Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Hospital Celso Ramos completa 52 anos com ampliação de serviços e investimentos

Hospital Celso Ramos completa 52 anos com ampliação de serviços e investimentos

Uma das unidades hospitalares mais importantes de Santa Catarina está comemorando 52 anos de funcionamento em meio a um processo de ampliação dos atendimentos, com a oferta de novos serviços. O Hospital Governador Celso Ramos (HGCR) celebra aniversário nesta quinta-feira, 08, após receber investimentos de mais de R$ 1 milhão.

Oportunidades

Próximos eventos


As obras do Centro de Inovação em Blumenau chegaram a 80% de sua execução. Com investimento de R$ 8.617.437,23 milhões do Governo do Estado, em uma área total de 3.752,62 m² divididos em cinco pavimentos, localizado no Campus 2 da Universidade Regional de Blumenau – FURB, a obra está com previsão de entrega para dezembro de 2018. O Centro de Inovação de Blumenau será o terceiro a ser inaugurado. Antes, Lages e Jaraguá do Sul foram concluídos. No total, treze serão construídos em Santa Catarina.

Os Centros de Inovação estão sendo estruturados em parcerias com universidades de cada região e oferecerão serviços para apoiar o empreendedor, formar e atrair talentos empreendedores por meio de eventos, cursos e formações, intensificar a inovação nas empresas locais, ser celeiro de novos negócios por meio de incubadora, aceleradora, mentoria e rodadas de negócios, bem como apoiar a pesquisa e oferecer laboratórios estratégicos atraindo empreendimentos e investimentos para a região.

Esta proposta de estrutura visa unir Governo, Empresas e Instituições de Ensino em prol da inovação e do desenvolvimento. Com o objetivo de difusão das novas tecnologias e do empreendedorismo em todas as regiões, o Governo do Estado visa conduzir Santa Catarina para novos patamares de competitividade.


O governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado da Fazenda, realiza o 1º Congresso de Administração Tributária com o tema “Fisco e Sociedade pensando o futuro da tributação” nos próximos dias 12 e 13. O evento ocorre no auditório da Escola Superior de Administração e Gerência - ESAG/ UDESC, em Florianópolis, a partir das 13h.

O Congresso contará com a participação de acadêmicos, pesquisadores e profissionais com significativa experiência nas áreas do Direito Tributário, Administração Pública, Economia, Contabilidade e Tecnologia da Informação, propiciando discussões e debates para o aprimoramento da Administração Tributária.

Para participar do Congresso, os interessados devem realizar as inscrições por meio do endereço eletrônico https://tributario.sef.sc.gov.br/tax.NET/Sat.Esfaz.Web/FichaInscricao.aspx

O evento também será transmitido ao vivo pelo link www.vc.udesc.br.

Para os participantes online, a emissão do certificado será realizada mediante comprovação de 70% de participação. Para tanto, é necessário realizar a inscrição e selecionar a opção online, assim como enviar a lista de presença assinada, com os nomes dos participantes, CPF e endereços eletrônicos.

Mais informações no e-mail lasilva@sef.sc.gov.br ou pelo fone (48) 36645648.

Foto: Douglas Saviato/SAN

O governador Eduardo Pinho Moreira cumpriu, neste quarta-feira, 7, extensa agenda de reuniões em busca de recursos e parcerias em Brasília. Acompanhado da secretária de Articulação Nacional, Lourdes Coradi Martini, e a secretária de Estado de Assistência Social, Trabalho e Habitação, Romanna Remor, Moreira se reuniu com o ministro do Trabalho, Caio Vieira de Mello, para reivindicar R$ 3 milhões para o Sine de Santa Catarina e assinar um protocolo de intenções para promover ações da Escola do Trabalhador no estado. Já com o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, solicitou cerca de R$ 40 milhões que Santa Catarina tem direito por meio do Auxílio Financeiro para Fomento de Exportações (FEX), e reforçou, pessoalmente, o pedido para o presidente Michel Temer.

O primeiro compromisso foi com o ministro Caio Vieira de Mello, com quem o governador se comprometeu a promover ações da Escola do Trabalhador em Santa Catarina. O programa visa à qualificação profissional e o combate ao desemprego, sendo os cursos online, gratuitos e sem necessidade de escolaridade prévia.

“Empresas nos procuram todos os dias para se instalarem em Santa Catarina e isso requer qualificação dos nossos trabalhadores. Por isso, firmamos a parceria prontamente, sendo o segundo Estado a aderir ao programa. Os cursos são variados e podem ser levados a todas as instâncias e segmentos da sociedade, inclusive, a presídios. É uma oportunidade de qualificação de mão de obra”, afirmou o governador.

As capacitações são realizadas em parceria com a Universidade de Brasília (UnB), que emite um certificado como curso de extensão. No entanto, os alunos precisam concluir todas as aulas, obter nota mínima de cinco pontos e responder uma avaliação. Ao todo, são doze eixos temáticos, focados nas necessidades do mercado de trabalho: informação e comunicação; ambiente e saúde; turismo, hospitalidade e lazer; recursos naturais; desenvolvimento educacional e social; produção alimentícia; segurança; produção cultural e design; produção industrial; gestão e negócios; infraestrutura; controle e processos industriais.

De acordo com o ministro, a iniciativa trata-se de uma ação inédita e de um grande avanço do Ministério do Trabalho. “A capacitação significa uma importante ferramenta de ressocialização, empregabilidade e cidadania aos trabalhadores, como os presidiários brasileiros, que um dia retornarão ao convívio social”, frisou.

R$ 3 milhões para o Sine

Ainda no Ministério do Trabalho, Moreira reivindicou recursos para a continuidade dos atendimentos do Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Santa Catarina. Segundo o ministro, será empenhado e liberado nos próximos dias aproximadamente R$ 3 milhões para as unidades catarinenses.

“O trabalhador é o maior beneficiado com a atuação do Sine, uma porta de entrada para o mercado de trabalho. As agências são essenciais para o crescimento dos nossos índices de empregabilidade, que nos últimos meses se destacaram expressivamente. O trabalho desenvolvido nas agências do Estado fomenta o mercado e a competitividade”, destacou o governador.

Para a secretária de Assistência Social, Trabalho e Habitação a liberação dos valores são fundamentais para dar continuidade ao trabalho do Sine, que possui 124 postos de atendimentos em várias regiões do Estado, sendo 23 de execução direta e os demais com parcerias técnicas com os municípios.

Repasse de recursos do Governo Federal

O governador também esteve com o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, buscando recursos da União, por meio do Auxílio Financeiro para Fomento de Exportações (FEX). O montante costuma ser repassado todos os anos como compensação pelas perdas com a Lei Kandir, que desonera o ICMS de produtos destinados para a exportação. Anualmente, o Governo Federal repassa aos Estados brasileiros um valor total de R$ 1,9 bilhão, sendo que Santa Catarina tem direito a R$ 40 milhões.

“Em seguida estive com o presidente da República, Michel Temer, e reforcei que o recurso seja repassado ainda este mês ou no máximo em dezembro. Essa é uma reivindicação justa de todos os municípios e Estados exportadores, que facilitará naturalmente o fechamento das contas de 2018”, frisou.

Informações adicionais para a imprensa
Douglas Saviato
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Articulação Nacional
E-mail: douglas@san.sc.gov.br
Fone: (61) 3101-0900 / 99304-0198
Site: www.san.sc.gov.br 

Hospital Celso Ramos completa 52 anos com ampliação de serviços e investimentos

Uma das unidades hospitalares mais importantes de Santa Catarina está comemorando 52 anos de funcionamento em meio a um processo de ampliação dos atendimentos, com a oferta de novos serviços. O Hospital Governador Celso Ramos (HGCR) celebra aniversário nesta quinta-feira, 08, após receber investimentos de mais de R$ 1 milhão.

Foto: Aires Mariga / Epagri

A Epagri recebeu nesta terça-feira, 6, o 20º Prêmio Fritz Müller. A Empresa foi premiada na categoria Agricultura Sustentável pelo projeto “Organização e melhoria no sistema de produção orgânica de banana prata no extremo sul catarinense”. 

O projeto premiado foi desenvolvido pela Gerência Regional da Epagri em Araranguá. Os técnicos da Empresa prestam assistência técnica que fomenta a produção de banana prata orgânica em três associações de agricultores familiares de seis municípios do extremo sul: Jacinto Machado, Praia Grande, Timbé do Sul, Ermo, Turvo e Santa Rosa do Sul. O Sul do Estado concentra 49% da produção catarinense de banana do grupo Prata.

Graças ao esforço conjunto da Epagri e produtores, as famílias atendidas deixaram de depositar nos 450 hectares de suas propriedades cerca de 337 toneladas de fertilizantes químicos e 45 mil litros de calda de agrotóxicos por ano. O resultado é uma banana produzida de forma limpa e sustentável.

Também se destacam no projeto a humanização e otimização da mão de obra, a adequação das casas de embalagens às normas sanitárias, a diminuição das perdas pós-colheita, melhorias na tecnologia de adubação e aplicação de óleo mineral, aumento na eficiência de transporte. Além disso, houve maior aproximação entre as associações e entidades, aumento do envolvimento da Epagri e melhor divulgação da cadeia produtiva.

O projeto elaborado pela Epagri permitiu investimentos superiores a R$ 1 milhão. Os recursos são provenientes do Programa SC Rural, coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca com apoio financeiro do Banco Mundial e do Governo de Santa Catarina.

Paulo Arruda, diretor de extensão da Epagri, destaca que a banana orgânica produzida no extremo sul de Santa Catarina já é uma grande referência para o Brasil. “A própria região busca essa diferenciação de produtos, tanto na banana como no arroz orgânico”, descreve ele, lembrando ainda que o Fritz Muller é um dos mais importantes prêmios de sustentabilidade do Estado.

Para Reginaldo Ghellere, gerente regional da Epagri em Araranguá, o prêmio reforça entre técnicos e agricultores que a sustentabilidade é o caminho correto a seguir. “Receber um prêmio desse nos deixa gratificados, porque é o reconhecimento do trabalho realizado por muitas mãos: os agricultores, os responsáveis pelas associações, e os colegas da Epagri que atuaram diretamente para que as coisas realmente acontecem”, avalia.

O Prêmio Fritz Müller é concedido pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) para empresas e instituições públicas que possuem trabalhos e projetos na área ambiental desenvolvidos em Santa Catarina. O projeto da produção de banana orgânica no Sul do Estado já foi premiado neste ano pela Editora Expressão com o troféu Onda Verde, uma das mais importantes condecorações na área de ecologia no Sul do Brasil.

Página 2 de 323