Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Eduardo Pinho Moreira assume Governo de SC

Transmissão do cargo de governador

O governador licenciado Raimundo Colombo transmitiu o cargo ao governador em exercício Eduardo Pinho Moreira, que assumiu o Governo de Santa Catarina com duas prioridades bem definidas: a Saúde e a Segurança Pública

Oportunidades

Próximos eventos


Fotos: Helena Marquardt/ADR Ibirama

A Agência de Desenvolvimento Regional de Ibirama promoveu nesta sexta-feira, 10, uma oficina para professores de libras. Eles aprenderam a confeccionar jogos, discutiram e também puderam trocar experiências para melhorar o ensino de estudantes com deficiência auditiva.

A integradora educacional da ADR, Roseli Del’Sent, conta que atualmente cinco estudantes com deficiência auditiva estão matriculados nas escolas estaduais da Regional de Ibirama, mas que o número de atendimentos é muito maior  já que alunos de escolas municipais também frequentam as salas de Atendimento Educacional Especializado. “Nessas capacitações procuramos convidar mesmo os professores de escolas que não tem alunos surdos porque amanhã ou depois eles podem receber algum e precisam estar preparados”, disse.

Ela ressalta que um dos momentos mais importantes das oficinas, que acontecem periodicamente, é a troca de experiências. “Isso é muito enriquecedor porque os professores dão dicas uns para os outros de iniciativas que deram certo com os seus alunos e também podem funcionar com outras crianças, além de aperfeiçoarem as atividades que já são desenvolvidas em suas escolas”.  

Ibirama - Regional promove oficina para professores de libras

O professor da EEB Professora Semiramis Bosco, Adriano Hilleshein, foi um dos participantes e  diz que a capacitação faz com que as pessoas que estão  trabalhando com  a língua de sinais entendam a importância de uma comunidade surda ativa e do contato com outros deficientes e repassem isso em sala de aula. “Esses estudantes precisam se encontrar para praticar a língua e ela precisa estar viva tanto dentro de casa, quanto na escola e na vida social porque quem sai ganhando é o aluno para que quando ele chegue a fase adulta consiga se relacionar e fazer suas escolhas”.  

A professora  da EEB São João Bosco, Fabiana Alves Weber, São João Bosco, que foi uma das organizadoras do curso lembra que toda a programação da oficina foi planejada para beneficiar diretamente os estudantes. “Muitos intérpretes não tem noções básicas de libras então trabalhamos a linguagem de sinais, a interpretação, vídeos e diversos jogos que podem auxiliar nesse processo”, comentou.

Ibirama - Regional promove oficina para professores de libras

Intercâmbio de surdos

A partir das capacitações desenvolvidas periodicamente na Regional de Ibirama, os professores se inspiraram e têm promovido uma espécie de “intercâmbio” voltado a pessoas com deficiência auditiva, seus familiares e profissionais que atuam diretamente com esses estudantes. Os eventos acontecem a cada edição em uma cidade diferente e conta com debates, competições e até apresentações culturais como de teatro surdo.

Mais informações para a imprensa:
Helena Marquardt
Assessoria de comunicação 
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.adr.sc.gov.br
Site: sc.gov.br/regionais/ibirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama


Fotos: James Tavares / Secom

O governador Raimundo Colombo participou nesta sexta-feira, 10, em Lages, de coletiva com a imprensa sobre o balanço da 57ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), na sede Pinheirinho do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.

“O sentimento é de renascimento e fortalecimento dos Jogos Abertos. É um grande impacto na sociedade, vendo todos os ginásios lotados, a repercussão no Estado inteiro, motivando os atletas e reconhecendo o empenho e desempenho de todos. Sem falar na integração entre os municípios”, enfatizou Colombo.


Foto: PC/SC

A Polícia Civil, através da Delegacia da Comarca de Santo Amaro da Imperatriz, deflagrou na manhã desta sexta-feira, 10, a segunda etapa da operação Não Contavam com Minha Astúcia. O intuito é combater os furtos realizados com objetos eletrônicos conhecidos como chapolin, que bloqueiam o sinal do controle de alarmes de carros e impedem que as travas sejam acionadas. Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos em São José. Foram apreendidos diversos celulares, óculos, dinheiro em moeda estrangeira, raquetes, pen drives e outros produtos de origem duvidosa.

De acordo com o delegado Rodrigo Mayer, os mandados são referentes a um furto praticado no final de maio. Na ocasião, um homem que mora em São José emprestou seu veículo Celta (de cor branca) para dois outros homens irem a Santo Amaro da Imperatriz praticar o crime. “Furtaram um celular e um estepe que estavam dentro de um Palio Attractive no final de maio. Pegamos imagens de segurança, conseguimos identificar os suspeitos e o veículo utilizado, e desde então estávamos no encalço deles”, explica.

O delegado alerta a população para sempre conferir se o veículo realmente está trancado depois do alarme ser acionado e afirma que os criminosos têm preferência por praticar os furtos nos veículos Palio Attractive, pela facilidade de arrombar a porta usando uma chave micha. “Esses mandados de hoje são diferentes daqueles da primeira etapa da operação, mas o método e o modus operandi são os mesmos”, afirma.

O delegado também solicita que, se alguma vítima reconhecer alguns dos objetos divulgados, entre em contato com a Delegacia de Santo Amaro da Imperatriz.

Informações adicionais para a imprensa
Clarissa Margotti
Assessoria de Imprensa
Polícia Civil - PC
E-mail: imprensa@pc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-2313 / 99968-9600
Site: www.policiacivil.sc.gov.br

Com a segunda participação nos Jogos Abertos, este ano, em Lages, o squash catarinense se aproxima de concretizar ambição de 23 anos. Se tudo correr bem, o esporte dá mais um importante passo. Ruma para mudar de status de exibição no próximo ano, quando poderá ser homologado e se transformar em modalidade oficial a partir de 2019.

As disputas do squash começam nesta sexta-feira, 10, nas quadras do Serrano Tênis Clube. Encerram-se no sábado, último dia competição do maior evento poliesportivo do Sul do Brasil. A primeira participação do squash nos Jogos Abertos aconteceu em Joaçaba/Luzerna/Herval d´Oeste, em 2015. Mas o desejo é bem mais antigo.


Foto: Marcelo Pakinha

A Federação Catarinense de Squash (FHS) batalha para ser incluída como modalidade nos Jasc desde sua fundação em 1994. "Incentivamos os municípios de todas as regiões de Santa Catarina a construir quadras de squash, além de realizar etapas do circuito nas cidades, requisitos do estatuto", garante Nelson Neto, vice-presidente e diretor executivo da FCS.

 "O squash é um esporte moderno, dinâmico, rápido e de baixo custo, tudo que os organizadores atuais estão buscando para renovar o interesse por novas modalidades", avalia Neto. "Estamos a um passo de nos tornar olímpicos. Vamos participar em 2018, pela primeira vez, dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires. Por isso, nada mais justo do que o reconhecimento que a Fesporte proporciona", afirmou.

Participação de 10 cidades

A competição, em Lages, terá a participação de seis equipes no torneio masculino: Florianópolis, Joinville, Blumenau, Lages, Caçador e Chapecó. No feminino, o duelo pelo título tem Florianópolis, Blumenau, Lages e Caçador.

As equipes poderão jogar com o mínimo de dois e no máximo quatro atletas (sendo um reserva). Cada confronto – encontro entre duas equipes – terá três jogos individuais em disputa. O squash não distribui pontos aos municípios. A reunião técnica para definição das chaves é nesta sexta, 10, às 17h.

Nesta etapa, as equipes masculinas e femininas serão divididas em chaves de seis times no masculino e quatro no feminino, sendo cada partida eliminatória simples, de acordo com o ranking, e sorteio conforme estabelecido nas Normas Gerais da Federação Catarinense de Squash. 

As partidas serão disputadas nas duas quadras do Serrano Tênis Clube. Nesta sexta, dia 10, entre 19h e 21h, e, no dia 11, das 11h às 14h. As finais, masculina às 17h, e, feminina, às 18h.

>>> Acompanhe todas as notícias dos Jasc

>>> Confira as fotos da competição

>>> Baixe os boletins com resultados e programação

Informações adicionais para a imprensa
Orlando Pereira
(47) 9 9945-6578
Assessoria de Imprensa
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ (48) 9 9635-9617
E-mail: heronqueiroz@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br


Foto: FCC

No dia 14 de novembro, o Centro Integrado de Cultura (CIC) comemora seus 35 anos de inauguração e, para celebrar esta data, a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) promove uma agenda de atividades com entrada gratuita. A programação conta com exposições, visitas mediadas, grafite no hall do CIC, além de apresentação de piano e uma edição especial do Cinema ao Vivo com a Orquestra Manancial da Alvorada fazendo a trilha sonora para o filme Tempos Modernos, de Charles Chaplin.

O CIC foi construído para abrigar as diversas formas de manifestação da cultura artística de Santa Catarina. Inaugurado em 1982, o complexo de quase dez mil metros quadrados homenageia, em seu nome oficial, o professor Henrique da Silva Fontes (1885-1966), figura eminente, ligada à fundação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), professor universitário, desembargador, pesquisador da história catarinense e membro da Academia Catarinense de Letras.

Dentro de sua estrutura, estão espaços como o Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), o Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC), o Teatro Ademir Rosa, o Cinema do CIC, o Espaço Lindolf Bell, a Biblioteca de Arte e Cultura, as Oficinas de Arte, a Escolinha de Arte, o Ateliê de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis (Atecor), além de toda a estrutura administrativa da Fundação Catarinense de Cultura.

Programação

Cinema ao Vivo
A Orquestra Manancial da Alvorada faz a trilha sonora ao vivo para o clássico Tempos Modernos, de Charles Chaplin, em sessão com entrada gratuita no dia 14 de novembro, às 19h, no Cinema do CIC. Os ingressos serão distribuídos uma hora antes, na entrada do cinema, por ordem de chegada. Cada pessoa só poderá pegar um ingresso, pois os lugares são limitados à capacidade do espaço.

Para a participação no projeto Cinema ao Vivo, a Orquestra Manancial da Alvorada segue seu cuidado de abordar temas politicamente relevantes dentro de suas apresentações. O filme Tempos Modernos trata de questões bastante contundentes, como crise econômica, alienação do trabalho e movimentação social de organização trabalhista, provando sua insistente atualidade. Para o projeto, foram preparados rearranjos de temas da banda, composições de temas novos e ambientações e efeitos sonoros que irão trazer brilho para o moderno dos tempos trabalhados na obra atemporal de Chaplin.

Como um método de montagem, a banda irá explorar uma técnica temporal desenvolvida pelo compositor modernista Terry Riley, que distribuía temas auto-harmonizáveis sem hierarquia em partituras e coordenava através da regência apenas deixas para transições e mudanças, permitindo que os musicistas intérpretes explorassem com liberdade o que o tema lhes causava. Uma nova instrumentação distinta dos shows da Orquestra será experimentada, contando com mais instrumentos de percussão, computadores e sintetizadores. A apresentação também conta com a participação especial do renomado pianista florianopolitano Diogo de Haro.

Piano no Hall
Às 18h, no hall do CIC, o pianista Harold Auras faz um concerto aberto ao público. Auras é natural de Urubici (SC) e estudou na Escola Superior de Música de Blumenau.É formado pela UDESC, no curso de Educação Artística, com habilitação em música e atuou como recitalista nas principais cidades do Brasil.

60ª Exposição da Escolinha de Arte
Pequenos na estatura, mas grandes no talento, os artistas da Escolinha de Arte da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) expõem suas obras de 9 a 23 de novembro no Espaço Lindolf Bell, no Centro Integrado de Cultura. Esta é a 60ª edição da mostra que apresenta as produções artísticas desenvolvidas durante todo o ano de 2017 pelos 214 alunos com idade de 5 a 12 anos que participam do projeto.

Além das crianças que têm aulas no espaço da Escolinha, localizado no CIC, também participam da exposição os trabalhos dos alunos que fazem parte do projeto Escola na Escolinha, desenvolvido junto à Creche Nossa Senhora de Lourdes e Creche Nossa Senhora Aparecida, ambas em Florianópolis.

Exposições no Masc com visitas mediadas
O Museu de Arte de Santa Catarina (Masc) apresenta uma suntuosa mostra do que será a celebração dos seus 70 anos de criação – a serem comemorados em 2018. São nada menos que cinco projetos, totalizando mais de 300 trabalhos, entre exposições de alcance nacional e internacional, bem como do seu acervo, além da nova ocupação do projeto Clarabóia e uma justa homenagem à artista plástica Eli Heil, que faleceu neste ano. O destaque é a exposição “Sensos e Sentidos”, da coleção de Jeanine e Marcelo Collaço Paulo, que reúne 120 obras que correspondem à produção dos últimos cinco séculos de países como Portugal, Peru, França, Espanha, Itália e Brasil – incluindo notáveis catarinenses como Victor Meirelles.

Para o aniversário do CIC, serão oferecidas visitas mediadas no dia 14 de novembro, em dois horários: às 16h e às 20h. Interessados não precisam se inscrever previamente, apenas chegar no horário desejado, deixar o nome na lista que estará na recepção do museu e aguardar o horário. As vagas são limitadas a 35 participantes por sessão e serão preechidas por ordem de chegada. Mais informações pelo telefone (48) 3664-2630.

Informações adicionais para imprensa
Fernanda Peres
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefone: (48) 3664-2571
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br
Site: www.fcc.sc.gov.br 
Twitter: www.twitter.com/fccoficial  
Facebook: www.facebook.com/FundacaoCatarinensedeCultura 

Página 80 de 265