vacina gripe 2018
Foto: Josiane Zago/ ADR Videira

A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza começa na segunda-feira, 23, porém os preparativos já vêm acontecendo há semanas, com o recebimento das doses na Regional de Saúde da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) Videira, e distribuição para os 18 municípios de abragência.

Segundo a gerente de saúde, Fabiana de Fátima Moraes, é um trabalho muito eficiente que as ADRs prestam por meio das regionais de saúde. “Na saúde a descentralização é muito eficiente, por meio dela, além de otimizar o tempo para os municípios, aproxima os serviços e diminui os custos, além é claro, da equipe da regional de saúde estar sempre disposta para sanar quaisquer dúvidas”, afirmou.

A 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza em Santa Catarina será realizada de 23 de abril a 1º de junho, sendo dia 12 de Maio o dia D de mobilização nacional. Até o momento o Estado já recebeu do Governo Federal o montante de 37% das vacinas necessárias, e a previsão é que neste sábado, mais um montante estaja disponível.

Na Regional de Saúde, além da distribuição das vacinas é orientado sobre o preenchimento das informações, dados referentes as metas que cada município deve atingir  e orientações gerais sobre a campanha. Em Santa Catarina, a população-alvo para a vacinação é composta por 1.844.225 pessoas, sendo que nos 18 municípios da regional de Saúde de Videira, são 74.611 pessoas.

Os grupos prioritários são: crianças entre 6 meses e 5 anos; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; povos indígenas; professores do ensino infantil, fundamental e médio e de universidades públicas e privadas; indivíduos com 60 anos ou mais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. A meta é alcançar uma cobertura de pelo menos 90%.

Segundo Mônica Vanz, enfermeira da Gerência de Saúde, além da imunização, é necessário manter a higiene em dia. “Os dias mais frios fazem com que fiquemos em ambientes fechados e pouco arrejados. Essa condição é muito positiva para a multiplicação de doenças respiratórias. Então além de evitar esses ambientes, lavar as mãos, seguir a etiqueta ao tossir, entre outras recomendações permanecem”, afirmou.

Reforço na vacina contra Tétano

Em Santa Catarina, a vacinação contra o tétano será intensificada durante o período de campanha contra a gripe, especialmente para os adultos, grupo que apresenta baixa cobertura vacinal. Quem não tiver carteira de vacinação, ou a tiver perdido, também pode procurar o posto de saúde para tomar a vacina.

No ano passado, 12 casos de tétano acidental foram confirmados no estado, sendo a maioria entre pessoas maiores de 50 anos, dos quais 4 evoluíram para óbito. Isso representa uma taxa de letalidade de 33,3% acima da taxa nacional, que foi de 32,6%. A vacinação é a única maneira de evitar a doença, mas é preciso tomar três doses para garantir a imunização, com reforço a cada dez anos.

Nos municípios da regional de saúde de Videira, o público é orientado a se dirigir aos postos com a caderneta de vacinação. Caso não esteja imunizado, o procedimento será a aplicação da vacina.

Mais informações para a imprensa:
Josiane Zago
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Videira
E-mail: imprensa@vii.adr.sc.gov.br
Fone: (49) 3533-5417 / 98839-1506 / 99171-7885
Site: sc.gov.br/regionais/videira

Estudantes e professores de 13 unidades escolares da região do Contestado estiveram participando, nesta quinta-feira, dia 19, da etapa regional da 5ª Conferência Infantojuvenil do Meio Ambiente. O evento foi realizado no período da tarde, no Plenário Osvaldo José Gomes, da Câmara de Vereadores de Caçador.

Na oportunidade, foram expostos os trabalhos desenvolvidos com o tema “Vamos cuidar do Brasil: Cuidando das águas". Na oportunidade, três delegados foram eleitos e representarão a regional na fase estadual que acontecerá de 7 a 9 de maio, em Laguna.

Foram eleitos os seguintes trabalhos: “Conscientizar para economizar” da EMEB Professora Maria Luiza Barbosa, do delegado Elyezer Davi Vieira Ribas e da professora Jacqueline Zanelato; o trabalho “Atuando na preservação e conservação dos recursos hídricos” da EMEB Pierina Santin Perret com a delegada Kawane Ribeiro França e a professora Evelyn de Almeida Picolotto; e também a EEB 30 de Outubro com o projeto “Ainda temos, quer matar a sede?” representada pela delegada Rafaella Dal Mas Belli.

conferência caçador
Caçador, Divulgação

Além dos destaques que seguirão para a etapa estadual, os trabalhos expostos pela EEB Dante Mosconi, dando ênfase ao trajeto da água, desde a captação, até as residências, ficarão expostos no hall de entrada da Câmara de Vereadores para ser prestigiado por todos os munícipes.

Sobre a Conferência

A V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA) é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) em conjunto com o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e será realizada entre os dias 15 e 19 de junho de 2018. Esta edição o tema “Vamos cuidar do Brasil Cuidando das Águas” está sendo construído a partir de quatro momentos: na escola, regional, estadual e nacional.

Em Santa Catarina, a Secretaria de Estado da Educação é a articuladora entre as escolas e os 27 parceiros envolvidos que trabalharão com estudantes de 11 a 14 anos, ou seja, do 6º ao 9º ano. De forma pedagógica e participativa o objetivo da mobilização foi reunir estudantes, professores e comunidade escolar para pesquisar, dialogar e refletir sobre as questões socioambientais, a partir da utilização da água pela humanidade que depende da sua disponibilidade, da realidade socioeconômica e cultural, das formas de captação, tratamento e distribuição.

Mais informações para a imprensa:
Josiane Zago
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Videira
E-mail: imprensa@vii.adr.sc.gov.br
Fone: (49) 3533-5417 / 98839-1506 / 99171-7885
Site: sc.gov.br/regionais/videira

Videira - Conferência Regional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente
Videira. Foto: Divulgação

Ao todo, 21 escolas da rede estadual e municipal da área de abrangência da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) Videira participaram nesta quinta-feira, dia 19, da Conferência Regional do Meio Ambiente, que teve como tema “Vamos cuidar do Brasil – Cuidando das águas”. Na oportunidade, foi proferida uma palestra, bem como apresentados trabalhos desenvolvidos em cada unidade escolar. Três projetos foram selecionados para a etapa estadual que acontecerá em maio.

O evento teve início no período da manhã com a palestra do pós-doutorado da Unoesc, Petrick de Souza, que falou sobre a importância das águas, os mananciais, bacias hidrográficas e consumo consciente. Para a gerente de Educação, Girlene Borsoi, o objetivo é socializar o conteúdo nas escolas. “A Conferência Regional é uma forma de selar o trabalho brilhante desenvolvido nas escolas com foco nesse tema. O debate é necessário e as escolas deram aula de cidadania, envolvimento e participação”, afirmou.

Durante todo o dia, em espaços de tempo de 10 minutos, cada uma das escolas participantes puderam apresentar a metodologia aplicada com foco no tema. A EEB Josefina Caldeira de Andrade foi uma das participantes. Eles, que aplicaram pesquisas com os alunos, constataram o baixo consumo de água. Com o tema “uma gota, uma vida”, o projeto consistiu em demonstrar que ambas desapareceriam se não haver um cuidado especial.

Segundo os alunos Natália Pirolli de Campos e Alex Fischer, do oito anos, o projeto está só começando. “O ápice do projeto acontecerá na Mostra do Conhecimento, onde tudo será socializado, inclusive com a comunidade que prestigiará o evento”, afirmaram. O projeto foi coordenado pela professora Denise Caregnato Neres.

Os finalistas, eleitos pelos delegados presentes de todas as 21 escolas, foram EEB Madre Terezinha Leoni, de Videira, com o projeto da Central Geradora Hidrelétrica – CGH das Pedras e Comunidade, juntamente com o projeto de revitalização do rio das pedras, que leva o nome do bairro onde a escola está inserida.

Outros selecionados

Também representará a regional na etapa estadual a EEF Bairro das Nações, do município de Fraiburgo, com o tema “Conservação da água frente aos riscos ambientais". E a EEB 25 de Maio, com o tema “Água fonte de vida”. Cada uma das escolas, além da metodologia do projeto apresentada pelos alunos, estiveram demonstrando um vídeo da ação, que também seguirá para as etapas posteriores.

Na EEB Governador Lacerda, também participante da Conferência Regional, o projeto consistiu na construção de cisternas para reaproveitamento da água da chuva. Além da consciência escolar, o tema superou os muros escolares, sendo referência para muitas famílias. A família da estudante Evelin Bianchin é uma das que aderiu a ideia e está construindo em sua residência.

 “O projeto é muito produtivo porque além de despertar a consciência, aponta ações simples que podem colaborar muito para o desenvolvimento e a sustentabilidade do nosso planeta”, afirmaram as alunas Evelin e Elis Helaine da Silva, do projeto “Estudo de viabilidade do consumo de água" na EEB Governador Lacerda, orientadas pela professora Nilvia Grutzmacher.

Videira - Conferência Regional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente
Videira. Foto: Josiane Zago/ADR Videira

A Conferência Estadual acontecerá de 7 a 9 de maio, em Laguna. Para o secretário executivo em exercício da ADR Videira, Valcir Serighelli, o debate é necessário. “Parabenizamos todas as escolas participantes tendo em vista que o tema é relevante e necessário para os dias atuais. Despertar a conscientização desde cedo também é um compromisso, e que está sendo executivo brilhantemente” finalizou.

Mais informações para a imprensa:
Josiane Zago
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Videira
E-mail: imprensa@vii.adr.sc.gov.br
Fone: (49) 3533-5417 / 98839-1506 / 99171-7885
Site: sc.gov.br/regionais/videira

Salto Veloso -  Escola Cecília Vivan desenvolve projeto de autoconhecimento
Foto: Joasiane Zago/ ADR Videira

"Se conhecer melhor!". Esse é o objetivo do projeto de Autoconhecimento desenvolvido pela EEB Cecília Vivan, de Salto Veloso, no Meio Oeste de Santa Catarina. O projeto já existe desde 2010 e os frutos colhidos são muito positivos, com aprovação da direção, professores, pais e estudantes.

Conduzido pela Assistente Técnica Pedagógica, Jane Pasin Ribeiro, o projeto feito em paralelo com as demais atividades e disciplinas lecionadas, tem como foco principal a busca da identificação do aluno, sua história e bagagem emocional, e por meio delas encontrar formas de contribuir para a evolução em sua vida pessoal, refletindo diretamente também na vida estudantil.

Para o desenvolvimento do projeto, a escola conta com uma sala especial reservada para a prática. Com estofados, tapetes e acessórios, os alunos, inicialmente do primeiro ano do Ensino Médio passam pela experiência, com a confecção de mandalas terapêuticas.

Aldria Duarte, de 16 anos, é uma das estudantes. Ela que está no primeiro ano do ensino médio, garante que o trabalho foi fundamental para sua melhoria enquanto pessoa e estudante “Encontrava diversas dificuldades em me aceitar, entender a minha origem, e isso, acabava refletindo nos estudos. O projeto foi essencial”, revelou.

O estudante Nicolas José Prestes, do 3º ano, afirmou que encontrou o caminho. Ele que tinha dificuldades de aceitação devido a problemas familiares, revelou que enfrentando essa situação, conseguiu evoluir como estudante e pessoa “Hoje sou uma pessoa muito melhor”, disse.

Salto Veloso -  Escola Cecília Vivan desenvolve projeto de autoconhecimento
Foto: Divulgação 

Idemar Fávero, pai do aluno Henrique, de 16 anos, aprova a iniciativa. Segundo ele, o filho, que tinha dificuldades de inserção social e fala, passou a ser mais confiante e a evolução é perceptível “Sempre que posso acompanho os trabalhos do Henrique e confirmo que essa iniciativa do Autoconhecimento é muito positiva” afirmou.

Além da leitura da mandala, o projeto conta com outros trabalhos com o foco principal na valorização da vida. Socializações conjuntas, meditações, relaxamentos, exercícios de respiração, aconselhamentos e conversas, entre outras práticas vem sendo desenvolvidas. Atualmente os alunos do terceiro ano, por meio das aulas de sociologia, iniciaram a confecção de um diário para registrar seus sentimentos e emoções, também culminando com esse projeto do Autoconhecimento.

A assistente técnica pedagógica, Jane Pasin Ribeiro, confirma que participar desse processo é muito prazeroso. “Muitos relatos fazem todo esse trabalho ser revestido de uma importância cada vez maior. Com o sentimento de satisfação por ter feito o meu melhor, acredito que participar dessas transformações que cada um passou por meio do projeto, resultou, com certeza, em um jovem melhor, um aluno, uma escola, uma família, enfim, uma comunidade melhor”, finalizou.

A direção da escola também apoia a iniciativa. Segundo a diretora Regina Ansilieiro, o trabalho vem ao encontro dos objetivos do Núcleo de Educação Preventiva, favorecendo o bom relacionamento do aluno com a história pessoal e familiar. “O projeto contribui inclusive com uma relação cada vez melhor da escola com a família, essencial para o processo educacional”, finalizou.

Mais informações para a imprensa:
Josiane Zago
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Videira
E-mail: imprensa@vii.adr.sc.gov.br
Fone: (49) 3533-5417 / 98839-1506 / 99171-7885
Site: sc.gov.br/regionais/videira