Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Com a Palavra, o Governador - 22 de dezembro de 2017

Com a Palavra, o Governador - 22 de dezembro de 2017

O Governador Raimundo Colombo dá sua mensagem de agradecimento pelo ano que passou e os votos de um feliz natal e próspero ano novo.

Oportunidades

Próximos eventos


Fotos: Jaqueline Noceti / Secom

Para promover a segurança dos moradores e turistas de Santa Catarina, foi lançada oficialmente nesta segunda-feira, 18, a Operação Veraneio edição 2017-2018, em ato em Florianópolis com a presença do governador Raimundo Colombo e de lideranças do setor. Tradicionalmente organizada pelo Governo do Estado, esta é a maior operação integrada de segurança pública catarinense, com o envolvimento de equipes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Instituto Geral de Perícias (IGP) e Departamento de Trânsito (Detran). No total, vai mobilizar 10.545 profissionais, entre policiais militares e civis, bombeiros militares e técnicos do IGP, com atuação no Litoral e Interior do Estado.

A Operação Veraneio 2017-2018 abrange 61 municípios, sendo 29 balneários e 32 cidades com características turísticas como estâncias hidrominerais, fronteiras, entre outros. A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) projeta investimentos de R$ 33 milhões, valores utilizados no pagamento de diárias para os policiais transferidos de sua base para o Litoral, etapa alimentação e pagamento dos guarda-vidas civis.



>>> Mais imagens na galeria

“Santa Catarina promove este trabalho há muitos anos, e a cada nova edição ganhamos mais experiência, superamos desafios e promovemos a segurança de moradores e visitantes. Mais uma vez estamos prontos para, com muito profissionalismo de todas as equipes envolvidas, atender este período em que tanta gente escolhe estar em Santa Catarina”, avaliou Colombo, lembrando que as empresas Celesc e Casan também reforçam ações para o período.

O secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, destacou a qualidade dos profissionais envolvidos. “Temos viaturas, temos equipamentos, temos os investimentos financeiros para as diárias, mas nosso grande diferencial são os profissionais que trabalham para promover a segurança nas diferentes regiões de Santa Catarina”, destacou. Também presente no lançamento, o secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, lembrou que investir em segurança pública é fundamental para manter o tradicional sucesso de Santa Catarina no cenário turístico durante as temporadas de verão.

Atendimento aos estrangeiros

Como uma das novidades deste ano, a Operação Veraneio terá a participação de policiais argentinos, resultado de uma parceria entre Santa Catarina e a Província de Missiones, na Argentina. O representante da polícia argentina, comissário investigador Claudio Ludtke, explica que os profissionais argentinos atuarão no atendimento aos turistas que falam espanhol, dando suporte para eventuais ocorrências. Nesta edição, serão quatro policiais argentinos que falam espanhol e português, sendo dois atuando em Florianópolis e dois na região de Balneário Camboriú.

Proteção e inclusão social

O Corpo de Bombeiros Militar realiza monitoramento, orientação e salvamento em praias e balneários. Para isso, há um reforço nesses locais com efetivo próprio do Corpo Bombeiro Militar e com guarda-vidas civis, voluntários que são treinados e atuam temporariamente para execução das atividades, recebendo ajuda de custo. Nesta edição, atuarão temporariamente em Santa Catarina cerca de 1.500 guarda-vidas civis e que serão movimentados outros 200 Bombeiros Militares, para cumprimento das escalas em praias e balneários.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Onir Moccellin, lembra que a corporação também trabalha iniciativas como o Projeto Golfinho, para atividades educativas com crianças e adolescentes, e o Projeto Acessibilidade, que leva para as praias pessoas com dificuldades de locomoção. Na edição passada, o Projeto Golfinho formou 5.692 crianças e a meta agora é envolver 7 mil participantes. E o Projeto Acessibilidade busca superar os 810 atendimentos da edição anterior, com a meta de atingir marca de 1.000 atendimentos nesta temporada.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Henrique Hemm, explica que a corporação também estará com um reforço de efetivo ao longo da Operação Veraneio nas cinco regiões de concentração dos trabalhos da corporação. Haverá, ainda, envolvimento da Polícia Militar Rodoviária nas áreas mais críticas.

O delegado-geral da Polícia Civil, Artur Nitz, lembra que além de reforço nas delegacias de polícia civil também haverá o constante apoio da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), das delegacias especializadas, da Academia de Polícia Civil (Acadepol) e da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil. Haverá reforço policial nas Delegacias de Atendimento ao Turista do Aeroporto Hercílio Luz e na Rodoviária Rita Maria.

Três etapas de operação

Como nos anos anteriores, a operação veraneio será dividida em três etapas para facilitar o deslocamento do efetivo policial que irá atuar como apoio nas cidades sedes da operação. A pré-temporada iniciou no dia 5 de outubro; a alta Temporada começou no dia 15 de dezembro de 2017 e segue até 4 de março de 2018, com o maior reforço de pessoal, por todos os órgãos da Segurança Pública; e, por fim, a pós-temporada ocorre entre 5 de março e 15 de abril de 2018.

Informações adicionais para a imprensa
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br

João Carlos Mendonça Santos
Assessoria de Imprensa SSP
E-mail: imprensa@ssp.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-8183 / 98843-7615
Site: www.ssp.sc.gov.br


Foto: Aires Mariga  / Epagri

A estiagem que ocorreu em setembro e a que vem sendo identificada desde o dia 11 de dezembro pode trazer prejuízos para algumas culturas agrícolas importantes em Santa Catarina. É o que aponta o Boletim Agropecuário de dezembro produzido pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa). Os riscos são para as culturas do milho, feijão e soja. Já a queda dos índices pluviométricos em setembro acarretou redução do tamanho dos bulbos de alho e cebola, porém não comprometeu a qualidade dos produtos.

Grãos

O estudo aponta que a falta de umidade no solo está provocando interrupção da semeadura de feijão em municípios importantes como Lages, São José do Cerrito, Campos Novos e Curitibanos. Cerca de 80% da área destinada ao plantio de feijão primeira safra já está semeada.

O milho grão primeira safra é outro que deve sofrer com a falta de chuva. Segundo a análise da Epagri/Cepa, o registro de poucas chuvas na primeira quinzena de dezembro poderá afetar a produtividade, em especial na Região Oeste, onde em torno de 85% do milho encontra-se na fase de floração.

As lavouras de soja já estão com 98% da área semeada no Estado, restando algumas regiões no Planalto, Lages e Capão Alto, onde, em função do frio e da falta de umidade do solo, até o momento não foi estabelecida semeadura. A expectativa de crescimento de área de plantio está se confirmando. O Estado deve cultivar mais de 700 mil hectares na safra 2017/18, mas o rendimento deve ser menor do que o verificado no período agrícola anterior.

Hortaliças

A colheita do alho está concluída, com algumas perdas causadas pela estiagem ocorrida durante o desenvolvimento do ciclo vegetativo da cultura. Os bulbos estão menores, porém a qualidade do produto é muito boa. Outro aspecto foi a elevação do custo de produção pela necessidade de intensificação da irrigação.

A colheita da cebola está em pleno ritmo em todas as localidades acompanhadas pela Epagri/Cepa, sendo que nas regiões de Ituporanga e Rio do Sul até 90% da área já foi colhida. Embora a produção desse ano apresente bulbos menores em função da estiagem ocorrida, o produto é de boa qualidade, de forma geral. O boa notícia que o Boletim traz para os produtores é a taxação das importações de cebola oriundas de países não pertencentes ao Mercosul, que deve iniciar já em janeiro.

Pecuária

Avicultura e suinocultura tiveram queda na exportação. As incertezas provocadas pela suspensão das importações da Rússia a partir de 1º de dezembro provocaram queda nos preços pagos ao produtor de suínos em diversas praças, com exceção de Chapecó, onde o preço manteve-se estável no período de análise.

O mercado catarinense do boi gordo mantém-se estável. As exportações brasileiras de carne bovina caíram 1,74% em novembro. Mas, no acumulado do ano, os resultados ainda são fortemente positivos: 1,35 milhão de toneladas (+8,52%) e US$ 5,52 bilhões (+12,61%).

No leite, depois de sinais de recuperação, os preços pagos ao produtor voltaram a cair, derrubados pela oferta relativamente alta aliada à baixa demanda. “O ano de 2017 fica marcado por dois semestres completamente distintos para o setor leiteiro brasileiro e catarinense. O primeiro favorável e o segundo de dificuldades e desafios. Isso deve impactar negativamente sobre a produção leiteira brasileira de 2018 e acentuar mudanças estruturais no setor”, descreve o documento.  

Arroz, fumo e trigo

No arroz irrigado, o plantio da safra 2017/2018 está praticamente finalizado. O alerta fica para o risco de aumento da incidência da bicheira-da-raiz e de cascudo-preto.

Também para a safra 2017/2018 está estimada uma expansão de 3,2% da área plantada de fumo e uma expectativa de rendimento 4,5% inferior à obtida no ciclo anterior. Nestas condições, espera-se uma safra ligeiramente inferior ao ciclo passado, com uma queda de 1,5% na produção de tabaco.

O Boletim Agropecuário traz ainda análise da safra de trigo, cuja colheita foi encerrada em novembro. Há um baixo volume de negócios relacionados ao grão e a tendência para os próximos meses é de um mercado sem grandes alterações.

Confira a íntegra do Boletim: http://docweb.epagri.sc.gov.br/website_cepa/Boletim_agropecuario/boletim_agropecuario_n55.pdf

Informações e entrevistas
Reney Dorow, gerente da Epagri/Cepa, pelo fone (48) 3665-5076.

Informações para a imprensa
Gisele Dias
Assessoria de imprensa Epagri
Fnes: (48) 99989-2992 / 3665-5147.


Fotos: Cristiano Rigo Dalcin/ADR Lages

A nova Delegacia Regional de Polícia Lages será inaugurada nesta terça-feira, 19. A solenidade está marcada para as 8h30, com a presença do governador Raimundo Colombo e do secretário de Estado de Segurança Pública, Cesar Augusto Grubba. 

Construída com investimento de R$ 3,5 milhões do Governo do Estado, o prédio de 2,3 mil metros quadrados passará a concentrar todos os serviços administrativos da Polícia Civil, incluindo arquivo, almoxarifado, emissão de alvarás, Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), expedição de documentos e Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs), processos administrativos e liberação de veículos apreendidos.

Maior delegacia de Polícia de Santa Catarina, o prédio está localizado na Avenida Belizário Ramos, número 5.430, no cruzamento com a Avenida Dom Pedro II, no Centro. A nova Delegacia Regional está dividida em dois pavimentos e conta com 70 vagas internas de estacionamento e um auditório climatizado com capacidade para 100 pessoas sentadas.

Governador Raimundo Colombo inaugura nova Delegacia Regional de Polícia de Lages no dia 19

“Além de propiciar maior espaço interno para o trabalho dos funcionários, a nova Delegacia Regional de Polícia também oferece conforto e mais acesso à população, com espaço físico, estacionamento, e acessibilidade aos portadores de deficiência, visto que o prédio utilizado atualmente é antigo e não havia essa possibilidade”, comenta a delegada regional de Polícia, Luciana Rodermel.

Para o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Lages, João Alberto Duarte, a nova Delegacia Regional de Polícia surge como exemplo de modernidade para facilitar a vida do cidadão. “A localização é estratégica, com vagas de estacionamento, novos equipamentos e espaço físico para realização de serviços essenciais para a comunidade, em mais um grande investimento do Governo do Estado na região de Lages”.   

Governador Raimundo Colombo inaugura nova Delegacia Regional de Polícia de Lages no dia 19

Diante do novo prédio, a Secretaria de Segurança Pública otimiza o uso da atual estrutura, de 600 metros quadrados, localizada na Rua Lauro Müller, na área central da cidade, ampliando a Central de Polícia, a 1ª Delegacia de Polícia (DP) e a Delegacia da Mulher. Assim, a parte operacional, como boletins de ocorrência, investigações, flagrantes e prisões, continuará concentrada neste local.

Informações adicionais para Imprensa:
Cristiano Rigo Dalcin
Assessoria de Comunicação
ADR Lages
Fones: (49) 98839-1727 / (48) 99984-3619
E-mail: imprensa.sdrlages@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/lages

 


Fotos: Elenise Melo Nunes/ADR São Joaquim

O governador Raimundo Colombo e demais autoridades inauguram nesta terça-feira, 19, às 11h, no portal de Bom JArdim da Serra, proximo ao restaurante Cascata, a reabilitação da SC-110 e SC-390, trecho entre São Joaquim, passando por Bom Jardim da Serra até o alto da Serra do Rio do Rastro. A obra tem investimento de R$ 38 milhões em 51 quilômetros de extensão.

Governador inaugura reabilitação entre São Joaquim e Bom Jardim da Serra nesta terça, dia 19

Iniciada em agosto de 2015, a obra do Pacto por Santa Catarina foi viabilizada pelo Governo do Estado através Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra). A reabilitação inclui revitalização do pavimento, acostamentos, implantação de duas interseções sendo uma rótula cheia alongada e outra o “trevo alemão”, drenagem, revitalização da sinalização vertical, horizontal, obras complementares, recuperação e colocação de defensas metálicas.

A reabilitação foi dividida em dois lotes, o primeiro, com extensão de 28,6 km, entre São Joaquim e o Rio Porteira, foi adotada a reciclagem com incorporação do revestimento asfáltico com adição de cimento e após a reciclagem, foi aplicada uma camada de concreto asfáltico usinado a quente com borracha. No segundo lote, de 22,45km, entre o Rio Porteira e o alto da Serra do Rio do Rastro, foi realizada a fresagem descontínua, com a execução de concreto asfáltico usinado a quente com borracha e aplicação de micro-revestimento asfáltico. Outro aspecto importante da obra foi o reforço na sinalização da rodovia, com maior quantidade de tachinhas e delineadores entre o trecho urbano de Bom Jardim da Serra e o alto da Serra, para facilitar a visibilidade, já que no trecho, além de sinuoso, as condições de neblina são extremas.

A proprietária de uma pousada de turismo rural de Bom Jardim da Serra, Marcia Paladine Cardoso, destaca que já é visível a melhora do fluxo turístico com a realização da obras na rodovia. “Nós temos a pousada no interior, com uma rodovia bem sinalizada, os turistas se sentem seguros para irem jantar em um restaurante na cidade de São Joaquim ou Bom Jardim. Antes da revitalização, os visitantes já chegavam estressados pela situação da rodovia, hoje os visitantes elogiam a estrada. Nós como moradores, há 20 anos com a pousada, estamos orgulhosos e felizes. Somos muito gratos pela obra”, ressaltou. 

A rodovia estadual é uma das mais importantes vias de turismo de Santa Catarina. Localizada na Serra, ela é o acesso a um dos principais pontos turísticos do Brasil, a Serra do Rio do Rastro.

Informações adicionais para imprensa:
Elenise Melo Nunes
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional – São Joaquim
e-mail: sdrsaojoaquim@spg.sc.gov.br
Telefone: 49-3233.8301 – 99148.1016 – 99102.5054


Foto: James Tavares/Arquivo Secom

A Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina verificou irregularidades em 126 dos 587 estabelecimentos varejistas visitados por quarenta auditores fiscais entre os dias 12 e 13 de dezembro. A operação, batizada de Natal Shopping 2017, teve foco na correta instalação do Programa de Aplicação Fiscal no Emissor de Cupom Fiscal (PAF-ECF) e foi realizada em Florianópolis, Itajaí, Blumenau, Joinville, Tubarão, Criciúma e Araranguá. Foram visitados restaurantes, bares, cafés, lojas de calçados, confecções, artigos de cama, mesa e banho, brinquedos, artigos de presente e decoração, farmácias, entre outros.

As empresas que apresentaram irregularidades foram intimadas a instalar ou atualizar o PAF-ECF. Os auditores fiscais também emitiram Termos de Início de Fiscalização para instauração de auditoria fiscal, visando apurar eventual sonegação de ICMS.

Os estabelecimentos fiscalizados foram previamente selecionados com base em dados de faturamento, regime de tributação, uso de meios de pagamento eletrônicos e utilização de recursos de automação comercial registrados no Sistema de Administração Tributário (SAT/SEF).

“Neste período que antecede as festas de final de ano, observa-se grande incremento nas vendas destes estabelecimentos. Na edição passada desta operação, verificamos irregularidades em 27% dos 908 estabelecimentos visitados”, explica o auditor fiscal Edson de Oliveira, coordenador do Grupo Especialista Setorial de Automação Comercial e responsável pela operação.

A Operação Natal Shopping 2017 encerrou o calendário de operações de fiscalização presencial realizadas pela SEF/SC no decorrer deste ano.

Informações adicionais para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Fazenda - SEF
Aline Cabral Vaz
E-mail: avaz@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2575 / (48) 98843-8352
Cléia Schmitz
E-mail: cschmitz@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2572/ (48) 99157-1980
Sarah Goulart
E-mail: sgoulart@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2504/ (48) 98843-8553
Site: www.sef.sc.gov.br 

Página 29 de 251