Ações do Programa Mulher Viver sem Violência iniciam em Ibirama
Fotos: Helena Marquardt/ ADR Ibirama

Ibirama foi a primeira cidade da região da 14ª Agência de Desenvolvimento Regional a receber a unidade móvel do Programa Mulher Viver sem Violência que visa conscientizar as mulheres sobre as formas de violência e a importância da denúncia. O encontro foi realizado com moradoras da comunidade de Rafael Alto que puderam acompanhar uma palestra, realizar testes rápidos, esclarecer dúvidas e se reunir para um café da tarde.

Segundo a coordenadora do programa na Regional de Ibirama, a servidora Célia Beltramini, na segunda-feira as ações foram realizadas em Vitor Meireles, mas sem o ônibus, que não conseguiu acessar o interior da cidade devido as chuvas fortes. Já na quarta-feira o cronograma continua com a unidade móvel na comunidade de Serra São Miguel, ainda em Ibirama, que reuniu dezenas de mulheres. “Foi um momento de muita satisfação pelo público que veio, pela palestra maravilhosa e pela conversa sobre a violência que é algo tão comum que às vezes a gente acaba banalizando. É importante refletirmos sobre isso porque conhecendo a gente pode contribuir com nossos amigos, nossos vizinhos e pessoas que convivem com a gente e passam por esta situação.”

A advogada Ilda Valetim, que palestrou para as mulheres, enfatizou que infelizmente a violência contra a mulher é comum e a maioria acaba não denunciando. “No meio rural isso é muito forte então viemos conversar e mostrar que não é só a violência física, só deixar um roxo ou um machucado, mas também a violência psicológica, a agressão diária que deve também ser denunciada”

Ações do Programa Mulher Viver sem Violência iniciam em Ibirama

Exemplos de superação da violência

Durantes a palestra em Ibirama, a história de uma moradora também chamou a atenção das mulheres e serviu de exemplo e inspiração contra a violência. A costureira Marilei Jussara Vinotti, contou no encontro que foi agredida pelo ex-marido durante 13 anos, mas decidiu se libertar. “Tinha três filhos com ele e convivia com agressões físicas e verbais. Meu ex-companheiro chegou a atear fogo no meu carro, na minha roupa e nos meus documentos e foi um período muito difícil, mas me libertei. Hoje vivo há quase quatro anos com uma outra pessoa e posso dizer que sou feliz e tenho um companheiro que inclusive dá um bom exemplo para as crianças, diferente do que eles viam do pai.”

Sobre o caso de Marilei, a advogada afirmou a todas as mulheres que nunca é tarde para ser feliz. “As mulheres depois dos 40 anos, principalmente, acham que vão viver pouco e acabam se conformando com a violência porque acreditam que não tem mais tempo para construir uma nova vida, mas queremos mostrar que é possível viver bem e feliz e que elas podem e merecem viver com dignidade”

Unidade ainda vai passar por Presidente Getúlio

Amanhã, dia 24, é a vez da comunidade de Serra São Miguel em Ibirama receber o programa. Já nos dias 25 e 26 a unidade móvel do Mulher Viver sem Violência estará nas comunidades do Ribeirão Tucano e Serra dos Índios em Presidente Getúlio. “Estamos levando esclarecimento para essas mulheres porque o conhecimento liberta”, finalizou.

O programa é mantido através de uma parceria entre Governo Federal, que cedeu o veículo, Governo Estadual, que é responsável pela manutenção da unidade e coordenação das ações e também dos municípios que levam os profissionais de sua cidade, como médicos e psicólogos, para fazer o atendimento e ajudam na divulgação do cronograma e criação de estratégias para envolver o maior número de mulheres possível.

Informações para a imprensa:

Helena Marquardt
Assessoria de comunicação 
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.sdr.sc.gov.br
Site: www.adrs.sc.gov.br/adribirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama

Ibirama - Segundo Encontro de Mulheres Agricultoras
Fotos: Helena Marquardt/ADR Ibirama

Já está tudo pronto para o segundo Encontro de Mulheres Agricultoras da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Ibirama que acontece nesta quarta-feira, 24, na Sociedade Desportiva União e vai abordar o empoderamento da mulher que vive no campo e a sucessão familiar.

O evento inicia com um café de recepção às participantes e abertura oficial. Depois é a vez da abertura da primeira Feira de Troca de Sementes e Mudas e uma palestra com a engenheira agrônoma da Epagri, Marta Adriana Pedri, que vai falar sobre a importância da diversidade e preservação das plantas na região.

Segundo a gerente de Políticas Socioeconômicas Rurais e Urbanas, Edna Beltrame Gesser, que é a organizadora do Encontro, ainda pela manhã as agricultoras vão assistir uma palestra motivacional. “Nosso intuito é que elas sejam motivadas para manter as propriedades sustentáveis, agregando valor aos produtos e conseguindo cada vez mais renda”, comentou.

Para garantir um evento ainda mais acolhedor, a ADR Ibirama também vai oferecer um almoço gratuito às participantes. Durante a tarde haverá a apresentação de cases de sucesso de agricultoras da região que tem histórias de superação e que poderão servir de inspiração para outras pessoas. “Será um dia para conhecer essas histórias e trocar experiências e conhecimento”, explica Edna.

Ibirama - Segundo Encontro de Mulheres Agricultoras

Às 14h15 as mulheres poderão assistir uma palestra com o tema "Maternagem: o berço das relações humanas" com Maíra Elena Borges Costa Suave e às 14h45 a palestra "Mulheres motivadas criam novos caminhos" com Fabiana Dickmann e Adriana Pedroni de Melo. O encontro termina com um debate, café da tarde e visitação aos estandes de artesanato dos municípios que compõem a ADR.

O secretário executivo da ADR, Jamir Marcelo Schmidt, lembra que no ano passado o evento já foi um sucesso reunindo cerca de 300 pessoas e em 2017 a expectativa é de que não será diferente. “Queremos que essas mulheres trabalhadoras prestigiem realmente porque pensamos e planejamos tudo para que este seja um dia especial para elas que fazem a diferença nas suas casas, nas suas propriedades e na economia catarinense”.

Informações para a imprensa:
Helena Marquardt
Assessoria de comunicação 
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.sdr.sc.gov.br
Site: www.adrs.sc.gov.br/adribirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama

Gerente da ADR de Ibirama participa do 1° Workshop de Planejamento Estratégico das Instâncias de Governança Regionais
Fotos: Fabiana Dickmann

O gerente de Planejamento Regional e Apoio as Políticas Públicas da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Ibirama, Egon Gabriel Júnior, participou nesta quinta e sexta-feira, dias 18 e 19, do 1º Workshop de Planejamento Estratégico das Instâncias de Governança Regionais. O evento, promovido pela Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) foi realizado no auditório da Univali, em Balneário Camboriú.

Um dos assuntos apresentados no evento foi o Programa de Regionalização do Turismo, que visa o desenvolvimento sustentável do turismo em Santa Catarina, além de apresentações dos cases de sucesso das 12 regiões, incluindo a Caminhos do Alto Vale a qual pertencem os municípios da 14ª ADR.

Egon ressalta que o planejamento é fundamental para que todas as regiões turísticas estejam bem sinalizadas e com pessoas preparadas para receber bem os visitantes. “Com isso estamos ajudando o desenvolvimento do pequeno empreendedor, município, região e Estado”.

Gerente da ADR de Ibirama participa do 1° Workshop de Planejamento Estratégico das Instâncias de Governança Regionais

Ele conta que o evento também discutiu a necessidade de integração turística nos três estados da região Sul: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. “Temos inúmeros atrativos com grande potencial e que ainda podem sem explorados. Como exemplo podemos citar o turismo religioso, de aventura através dos esportes radicais, turismo rural, cicloturismo, gastronomia e história e cultura da nossa gente.”

Informações para a imprensa:

Helena Marquardt
Assessoria de comunicação 
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.sdr.sc.gov.br
Site: www.adrs.sc.gov.br/adribirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama

Inauguração da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Ibirama é marcada pela emoção
Fotos: Helena Marquardt/ADR Ibirama

O secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Ibirama, Jamir Marcelo Schmidt, participou nesta quarta-feira, 17, da inauguração da sede da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Ibirama. A cerimônia, que foi marcada pela emoção, foi realizada no jardim da casa histórica no Centro da cidade que será ocupada pelas voluntárias.

Em seu discurso, Schmidt lembrou a história de uma jovem apiúnense, de apenas 29 anos, que perdeu a batalha contra o câncer, mas declarou ter certeza que muitas vidas serão preservadas graças ao trabalho da Rede em Ibirama. “Essas mulheres fazem um trabalho maravilhoso e o Governo do Estado quer ser parceiro no que for preciso. Acompanhei de perto a luta dessa jovem, as idas a Florianópolis para buscar tratamento e a volta com os efeitos colaterais da quimioterapia. Mas ela fazia esse percurso sempre com alegria e mesmo quando o médico disse que não poderia fazer mais nada por ela, ela não perdeu a fé. Espero que essas voluntárias tenham a mesma força de vontade e determinação para começar essa caminhada em Ibirama.”

Inauguração da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Ibirama é marcada pela emoção

A presidente da RFCC de Ibirama, Cintia Catafesta Francisco, agradeceu o empenho de todos que contribuíram de alguma forma para que o sonho da fundação e inauguração da sede saísse do papel, e lembrou o trabalho das voluntárias. “Obrigada a cada uma doou um pouco do seu tempo. Quem for ajudado ganha muito, mas nós que estamos ajudando ganharemos muito mais.”

A vice-presidente da Rede, Tayana Marchetti Meirelles, ressaltou que para ela a entidade tem um significado especial. “É um motivo de muito orgulho abraçar essas causa e ajudar as pessoas que passam pela doença. Como tive câncer senti na pele o que é isso e espero poder colaborar pelo menos um pouquinho com cada pessoa que enfrentará essa batalha."

O prefeito de Ibirama, Adriano Poffo, também se emocionou ao lembrar a mãe que faleceu vítima de câncer e disse estar feliz em poder ceder o imóvel histórico para uma causa tão importante. “Tenho certeza que ele será preservado ainda mais e agora com uma utilidade para a rede que vem trabalhar com a prevenção e apoio as famílias que estão passando por um tratamento de câncer. MInha mãe estaria muito feliz de ver este momento.”

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do município (CDL), Anicanor Jacinto lembrou que os lojistas também apoiaram a causa e enfeitaram as vitrines com a cor rosa. “O comércio sempre abraça as boas causas e é parceiro mobilizando toda a cidade para dar ainda mais força”, comentou.

A presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Santa Catarina, Sônia Maria Rieg Fischer, também prestigiou o evento e ressaltou que todas as mulheres do município ganham com a fundação da RFCC em Ibirama. “Fico muito honrada em estar aqui sabendo das atividades que elas farão, juntamente com o Poder Público, empresários e outras entidades. É bonito ver isso, ver toda a cidade envolvida e por isso estou muito emocionada. Essas mulheres realmente são fantásticas.”

Helena Marquardt
Fone: (47) 3357-8909 / 98434-4810
E-mail: imprensa@iir.sdr.sc.gov.br