O concurso Nutrindo Canções, promovido pelas empresas Risotolândia e Nutriplus em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (SED) de Santa Catarina, premiou 37 alunos da rede estadual de ensino que elaboraram as melhores paródias de músicas com o tema alimentação saudável e adequada.

Para nutricionista, Grasiane Sartor Paganini, “a competição de paródias incentivou os estudantes a desenvolver bons hábitos alimentares e ainda exercitar a criatividade”.

A paródia Alimentos, da EEB Ana Gondin, interpretada pela aluna Jéssica Valério Marciano, do 9º ano é uma das vencedoras na região e concorreu com outras sete escolas participantes no âmbito da regional de Laguna. A premiação aconteceu nesta sexta-feira, 20, na sede da escola e foi acompanhada pelo gerente de Educação, Mario Alano, os supervisores de Articulação com os Municípios, Eraldo Raimundo; de Políticas e Planejamento Educacional, Olga Júlia dos Santos Romualdo; e as nutricionistas da Risotolândia, Grasiane Sartor Paganini e Camila Goulart.

A iniciativa faz parte de um projeto de educação nutricional desenvolvido pelas empresas, que são responsáveis pelas refeições servidas nas escolas estaduais e buscam conscientizar os estudantes sobre a importância de manter bons hábitos alimentares. “Esse é mais um projeto que permite que os jovens relacionem a alimentação saudável de maneira prática, lúdica e com algo que se identificam, no caso a música”, ressalta o diretor de Articulação com os Municípios da SED, Osmar Matiola.

Perfil dos ganhadores

Estudantes do quinto ao nono ano do ensino fundamental de Santa Catarina participaram individualmente ou em duplas do Nutrindo Canções. As paródias foram avaliadas pela coerência com o tema, clareza e organização das ideias, originalidade, criatividade e mensagem apresentada.

Outros critérios foram vocabulário utilizado; regras gramaticais; e destaque na apresentação da música, que precisou ser gravada em vídeo. Os 20 vencedores das regiões atendidas pela Risotolândia serão premiados com um headphone supra auricular sem fio com tocador de MP3 cada.

Informações adicionais para a imprensa
Fabrícia Silveira Carneiro
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Laguna
E-mail: imprensa@lga.sdr.sc.gov.br
Fone: (48) 3647-7707 / 98843-3563
Site: sc.gov.br/regionais/laguna

 A Comissão de Integração Ensino e Serviço (CIES), região de Laguna com apoio da gerência de Saúde, promoveu na tarde desta quinta-feira, 19, o seminário regional “Implantação das PICS - Práticas Integrativas e Complementares em Saúde na Atenção Básica.” O evento aconteceu no auditório da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), em Laguna e reuniu técnicos e gestores da Saúde dos municípios de abrangência da Associação dos Municípios da Região da Laguna (Amurel).

O processo de implantação das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde na Atenção Básica, seu panorama atual no Brasil e em Santa Catarina, os incentivos financeiros disponíveis e as perspectivas no âmbito municipal foram apresentados pelo professor Dr. Fernando Hellemann.

Para a coordenadora da Cies e integrante da vigilância sanitária da 18ª Gersa, Clarice de Souza Duarte, o evento foi uma iniciativa da Comissão de Integração Ensino e Serviço (Cies) da Região de Laguna e teve como propósito de estimular a implantação das práticas Integrativas e complementares na atenção básica.

O secretário executivo, Luiz Felipe Remor, participou da abertura do evento e destacou a importância da implantação das práticas Integrativas na atenção básica como forma complementar de tratamento.

Também acompanharam o evento o a apoiadora do Cosems, Ivania May, o representante da diretoria de Educação permanente do Estado de SC, Fernando Toledo e a Secretária de Saúde de Capivari de Baixo, Jane Mota.

Saiba mais sobre as PICs

A PNPIC, criada em 2006, instituiu no Sistema Único de Saúde (SUS) abordagens de cuidado integral à população por meio de recursos terapêuticos, entre eles fitoterapia, acupuntura, homeopatia, medicina antroposófica e termalismo. Os serviços são oferecidos por iniciativa local, mas recebem financiamento do Ministério da Saúde por meio do PAB de cada município. A implantação das Práticas Integrativas e Complementares (PICs), tem se destacado pelo interesse crescente da população por uma forma de atenção humanizada e de cuidado singular, iniciando o desenho de uma nova cultura de saúde e a ampliação da oferta destas práticas na rede de saúde pública.

A inserção das PICs na rede de atenção à saúde como ferramenta de cuidado tem por objetivo ampliar a abordagem clínica e as opções terapêuticas ofertadas aos usuários, podendo ser utilizadas como primeira opção de tratamento ou forma complementar, respeitando as particularidades de cada caso.

Mais informações para a imprensa:
Suelen Costa
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99113-6065
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br

 

Nova etapa do Seminário de Gestão Escolar foi realizada na tarde desta quarta-feira, 17, no auditório da EEB Prefeito Luiz Carlos Luiz, em Garopaba, reunindo gestores de abrangência da Agência de Desenvolvimento Regional de Laguna, onde foram apresentados projetos executados com sucesso em seis unidades escolares.

A EEB Gregório Manoel de Bem, em Laguna, mostrou aos participantes a rádio #Na Escola. Durante os intervalos de recreio e almoço, no pátio agora rola além de brincadeiras, informações variadas e música. Segundo a gestora, Adriana Araújo Lealpor, por meio da rádio os alunos melhoraram as relações e diálogos, ouvem músicas clássicas e MPB e assim estamos construindo um ambiente calmo, reflexivo para volta dos alunos a sala de aula.

Em Pescaria Brava, a EEB Palmira Moraes de Miranda ampliou o interesse dos alunos com a elaboração de projetos sustentáveis e atividades de pesquisa para realização da XII Feira de Ciências. Conforme o gestor, José dos Passos Luza a participação atingiu quase que a totalidade dos 320 alunos. 

A nova escola EEB Prefeito Luiz Carlos Luiz, de Garopaba, implantou o projeto Escola Sustentável. Inicialmente foram organizados com a participação os alunos os canteiros centrais com o plantio de flores, seguidos do entorno da unidade escolar que recebeu árvores frutíferas e espécies nativas. A ideia foi levada também às salas de aula, onde foram abordadas a alimentação, a crise ambiental e os princípios da sustentabilidade.

As escolas de Imbituba EEB Annes Gualberto e EEB Professor André de Souza trouxeram para o Seminário os projetos executados com os alunos para reforço das atividades de aprendizagem. A EEB Annes Gualberto compartilhou projetos de sucesso implantados como oConhecendo as profissões, com palestras que resgatam profissionais (médico, farmacêutico, engenheiro) que passaram pela escola, para trocar experiências com os atuais alunos. 

A EEB André de Souza apostou na implantação de salas ambientes, pois elas propõem autonomia, responsabilidade e interação aos alunos. A socialização é explorada com atividades extracurriculares desenvolvidas a partir da dança, xadrez e teatro. 

Ainda em Imbituba, a EEB Henrique Lage promoveu com apoio dos alunos a reforma das salas de aula e pintura dos muros da escola. 

Em Imaruí, a EEB Eulina Heleodoro Barreto abriu a quadra de esportes para prática esportiva. A escola é localizada em uma área considerada rural e atende a 16 comunidades. 

Em novembro acontecerá um novo Seminário de Gestão Escolar, na sede da EEB Saul Ulyssea, em Laguna.

Informações adicionais para a imprensa
Fabrícia Silveira Carneiro
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Laguna
E-mail: imprensa@lga.sdr.sc.gov.br
Fone: (48) 3647-7707 / 98843-3563
Site: sc.gov.br/regionais/laguna




Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Raimundo Colombo e o secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Valmir Comin, assinaram na tarde desta quarta-feira, 18, no Centro Administrativo, em Florianópolis, ordens de serviço para a construção de 20 Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Os recursos, no total de R$ 6,8 milhões, serão disponibilizados por meio do Programa Pacto pela Proteção Social.

“É uma ação emblemática para o Estado em atender as pessoas que mais precisam. Um programa de alto alcance social que vai atender a população mais carente nas comunidades menos desenvolvidas de Santa Catarina, prestando um serviço de assistência, psicológico e de proteção”, destacou o governador.