Foto: Jeferson Baldo / Secom

Modernização e ampliação na aduana de Dionísio Cerqueira foram pleiteadas pelo governador Eduardo Pinho Moreira nesta quinta-feira, 5, na sede da Receita Federal, em Brasília. A intenção é dar maior vazão no transporte de mercadorias pelo único porto seco do Estado, na divisa entre Santa Catarina e Argentina. “Precisamos agilizar estas melhorias na aduana, pois não há sentido deixarmos mercadorias paradas no local por falta de estrutura e profissionais. Cobramos atenção especial da Receita Federal e do Ministério da Agricultura”, frisou o governador.

Apesar da relevância para a economia de Santa Catarina, o governador observa que a atual estrutura enfrenta grandes dificuldades para suprir a demanda existente, como filas de caminhões que ultrapassam uma semana de espera. Esta realidade reduz a competitividade catarinense, já que muitos caminhões migram para os estados vizinhos, onde estão instaladas aduanas que funcionam com a participação da iniciativa privada.

CORREDOR DE MILHO

De acordo com o secretário da Pesca e Agricultura, Airton Spies, que também acompanhou a audiência, mesmo a aduana tendo sido reformada recentemente faltam profissionais na área aduaneira e de proteção sanitária. “Precisamos melhorar os serviços da fronteira, pois Santa Catarina tem uma proposta de trazer o milho do Paraguai e da Argentina, através do corredor do milho, entrando em nosso Estado por Dionísio Cerqueira. Com este corredor, o local receberia mais 150 caminhões todos os dias, condição que a estrutura atual não comporta”, afirmou.

>>> Mais fotos na galeria

Moreira explicou que o milho que chega ao Estado atualmente vem do Centro-Oeste, ou seja, percorre um trecho de 2 mil quilômetros, o que encarece o produto que é essencial para o agronegócio catarinense. “O milho vindo do Paraguai, passando pela Argentina e entrando por Dionísio Cerqueira, diminui a distância em mil quilômetros, e isso diminui o preço”, comparou.

O QUE DIZ A RECEITA

Além do governador, participaram a secretária de Articulação Nacional, Lourdes Coradi Martini, os três senadores catarinenses e prefeitos da região Oeste. O secretário da Receita Federal, Jorge Antônio Deher Rachi, comprometeu-se a encaminhar uma equipe a Dionisío Cerqueira para avaliar a estrutura da aduana. O prefeito do município se comprometeu em doar 30 mil metros quadrados de um terreno municipal para abrigar os caminhões que precisam estacionar no local.

Rachi ressaltou que irá avaliar o pedido de integração dos serviços da área aduaneira e de proteção sanitária para que o processo seja mais célere. De acordo com Spies, essa integração já é uma realidade em outras aduanas do país e aumenta o ritmo de atendimento. Em relação a uma possibilidade de concessão para que o porto seco catarinense possa ter a participação da iniciativa privada, o secretário da Receita Federal disse não ter uma solução de imediato.

A aduana de Dionísio Cerqueira também foi eleita para ser uma das áreas de free shop na entrada do Brasil, no entanto, é necessário que o local seja estruturado para que este desejo se transforme em realidade.

Informações adicionais para a imprensa
Douglas Saviato
Assessoria de Imprensa 
Secretaria Executiva de Articulação Nacional
E-mail: douglas@san.sc.gov.br
Fone: (61) 3101-0900 / 99304-0198
Site: www.san.sc.gov.br

Dionísio Cerqueira - Reunião do CDR
Fotos: Manoely Dias Cogo/ADR Dionísio Cerqueira

Nesta terça-feira, 20, foi realizada em São Miguel do Oeste, reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional tendo como pauta os desdobramentos para a implantação da oncologia no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, de São Miguel do Oeste.

A Agência de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira esteve representada pela assessora jurídica Ana Paula Tecchio Gonçalves e a gerente de Planejamento e Apoio a Políticas Públicas Priscila Jaroseski Giron.

Também participaram os prefeitos e membros do Conselho da ADR de São Miguel do Oeste, os secretários executivos das ADRs de Maravilha, Dionísio Cerqueira, Itapiranga, e, representantes dos municípios que compõe a AMEOSC e AMERIOS, prefeitos, vereadores e lideranças da região, que conta com 38 municípios.

Dionísio Cerqueira - Reunião do CDR

A gerente de Saúde da Regional de São Miguel do Oeste Paula Corrêa e o diretor do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, Jeferson Gomes repassaram informações sobre como está o processo de implantação do setor de oncologia e o que já foi realizado até o momento. “Já elaboramos o Plano Estadual de Oncologia, recebemos a aprovação nos Colegiados Inter Gestores Regionais – CIR, e encaminhamos documentação ao Ministério da Saúde. Nosso principal desafio agora é a implementação no contrato de gestão do Hospital para o custeio do serviço, O recurso para aquisição de equipamentos já veio e a reforma também já está pronta. Agora o que falta é o recurso mensal para custeio do serviço”, destacou a gerente Paula Corrêa.

Ao final da reunião, foi redigida uma moção, que reforça a implementação do contrato, e as principais necessidades para que o serviço de oncologia possa ser implantado, atendendo assim a região extremo oeste. A moção contou com o apoio de todas as autoridades presentes.

Informações adicionais para a imprensa:
Manoely Dias Cogo
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira
E-mail: comunicacao@dcq.adr.sc.gov.br
Fone: (49) 3644-3317 / 99145-7142
Site: sc.gov.br/regionais/dionisiocerqueira

Volta às aulas
Foto: ADR Dionísio Cerqueira

O dia 15 de fevereiro foi de grande movimentação nas escolas estaduais da Agência de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira. Cerca de 4.700 alunos voltaram às aulas nos seis municípios da ADR, iniciando assim o ano letivo de 2018.

Todas as 18 escolas coneçaram as aulas sem transtornos e, segundo os diretores, com excelentes expectativas para o ano de 2018. “Todas as escolas estavam preparadas e devidamente organizadas para receber nossos alunos”, destacou a gerente de Educação Tânia Gasperin dos Santos.

Volta às aulas

Segundo a Secretaria de Estado da Educação, 491 mil estudantes retomaram às aulas na rede estadual de Santa Catarina.

Em preparação ao inicio do ano letivo, entre os dias 5 e 9 de fevereiro, as equipes  das 18 Escolas Estaduais estiveram reunidas para Formação Descentralizada de Professores: Planejamento e Gestão Pedagógica,  que seguiu um cronograma de estudos disponibilizado pela SED/GERED, onde foram tratados temas de grande relevância para a Educação Básica.

O material da formação foi composto por textos,  vídeos e propostas de atividades que incentivaram discussões, avaliação e planejamento de metas e ações para 2018.

Informações adicionais para a imprensa:
Manoely Dias Cogo
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira
E-mail: comunicacao@dcq.adr.sc.gov.br
Fone: (49) 3644-3317 / 99145-7142
Site: sc.gov.br/regionais/dionisiocerqueira


Foto: James Tavares / Secom

O Governo do Estado definiu o calendário de atendimento dos órgãos públicos durante o Carnaval 2018. Foram estabelecidos pontos facultativos nos dias 12 e 13 de fevereiro, segunda e terça-feira, e na parte da manhã do dia 14 de fevereiro, quarta-feira de Cinzas. O decreto 1.460/2018 foi publicado no Diário Oficial do Estado, no dia 30 de janeiro, e vigora para todos os órgãos e as entidades da administração direta, autarquia e fundação do Poder Executivo Estadual.

O decreto estabelece que os serviços públicos essenciais devem ser garantidos com escalas de plantão ou ato definido pela autoridade competente. São considerados serviços públicos essenciais: tratamento e abastecimento de água; produção e distribuição de energia elétrica, gás e combustíveis; assistência à saúde; distribuição e comercialização de medicamentos; captação e tratamento de esgoto; e as atividades finalísticas das secretarias da Segurança Pública, Saúde, Defesa Civil, Educação, Justiça e Cidadania e da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc).

Veja o esquema de plantão para o período

Saúde

Os atendimentos nos hospitais públicos serão mantidos em esquema de plantão durante todos os dias.

O Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) realizará horário especial de atendimento durante o Carnaval. Confira abaixo a programação completa.

Dia 10/02 – Sábado

– O Hemocentro Regional de Blumenau abrirá normalmente;

Dia 12/02 – Segunda-feira

– Abertura normal dos Hemocentros;

– As Unidades de Coleta de Tubarão e Jaraguá do Sul estarão fechadas;

Dia 13/02 – Terça-feira

– Não haverá atendimento ao público externo;

Dia 14/02 – Quarta-feira

– Abertura de todo o Hemosc a partir das 13h.

Casan

A Casan não terá expediente interno nos dias 12 e 13. Nestes dias, será mantido o atendimento de emergência 24 horas pelo 0800-643-0195. O atendimento normal volta na quarta-feira, 14, às 12h. Durante o feriado de Carnaval, a Casan terá equipes duplicadas na área operacional (consertos, vazamentos e outros) e na área de atendimento pelo 0800-643-0195, chat e redes sociais, para responder a atender todas as ocorrências para o pleno abastecimento de água.

Celesc

A Celesc não terá expediente interno nos dias 12 e 13. O atendimento retorna no dia 14, às 13h.

Para atendimento nestes dias, o consumidor da Celesc poderá dispor do Call Center pela discagem gratuita – 0800-48-0196 (emergências) ou 0800-48-0120 (comercial).

Além do call center, casos de falta de luz poderão ser informados por meio de SMS – mensagens de texto de celular – para o número 48196, com a mensagem SEM LUZ e CPF do titular ou número da unidade consumidora.

Durante o feriado de Carnaval, a Celesc terá equipes extras para responder a possíveis ocorrências na rede de distribuição.

Segurança

As Delegacias de Polícia Civil (181), a Polícia Militar (190), o Corpo de Bombeiros (193) e órgãos como o Instituto Geral de Perícias (IGP) e o Instituto Médico Legal (IML) funcionarão todos os dias em esquema de plantão.

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) o Ciretrans e Citrans não funcionarão no período do Carnaval, retornando os serviços somente a partir de quarta-feira, 14, em horário especial das 13h às 19h.

Vale lembrar que também é possível registrar Boletim de Ocorrência pela internet neste link da Polícia Civil.

Defesa Civil

A Secretaria de Estado da Defesa Civil orienta a população, em caso de emergência, que comunique à coordenadoria municipal de Defesa Civil, no telefone 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193. O cidadão também pode entrar em contato com a Defesa Civil do Estado, no plantão 24 horas, que conta com equipes de prontidão. O telefone é o (48) 3664-7000.

Comunicação

A Secretaria de Estado da Comunicação estará de plantão para atendimento à imprensa, atualização do portal do governo e das redes sociais durante o período do recesso. Acesse aqui a lista completa dos assessores de todas as secretarias e órgãos do Governo do Estado.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC