Na próxima segunda-feira, 18, haverá a última reunião do ano do Colegiado Regional de Governo das Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) de Taió, Ibirama, Ituporanga e Rio do Sul. O encontro terá início às 16h e será realizado no Seminário Diocesano Nossa Senhora de Fátima, futura sede da ADR Taió.

“Os representantes dos órgãos estaduais debatem e buscam soluções para as demandas levantadas, visando a melhoria dos serviços prestados a população”, afirmou o secretário executivo de Taió, Jardel Fronza. Ele destacou que na pauta do último encontro de 2017 está a apresentação das atividades e investimentos da Casan na região.

Integram o Colegiado Regional de Governo os secretários executivos das quatro ADRs; os gerentes regionais das ações finalísticas (Planejamento Regional e Apoio a Políticas Públicas; Educação; Saúde; Infraestrutura; Políticas Socioeconômicas, Rurais e Urbanas; Administração, Finanças e Contabilidade) e representantes dos órgãos estaduais na região: Epagri, Cidasc, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Militar Rodoviária, Polícia Civil, Defesa Civil, Fatma, Receita Estadual, Celesc e Casan. As reuniões conjuntas acontecem mensalmente.

Informações adicionais para a imprensa:
Estela Stange Purnhagen
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Taió
E-mail: informacao@tao.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3562-8411 / 98801-6642
Site: sc.gov.br/regionais/taio


Novo bloco da Udesc de Ibirama que está em construção - Foto: Helena Marquardt / ADR

Em 2018 os jovens da região terão uma nova oportunidade em Ibirama. Foi aprovado no Conselho Universitário o curso de Engenharia Civil no Centro de Ensino Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi) da Universidade do Estado e Santa Catarina.

A previsão é de que a graduação comece no segundo semestre de 2018 e inicialmente serão oferecidas 40 vagas. Para o novo curso será utilizado o bloco que atualmente está em construção. O investimento do Governo do Estado na nova estrutura é de R$7,5 milhões.

O diretor da Udesc de Ibirama, Carlos Alberto Barth, afirma que ideia começou a ser trabalhada há mais de dois anos. “O primeiro passo foi a elaboração do projeto feito com base em diversas pesquisas de demanda e da nossa capacidade de implantação desse curso e ao longo desse percurso travamos uma batalha muito intensa em prol da aprovação em todos os conselhos, mas finalmente conseguimos a autorização após um longo debate”, lembrou.

Ele ressaltou que o perfil socioeconômico do Vale do Itajaí deu força para a implantação. “Vivemos numa região bastante populosa, industrializada e de economia forte que tem na construção civil uma das suas bases e os indicativos apontam que quando implantado esse curso vai fortalecer a Udesc na região”.

Carlos esclareceu ainda que com a aprovação da Engenharia Civil, o curso de Engenharia Sanitária não vai mais ser oferecido nos próximos vestibulares da Udesc devido à baixa procura, mas que os estudantes de Ibirama vão concluir a graduação normalmente. “É importante frisar também que o perfil profissional dos alunos de Engenharia Civil também vai abranger esta área que é muito necessária, a grade montada vai permitir que eles façam projetos de saneamento.”   

O secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Ibirama, Jamir Marcelo Schmidt, comemorou a conquista e lembrou a luta de várias pessoas para que o curso fosse aprovado. “Precisamos reconhecer o trabalho do ex-diretor Dario Nolli, que foi o primeiro diretor do campus e criou o curso de Engenharia Sanitária, do reitor da Udesc Marcus Tomasi e também do deputado estadual Aldo Schneider. Eles foram pessoas que tiveram participação nesse processo e que com certeza entendem a importância desse novo curso, que vai proporcionar ensino de qualidade e totalmente gratuito, fortalecendo a nossa região e trazendo mais desenvolvimento.”

Novo curso tem aprovação da população

No final do ano passado, a instituição realizou uma consulta popular que apontou que a população do Vale Norte era totalmente a favor da graduação na região. Durante dezembro foram realizadas audiências públicas nas nove cidades de abrangência da ADR de Ibirama com a intenção de saber da comunidade e autoridades qual o nível de interesse na mudança do curso de Engenharia Sanitária por Engenharia Civil.

Helena Marquardt
Assessoria de comunicação
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.sdr.sc.gov.br
Site: www.adrs.sc.gov.br/adribirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama

Ibirama - Conselho de Desenvolvimento Regional se reúne para balanço de ações em 2017
Foto: Helena Marquardt/ADR Ibirama

A última reunião do ano do Conselho de Desenvolvimento Regional da 14ª Agência de Desenvolvimento Regional foi realizada nesta sexta-feira, 15, na Câmara de Vereadores de Ibirama. Foi apresentado um balanço das principais conquistas para a região e discutidas ações que serão prioridade em 2018.

Em seu discurso o secretário Executivo da ADR de Ibirama e presidente do Conselho, Jamir Marcelo Schmidt, agradeceu a participação de todos os conselheiros ao longo do ano e afirmou que a região tem muito a comemorar. Em uma breve apresentação ele mostrou os principais investimentos do Governo do Estado nos nove municípios da regional como os mais de R$ 8,8 milhões destinados para elaboração de projetos, reformas e manutenção de escolas. “Conseguimos contemplar 10 unidades com esse valor e tenho certeza que no ano  que vem outras serão beneficiadas, estamos bastante otimistas e satisfeitos”.

Na reunião os gerentes da ADR também fizeram uma apresentação das principais ações desenvolvidas por suas pastas. A gerente de Políticas Socioeconômicas Rurais e Urbanas, Edna Beltrame Gesser, informou, por exemplo, que agricultores da região receberam cerca R$ 3 milhões através do SC Rural e R$1,5 milhão através do Programa Terra Boa, que beneficiou quase três mil produtores. “Isso sem contar outros programas como Juro Zero e agora o Menos Juros que vai disponibilizar mais R$ 6 milhões em cotas, investimentos fundamentais para manter as famílias no campo, principalmente os jovens”, falou.

O gerente de Planejamento e Apoio as Políticas Públicas, Egon Gabriel Junior, destacou a construção de três novos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) e o trabalho para a construção de uma usina de asfalto na região.  “Foram vários debates, visitas e conversas que tiveram um resultado positivo com a notícia da garantia de R$ 5 milhões para construção de uma usina de asfalto que vai atender todas as cidades da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí”, explicou.

O gerente de Educação, Nilo Poffo, citou o empenho dos multiplicadores do Núcleo de Tecnologias Educacionais (NTE) que tem capacitado professores e realizado a manutenção de computadores nas escolas e afirmou que além das obras em diversas unidades, uma das maiores conquistas é a implantação do Ensino médio Integral na EEB Orlando Bertolli, em Presidente Getúlio. “Esses alunos vão ir para a escola de manhã e sair só no final da tarde o que vai trazer ainda mais qualidade para o ensino. Os professores já foram capacitados e em 2018 já teremos essa mudança.”

Encerrando o encontro o  anfitrião do evento e prefeito de Ibirama, Adriano Poffo, afirmou que as reuniões têm sido muito importantes, agradeceu a presença de todos e anunciou uma boa notícia para os municípios da regional. “Depois de muita luta conseguimos garantir a criação do curso de Engenharia Civil na Udesc de Ibirama, um curso que era oferecido só em Joinville e que em breve será mais uma opção de profissionalização para nossos jovens”.

Helena Marquardt
Assessoria de comunicação
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.sdr.sc.gov.br
Site: www.adrs.sc.gov.br/adribirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama

Ibirama - Mais de 50% das obras do sistema de esgotamento sanitário estão concluídas

Balanço realizado neste final de ano pela Casan aponta que mais de 50% das obras para implantação do sistema de esgotamento sanitário em Ibirama já estão concluídas. O investimento financiado pela Agência Francesa de Desenvolvimento chega a mais de R$ 9,5 milhões, nesta primeira etapa, e vai beneficiar diretamente cerca de 4.550 moradores dos bairros Taquaras, Operário e Centro.

Quando todo o serviço estiver finalizado a cidade vai contar com 40% de cobertura na coleta e tratamento de esgoto. Ao todo serão 989 ligações domiciliares, das quais 819 já foram instaladas, além de 22.412 metros de rede coletora, duas estações elevatórias de esgoto e 1.689 metros de emissários. A Companhia informou ainda que o processo licitatório para a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), orçada em R$ 5,8 milhões também já está em tramitação, somando R$15.383.706,57 em investimentos.

O engenheiro sanitarista da Casan, Rangel Barbosa, afirma que as obras do esgotamento são o maior investimento que os governos podem fazer em saúde pública, já que ele vai diminuir significativamente a quantidade de doenças e dar mais qualidade de vida para a população. “Sabemos que o tratamento da água retira as impurezas, mas quanto menos contaminação tiver o manancial, mais seguro é para a população. Algumas pessoas, por exemplo, possuem poços que acabam sendo contaminados pelas chuvas que entram nas fossas e o esgoto se espalha e atinge o lençol freático e consequentemente o poço que às vezes a pessoa usa para consumo próprio.”

Ele explica ainda que o acesso à água potável e o destino adequado do esgoto são fundamentais para o desenvolvimento de diferentes áreas. “Obviamente causa um transtorno temporário, mas depois disso ninguém mais percebe que aconteceu e o rio começa a se recuperar e isso beneficia setores até como o turismo. Em Ibirama, por exemplo, pode impulsar inclusive o Rafting já que hoje muitas pessoas deixam de fazer pela poluição da água.”

O prefeito de Ibirama, Adriano Poffo, falou sobre a importância dos investimentos e agradeceu ao Governo do Estado. “Sabemos que são obras para o bem maior e pensando no futuro e só temos agradecer por esse investimento em Ibirama que vai atender 40% do perímetro urbano e impactar positivamente na saúde pública”,destaca.

População reconhece os benefícios

Com frentes de trabalho por diversas ruas de Ibirama, a população percebe o andamento da obra e reconhece seus benefícios. O farmacêutico, Maicon Hüntermann, também acredita que o esgotamento trará melhorias para a população, principalmente no que diz respeito a saúde pública. “Vai trazer muitos benefícios já que a água será muito mais limpa e isso também vai contribuir com o meio ambiente”, comenta.

Já o barbeiro Orildo Francisco Cardoso também reconhece que obras assim são necessárias. “Elas são muito importantes, principalmente para preservar o meio ambiente e vai ficar muito bom quando estiver pronto”, falou.

Helena Marquardt
Assessoria de comunicação
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.sdr.sc.gov.br
Site: www.adrs.sc.gov.br/adribirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama