Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Com a Palavra, o Governador - 17 de novembro de 2017

Com a Palavra, o Governador - 17 de novembro de 2017

O governador Raimundo Colombo fala sobre a ressocialização dos presos no estado, os resultados do agronegócio e o projeto piloto da Secretaria da Educação com a implantação do sistema de matrículas online.


Oportunidades

Próximos eventos


Secretário Cesar Souza Jr em Dia de Ação em Criciúma. Foto: Paula Darós/ ADR Criciúma

O Dia de Ação do Governo chega à 8ª edição nesta quarta-feira, 13, com a realização simultânea em 14 localidades diferentes. Ao longo do dia, cada um dos secretários participantes visita uma região específica para apresentar programas do governo, visitar obras e ouvir reivindicações da comunidade.

O programa, organizado pela Secretaria Executiva de Assuntos Estratégicos, vinculada à Casa Civil, tem o objetivo de promover uma maior aproximação entre os diferentes órgãos do governo e a população catarinense. Os roteiros são sempre organizados em parceria com as equipes das Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs), após elaboração de diagnóstico das regiões elencando as principais demandas. Em cada programação, é visitado o município sede da ADR e também, sempre que possível, cidades vizinhas.

O projeto foi desenvolvido há pouco mais de um ano, a pedido do governador Raimundo Colombo. “Nossa ideia é aproximar a estrutura do governo das diferentes regiões do estado, compartilhando informações com as pessoas e entidades municipais, apresentando programas e iniciativas que estão dando certo e, ao mesmo tempo, buscando conhecer melhor os novos anseios de cada localidade. Essa proximidade é fundamental para um bom governo”, destaca o governador.

A primeira edição do Dia de Ação do Governo foi realizada em 20 de julho de 2016. Até agora, já foram realizadas sete rodadas, abrangendo 196 cidades de todas as regiões catarinenses. A cada nova edição do programa, em média, participam 12 secretários de estado ou presidentes de empresas e autarquias do governo.

O secretário de Assuntos Estratégicos, Cesar Souza Jr, que coordena a iniciativa, diz que a edição desta quarta-feira marca uma nova etapa do Dia de Ação de Governo, buscando ampliar ainda mais o alcance do programa e a participação das diferentes secretarias. “O nosso grande objetivo é vencer a barreira da burocracia e levar o governo para cada vez mais perto das pessoas”, afirma. Nesta nova rodada, o secretário estará na região Brusque (veja abaixo todas as participações confirmadas).

Dia de Ação de Governo – 13 de setembro
Araranguá – secretário da Agricultura e Pesca, Moacir Sopelsa;
Brusque – secretário executivo de Assuntos Estratégicos, Cesar Souza Junior;
Caçador – secretário da Saúde, Vicente Caropreso;
Campos Novos – secretária adjunta da Educação, Elza Moretto;
Concórdia – presidente da Epagri, Luiz Ademar Hessmann;
Lages – secretário da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli;
Laguna – presidente da Celesc, Cleverson Siewert;
Maravilha – presidente interino da Fatma, André Adriano Dick;
São Joaquim – presidente da Casan, Valter José Galina;
São Miguel do Oeste – presidente do Deinfra, Wanderley Agostini;
Timbó – presidente da Cidasc, Enori Barbieri;
Tubarão – secretário da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro;
Xanxerê – presidente do Badesc, José Caramori.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto:James Tavares/Secom/Arquivo

Nesta terça-feira, 12, a previsão é de muitas nuvens em Santa Catarina, com aberturas de sol. Condição de chuva no Planalto Sul, Litoral Sul, Oeste e Meio-Oeste. A temperatura estará amena na maioria das regiões e em elevação Oeste e Meio-Oeste, onde as máximas podem chegar a 28°C. O vento sopra de sudeste a nordeste, fraco a moderado.

Para o restante da semana, a Epagri/Ciram indica tempo mais firme, com sol e variação de nuvens. A condição de chuva volta na sexta-feira, 15, no período noturno, nas regiões do Oeste ao Litoral Sul.

Setembro com chuva abaixo da média em SC

Conforme o setor de meteorologia da Epagri/Ciram, no mês setembro deve predominar um padrão mais seco em Santa Catarina, com chuva abaixo da média climatológica e risco de queimadas frequentes, sobretudo na primeira quinzena. Em outubro e novembro, previsão de chuva mais frequente e aumento do volume.

A Epagri/Ciram destacou que na primavera, que começa no dia 22 de setembro, aumenta a incidência de temporais com granizo e ventania em SC, por vezes com acumulados significativos de chuva em curto espaço de tempo, bem como períodos de estiagem.

A Epagri/Ciram recomenda o acompanhamento diário dos boletins e informações disponibilizados no site.

Previsão do tempo em vídeo

Situação dos rios

A Epagri/Ciram chama a atenção para o nível de alguns rios em SC, devido a estiagem. Estão em situação de emergência: Forquilhinha, Foz do Manuel Alves, Chapadão do Lageado, São João Batista, Orleans - Montante, São Martinho - Jusante, Coronel Passos Maia, Rio das Antas e Tangará. E em alerta: Canoinhas - CASAN, Jose Boiteux, Ponte Moratelli, Timbó Novo, Rio do Pouso, Barra do Chapecó Aux., Joaçaba I, Ponte R. João Susin Marini, Fazenda Souza e Foz do Rio Negrinho.

aviso estiagem 21 12 09 2017

Mais informações para a imprensa:
Central de Meteorologia
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5007 e (48) 3665-5172
E-mail: contatociram@epagri.sc.gov.br
Site: www.ciram.epagri.sc.gov.br
Facebook


Foto: Jeferson Baldo / GVG

O vice-governador Eduardo Pinho Moreira informou que para a continuidade do Serviço Aeropolicial (Saer) em Criciúma a Secretaria de Estado da Segurança Pública está autorizada a estender o contrato de forma emergencial por mais um ano até que seja encaminhada uma nova licitação. O tema foi tratado nessa segunda-feira, 11, em Florianópolis, em reunião com o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Criciúma, João Fabris. 

“O helicóptero do Saer vai continuar na Região Sul. Isso é uma decisão que já foi tomada e autorizamos a secretaria de Segurança Pública estender este contrato”, garantiu o vice-governador.

Para a instalação do serviço em Criciúma, a ADR buscou apoio de empresários que prontamente atenderam e contribuíram em obras emergenciais no hangar que abriga o helicóptero. “Existiu uma união de forças para a vinda do Saer e não seria justo para a região que tirássemos o helicóptero. Este serviço vai continuar sendo prestado na região Sul. É uma boa notícia”, acrescentou Moreira.

Comitiva do Sul reforça assuntos importantes para região

A audiência contou com a participação de lideranças da região Sul entre elas o secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, o secretário de Articulação Nacional, Acélio Casagrande e o gerente Regional de Saúde, Fernando de Fáveri.

Durante a reunião também entraram em pauta discussões como a SC-390 e Rodovia Jorge Lacerda. “Esta união de forças é que vai mostrar o resultado para a população. Estamos juntos buscando alternativas para levar melhorias para a nossa região. O Saer já está garantido e vamos buscar novos projetos”, comentou o secretário Regional João Fabris.

Hospital São Donato

Participaram do encontro ainda, o vice-prefeito de Içara, Sandro Giassi Serafim, e o presidente do Hospital São Donato, Júlio de Luca, que aproveitaram a oportunidade para agradecer o emprenho em solucionar as dívidas do hospital. “O Hospital São Donato é a porta de emergência para muitos municípios da região. Agora podemos dar continuidade aos trabalhos”, salientou de Luca.

Mais informações para a imprensa:
Vitor Hugo Louzado
Assessoria de Comunicação
Gabinete do Vice-Governador
Fone: (48) 3665-2283 / 99118-9821
E-mail: vhlouzado@hotmail.com 

Paula Darós Darolt
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Criciúma
E-mail: imprensa@cua.adr.sc.gov.br
Telefone: (48) 3403-1018 / 99127-6838
Site: sc.gov.br/regionais/criciuma


SC-401 em Florianópolis, na véspera do feriadão - Foto: James Tavares / Secom

O balanço da Operação Independência, divulgado pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv), mostrou que durante o feriadão, entre os dias 6 e 11 de setembro, o número de acidentes chegou a 104, ou seja, 9,57% a menos em relação ao feriadão de 2015. “Fizemos um comparativo com 2015 justamente quando aconteceu o mesmo feriadão em relação ao número de dias. Então houve redução dos números, tanto de mortes como de acidentes, levando em consideração também que a cada ano a nossa frota de veículos aumenta”, disse o tenente coronel da PMRv, Fábio José Martins.

Acidentes com vítimas chegaram a 50, deixando sete mortos em um total de 175 veículos envolvidos. (Ver tabela abaixo). Os principais acidentes registrados foram saída de pista, colisão frontal e lateral, autuações com uso do celular, falta de cadeirinha no transporte de crianças, além de 14 CNHs (carteira nacional de habilitação) recolhidas por embriaguez.

Martins considerou a operação positiva embora o problema maior, na sua avaliação, é a imprudência. “Consideramos positiva a operação e lamentamos, logicamente, que o número de mortes para um feriadão que é alto. A gente busca, na medida do possível, reduzir esses números, mas o problema é que a maioria dos acidentes tem relação com a imprudência”.

Os policiais Militares Rodoviários foram distribuídos em escalas de serviço de revezamento em 89 rodovias, perfazendo uma malha viária de aproximadamente 4 mil quilômetros. “Sempre que há um feriadão nós intensificamos a fiscalização desde que as condições operacionais nos permitem. Esse ano fizemos muitas micro-operações com radar, para reduzir velocidade e também a questão meteorológica, com feriadão sem chuvas. Isso contribui para a redução dos números que tivemos na operação”.

DESCRIÇÃO

2015

2017

Percentual

Acidentes com vítimas

40

50

25%

Acidentes sem vítimas

75

54

-28%

Total de acidentes

115

104

-9,57%

Veículos envolvidos

190

175

-7,89%

Número de feridos

58

64

10,34%

Número de mortos

9

7

-22,22%

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Divulgação / Fesporte

Jovens de 12 a 14 anos mais bem colocados nos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) chegam a Curitiba nesta segunda-feira, 11, para representarem Santa Catarina nos Jogos Escolares da Juventude (Jej), entre os dias 12 e 21 de setembro. Os catarinenses participam da cerimônia de abertura nesta terça-feira, 12, no ginásio do Circulo Militar, em Curitiba (PR), a partir das 18 horas. As competições começam nesta quarta-feira. A delegação catarinense é gerenciada pelo Governo do Estado por intermédio da Fesporte.

Segundo o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), a edição de 2017 dos Jogos Escolares da Juventude quebrou um recorde no número de inscrições: são 4.069 atletas de 1.396 escolas públicas e privadas de todo o país. Desse total, Santa Catarina estará representada por 162 jovens competidores distribuídos entre as 13 modalidades da competição. São elas: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei e xadrez. 

Todas as regiões de Santa Catarina estão presentes na etapa nacional

Ao todo, são 77 escolas de 37 municípios catarinenses representados. Com duas escolas classificadas em modalidades coletivas, Criciúma totaliza 23 representantes e é a cidade com mais alunos classificados. No handebol feminino, o Colégio São Bento terá 12 meninas representantes e, no futsal feminino, o Colégio Rogacionista Pio XII defenderá o título nacional da modalidade. No ano passado, as meninas do Sul de SC foram campeãs do futsal com uma campanha irretocável: cinco vitórias em cinco jogos, 30 gols marcados e apenas três gols sofridos.

A cidade com o maior número de escolas classificadas é Joinville. São 11 instituições de ensino com, ao menos, um atleta representante cada. Destaque para a natação, que classificou cinco jovens atletas, e para o atletismo, que classificou quatro.

Quanto ao número de atletas, Criciúma (23), Blumenau, com (21), Caçador (14), Timbó (12), Jaraguá do Sul (12), Saudades (10) e Camboriú (10) também se classificaram em modalidades coletivas e emplacaram jovens na etapa nacional de Curitiba.

Para Josélia Maranho, a chefe de delegação do Time Santa Catarina e gerente de esporte de base e inclusão da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), os Jogos Escolares da Juventude são uma grande oportunidade para os jovens aprenderem diferentes valores, em diferentes aspectos. Além, claro, do orgulho em poder defender o estado de Santa Catarina.

"Eles têm uma excelente convivência, conhecimento e confraternização com os demais atletas dos estados brasileiros. Todos têm em média de 100 a 190 alunos, que se reúnem nas refeições, além de ter uma área muito legal de conivência que COB oferece. Então, creio que o mais importante para eles é a experiência que eles levam. Sem contar com a possibilidade de viajar para outro estado e representar Santa Catarina, que para eles é um motivo de orgulho", destaca Josélia. 

Atuais medalhistas tentam repetir o feito de 2016

Das 35 medalhas que Santa Catarina conquistou no ano passado, algumas podem se repetir. Daniel Augusto Raduenz, da Escola Básica Municipal Almirante Barroso, de Pomerode, levou o ouro no lançamento de dardo em 2016 e disputará a prova mais uma vez. Já Ana Carolina Souza, da Escola Municipal Machado de Assis, de Blumenau, conquistou três medalhas de prata na ginástica rítmica no ano passado e volta para as competições de 2017 em 13 categorias da modalidade.

Josélia explica que o desempenho do estado, diante do retrospecto nos últimos anos, deve ser satisfatório dentro do processo que vem sendo realizado no esporte catarinense. 

"A delegação de Santa Catarina chega com uma excelente expectativa. Queremos conseguir um bom número de medalhas. Nesta primeira etapa, a individual, é que a gente sempre ganha mais medalhas. Queremos chegar ao máximo possível de pódios", comentou. 

Outro destaque individual vai para Kauan Figueroa Sttocco, de Caçador. O jovem, de 14 anos, do Colégio de Aplicação da Uniarp, é o único atleta catarinense que se classificou para mais de uma modalidade da etapa nacional. Além de integrar a equipe de handebol masculino, Kauan também foi campeão catarinense no badminton e vai disputar as categorias de simples, duplas e duplas mistas.

Os Jogos Escolares da Juventude 

Organizados pelo Comitê Olímpico Brasileiro, o COB, os Jogos Escolares da Juventude são o maior celeiro de atletas olímpicos do país. Da delegação composta por 465 atletas do Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, um total de 52 já haviam participado dos Jogos Escolares, entre eles Mayra Aguiar e Sarah Menezes, do judô, e Hugo Calderano, do tênis de mesa. 

Além das competições, os jovens atletas terão à disposição em Curitiba uma série de eventos paralelos. O programa socioeducativo e cultural abrange diversas atividades extras com o intuito de aproximar os jovens de todo o país aos valores olímpicos.

"A revelação de talentos é importante, mas não é nosso principal objetivo nos Jogos. Queremos contribuir para a inclusão social e transformação do Brasil por meio do esporte. Tenho a convicção de que estamos alcançando nossos objetivos esportivos e sociais com a realização dos Jogos Escolares", diz Edgar Hubner, diretor geral dos Jogos Escolares da Juventude e gerente geral de Juventude COB. 

Para inspirar os jovens talentos do esporte nacional, o COB selecionou 11 atletas olímpicos ou pan-americanos para atuarem como Embaixadores dos Jogos em Curitiba. A função dos embaixadores é levar o exemplo positivo da prática esportiva para os jovens participantes, mediante o contato direto, palestras e atividades educativas. 

Entre os embaixadores para a capital paranaense, quase todos tiveram passagens pelos Jogos Olímpicos ou Pan-americanos. Destaque para o judoca Tiago Camilo, medalhista de prata nos Jogos Olímpicos Sydney 2000 e bronze em Pequim 2008 e atual presidente da Comissão de Atletas do COB. Fabiana Murer, medalhista pan-americana e campeã mundial indoor do salto com vara, também estará em Curitiba, junto a Etiene Medeiros, melhor nadadora brasileira da atualidade.

 Além de Etiene, Tiago e Fabiana, também serão embaixadores na capital paranaense: Gideoni Monteiro (ciclismo), Jéssica Maier (ginástica rítmica), Luiz Henrique dos Santos (badminton), Aline Silva (lutas), Ligia Silva (tênis de mesa), Iziane Marques (basquete), Rodrigo Hardy (futsal) e Silvia Helena Pereira (handebol).

Texto: Nicolas Quadro e Renan Koerich

Assessoria de Comunicação - Fesporte 
Renan Koerich
Antonio Prado
Heron Queiroz
Zenilda Stein
Nicolas Quadro
Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128
Cel: (48) 988027742

Página 71 de 199