Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

CULTURA | Pesca em Santa Catarina

CULTURA

Somos o maior polo pesqueiro do Brasil. Mais de 35 mil pessoas vivem da pesca em Santa Catarina. Ela faz parte da nossa história, da nossa cultura, do nosso povo. São pessoas iguais ao seu Aleonesio, que ajudam a colocar comida na mesa dos catarinenses e movimentar nossa economia.

Aperte o play e confira!

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: James Tavares/Secom

Com a meta de levar mais tecnologia e inovação para a rotina do meio rural catarinense, foi lançado nesta terça-feira, 22, o Núcleo de Inovação Tecnológica para Agricultura Familiar (NITA). O ato, em Florianópolis, contou com a presença do governador Raimundo Colombo, do coordenador setorial para Desenvolvimento Sustentável do Banco Mundial, Paul Procee, e do secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, entre outras lideranças do setor.

>>> Galeria de fotos

“Nós temos que reconhecer o grande sucesso da agricultura familiar catarinense. E para continuar com esse sucesso, temos que dar condições para as novas gerações, oferecendo estrutura, competitividade e rentabilidade. A iniciativa do NITA contribui para projetar um futuro seguro do setor para as próximas décadas”, afirmou o governador Colombo.

O NITA funcionará como um elo entre startups e pequenas e médias empresas desenvolvedoras de inovações com as cadeias produtivas organizadas dos agricultores. A intenção é identificar quais são as demandas, onde estão os gargalos tecnológicos e se já existe uma tecnologia para atender e resolver esse aspecto. O grande desafio será levar essas tecnologias de ponta a um baixo custo para os agricultores catarinenses.

Em Santa Catarina, 90% dos produtores são agricultores familiares que, juntos, respondem por cerca de 70% de toda a produção agropecuária do estado. “Esse é um momento em que Santa Catarina mais uma vez se diferencia dos demais estados do país. O NITA vai permitir que a agricultura familiar catarinense seja ainda melhor atendida. Os polos tecnológicos estarão mais pertos do campo, ajudando a melhorar a nossa produtividade”, acrescentou o secretário Sopelsa.

O presidente da Cooper Rio Novo, Valmor Raul de Farias, destacou a importância do novo programa. A cooperativa reúne 73 cooperados, de 23 famílias, que são produtores de banana na região de Corupá. Valmor, que junto à esposa e seus dois filhos, cultiva uma área de 16 hectares, reconhece a necessidade de buscar aprimoramentos para o trabalho diário. “A agricultura tem se modificado tanto. As ferramentas mais antigas têm que ser conciliadas com as mais recentes, e o NITA vai nos ajudar a buscar essa união”, afirmou.


Lineu Del Ciampo

O otimismo também é forte entre as empresas que participarão do núcleo. Criada neste ano, a i4AGRO oferece serviços em inteligência geoespacial, como a elaboração de diagnósticos por imagens coletadas por satélites ou drones. “Vamos participar do núcleo com o objetivo de tornar o nosso serviço mais acessível para diferentes produtores. Enquanto a direção do núcleo nos ajuda com a parte burocrática e com a intermediação, nos dedicamos a fazer o que sabemos fazer melhor, que é lidar com a tecnologia”, afirma o representante da empresa, Lineu Del Ciampo.

Parceria com o Banco Mundial

O Banco Mundial é o grande apoiador do projeto, e Santa Catarina representa a América Latina em uma lista de nove iniciativas como essa ao redor do mundo. O objetivo do banco é repetir o sucesso alcançado no estado com o programa SC Rural, focado no aumento de competitividade no meio rural.

O coordenador setorial para Desenvolvimento Sustentável do Banco Mundial, Paul Procee, elogiou a trajetória catarinense no desenvolvimento do agronegócio ao longo das últimas décadas. “Santa Catarina é um exemplo para o Brasil e queremos levar o modelo do trabalho que estamos fazendo aqui também para outros países”, ressaltou.

Composição do NITA

O NITA é composto por diferentes entidades e seu conselho gestor é constituído por dirigentes das seguintes instituições: secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca (SAR), secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec), Associação Catarinense de Fundações Educacionais(Acafe), Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi) e Universidade Católica de Santa Catarina.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br 

Ana Ceron
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Telefone: (48)-3664-4417/ (48) 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br


Foto: Julio Cavalheiro/Secom

A terça-feira, 22, tem tempo firme, com sol na maior parte de SC, principalmente no Oeste e Meio-Oeste. A temperatura, que começou baixa nesta terça, estará em gradativa elevação durante o dia. No Planalto Sul, houve formação de nevoeiros e as temperaturas ficaram em torno dos 2ºC. No Planalto Norte, as mínimas variaram entre 6ºC e 7ºC, enquanto no restante do estado os termômetros marcaram cerca de 9ºC ao amanhecer. O predomínio de sol e a pouca nebulosidade durante o dia permitem que as máximas atingam a casa dos 20ºC.

Segundo previsão da Epagri/Ciram, haverá aumento de nuvens na Grande Florianópolis, Vale do Itajaí e Planalto Norte, com possibilidade de chuva fraca à noite no Litoral Norte.  O vento sopra de Nordeste, com variações de Sudeste da Grande Florianópolis ao Norte, e com intensidade fraca a moderada, com rajadas do Planalto ao Litoral. 

A quarta-feira, 23, terá registro de nevoeiros na madrugada e amanhecer. Também há previsão de chuva fraca no Vale do Itajaí e da Grande Florianópolis ao Norte do estado. No decorrer do dia, haverá sol com algumas nuvens em todas as regiões. À noite, a chuva fraca deve retornar ao Litoral Norte, devido à circulação marítima.

Mais informações para a imprensa:
Central de Meteorologia
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5007 e (48) 3665-5172
E-mail: contatociram@epagri.sc.gov.br
Site: www.ciram.epagri.sc.gov.br
Facebook


Fotos: James Tavares/Secom

As obras de restauração da Ponte Hercílio Luz estão avançando para uma etapa crucial. Nesta segunda-feira, 21, foram apresentados para o governador Raimundo Colombo os detalhes técnicos da transferência de carga que será realizada em outubro, procedimento necessário para a troca das peças da atual estrutura. A apresentação foi realizada, em Florianópolis, pelo engenheiro Pedro Faro, da Teixeira Duarte, empresa responsável por este último ciclo de obras.

>>>Mais imagens na galeria

“Estamos entrando na fase mais importante, que é a transferência de carga, para depois começar a troca das barras de olhal. É uma ponte nova que está nascendo. Todos os cuidados possíveis estão sendo tomados, para preservar esse grande patrimônio e melhorar a mobilidade da região. Essa é uma das obras de maior complexidade do mundo”, destacou o governador Raimundo Colombo.

A transferência de carga está programada para ser realizada na primeira quinzena de outubro. “Será uma das etapas mais importantes da obra de restauração, todos os olhos da engenharia do mundo vão estar voltados para a Ponte Hercílio Luz”, acrescentou o presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), Wanderley Agostini. Com o procedimento concluído, o peso da ponte passará para a estrutura provisória construída abaixo da Hercílio Luz, a chamada ponte segura.

O engenheiro fiscal da obra, Wenceslau Diotallévy, explicou que o novo procedimento será um trabalho semelhante ao realizado em fevereiro deste ano, quando foram transferidos inicialmente cerca de 20% da carga da ponte. A primeira operação foi executada com sucesso em uma ação de quatro horas, entre a noite do dia 11 e a madrugada do dia 12 de fevereiro. Agora, serão transferidos os 80% restantes ao longo de um período previsto de 10 dias. “É uma operação única no mundo, por sua grandeza e complexidade. Vamos elevar os 4.400 toneladas que estão distribuídas nos 339 metros do vão central”, destacou o engenheiro.

Os trabalhos de transferência serão realizados sempre à noite, para evitar influências térmicas. A programação é de que sejam necessárias quatro noites, não necessariamente consecutivas. Em cada uma, serão transferidos cerca de 20% de carga, até totalizar 100%. Um completo sistema de monitoramento, distribuído ao longo de 200 pontos da atual estrutura, vai embasar cada passo do trabalho.

O engenheiro Pedro Faro, da Teixeira Duarte, explicou que depois da transferência de carga, o trabalho de desmontagem da atual estrutura vai abranger ainda a remoção das barras de olhal e o abaixamento do tabuleiro do vão central. Toda essa etapa de desmontagem deve levar cerca de quatro meses, entre outubro de 2017 e janeiro de 2018. Em seguida, serão realizados trabalhos intermediários e a montagem da nova estrutura, com conclusão prevista para o segundo semestre de 2018.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Governador visitou o novo prédio que recebe investimentos de R$ 100 milhões. Fotos: Pablo Gomes / ADR Lages

Uma das instituições públicas de saúde mais tradicionais de Santa Catarina está prestes a se tornar também uma das mais modernas. Com 73 anos de existência e seis milhões de atendimentos realizados ao longo da história, o Hospital Tereza Ramos, de Lages, passa por uma grande ampliação que contempla mais 122 leitos (92 de internação e 30 de UTI), serviços de urgência e emergência, centro de diagnóstico por imagens, centro cirúrgico e até heliponto para agilizar o transporte aéreo de pacientes.

Maior investimento individual na saúde pública de Santa Catarina, com recursos de R$ 100 milhões do Governo do Estado, as obras chegam neste momento a 80% e contam com quase 100 profissionais trabalhando ao mesmo tempo todos os dias.

A construção do prédio já está pronta, inclusive com os elevadores, janelas, vidros e as instalações elétricas, hidrossanitárias (água e esgoto) e gases medicinais. Agora, estão em andamento o sistema de climatização, pintura interna e externa, colocação dos revestimentos com pastilhas e acabamentos. Subestação de energia, estacionamento, urbanização e paisagismo do pátio também contemplam essa etapa da obra.

Lages - Ampliação do Hospital Tereza Ramos chega a 80%
Nova estrutura contará com os equipamentos mais avançados do mundo

Na sequência, serão colocados os móveis, já licitados, e os equipamentos hospitalares, em licitação. As passarelas metálicas que ligarão a nova estrutura ao atual prédio, passando por cima da Rua Jerônimo Coelho, serão licitadas nas próximas semanas. Já o heliponto está em fase de aprovação na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A ampliação beneficiará 800 mil pessoas de 67 municípios catarinenses que encontram no HTR um centro de referência e excelência nos serviços de alta complexidade em cirurgia bariátrica, gestações de alto risco, infectologia, tratamento de queimados e oncologia.

“O Hospital Tereza Ramos contará com o que há de melhor em tecnologia, os equipamentos mais avançados do mundo, e será um dos maiores e mais modernos do Sul do Brasil”, disse o governador ao visitar as obras, na última sexta-feira, 18, na companhia do secretário da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Lages, João Alberto Duarte.

Informações adicionais para a imprensa
Pablo Gomes
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Lages
E-mail: imprensa.sdrlages@gmail.com
Telefone: (49) 3289-6210 / 99926-6775 / 98839-1727
Site: sc.gov.br/regionais/lages


Foto: Antonio Prado/Fesporte

Se o domingo, 20, amanheceu cinza, frio e chuvoso em São Bento do Sul e Rio Negrinho, cidades que sediaram as competições da etapa estadual dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) para estudantes de 12 a 14 anos, o mesmo não se pôde dizer do clima quente nas quadras, pois o “termômetro” era decisão. 

Estava em jogo, no último dia de competição, o título de futsal, vôlei, handebol e xadrez e o direito de representar Santa Catarina na etapa nacional dos Jesc: os Jogos Escolares da Juventude a serem realizados de 12 a 21 de setembro em Curitiba. No sábado, 19, já haviam sido definidos as escolas campeãs do badminton e luta olímpica.

A definição das escolas campeãs em São Bento do Sul e Rio Negrinho complementaram a programação iniciada na primeira parte dos Jesc realizada em Mafra entre os dias 11 e 12 com as modalidades de atletismo e judô. As competições começaram na sexta-feira, 18, com a participação de 1,6 mil estudantes de 170 escolas.

Agora, a programação da etapa estadual dos Jesc dá uma pausa para continuar no próximo final de semana entre os dias 25 e 27 de agosto com as disputas do basquetebol e tênis de mesa novamente em São Bento do Sul. Com essas disputas finaliza-se a etapa estadual dos Jesc.

Segundo Josélia Maranho, da Gerência de Esporte de Base e Inclusão da Fesporte e coordenadora dos Jesc, o evento em São Bento do Sul foi positivo, pois alcançou seu objetivo. “Tivemos boa integração entre escolas e estudantes, além de uma boa organização e um bom nível de jogos”, enfatizou.

A etapa estadual dos Jesc são uma promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a Prefeitura de São Bento do Sul e Rio Negrinho.

Escolas campeãs
Badminton masculino: EEB São Luiz (União do Oeste) - Andrei Morgan 
Badminton feminino: Colégio Aplicação (Caçador) - Natália Stein 
Handebol masculino: Colégio Aplicação Uniarp (Caçador)
Handebol feminino: Colégio São Bento (Criciúma)
Futsal masculino: Colégio Recriarte (Camboriú)
Futsal Femino: Colégio Rogacionista (Criciúma)
Luta olímpica masculina
Peso médio: Colégio Dehon, de Tubarão -Miguel Hatsek 
Peso leve: Colégio Menino Jesus (Blumenau) - Wesley Leonardo Nills 
Peso pesado: EEB Henrique Fontes (Tubarão) - Felipe Ferreira Zito 
Luta olímpica feminina
Peso leve: EEB Max Tavares do Amaral (Blumenau) - Évellyn Ribeiro 
Peso médio: EEB Zulma Souza da Silva (Blumenau) - Camile Becari
Voleibol masculino: EM Erwin Prade (Timbó)
Voleibol feminino: EEB Rodrigues Alves (Saudades)
Xadrez masculino: Colégio Sagrada Família (Blumenau) - Natan Filgueiras
Xadrez feminino: EEB Joaquim D'Agostini (Lacerdópolis) - Maria Eduarda Gomes

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ 99696-3045
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 

Página 404 de 503

Conecte-se