Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Programa Rede de Vizinhos - 15/08/2017

Programa Rede de Vizinhos - 15/08/2017

A tecnologia facilitou a aproximação das pessoas. Que tal aproveitar essa ferramenta para ter mais segurança no seu bairro? O programa Rede de Vizinhos, da Polícia Militar de Santa Catarina​, é uma alternativa. Por meio de um grupo de mensagens, o policial se torna o gestor da transformação da sua comunidade, participando de forma ativa das atividades da rede.

Oportunidades

Próximos eventos


As competições prosseguem até sábado - Foto: Heron Queiroz/Fesporte

Mais de 160 atletas estarão na piscina do Complexo Esportivo do Sesi, em Blumenau, de 6 a 8 de julho. Jovens entre 12 a 14 anos caem na água para a disputa da natação da etapa estadual dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) e também dos Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc). Os vencedores buscam vaga para os Jogos Escolares da Juventude e também para as Paralímpiadas Escolares. 

Do total de participantes, os Jesc contam com 138 atletas representando 49 escolas de 19 cidades. Dos Parajesc, são 25 atletas representando os seis municípios inscritos na modalidade.

A programação da natação nos Jesc começou com o congresso nesta quinta-feira, 6 e com as provas. Na sexta, as atividades se dividem para os dois eventos.

A natação dos Parajesc tem duração mais curta, começou às 9h e terminou por volta das 16h, quando são retomadas as provas dos Jesc, que continua na manhã de sábado, a partir das 9h. O evento será encerrado com as finais, a partir das 16 horas.

As demais modalidades ocorrem dentro da programação dos Jesc e do Parajesc, previsto para São Bento do Sul, de 1º a 6 de agosto. Além do título por modalidade, atletas e equipes buscam a classificação para os eventos nacionais, os Jogos Escolares da Juventude, que ocorrem em Curitiba, de 12 a 21 de setembro, e Paralimpíadas Escolares, em São Paulo, de 20 a 25 de novembro.

Jesc e Parajesc são eventos do Governo de Santa Catarina, promovidos por intermédio da Fesporte, em parceria com as Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) e prefeituras dos municípios-sede.

Texto: Heron Queiroz

(48) 99635-9617 - 3665-6126

Assessoria de Comunicação - Fesporte 
Renan Koerich
Antonio Prado
Heron Queiroz
Zenilda Stein
Tel: (48) 3665-6126, 3665-6127, 3665-6128
Cel: (48) 988027742
www.fesporte.sc.gov.br
https://www.facebook.com/fesporte


Apresentação do Fundam em São Lourenço do Oeste - Fotos: James Tavares / Secom

Com investimentos de quase R$ 30 milhões na primeira edição do Fundam nos 23 municípios englobados pelas associações Associação dos Municípios do Entre Rios (Amerios) e Associação dos Municípios do Noroeste Catarinense (Amnoroeste), o governador Raimundo Colombo apresentou aos prefeitos a segunda etapa do Fundo de Apoio aos Municípios, nesta quinta-feira, 6. Os encontros ocorreram em Maravilha, pela manhã, e, à tarde, no município de São Lourenço do Oeste.


Foto: Cristiano Schmidt Andujar / PMF

Em reunião entre o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini, e o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, na terça-feira, 4, foi definido que o Centro de Inovação da Capital será construído no terminal de ônibus de Capoeiras, na região continental. “O terminal está desativado e, como isso, o Centro de Inovação estaria mais próximo de outros municípios, como São José e Palhoça”, explica Chiodini.

A diretoria de Ciência, Tecnologia e Inovação da SDS vai realizar um estudo sobre a vocação econômica do Centro de Inovação de Florianópolis, que deve atender projetos para turismo, mobilidade, além de tecnologia. A unidade faz parte da política do Governo do Estado para desenvolver Santa Catarina por meio da inovação, do conhecimento e do empreendedorismo.

Serão 13 Centros de Inovação em várias regiões catarinenses. O primeiro a ser inaugurado foi o de Lages, em junho de 2016 e, estão em construção Centros em Jaraguá do Sul, Chapecó, São Bento do Sul, Joaçaba, Tubarão, Brusque, Blumenau e Itajaí. Estão previstos projetos também para Joinville, Criciúma e Rio do Sul.

Michelle Nunes
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
E-mail: jornalistaminunes@gmail.com
Fone: (48) 3665-2261 / 99929-4998
Site: www.sds.sc.gov.br


Foto: Edson Antocheski/Coordenador Regional da Defesa Civil

Na terça e quarta-feira, 4 e 5, foram instalados em Mafra, pela Secretaria de Estado da Defesa Civil, dois kits de transposição de obstáculos. Na Vila Reichter, a estrutura foi instalada sobre o Rio da Areia e possui 15x5m. O investimento foi de R$ 90.480,42, com recursos do Fundo Estadual da Defesa Civil (Fundec). Já em Bela Vista do Sul, sobre o rio Butiá, o kit de 12x5m custou R$ 65.371,68, com recursos do mesmo fundo.

Inicialmente, as cabeceiras precisaram ser construídas pela Prefeitura de Mafra. Após a sua conclusão, os kits, construídos por estruturas de concreto armado pré-fabricadas, foram instalados em pouco mais de três horas. Agora, falta apenas o aterro das cabeceiras, por parte da prefeitura, para ser realizada a liberação total do tráfego.

Os kits são pontes e pontilhões que substituem estruturas geralmente arrastadas pelas águas em enxurradas e enchentes no Estado. Por serem pré-fabricados, apresentam custo 50% mais baixo do que as estruturas convencionais, já que são produzidos em escala industrial. Assim, os kits tornam-se ferramentas importantes diante das intempéries e depreciações que comprometem as pequenas pontes do interior do Estado.


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

A promoção da cadeia produtiva da cachaça artesanal e de licores em Santa Catarina foi tema de audiência do governador Raimundo Colombo com representantes do setor na tarde desta quarta-feira, 5, em Florianópolis. Participaram do encontro o presidente da Associação Catarinense de Produtores de Cachaça e Aguardente de Qualidade (ACAPACQ), Leandro Batista de Melo Silveira, o presidente da Epagri, Luiz Hessmann, e o diretor de Cooperativismo e Agronegócios da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, Athos de Alameida Lopes Filho.

Os representantes da associação apresentaram demandas para desenvolver e fortalecer o setor em Santa Catarina. Entre elas, o presidente Silveira destaca a proposta de criação de uma lei que reconhece a cachaça catarinense como patrimônio cultural e imaterial do Estado e uma lei de incentivo fiscal para o setor, a exemplo do que ocorre em outros estados, para garantir a competitividade da cachaça artesanal em relação à produção industrial.

O governador parabenizou a iniciativa da associação e reconheceu a importância e o potencial do setor para a economia catarinense. Em parceria com a Epagri, serão estudadas as medidas para promover a cadeira produtiva. “Podemos e queremos ajudar a promover o setor em Santa Catarina”, afirmou Colombo.

Segundo dados da Associação Catarinense de Produtores de Cachaça e Aguardente de Qualidade, Santa Catarina conta com 41 produtores formais, sendo que atualmente a entidade representa 22 deles. São empresas de diferentes regiões do Estado.

Em evento nacional, a Expo Cachaça, realizado em junho deste ano em Belo Horizonte, as empresas catarinenses foram reconhecidas com uma série de premiações em competições envolvendo produtores de todo o país. O bom desempenho motivou a realização de uma sessão especial em homenagem à associação. O evento será realizado na próxima terça-feira, 11, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. O governador Colombo foi oficialmente convidado para participar do ato.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Página 50 de 114