Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Com a Palavra, o Governador - 16 de fevereiro de 2018

Com a Palavra, o Governador - 16 de fevereiro de 2018

O Governador Raimundo Colombo fala sobre sua licença, o período de transição que se aproxima e um análise geral sobre o estado e o governo

Oportunidades

Próximos eventos


Fotos Murilo Roso/ADR Caçador

A nova escola estadual Santos Anjos, em Rio das Antas, já está funcionando. A instituição recebeu a visita do secretário executivo da ADR de Caçador, Imar Rocha, nesta quinta-feira, 23. A escola, que pode receber até 700 alunos por turno, teve investimentos de R$ 5,8 milhões do Governo de Santa Catarina, através do programa Pacto pela Educação.

De acordo com o secretário executivo, a empresa entregou a obra no dia 29 de setembro e, a partir desta data, direção e professores iniciaram a mudança. Até então, o educandário funcionava em local improvisado. “É uma bela escola, uma estrutura ampla que dá ótimas condições para alunos e funcionários, e ainda poderá ser utilizada por toda a comunidade de Rio das Antas”, afirma Imar.

A nova escola Santos Anjos conta com 12 salas de aula, salas de professores, laboratórios, biblioteca, refeitório, ampla área de convivência e auditório para eventos. Além disso, em breve o Governo do Estado abrirá uma licitação para a reforma do ginásio de esportes que fica ao lado, num valor estimado de R$ 297 mil.

EEB Santos Anjos

Durante a visita, ficou definido ainda que a direção da escola vai elaborar uma lista de adequações que ainda se fazem necessárias. “Vamos fazer uma relação e notificar a empresa, para que o ano letivo de 2018 inicie a todo vapor”, acrescenta Imar Rocha.

A inauguração oficial da escola Santos Anjos deverá ser realizada em dezembro.

Informações adicionais para a imprensa:
Murilo Rosso
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Caçador
E-mail: comunicacao@cdr.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3561-5905 / 99173-3024
Site: sc.gov.br/regionais/cacador

 

                                                                                                             


Foto: Márcio Henrique Martins/FCC

O Museu Etnográfico Casa dos Açores, que a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) administra em Biguaçu, na Grande Florianópolis, está pronto para a temporada de verão, quando recebe um maior volume de visitantes. Para isto, abre no dia 7 de dezembro, às 17h, a nova exposição de longa duração do acervo, além de outra de curta duração - tudo em um espaço que passou por obras de restauração para receber ainda melhor o público.

Desde o fim de setembro, o museu, que está localizado em um edifício do século XIX, vem passando pela restauração das esquadrias de madeira que estavam danificadas e teve a limpeza e repintura de toda sua fachada.

Para marcar o término das intervenções e, também, o início das comemorações pelos 270 anos da chegada dos colonizadores açorianos a Santa Catarina, será aberta a exposição com as peças doadas pelo Grupo Arcos Pró-Resgate da Memória Histórica, Artística e Cultural de Biguaçu. No acervo, que agora faz parte do museu permanentemente, estão trajes típicos, instrumentos musicais, cestaria, cerâmica, rendas e jogos infantis que remetem à tradição dos colonizadores açorianos no litoral catarinense. Na mesma data, será aberta a mostra temporária que conta a história do Arcos por meio de documentos, fotos e prêmios recebidos pelo grupo.

Sobre o acervo

Em agosto de 2017, o Grupo Arcos Pró-Resgate da Memória Histórica, Artística e Cultural de Biguaçu doou seu acervo composto por trajes folclóricos originais das Ilhas dos Açores e Litoral catarinense, artesanato de referência cultural, instrumentos musicais, documentos, material bibliográfico, fotografias e audiovisual para o acervo permanente do Museu Etnográfico Casa dos Açores. A coleção foi criada no início dos anos 1990, a partir da aquisição do próprio grupo e doações voluntárias da comunidade e também do Governo dos Açores em reconhecimento ao trabalho do grupo catarinense.

São pelo menos 40 trajes originais, vindos do Arquipélago dos Açores (das ilhas de São Miguel, Tercrira, Pico, Fayal, Santa Maria e São Jorge) e de residentes da região litorânea de Santa Catarina, entre peças típicas folclóricas, vestuários de camponeses, de trabalho, de festas e sociais de época. Há também utensílios de trabalho do século 19, como os tipitis (prensas ou espremedores de palha) e roca de fiar, carro-de-boi, e instrumentos de festas e musicais – pau-de-fita e violas de dois corações e da terra.

Sobre o museu

A Casa dos Açores, construída no século XIX, abriga o Museu Etnográfico, no município de Biguaçu. Distante cerca de 20 quilômetros do Centro de Florianópolis, é um dos mais esplêndidos registros do apogeu da colônia açoriana-madeirense da localidade de São Miguel. A Casa dos Açores é administrada pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC). O imóvel foi adquirido pelo Governo do Estado de Santa Catarina em 1978, e passou por restauração para se transformar em museu, inaugurado no dia 4 de março de 1979.

O museu forma, junto com a Igreja de São Miguel Arcanjo, a chácara e os arcos do antigo aqueduto, um belo conjunto arquitetônico. Conta com acervo de móveis, roupas e outras peças que visam à preservação e ao estudo da cultura açoriana. O espaço serve também para divulgar obras de autores catarinenses e exposições, além de contar com a comercialização de artesanato local.

Serviço:

O quê: Abertura da nova exposição do acervo permanente do Museu Etnográfico
Quando: 07/12/2017, às 17h
Onde: Museu Etnográfico Casa dos Açores
BR-101, km 189 - Balneário São Miguel - Biguaçu (SC)
Entrada gratuita
Mais informações: (48) 3665-6195

Informações adicionais para imprensa
Fernanda Peres
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefone: (48) 3664-2571
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br
Site: www.fcc.sc.gov.br 
Twitter: www.twitter.com/fccoficial  
Facebook: www.facebook.com/FundacaoCatarinensedeCultura 


Foto: James Tavares/Secom

A semana termina com predomínio de sol em boa parte do Estado, com mais nuvens na Grande Florianópolis e Norte do Estado. A temperatura estará em elevação, chegando a 34°C no Extremo-Oeste, 31°C no Vale do Itajaí e 27°C no Litoral Sul. O vento sopra de sudeste passando a nordeste, fraco a moderado.

Para o sábado a previsão é de sol, com mais nebulosidade entre a tarde e noite. A temperatura deve ficar elevada. Já no domingo uma frente fria que está no Rio Grande do Sul avança para Santa Catarina trazendo instabilidade ao longo do dia em todas as regiões, com risco de temporal localizado. O calor diminui. 

>>> Mais detalhes da previsão para esta sexta

Mais informações para a imprensa:
Central de Meteorologia
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5007 e (48) 3665-5172
E-mail: contatociram@epagri.sc.gov.br
Site: www.ciram.epagri.sc.gov.br
Facebook

 


Foto: Nilton Wolff/Divulgação

O governador Raimundo Colombo prestigiou na noite desta quinta-feira, 23, a entrega do 19º Prêmio Empreendedor José Paschoal Baggio, em cerimônia realizada no Serrano Tênis Clube, em Lages. Na ocasião, ele assinou a autorização das obras para construção de redes estruturantes de fornecimento de gás natural em Lages.

A promoção do Correio Lageano premiou empresas que demonstraram grande potencial econômico e que mais contribuíram com o percentual de retorno do ICMS adicionado, além de colaborar para o crescimento regional por meio da inovação. O governador Raimundo Colombo apontou o papel que os empreendedores possuem na sociedade e a importância da iniciativa que premia empresas da região da Serra catarinense. "É importante destacar as pessoas que geram riqueza e dignidade social. É através dos empreendedores que conseguimos superar as dificuldades que estamos enfrentando em tempos de crise", declarou.

>>> Confira mais fotos

Números positivos obtidos pelo Governo do Estado, que colocam Santa Catarina como segundo estado mais competitivo do Brasil, também foram citados pelo governador Raimundo Colombo para exemplificar algumas ações que garantiram a retomada do crescimento econômico. "A taxa de desemprego no Brasil é de 14%, enquanto que em Santa Catarina, é de 6%. Se formos ver os últimos três meses, o Estado teve um aumento de 22% de geração de empregos em relação ao Brasil, com 6.329 empregos em agosto, 8.011 em setembro e 8.611 em outubro", explicou.

Anfitriã do evento, a empresária Isabel Baggio, destacou a presença do governador Raimundo Colombo e do trabalho realizado pelo Governo do Estado na região. "Lages completou 251 anos ontem (22) e é preciso salientar que são diversos os investimentos do poder público. A nossa economia cresce, e isso se deve à visão empreendedora do governador Raimundo Colombo. As 50 empresas homenageadas são provas deste protagonismo", completou.

Gás natural

Durante a cerimônia, o governador Raimundo Colombo também assinou o termo de autorização de obras do projeto de redes estruturantes que antecipará o fornecimento de gás natural ao município da Serra catarinense. O projeto será realizado em duas etapas, que somadas resultarão na construção de mais de 25 quilômetros de redes e investimento aproximado de R$ 11,3 milhões. O termo também foi assinado pelo prefeito de Lages, Antônio Ceron, e pelo presidente da SCGÁS, Cósme Polêse.

As redes estruturantes, também conhecidas como redes isoladas, consistem em um trecho de gasodutos desconectado da rede principal, que pode ser abastecido por veículos que transportam o gás natural comprimido ou líquido até o local de distribuição. A SCGÁS tem investido na interiorização do insumo através do Projeto Serra, mas a previsão é que a chegada da rede principal à Lages ocorra a partir de 2020 - hoje, Rio do Sul é o município mais à Oeste de Santa Catarina que possui oferta de gás canalizado. Diante deste cenário, as redes estruturantes anteciparão a oferta e estimularão a demanda pelo gás natural no município.

A assinatura do termo acontecerá pouco mais de um mês depois do Conselho Administrativo da SCGÁS autorizar a Diretoria Executiva da distribuidora a assinar o contrato. Antes disso, o projeto precisou da aprovação da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc) - as condições para realização foram indicadas através da Resolução nº 075, de março, e a autorização efetiva foi feita através da Resolução nº 090, em setembro.

A execução da obra se dará em duas etapas. A primeira, que tem prazo de execução previsto para 12 meses, exigirá investimento de R$ 7,1 milhões na construção de 12,5 quilômetros de rede. Já a segunda etapa resultará na construção de mais 13 quilômetros de gasodutos, com investimento aproximado de R$ 4,2 milhões. Inicialmente, as redes estruturantes deverão receber aproximadamente 180 mil m³ de gás natural por mês. Em estimativa de mercado feita pela SCGÁS, são três indústrias, 167 estabelecimentos comerciais, 476 unidades residenciais e três postos de GNV que podem ser atendidos inicialmente após a conclusão do projeto. A previsão é que as obras tenham início no próximo mês de fevereiro.

O Projeto Estruturante de Lages é inspirado no modelo de atendimento de gás natural em algumas regiões de Portugal e em modelos implantados no Rio de Janeiro. De acordo com o plano plurianual de negócios da SCGÁS, os próximos municípios contemplados com o projeto devem ser Correia Pinto, Garuva e Sombrio.

Informações adicionais para Imprensa:
Cristiano Rigo Dalcin
Assessoria de Comunicação
ADR Lages
Fones: (49) 98839-1727 / (48) 99984-3619
E-mail: imprensa.sdrlages@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/lages

 


Leonardo Mosimann Estrella
Assessoria de Comunicação
Companhia de Gás de Santa Catarina - SCGás
E-mail: leonardo.estrella@scgas.com.br
Telefone: (48) 3229-1256 / 99623-9891
www.scgas.com.br

 


Fotos: Jaqueline Noceti / Secom

A primeira etapa da pavimentação da SC-390, na região da Coxilha Rica, no interior do município de Lages, já é uma realidade. Nesta quinta-feira, 23, o governador Raimundo Colombo assinou a ordem de serviço que autoriza as obras de pavimentação asfáltica de 27,7 quilômetros e a construção de três pontes.

O investimento do Governo do Estado será de R$ 52,6 milhões, sendo R$ 46 milhões para a pavimentação do trecho localizado entre a BR-116 e a localidade de São Jorge, e R$ 5,7 milhões para a construção das pontes. As máquinas já iniciaram os trabalhos ao longo do trecho.

Colombo disse que a chegada do asfalto é fundamental para o desenvolvimento do agronegócio, com a produção de grãos, e também para o turismo rural. Sob o aspecto do potencial agrícola da região, Colombo destacou que a Coxilha Rica tem tudo para se transformar em um dos maiores celeiros de grãos do Estado, com aproximadamente 27 mil hectares de terra agricultáveis.



>>> Mais imagens na galeria

“Aumentar a produção de grãos é uma necessidade de Santa Catarina, seja pela melhora da produtividade ou pela expansão da área plantada. Se não fizermos, a indústria vai migrar para regiões onde o custo é mais barato”, pontuou o governador, explicando que se torna caro trazer de outros estados o milho, por exemplo - utilizada na alimentação de gado, aves e suínos. Na Coxilha Rica, a extensão de terras ideais para a implantação de lavouras chega a ser superior a de Campos Novos, no Meio-Oeste do Estado, considerado hoje o maior celeiro de Santa Catarina.

“As atividades de lavoura e pecuária trazem um retorno rápido ao produtor, a safra, por exemplo, pode ser colhida duas vezes por ano e com esse potencial de crescimento, as famílias podem aumentar e melhorar a renda. Só que pra isso é preciso oferecer uma infraestrutura adequada, como o que vai ocorrer com a chegada do asfalto aqui”, disse Colombo.

“Além de toda a importância econômica dessa obra, esse momento é também pra ter gratidão dos amigos que aqui estão e que acreditaram. Eles ofereceram compreensão a quem não queria entender, ofereceram a esperança no futuro a quem só queria falar do passado e hoje estamos aqui para desafiar e vencer o bom combate com a certeza que estamos ajudando a melhorar a vida e a honrar a bondade do nosso povo”, comemorou o governador.

O governador visitou o britador da empresa, que já está instalado, e as obras de duas pontes ao longo do trecho. O prazo para a conclusão da primeira etapa do asfaltamento na Coxilha Rica deverá ser executada no prazo de 24 meses, mas o objetivo inicial é entregar os primeiros 10 quilômetros até o início de abril de 2018. As três pontes serão construídas: sobre o Arroio Penteado (43 metros) e sobre os rios Sanga Tatados (27 metros) e Rio Pelotinhas (65 metros).

O presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), Wanderley Agostini, revelou que foi preciso vencer muitos entraves para que as obras pudessem iniciar. “O importante é que hoje essa obra é uma realidade para contemplar uma das regiões mais produtivas do estado e fomentar o turismo em um dos locais com a paisagem natural mais bonita de Santa Catarina”.

Turismo na Coxilha Rica

No trecho que vai receber a primeira etapa de pavimentação, entre a BR-116 e o trevo de acesso à localidade de São Jorge, já começa a ser construído um hotel de alto padrão. A pedra fundamental do empreendimento foi lançada nesta quinta-feira, 23, com a presença do governador Raimundo Colombo e do empresário Elvio Francisco Presa, logo depois da autorização das obras de asfaltamento do trecho.

Atraído pela beleza natural da região, o empresário afirmou que o hotel vai oferecer infraestrutura de alto padrão com apartamentos de luxo e opções de lazer junto à natureza. “Nossa intenção é trabalhar de forma integrada com os hotéis e pousadas da região, as fazendas centenárias para oferecer turismo de qualidade na Serra Catarinense”, revelou o empresário.

“Daqui a alguns anos as pessoas irão poder desfrutar dessa estrutura, num cenário encantador, com tanta beleza. A Serra Catarinense como um todo irá se fortalecer e se qualificar na vocação turística. Receber bem quem chega aqui já é uma virtude que nasce com todo o serrano”, completou Colombo.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Página 65 de 264