Compartilhe

Itapiranga - Instituto Ayrton Senna elogia experiência educacional na regional
Foto: Vandro Welter - Ascom ADR Itapiranga

Qualificar para o mercado de trabalho e atender à demanda de uma sociedade cada vez mais exigente. São esses uns dos principais objetivos da implantação do Ensino Médio Integral (EMI) no Estado. E é esse o propósito da gerência regional de educação da ADR ao implantar a modalidade na EEB São Vicente de Itapiranga.

Em SC 15 escolas atenderam a condições rigorosas impostas pelo Ministério da Educação (MEC) e a Secretaria de Estado da Educação (SED) para implantação do EMI em 2017 e a ideia é expandir essa modalide. Em SC uma parceria com o Instituto Ayrton Senna junto à SED promete colaborar decisivamente para dobrar o número de escolas no EMI em 2018.         

Na quinta-feira, 7, a gerência de educação da ADR Itapiranga recebeu visita das representantes do Instituto Ayrton Senna: a gerente de projetos, Rita Carmona Moreira Leite e a agente técnica sênior, Renata Lazzarini Monaco. Elas visitaram três escolas do EMI. Conheceram a experiência desenvolvida na EEB São Vicente de Itapiranga e de mais duas escolas em Chapecó. Além disso, falaram sobre a atuação do Instituto no programa educacional no Estado e e no país. As representantes do instituto não esconderam a satisfação com a experiência bem sucedida em Itapiranga.       

A agenda começou na manhã de quinta-feira, 7, com uma conversa com os estudantes do 9ª Ano e 1ª Série da EEB São Vicente. À tarde, o diálogo foi com os professores do programa. Igualmente puderam conhecer os projetos de intervenção desenvolvidos pelos estudantes do EMI. A participação encerrou com coletiva de imprensa no auditório da ADR.

O EMI está em funcionamento há décadas em países desenvolvidos da Europa. Santa Catarina se apresenta como um dos estados pioneiros do país a implantar essa modalidade que começou aqui em fevereiro de 2017. O EMI traz novas disciplinas, mais interação, maior planejamento e dobra o tempo de permanência na escola.    

O coordenador regional do EMI na ADR, Elói Tessing, comemora a visita inédita do renomado instituto de atuação nacional ao Extremo-Oeste. Além de alunos e professores, a visita na escola e na ADR foi acompanhada pela gerente regional de educação, Marina Bianchi, e o diretor da EEB São Vicente, Eduardo Guariente.

Base Curricular

O EMI apresenta um currículo diferenciado com 50 aulas semanais, ou seja, o dobro de horas/aula do ensino regular. São sete aulas semanais de língua portuguesa, sete de matemática, três de educação física e mais as disciplinas de arte, cultura e tecnologia. Além disso, o EMI inclui um núcleo articulador onde os alunos aprendem a elaborar projetos de vida, de pesquisa e intervenção com estudos orientados que visam a integração do currículo com as áreas do conhecimento.     

Instituto Ayrton Senna

Trata-se de uma ONG criada pela família Senna em 1994 tendo como presidente Viviane Senna, empresária e irmã do tricampeão de Fórmula 1. O Instituto concretiza o sonho de Ayrton Senna de ajudar o Brasil a diminuir as desigualdades sociais, criando oportunidades de desenvolvimento humano a crianças e jovens por meio da educação. Anualmente a organização capacita 60 mil educadores e seus programas beneficiam diretamente cerca de 2 milhões de alunos em mais de 1.300 municípios nas diversas regiões do Brasil.

Mais informações para a imprensa:
Vandro Luís Welter
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Itapiranga
E-mail: imprensa@ipx.adr.sc.gov.br
Fone: (49) 3472-5008 / (49) 98412-0485
Site: sc.gov.br/regionais/itapiranga