Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Henrique visitando o Helicóptero Águia 4 - 04/04/2017

Henrique visitando o Helicóptero Águia 4 - 04/04/2017


Henrique Ribeiro, de 10 anos, sonhava em conhecer o helicóptero Águia 4, da Polícia Militar de Santa Catarina, em Lages.

Oportunidades

Próximos eventos



Estão abertas as inscrições para o seminário Geração Distribuída de Energia Elétrica: Cenários e Oportunidades, que será realizado dia 26 de maio, das 8h às 17h30, na Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc). Promovido em parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), por meio do programa SC+Energia, e Associação dos Produtores de Energia de Santa Catarina (Apesc), o objetivo é apresentar as vantagens e as oportunidades dentro de um novo modelo de geração do setor, bem como o potencial da indústria catarinense. As vagas são limitadas e gratuitas neste link.

“Vamos completar dois anos do SC+Energia em junho e os resultados estão acima do que esperávamos inicialmente. Temos cerca de 90 projetos cadastrados, de fontes limpas e renováveis, que vão ampliar a geração de energia em nosso Estado, trazendo mais desenvolvimento e gerando mais empregos”, salientou o secretário da SDS, Carlos Chiodini.

No evento, serão apresentadas as ações do SC+Energia, além de palestras do Ministério de Minas e Energia, da Agência Nacional de Energia Elétrica, entre outras iniciativas do setor público e privado. O seminário conta com patrocínio do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae/SC), Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Engie, WEG, Agência de Fomento de Santa Catarina (Badesc), Enebras, Estelar, Erzeg e Rotária do Brasil.

Informações adicionais para a imprensa
Michelle Nunes - Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
E-mail: jornalistaminunes@gmail.com
Fone: (48) 3665-2261 / 99929-4998
Site: www.sds.sc.gov.br


Foto: Divulgação / Deinfra 

O presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura, Wanderley Agostini, assinou, nesta quarta-feira, 10, a ordem de serviço que autoriza o 1° Batalhão Ferroviário do Exército a dar continuidade nas obras na rodovia SC-114, Caminhos da Neve, no trecho que liga São Joaquim à divisa com o Estado do Rio Grande do Sul.

O Governo de Santa Catarina investiu mais de R$ 9 milhões na pavimentação, terraplenagem, drenagem e outras obras complementares. Com 5 quilômetros de extensão, esta obra trará mais segurança e conforto a todos os motoristas que utilizam a rodovia diariamente.

Informações adicionais para a imprensa:

Assessoria de comunicação do Deinfra
(48) 3251-3037 
rguidalli@yahoo.com.br





Foto: Divulgação

A segunda edição da Sessão Cinemática, produzida pela Cinemateca Catarinense em parceria com o Museu da Imagem e do Som (MIS/SC) e a Fundação Catarinense de Cultura (FCC), terá a exibição do documentário Junho - o mês que abalou o Brasil, dirigido pelo fotojornalista João Wainer, e debate na sequência. O evento será no dia 17 de maio, às 19h20, com entrada gratuita no Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis.

O filme, produzido pelo jornal Folha de S. Paulo, retrata as manifestações que eclodiram na cidade de São Paulo em 2013 com o aumento das passagens de ônibus, repercutindo nas ruas de todo o país. Com imagens da equipe da TV Folha, o documentário ganhou o prêmio Esso de Melhor contribuição ao telejornalismo, e traz entrevistas com articulistas Demétrio Magnoli, Vladimir Sefatle, Luiz Felipe Pondé, Leonardo Sakamoto e Juca Kfouri e nomes como Bruno Torturra, da Mídia Ninja, a militante e socióloga Elena Judensnaider e da jornalista da Folha Giuliana Vallone, cuja imagem do tiro de bala de borracha no olho se tornou icônica da cobertura das manifestações.

O papel da polícia e a repressão violenta será tema do debate que ocorre após a projeção, com as convidadas Marta Machado, do curso de Cinema da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); Elenira Vilela, professora do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC); e Elaine Sallas, mestranda em Artes Cênicas da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). A mediação é de Cristine Larissa Clasen, diretora de comunicação da Cinemateca Catarinense.

A distribuidora O2 Play autoriza gentilmente os direitos de exibição do filme.

Ficha técnica do filme

Junho - O mês que abalou o Brasil
Direção: João Wainer
Ano: 2014
Produção: TV Folha
Distribuição: O2 Play
Duração: 72 min
Classificação: 12 anos

Cinemática

O evento produzido pela Cinemateca Catarinense tem curadoria de Pedro MC e todos os meses contará com projeção de filmes com formatos diversos, entre curtas, longas e videoarte. Segundo o curador, os temas escolhidos são emergentes e "transbordantes", com a proposta de compartilhar com o público filmes que dialoguem com temas atuais. Estreias de filmes relacionados a Santa Catarina também estarão na programação.

Na primeira edição, no dia 12 de abril, foram exibidos os curtas Heaven, S, O Novo Monumento e Modern, de Luiz Roque. As próximas edições estão previstas para os dias 14 de junho, 12 de julho, 16 de agosto, 13 de setembro, 18 de outubro, 15 de novembro e 13 de dezembro. A cada sessão será promovido debate com convidados.

Serviço

O quê: Sessão Cinemática - Documentário Junho, de João Wainer
Quando: 17 de maio (quarta-feira), às 19h20min
Onde: Sala de Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Entrada gratuita
Contato: cinemateca.sc@gmail.com / (48) 9 8866-6012 / (48) 3664-2650
Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/121396698428171/

Informações adicionais para imprensa
Fernanda Peres
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefone: (48) 3664-2571
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br
Site: www.fcc.sc.gov.br 
Twitter: www.twitter.com/fccoficial  
Facebook: www.facebook.com/FundacaoCatarinensedeCultura  


Foto: Marco Vasques / FCC

Santa Catarina é o Estado do Sul do Brasil com o maior número de municípios já integrados ao Sistema Nacional de Cultura (SNC), abrangendo 66%. Outros 17% já contam com suas legislações implantadas, contemplando sistemas e planos municipais, além dos respectivos conselhos de política cultural. A criação do Sistema e do Plano Estadual de Cultura será o próximo passo, conforme adiantou o presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Rodolfo Joaquim Pinto da Luz. A proposta que contempla Sistema, Plano e Conselho Estadual de Cultura foi apresentada durante a abertura do VII Fórum Catarinense de Gestores Municipais de Cultura, na quarta-feira, 10, em Treze Tílias.

A regulamentação destas instâncias no âmbito estadual vem sendo debatida desde 2011, se consolidando em um projeto de lei de autoria do Governo do Estado a ser encaminhado ainda neste ano para a Assembleia Legislativa. Pela proposta caberá à Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) e à FCC a coordenação do Sistema e do Plano que terão como finalidade o planejamento e a implementação de políticas culturais, reunindo um conjunto de diretrizes, estratégias, ações e metas, além de uma nova legislação de incentivo à cultura em âmbito estadual. “Ele permitirá que o Estado, União e os municípios trabalhem de forma articulada programas, projetos e ações de incentivos às manifestações artísticas”, disse o presidente da FCC.

Rodolfo lembra que a elaboração dos planos de cultura é de responsabilidade do órgão gestor da política cultural. “Por isso é fundamental estimular essas articulações nos municípios, porque é neles que o fenômeno da cultura acontece na sua plenitude”, ressaltou.

O Fórum Catarinense de Gestores Municipais de Cultura é uma promoção da Federação Catarinense dos Municípios e vai até sexta-feira, 12, com debates, oficinas e palestras, reunindo dirigentes, prefeitos, vereadores, secretários de Estados e representantes do Ministério da Cultura. Na ocasião, a FCC também divulgou o projeto Calendário SC, uma plataforma de cadastramento de eventos culturais e artísticos para todo o Estado. Por meio de um formulário no site da Fundação é possível cadastrar o evento, com informações sobre o período de realização, local e quem promove. A proposta é dar visibilidade a estas ações de com um mapa aberto e auxiliar na construção de ações integradas com a própria FCC.

Informações adicionais para imprensa
Marcos Espíndola
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefone: (48) 3664-2572
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br
Site: www.fcc.sc.gov.br 
Twitter: www.twitter.com/fccoficial  
Facebook: www.facebook.com/FundacaoCatarinensedeCultura 


Foto: James Tavares/Secom

Atleta do time Leoas da Serra, de Lages, a cearense Amanda Lyssa de Oliveira Crisóstomo, a Amandinha, acaba de ser eleita pela terceira vez consecutiva a melhor jogadora de futsal do mundo. Ela e um dos dirigentes do clube, Aldo Camargo de Oliveira, visitaram o governador Raimundo Colombo nesta quarta-feira, 10, para tratar de projetos que possam contribuir para incentivar a prática do esporte entre as novas gerações catarinenses.

Página 8 de 31