Divulgação/Complexo Penitenciário de Chapecó

O governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC), inaugura na próxima sexta-feira, 23 de novembro, às 09h30, o Presídio Feminino de Chapecó, com 286 vagas, unidade instalada dentro do Complexo Penitenciário de Chapecó. O ato contará com a presença do governador do Estado Eduardo Pinho Moreira e do secretário de Estado da Justiça e Cidadania, Leandro Antônio Soares.

A unidade oferecerá toda a infraestrutura necessária para atender a mulher presa de acordo com o que determina a Lei de Execuções Penais (LEP) como áreas para berçário, lactário, brinquedoteca, creche, atendimento médico e odontológico e salas de aula. Tudo de acordo com os critérios estabelecidos pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), uma vez que o projeto é em parceria do governo do Estado com o governo federal.

O investimento foi de cerca de R$16 milhões (R$ 16.176.531.75) - R$ 8 milhões do Ministério da Justiça e o restante do Estado de Santa Catarina. No total, 74 agentes penitenciárias femininas e 17 agentes penitenciários masculinos irão atuar na unidade, além de 13 assistentes administrativos, um médico, um dentista, duas enfermeiras, dois técnicos de enfermagem, dois psicólogas e dois assistentes sociais. 

Informações adicionais para a imprensa
Denise Lacerda
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania - SJC
E-mail: deniselacerda@sjc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-5810 / 99152-6934
Site: www.sjc.sc.gov.br

Com uma experiência de sucesso em Santa Catarina, o Banco Mundial faz do Programa SC Rural uma referência para outros estados. Nesta quarta e quinta-feira (21 e 22), representantes de oito unidades federativas estarão em Chapecó para conhecer os resultados do Programa e o legado deixado no meio rural catarinense.

O Intercâmbio de Projetos do Banco Mundial é uma oportunidade para que outros estados, que também tenham operação com o Banco, criem uma rede de relacionamento e possam trocar informações e conhecimentos. Segundo o diretor de Projetos Especiais do SC Rural, Ditmar Zimath, o desempenho do Programa SC Rural fez de Santa Catarina uma referência para o restante do país. O Programa recebeu a nota máxima na avaliação do Banco Mundial - fato único no setor agrícola.

“O que mais chama a atenção do Banco Mundial é o fato de que várias ações iniciadas com o Programa SC Rural continuam em andamento, mesmo com o encerramento da operação de crédito.  Ou seja, as ações desenvolvidas pelo SC Rural se tornaram ações de Estado e não se limitaram ao tempo de funcionamento do Programa”, ressalta.

Encontro de Integração

O Intercâmbio de Projetos do Banco Mundial contará com a presença da equipe do Programa SC Rural e do Banco Mundial no Brasil, além de representantes de outros oito projetos apoiados ao redor do país.

O evento acontece no Centro de Treinamento da Epagri de Chapecó (Cetrec) e contará também com visitas a campo nas regiões de Chapecó e Seara.

Programação

Na quarta-feira (21), os integrantes do evento serão divididos em duas equipes que visitarão projetos apoiados pelo SC Rural nas regiões de Chapecó e de Seara.

Na quinta-feira (22), acontece o compartilhamento de informações sobre as operações exitosas do Banco Mundial. Ao longo do dia, os participantes conhecerão cases de sucesso dos oito projetos presentes, principalmente nas linhas de cooperativismo e recursos hídricos. A abertura acontece às 8h e o encerramento está previsto para às 17h30.

Programa SC Rural

Com investimentos de US$ 189 milhões e quase 100 mil famílias atendidas num processo de modernização da agricultura familiar e pesca em Santa Catarina, o Programa SC Rural encerrou suas atividades em 2017 e se tornou uma referência internacional, inspirando ações em outros estados e países.

Em sete anos, o Programa gerou um retorno financeiro de R$ 850 milhões ao Estado. Entre outras conquistas estão a melhoria de 59 mil sistemas produtivos; 514,1 quilômetros de estradas rurais reparadas e 723 empreendimentos de agricultura familiar apoiados. Sem contar o trabalho de educação ambiental em 1.437 escolas rurais; as 437 agroindústrias legalizadas junto ao Serviço de Inspeção Estadual (SIE); a ampliação da rede de monitoramento meteorológico; a regularização fundiária de 2.804 propriedades rurais e as 285 famílias que agora conservam 1.630 hectares de florestas nativas com o pagamento por serviços ambientais.

Informações adicionais para a imprensa
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca 
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br

Ensino Médio em Tempo Integral - Chapecó
Foto: ADR Chapecó

O Ensino Médio em Tempo Integral (EMITI), que busca preparar o jovem para a vida e mercado de trabalho, está presente em duas escolas na abrangência da Gerência Regional de Educação (Gered) de Chapecó: na EEB Coronel Ernesto Bertaso, de Chapecó e na EEB Cordilheira Alta. As matrículas para ingresso estão abertas no mesmo período de matrículas do ensino regular, de 19 até 23 de novembro.

Novos soldados - 3ª RBM

Foto: ADR Chapecó

Neste mês haverá formatura de 316 novos soldados, que ingressam no Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, 76 deles serão distribuídos para 3ª Região de Bombeiros Militar (3ª RBM), que compreende 35 quartéis da região Oeste. Em reunião nesta semana na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) Chapecó, os comandantes de batalhão da 3ª Região definiram as datas de formaturas dos soldados, que fizeram o curso de formação no 14º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM) de Xanxerê e no 12º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM) de São Miguel do Oeste.