefone ou e-mail, e os funcionários irão atender uma pessoa por vez, evitando aglomerações e contato físico. Todas as regras de higiene e prevenção serão seguidas.

Permissão de Trânsito Vegetal

A emissão de Permissão de Trânsito Vegetal – PTV segue normalmente, e o serviço de certificação fitossanitária de frutas como maçã, banana e citros deve ser mantida pelos responsáveis técnicos habilitados, pois trata-se de serviço essencial, conforme Decreto nº 525, de 23 de março de 2020.

As exigências de PTV para ingresso em SC também estão mantidas e são fiscalizadas nas barreiras sanitárias.

Transporte de animais

O transporte de animais está mantido e a Guia de Trânsito Animal (GTA) é documento obrigatório nesse processo.
A GTA pode ser solicitada online pelo sistema da Cidasc, sem necessidade de comparecer ao escritório local. Em caso de emissão exclusiva do serviço oficial, deve ser solicitada por e-mail.

Durante o período de quarentena, será estimulado o atendimento remoto e serão aceitas GTAs em formato digital, dispensando a impressão. Essa medida não se aplica ao trânsito de animais para abate, nem ao trânsito de animais para outros estados.

Distribuição de brincos oficiais

A distribuição de brincos oficiais de identificação animal será adiada. Assim que as atividades forem restabelecidas, o produtor deve procurar o escritório da Cidasc ou do Icasa para regularização.

O atendimento daquelas entregas de brincos que forem totalmente inadiáveis será feito mediante agendamento prévio, respeitando todas as indicações para prevenção ao coronavírus. O agendamento de atendimento e entrega de brincos oficiais deve ser feito por e-mail ou por telefone, disponíveis no endereço http://www.cidasc.sc.gov.br/estrutura-organizacional/

Ações de prevenção ao coronavírus em Santa Catarina

Os dados oficiais do Governo do Estado são atualizados no site www.coronavirus.sc.gov.br. As notícias relacionadas às medidas para combater a propagação da doença também podem ser conferidas aqui. As atualizações podem ser acompanhadas ainda por Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Informações adicionais para imprensa:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

A pandemia de Covid-19 está afetando diretamente a vida de milhares de pessoas em Santa Catarina e no mundo. O isolamento social determinado pelo Governo do Estado como forma de conter o avanço da transmissão do coronavírus é uma medida que vem sendo compreendida e apoiada pela população. Entretanto, com o passar dos dias, o home office pode trazer efeitos como ansiedade e irritação para muitas pessoas. 

Coordenadora de Saúde Mental da Secretaria de Estado da Saúde, a psiquiatra Caroline Galli Moreira preparou um guia onde propõe ações para o período de quarentena. As recomendações são direcionadas à população em geral, profissionais de saúde, líderes de equipes, cuidadores de crianças, idosos e pessoas que moram sozinhas.

>>> Acesse aqui o nosso Guia de Saúde Mental para lidar com o isolamento social

Segundo Caroline, em meio ao isolamento causado pela pandemia do novo coronavírus muitas pessoas podem se sentir tristes, confusas e chateadas. Por isso, é preciso seguir algumas dicas para minimizar o sofrimento neste período. 

“É preciso reduzir o tempo que a pessoa assiste noticiários. O fundamental é  buscar fontes confiáveis. O repentino, e quase constante fluxo de notícias, faz com que as pessoas sintam-se preocupadas em excesso. Se atente aos fatos e não aos rumores”, afirma. “Também é necessário adotar uma rotina mesmo ficando em casa. É importante se vestir, tomar banho, arrumar o cabelo mesmo que seja apenas para ficar em casa. Lembre-se sempre de que muitas coisas não foram canceladas: a família, a música, o canto e riso”, conclui a psiquiatra”, finaliza. 

>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

Confira algumas recomendações para ficar em casa

  • Adote uma rotina mesmo ficando em casa 
  • Mantenha-se conectado: Faça contato com seus amigos, procure fazer videochamadas com a família, principalmente com aquelas pessoas que estão sozinhas.
  • Fale como está se sentindo: Conte como está se sentindo no confinamento e pergunte aos amigos e familiares quais os sentimentos deles neste momento. 
  • Faça atividades: Envolva-se com atividades que gosta, música, meditação, exercícios, leitura e gastronomia. Dedique-se a ações que não conseguiria fazer no dia a dia comum.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações também podem ser acompanhadas por Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br


Foto: Robson Valverde / Secom

Após a confirmação da primeira morte por Covid-19 em Santa Catarina, a Secretaria de Estado de Saúde de Santa Catarina informa que está adotando medidas necessárias para coletar amostras e monitorar as pessoas que estavam em convívio com o paciente. A Vigilância Epidemiológica do Estado se mantém à frente das ações.

“Estamos realizando todo o trabalho necessário para monitorar as pessoas com as quais o paciente teve contato e orientando ao isolamento social”, afirma o secretário da Saúde, Helton Zeferino. De acordo com ele, as equipes estão em campo realizando os serviços necessários.

Informações sobre o paciente

A Secretaria da Saúde também ressalta que, seguindo orientação do Conselho Federal de Medicina (CFM), não comenta informações de pacientes internados ou que venham a óbito na rede de assistência estadual.

Essa medida, que resguarda o paciente e equipe profissional, tem amparo no Código de Ética Médica, Capítulo IX, Artigo 75, em que é vedado "fazer referência a casos clínicos identificáveis, exibir pacientes ou seus retratos em anúncios profissionais ou na divulgação de assuntos médicos, em meios de comunicação em geral, mesmo com autorização do paciente". Ainda no Artigo 73, parágrafo único, a divulgação permanece vedada "mesmo que o fato seja de conhecimento público ou o paciente tenha falecido".

A primeira morte por Covid-19 em Santa Catarina foi confirmada na noite desta quarta-feira, 25. O paciente era um homem de 86 anos, que residia em Florianópolis.

As amostras para testagem da Covid-19 foram colhidas no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) em função da característica do quadro. O teste confirmou a presença de coronavírus SARS-CoV2. O paciente foi mantido em isolamento respiratório, mas morreu na madrugada de quarta-feira, 25.

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br


Foto: Mauricio Vieira / Arquivo / Secom

O laboratório Nidus está mapeando empresas de tecnologia ou de inovação que possam contribuir para a gestão da pandemia do coronavírus em território catarinense. O foco de atuação neste momento está na identificação de casos confirmados da doença e dos grupos de risco por localidade, com identificação de aglomeração de pessoas em tempo real e outros tipos potenciais de monitoramento de grupos. O trabalho das equipes do Nidus para contatar as empresas acontece em home office, de forma virtual. 

De acordo com a gerente de Inovação em Governo da Secretaria de Estado da Adminsitração, que coordena o laboratório, Luana Bayestorff, “a ideia é unir forças da sociedade, com o ecossistema de inovação e o Governo para estancar ou amenizar os impactos sociais e financeiros da epidemia em Santa Catarina. Num segundo momento, poderemos inclusive, servir de exemplo para outros estados que passam por situação semelhante”, disse.

O diretor de Tecnologia e Inovação da Secretaria de Estado da Administração, Felix Fernando da Silva, lembra que no mundo todo os governos estão utilizando as análises de dados no enfrentamento das crises. “Agora, com o necessário isolamento social é natural que as pessoas estejam mais sensibilizadas sobre a importância da tecnologia em seu cotidiano. Estamos aptos para captar projetos inovadores no combate à pandemia em Santa Catarina”.

Empresas de startups em inovação e tecnologia interessadas nesta parceria podem buscar contato com o Nidus por meio do emailnidus@sea.sc.gov.br.

>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

Ações de prevenção ao coronavírus em Santa Catarina

Os dados oficiais do Governo do Estado são atualizados no sitewww.coronavirus.sc.gov.br. As notícias relacionadas às medidas para combater a propagação da doença também podem ser conferidas aqui. As atualizações também podem ser acompanhadas por Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Informações adicionais para imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Administração - SEA
E-mail: comunicacao@sea.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-1636 /(48) 99105-4085
http://www.sea.sc.gov.br 


Foto: Robson Valverde / SES

O Governo do Estado confirmou na noite desta quarta-feira, 25, a primeira morte por Covid-19 em Santa Catarina. O paciente era um homem de 86 anos, que deu entrada no Hospital Regional de São José no dia 23 de março, conduzido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). O quadro clínico inicial era de desconforto respiratório associado à piora do estado de saúde geral.

O paciente vinha apresentando há dois meses uma piora do estado de saúde geral, com inapetência progressiva (recusa à alimentação) e aumento do grau de dependência para realização de tarefas diárias. De acordo com os boletins médicos, ele não tinha histórico de febre e tosse. As amostras para testagem da Covid-19 foram colhidas no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) em função da característica do quadro. O teste confirmou a presença de coronavírus SARS-CoV2. O paciente foi mantido em isolamento respiratório, mas morreu na madrugada de quarta-feira, 25.

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br

 


Foto: Julio Cavalheiro / Arquivo / Secom

As obras públicas de infraestrutura e os contratos de conserva rodoviária começam a ser retomadas em Santa Catarina a partir desta quinta-feira, 26, conforme portaria 191/2020, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), publicada no Diário Oficial do Estado de 25 de março de 2020. A portaria 191 também prevê o funcionamento das atividades de suporte e a disponibilização de insumos exclusivamente para as obras públicas com atendimento e comercialização por tele-entrega e delivery.

>>>Confira aqui a portaria 174 e a portaria 191

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) informa que as ordens de serviço e de reinício das obras serão emitidas de forma gradual. “As obras públicas de infraestrutura e contratos de conservação rodoviária são atividades essenciais para garantir a segurança nas rodovias e o abastecimento da população. Além de serem fundamentais para garantir a estrutura de hospitais e da rede de saúde para o enfrentamento da Covid-19 no Estado”, afirma o secretário da pasta, Thiago Vieira.

A SIE regulamentou ainda medidas complementares para estabelecer regras de segurança e higienização que devem ser adotadas pelas empresas responsáveis pelas obras públicas. Conforme Portaria 174, da SIE, publicada no Diário Oficial da última quarta-feira, 25, ao retomarem as atividades, as empresas deverão seguir as seguintes recomendações:

  • Priorizar o afastamento, sem prejuízo de salários, de empregados pertencentes ao grupo de risco, tais como pessoas com 60 anos ou mais, imunossuprimidos, com doenças preexistentes crônicas ou graves, gestantes, bem como as pessoas responsáveis pelo cuidado de uma ou mais pessoas com suspeita ou confirmação de diagnóstico de infecção por Covid-19;
  • Dispensar imediatamente qualquer funcionário sempre que apresentar qualquer dos sintomas de infecção por Covid-19;
  • Priorizar o trabalho remoto para os setores administrativos, quando possível;
  • Utilizar veículos de fretamento para transporte de trabalhadores, quando necessário, ficando a ocupação de cada veículo limitada a 50% da capacidade total de passageiros sentados, e fornecer álcool 70% para a higienização do trabalhador ao ingressar no veículo;
  • Higienizar com álcool em gel 70%, ou preparações antissépticas, ou sanitizantes de efeito similar, equipamentos, maquinários, ferramentas ou outros instrumentos e materiais toda vez que o profissional iniciar e finalizar o uso;
  • Garantir a higienização com álcool em gel 70%, ou preparações antissépticas, ou sanitizantes de efeito similar, de todas as pessoas que entrarem e saírem do canteiro de obra;
  • Demarcar as estruturas do canteiro de obra com a distância de 1,5 metro de afastamento nos locais em que haja retenção de pessoas;
  • Garantir um rodízio de trabalhadores em funções similares e prever paralisações para higienização dos locais no canteiro de obra;
  • Adotar outros procedimentos que garantam a higienização contínua dos colaboradores e das estruturas.


>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

     A SIE também determina que as empresas priorizem a organização dos turnos de trabalho, evitando a utilização de estruturas do canteiro de obra como refeitórios, sanitários coletivos, vestiários, entre outros.  Porém, em casos de necessidade de abertura destes espaços, as empresas deverão garantir que:

  • No máximo 25% dos trabalhadores, por turno, façam refeições nos refeitórios ao mesmo tempo;
  •  É obrigatória a higienização com álcool em gel 70%, ou preparações antissépticas, ou sanitizantes de efeito similar, de todas as pessoas na entrada e saída dos ambientes coletivos;
  • Nos refeitórios deve haver a demarcação de distância entre as pessoas, garantindo 2 metros de afastamento;
  • Fica determinado o acesso restrito aos canteiros de obra. Só deve ser permitido o acesso às estruturas necessárias e básicas para o desempenho das funções dos colaboradores que estejam na linha de frente.

A SIE ainda esclarece que os fiscais de obras seguem desempenhando as funções remotamente e, quando necessário, farão deslocamento aos canteiros para fiscalizar os serviços e o cumprimento das medidas complementares para prevenção e enfrentamento do novo coronavírus em obras públicas.

O descumprimento das medidas acarretará na aplicação de multas administrativas.

 Licitações presenciais da SIE seguem suspensas

Conforme decreto 525/2020, do Governo do Estado, os processos licitatórios da SIE permanecem com os prazos mantidos, exceto as sessões públicas presenciais que ocorreriam nos próximos sete dias. Os certames marcados até 31 de março, estão suspensos e terão a data remarcada. As licitações marcadas a partir de 1o de abril, seguem com a data vigente. Para mais informações sobre os processos licitatórios acesse o site www.portaldecompras.sc.gov.br.

As atividades presenciais da Secretaria também seguem suspensas e os trabalhos administrativos do órgão estão sendo realizados de maneira remota durante o período previsto no decreto.

Ações de prevenção ao coronavírus em Santa Catarina

Os dados oficiais do Governo do Estado são atualizados no site www.coronavirus.sc.gov.br. As notícias relacionadas às medidas para combater a propagação da doença também podem ser conferidas aqui. As atualizações também podem ser acompanhadas por Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Vanessa Pires
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
ascom.sie@gmail.com


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) comunica que o calendário do Vestibular de Inverno 2020 e todos os seus prazos estão suspensos e somente serão retomados após a normalização da situação no estado e no país, que enfrentam pandemia do novo coronavírus.

Dessa forma, está adiado, por exemplo, o prazo para doadores de sangue e/ou medula pedirem isenção no pagamento da taxa de inscrição. Pelo cronograma original, a Coordenadoria de Vestibulares e Concursos da Udesc (Covest) receberia pedidos até esta sexta-feira, 27. Já o período para solicitar isenção pelo critério socioeconômico foi encerrado em 2 de março, mas a homologação dos requerimentos também foi suspensa.


Foto: Divulgação / Aresc

A Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc) segue atuando com a responsabilidade de fiscalizar o cumprimento das medidas relacionadas ao serviço de transporte, determinadas pelo Governo do Estado em decretos para frear a propagação do coronavírus.

Além da continuidade dos monitoramentos feitos pelos fiscais junto aos terminais rodoviários, postos de PRF´s, aeroportos e ferry boats, o foco neste momento é a fiscalização dos fretamentos utilizados para o transporte dos funcionários que trabalham em empresas enquadradas pelo decreto como serviços essenciais.

>>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

“Estamos empenhados em fazer cumprir as determinações, que são medidas muito bem avaliadas e com o propósito de enfrentamento no combate à pandemia do coronavírus em Santa Catarina”, frisa o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino.

O decreto nº 525 de 23 de março de 2020, determina que, nos casos de fretamento de veículos para o transporte de trabalhadores, a ocupação será limitada a 50% da capacidade de passageiros sentados. Equipes de fiscais da Agência estão espalhadas por todo o estado visitando empresas, no intuito de orientar e monitorar o cumprimento das dessas medidas.

“O foco nesta semana é fiscalizar os veículos de fretamento nas indústrias enquadradas pelo decreto como serviço essencial”, diz o gerente de Fiscalização de Transportes da Aresc, Nilton de Sá Jr.

Durante a fiscalização nesta semana, uma empresa do ramo alimentício, localizada na Serra catarinense, precisou solicitar veículos extras para o transporte de seus funcionários de acordo com o estabelecido no decreto.

Denúncias de descumprimento das medidas podem ser realizadas pelo número:(48) 99151-0276, via e-mail: ouvidoria@aresc.sc.gov.br, ou pelo portal www.aresc.sc.gov.br.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações também podem ser acompanhadas por Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Mais informações para imprensa:
Flávia Farias Grechi
Assessoria de Comunicação
Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc)
E-mail: comunicacao@aresc.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-9013 / 99127-1839
www.aresc.sc.gov.br

 

Em uma ação de articulação com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (SDS), a Secretaria de Estado da Educação (SED) fez o repasse de um estoque de três mil litros de leite e de duas mil garrafas de água sanitária para destinação a famílias de baixa renda.

Com a suspensão das aulas por 30 dias em Santa Catarina, por meio do decreto 509, de 17 de março de 2020, como uma medida conter a propagação do novo coronavírus, o alimento e o produto de limpeza adquiridos para escolas estaduais ficou estocado no almoxarifado central, e agora poderá ser utilizado antes do período de vencimento, até o final do mês de abril.

>>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

De acordo com o secretário adjunto da SDS, Dirceu Oldra, a destinação do estoque da SED para a Assistência Social irá contribuir com as demandas recebidas pela pasta, que vem atendendo a um grande volume de solicitações que chegam dos municípios.

O diretor de Administração e Finanças da SED, Jean Paulo Cimolin, destaca que “o repasse dos itens à assistência social é resultado da atenção para com os recursos públicos, evitando o desperdício, e o monitoramento constante que fazemos dos produtos que passam por nosso almoxarifado”.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações também podem ser acompanhadas por Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Informações adicionais para imprensa:
Sicilia Vechi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0353 / (48) 3664-0353 / 99132-5252
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Marta Scherer
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Desenvolvimento Social - SDS
Fone: (48) 3664-0916
E-mail: ascom@sst.sc.gov.br