Casas modulares - Aldeia Chimbangue
Fotos: Divulgação/ADR Chapecó

Nesta semana iniciou a montagem de duas casas modulares das três que serão entregues na Aldeia Toldo Chimbangue, em Chapecó. Essa é uma das medidas emergenciais do acordo realizado na Justiça Federal entre o Governo do Estado, Fundação Nacional do Índio (Funai) e Ministério Público Federal, para minimizar os impactos provocados na pavimentação da rodovia de acesso ao município de Paial, no trecho entre Chapecó/SC e a ponte sobre o rio Irani.

As casas modulares estão sendo montadas pela Secretaria de Estado da Defesa Civi. A previsão é que sejam finalizadas até a primeira quinzena de junho. O investimento é de R$ 52 mil por unidade, com recursos do Fundo Estadual de Proteção e Defesa Civil. O secretário Executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) Chapecó, Sérgio Galli, o gerente de Infraestrutura, Leonardo Colpani, e coordenador Regional da Defesa Civil, Clair Bazi, foram verificar o andamento das obras na quinta-feira,24.

Medidas emergenciais

A ADR Chapecó já realizou o Estudo de Componente Indígena e está elaborando o Plano Básico Ambiental (PBA), que trata sobre o detalhamento dos programas de compensação ambiental. O PBA está na Funai para aprovação. Segundo o secretário Executivo da ADR Chapecó, Sérgio Galli, o projeto para execução das medidas emergenciais foi concluído e está em etapa inicial o encaminhamento do processo licitatório para contratação da empresa que irá executar o projeto.

Casas modulares

Cada casa modular possui cerca de 42,81 metros quadrados e é dividida em sala, cozinha integrada, dois dormitórios, banheiro, além da área de serviço externa. A fundação das unidades é do modelo "radier", uma laje de concreto armado em contato direto com o terreno que recebe as cargas oriundas dos pilares e paredes da estrutura.

As paredes são feitas com painéis pré-moldados, autoportantes, confeccionadas de chapas metálicas com isolamento térmico e acústico. Para unir todas as partes, cabos de aço fixados na fundação encaixam os módulos. As portas e janelas são feitas de alumínio, PVC ou material similar compatível com o modelo construtivo. As telhas são feitas de chapas metálicas com isolamento térmico e acústico. A casa modular suporta ventos de até 180km/h, resiste ao granizo, possui material térmico e é anti-chama.

Mais informações para a imprensa:
Andréia Cristina Oliveira
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó
Fone: (49) 2049-7427 / 99938-6966
E-mail: imprensasdrcco@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/chapeco

Capacitação - convênios

Os servidores de prefeituras e das Agências de Desenvolvimento Regional (ADR), da região Oeste, receberam orientações e tirar dúvidas sobre o encaminhamento de convênios em ano eleitoral. A capacitação foi realizada na ADR de Chapecó, nesta quinta-feira, 24.

As informações foram repassadas pelos contadores da Secretaria de Estado da Fazenda: Adalberto Cervino Ventura, André Amaral Medeiros , Dielis Heder Fiorentini  e Rinaldo José Valese. Segundo o contador da ADR Chapecó, André Amaral Medeiros, é preciso ficar atento a Lei Federal nº 9.504/97 e ao Decreto 1.536 de 14 de março de 2018, que tratam sobre vedações, transferências voluntárias e distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios no ano eleitoral.

Medeiros lembra que a partir de 7 de julho são vedados novos convênios entre Estado, União e municípios, regra que vale até o término do segundo turno do Pleito Eleitoral. “A orientação prévia é que consigam firmar convênios antes deste período. A partir de 7 de julho podem ser liberados apenas os recursos dos convênios firmados anteriormente a esta data e que estejam em execução”, explica.

O secretário Executivo da ADR Chapecó, Sérgio Galli, destaca que esta capacitação é fundamental para o andamento dos trabalhos. “Dessa forma os municípios irão ficar mais preparados, para conseguir executar o trabalho da melhor forma possível neste período de restrições”, afirma.

De acordo com o contador Dielis Heder Fiorentini, a capacitação busca auxiliar os municípios na prestação de contas de acordo com a legislação. “Nosso objetivo é auxiliar os municípios a habilitar-se para receber os recursos de convênios neste período e prestar contas corretamente”, destaca Fiorentini.

A capacitação abordou a Legislação de Convênios relacionadas aos municípios de SC;  Manual de Comportamento dos Agentes Públicos da Administração Estadual para as Eleições de 2018 e Apresentação de Check List de habilitação e prestação de contas.

Mais informações para a imprensa:
Andréia Cristina Oliveira
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó
Fone: (49) 2049-7427 / 99938-6966
E-mail: imprensasdrcco@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/chapeco

A Secretaria de Estado da Educação está com inscrições abertas para o Processo Seletivo Simplificado (PSS) de Bolsistas para formação de cadastro reserva na função de professor para atuar nos cursos de Formação Inicial Continuada (FIC) nas unidades prisionais. O edital nº 1454/2018 do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Prisional estabelece os critérios.

Na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) Chapecó há vagas para atuar como professor nos cursos de  Eletricista Predial de Baixa Tensão, Pedreiro de Alvenaria e Pintor de Obras Imobiliárias, que acontecerão  na Penitenciária Agrícola de Chapecó.

As inscrições encerram nesta sexta-feira (25), devem ser feitas na Gerência Regional de Educação (Gered) Chapecó das 13h às 19h, ou no Centro de Educação Profissional de Chapecó (Cedup) no mesmo horário.  

Mais informações no edital http://www.sed.sc.gov.br/documentos/pronatec/editais-fic-prisional

Programa Mulher Viver sem Violência - Chapecó

 

O ônibus lilás, do Programa Mulher Viver Sem Violência, passou por Planalto Alegre e Chapecó nesta semana, com atendimento nas áreas social, da cidadania e saúde. Toda comunidade teve a oportunidade de receber mais informações sobre os direitos, formas de identificar e frear a violência contra a mulher. O veículo é estruturado com duas salas de atendimento e está percorrendo o Estado.

O programa é realizado pela coordenadoria Estadual da Mulher.  Nesta ação conta com a parceria da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) Chapecó, das prefeituras e instituições. Os municípios que irão receber o atendimento móvel foram definidos a partir dos indicadores de violência contra mulher, de acordo com o levantamento do IBGE 2015. Segundo a secretária Executiva da ADR Chapecó, Astrit Savaris Tozzo, o envolvimento de toda comunidade faz a diferença no enfrentamento do problema.  “Com esta ação levamos mais informação para reforçar a rede de proteção e combate a violência contra mulher”, afirma.

Planalto Alegre

A primeira parada deste ano na região da ADR Chapecó foi em Planalto Alegre na quarta-feira, 9. Cerca de 200 mulheres participaram da programação organizada pela prefeitura, com foco na conscientização através de palestra e distribuição de material informativo sobre os tipos de violência e a importância da denúncia. Foi um momento de reflexão, sabemos que há muita dificuldade por parte das vítimas em denunciar os agressores. Mas cremos que plantamos uma sementinha, pois o trabalho de empoderamento é que faz com que as vítimas denunciem os agressores”, afirma a gestora do Departamento Social de Planalto Alegre, Ivone Dallacorte.

Chapecó 

Em Chapecó as atividades foram realizadas nos dias 10 e 11 de maio pela Prefeitura Municipal, através da Gerência de Políticas Públicas para as Mulheres,  e com apoio do projeto Guardiãs Maria da Penha da Polícia Militar, Polícia Civil, Defesa Civil, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Grupo de Apoio e Prevenção a Aids  (Gapa).

A ação foi realizada na última quinta-feira,10, na EEB Professora Lídia G.Remus, em Alto da Serra e na EEB Tancredo de Almeida Neves, no bairro Efapi. Nesta sexta-feira, 11, a programação foi no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro Seminário, e na Praça Coronel Bertaso.

A secretária de Assistência Social de Chapecó, Ulda Baldissera, destaca que a violência contra mulher deve ser encarada com muita informação, “o ônibus é uma simbologia de toda a estrada que temos que percorrer no combate a violência contra a mulher. Toda iniciativa voltada para este tema é muito importante, com apoio de entidades e comunidade. Os jovens e adolescentes também foram envolvidos para que se leve esta mensagem às famílias”, explica a secretária.

Programa Mulher Viver sem Violência - Planalto Alegre

Programação

Em 16 de maio Águas Frias receberá o ônibus Lilás integrando a 1ª Edição do Programa Águas Frias Bem+Social.  As atividades relacionadas ao Programa Viver Sem Violência serão realizadas das 14h30 até às 17h na Área Coberta do Salão Comunitário. Haverá palestra com Polícia Civil de Águas Frias, entrega de cartilhas, testes rápidos de saúde, orientações da Vigilância Sanitária e orientação sobre ervas e chás.

 A última parada do ônibus será em Nova Erechim em 18 de maio. Na Praça das Bandeiras a programação será das 14h às 17h. Haverá orientação jurídica, psicossocial e com a Polícia Civil sobre violência contra mulher e violência sexual infanto-juvenil, também terá palestra com a Assistente Social Rosangela Huning sobre violência contra mulher. No espaço saúde será feita verificação de pressão arterial e teste rápido de sífilis. A programação inclui exposição de chás medicinais e mateada.

Informações adicionais para a imprensa

Mais informações para a imprensa:
Andréia Cristina Oliveira
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó
Fone: (49) 2049-7427 / 99938-6966
E-mail: imprensasdrcco@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/chapeco