Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Campanha Compre de SC

Campanha Compre de SC

O Governo do Estado lançou a campanha Compre de SC para incentivar o consumo de produtos produzidos em Santa Catarina. Além de estimular a produção interna e muitas vezes de pequenos produtores, a campanha faz a economia girar, gerando renda e emprego.

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Suderf

Prefeitos da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (RMF) debateram e aprovaram o texto do projeto de lei estadual que visa a implantação da Rede Integrada de Transporte Coletivo Metropolitano, em reunião do Colégio Superior da RMF na prefeitura de São José, na tarde de segunda-feira, 12. Estavam presentes a prefeita de São José, Adeliana Dal Pont, os prefeitos de Águas Mornas, Omero Prim, de Governador Celso Ramos, Juliano Campos, de Santo Amaro da Imperatriz, Edésio Justen, o prefeito em exercício de São Pedro de Alcântara, Edson José da Silva Filho, e o vice-prefeito de Biguaçu, Vilson Norberto Alves.

A proposta elaborada pela Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Suderf) e aprovada pelo Comitê de Desenvolvimento da RMF (Coderf) no mês passado, trata apenas do transporte público coletivo metropolitano nesse momento, atendendo à Política Nacional de Mobilidade Urbana e ao Estatuto da Metrópole (Leis Federais 12.587, de 3 de janeiro de 2012, e 13.089, de 12 de janeiro de 2015). O projeto de lei estadual transfere as competências e atribuições do transporte público coletivo intermunicipal de caráter urbano do Deter para a Suderf, no território da RMF, e autoriza o Governo do Estado e a Suderf a celebrarem convênio de cooperação e contratos de programa com os municípios da região para integrar as linhas municipais com as intermunicipais.

Os prefeitos de Águas Mornas, Antônio Carlos, Biguaçu e São Pedro de Alcântara já tinham manifestado apoio ao encaminhamento do projeto de lei via ofício à Suderf. Agora, o projeto de lei será encaminhado para votação na Alesc e, após aprovado, será celebrado um Convênio de Cooperação entre Estado e municípios e serão firmados contratos de programa entre a Suderf e os municípios, estabelecendo os deveres e competências de cada ente participante da gestão associada do sistema. 

Além dos prefeitos, participaram da reunião representantes das prefeituras de Florianópolis e Palhoça, da Suderf, do Deter (Departamento de Transportes e Terminais da Secretaria de Estado de Infraestrutura) e do Comdes (Conselho Metropolitano para o Desenvolvimento Sustentável da Grande Florianópolis).

Rede Integrada de Transporte Coletivo Metropolitano

Melhorar a conectividade entre os municípios da região metropolitana da Grande Florianópolis por meio do transporte coletivo é um dos objetivos da proposta da rede integrada de linhas de ônibus de que contemplará os oito municípios da área continental da RMF. Criada pela Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Suderf), em parceria com o Observatório da Mobilidade Urbana da UFSC, a proposta prevê a integração dos sistemas de transporte coletivo municipais com o intermunicipal após licitação única pelo Governo do Estado.

A rede de ônibus metropolitana contempla novas linhas locais nos municípios, além de conexões entre as maiores centralidades da área continental da região (centros de Palhoça e Biguaçu, bairros Kobrasol, Campinas e Barreiros, em São José). Integram o sistema os municípios de Águas Mornas, Antônio Carlos, Biguaçu, Governador Celso Ramos, Palhoça, São José, São Pedro de Alcântara e Santo Amaro da Imperatriz.

A grande motivação da proposta é fornecer à população da região melhores serviços de transporte público coletivo, com integração física e tarifária entre os oito municípios. Na proposta da Suderf, o usuário do transporte coletivo da região metropolitana da Grande Florianópolis utilizará um único sistema, com um único cartão de ônibus e tarifas integradas, que substituirão o pagamento de duas ou três tarifas cheias em vários deslocamentos, como acontece atualmente.O projeto da Rede Integrada de Transporte Coletivo Metropolitano está disponível no endereço bit.ly/onibusmetropolitano. No mapa, é possível consultar as linhas de ônibus por município e as conexões entre as cidades.

Mais informações para a imprensa:
Rosália Dors Pessato
Assessoria de Comunicação
Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis - Suderf
E-mail: rosalialdors@gmail.com
Fones: (48) 3665-3334 e (48) 99150-1222
Site: www.spg.sc.gov.br/suderf


Foto: Jeferson Baldo  / Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira participou da solenidade de posse dos desembargadores Ricardo Roesler e Cid Goulart Júnior, respectivamente na presidência e vice-presidência do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC). A solenidade aconteceu na noite desta segunda-feira, 12, no Tribunal de Justiça de Santa Catarina, em Florianópolis. Também foram empossados os desembargadores Volnei Celso Tomazini e Jaime Ramos como juízes substitutos da Corte.


Fotos: Jeferson Baldo/GVG

A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) passa a contar com mais 26 médicos veterinários. O governador Eduardo Pinho Moreira deu posse, nesta segunda-feira, 12, em Florianópolis, aos novos funcionários que irão coordenar os programas sanitários nacionais e estaduais, orientar produtores e cidadãos, fiscalizar o cumprimento de normas, além de inspecionar produtos e subprodutos de origem animal e trabalhar com educação sanitária. As ações beneficiam diretamente mais de 200 mil produtores do Estado e garantem o acesso dos produtos catarinenses a mais de 150 mercados de consumo.

>>> Galeria de fotos

“Santa Catarina é um estado único, exemplar, forte e se destaca em muitos setores. O agronegócio é um deles, e isso é fruto de muita dedicação. O agronegócio no nosso Estado agrega conhecimento, tecnologia, qualidade, faz com que sejamos referência e precisa ser cuidado e estimulado. Os novos servidores da Cidasc vêm para reforçar todo este trabalho e ajudar ainda mais Santa Catarina a crescer”, disse o governador.

Até o final deste ano, 229 novos servidores passarão a fazer parte da Cidasc. Além dos 26 médicos veterinários empossados nesta segunda, mais 25 serão chamados a partir de maio, juntamente com 178 auxiliares operacionais aprovados nos concursos 001 e 002 de 2016. Nas próximas semanas, os 26 novos servidores participarão de treinamento prático e teórico para que possam desempenhar suas funções no interior do Estado.

O presidente da Cidasc, Enori Barbieri, informou que, atualmente, os frigoríficos e indústrias de carne de Santa Catarina exportam para 150 países, gerando mais de 60 mil empregos diretos. “Para continuar mantendo este padrão, a Cidasc está recompondo seu quadro funcional. Os servidores chamados irão trabalhar principalmente nas regiões de São Miguel do Oeste, Chapecó, Concórdia, Videira, Caçador e Tubarão. É mais uma grande conquista para o setor”, explicou.

O secretário da Agricultura, Moacir Sopelsa, destacou que, mesmo com apenas 1,12% do território nacional, Santa Catarina se consolida como grande produtor de alimentos. “A chegada dos novos funcionários vem fortalecer ainda mais o trabalho de defesa sanitária em Santa Catarina e garante o sucesso e a qualidade que o Estado apresenta nos setores da produção animal e vegetal. As conquistas do agronegócio catarinense são resultados da combinação de esforços do Governo do Estado, produtores e técnicos”, afirmou.

A nova servidora, que veio de Salvador, na Bahia, Gabriela Santos, relatou que estudou muito para atingir seu objetivo de passar no concurso da Cidasc. “Estou feliz em fazer parte desta equipe de médicos veterinários, foram muitos dias e noites de estudos. Vou atuar na região de Xanxerê. Minha expectativa é grande. Quero fazer um bom trabalho em prol da cidade e do Estado”, comentou.


Gabriela (à direita) veio de Salvador

Barbieri acrescentou que, com os novos servidores, os produtores rurais catarinenses contarão com um total de 240 médicos veterinários atuando na defesa agropecuária do Estado, sem contar os 85 veterinários do Instituto Catarinense de Sanidade Agropecuária (Icasa) que também trabalham nesta área. 

A Cidasc

Desde sua fundação, a Cidasc tem como objetivo garantir a excelência sanitária dos rebanhos e lavouras do estado. Atualmente, Santa Catarina possui dois certificados internacionais, concedidos pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), como área livre de febre aftosa sem vacinação e, junto com o Rio Grande do Sul, de zona livre de peste suína clássica (PSC). O reconhecimento internacional possibilitou a abertura de mercados externos e fortaleceu o agronegócio do estado.

Os esforços para manutenção desse status são enormes, fruto da parceria entre Secretaria da Agricultura, Cidasc e iniciativa privada, que trabalham juntos para preservar a saúde pública, executar ações de sanidade animal e coibir entrada e disseminação de pragas e doenças nas lavouras e pomares do Estado.

O presidente da Cidasc, Enori Barbieri, destacou os compromissos da companhia. “A Cidasc oportuniza a abertura de mercados por meio da agregação de valores em produtos com qualidade em defesa sanitária animal e vegetal. Temos o compromisso de manter a excelência dos produtos aqui produzidos e comercializados”, afirmou.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Ricardo Lunge/ADR Blumenau

A Policlínica Lindolf  Bell, no Bairro Itoupava Norte, em Blumenau, está em sua fase final da reforma geral e reforço estrutural que o Governo do Estado está realizando. A obra está com 78% dos serviços concluídos e a previsão de entrega é o final do mês de março.

Estão sendo feitas implantação de tubulação de ar-condicionado, nova iluminação de LED, finalização do forro, instalações elétricas, pintura interna e externa, melhorias no piso, entre outros.

Dos investimentos, R$ 1,63 milhão é do Governo do Estado e R$ 152 mil da prefeitura do município.

Informações adicionais para a imprensa:
Ricardo Lunge
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Blumenau
E-mail: imprensa@bnu.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3378-8175 / 99232-6300
Site: sc.gov.br/regionais/blumenau


Sambaqui, Florianópolis. Foto: James Tavares/Secom

A semana começa com poucas aberturas de sol e variação de nuvens em Santa Catarina, com condição de chuva isolada do Planalto ao Litoral no decorrer desta segunda-feira, 12. A temperatura diminui em relação ao domingo. O vento sopra de sudoeste a sudeste, fraco a moderado com rajadas. Uma frente fria de fraca intensidade se desloca pelo Litoral de SC, provocando pancadas de chuva.

Para a terça-feira, 13, a previsão da Epagri/Ciram indica sol em todas as regiões, com nevoeiros no início do dia. A temperatura segue amena, mais baixa na madrugada e com mínima em torno de 5°C na Serra. O vento sopra de sudoeste a sudeste, fraco a moderado com rajadas.

Já na quarta-feira, 14, haverá aumento de nebulosidade e condição de chuva no Oeste e Meio-Oeste a partir da manhã e nas demais regiões a partir da tarde, devido a um cavado (área alongada de baixa pressão). Há risco de temporal isolado com granizo. A temperatura fica estável com sensação de ar abafado. O vento sopra de nordeste a noroeste, fraco a moderado com rajadas.

Recomenda-se o acompanhamento diário da previsão do tempo.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros no número 193.

Mais informações:
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5006

Página 69 de 346