Estão abertas as inscrições para o II Workshop de Projetos voltado a organizações do terceiro setor, promovido pelo escritório de projetos PMO Esag. Focado no uso de projetos como ferramenta para a sustentabilidade, o evento ocorre no próximo dia 26, uma quinta-feira, no Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (ESAG) da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).


O evento é dirigido a gestores e representantes de organizações não governamentais (ONG), com limite de dois participantes por entidade. Também há uma quota de vagas reservada a acadêmicos interessados. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas exclusivamente pelo site do PMO Esag.

A programação inclui quatro palestras e três oficinas, entre 9h e 20h, no auditório e em salas de aula da Udesc Esag. Os palestrantes convidados incluem profissionais com atuação destacada na área de projetos para o terceiro setor, entre eles alguns professores da Udesc Esag.

Entre os confirmados, estão o presidente executivo do Comitê para a Democratização da Informática no estado (CDI-SC), Heitor Blum Thiago; o superintendente de Marketing e Captação de Recursos da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), Ângelo Franzão; e o coordenador do Escritório de Gestão de Projetos da ONG Viva Rio, Carlos Roberto Fernandes.

Segundo Camila Corrêa, gerente de projetos do PMO Esag, o evento - realizado periodicamente - tem como objetivo a capacitação de gestores, uma das áreas de atuação do PMO Esag. A primeira edição, em setembro de 2012, alcançou o limite de 120 participantes.

Além da capacitação, o escritório também trabalha na elaboração de projetos e na captação de recursos, com a divulgação quinzenal de fontes de financiamento em aberto no site.

Criado em 2009, o escritório de projetos PMO Esag é resultado de um convênio entre a Udesc Esag e a prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável (SMCTDES). Conta com uma equipe de seis profissionais e acadêmicos, entre estagiários e bolsistas, coordenados pelo professor Carlos Roberto De Rolt.

Informações adicionais:
Gustavo Cabral Vaz
Assessoria de Comunicação - Udesc Esag
E-mail: gustavo.vaz@udesc.br
Telefone: (48) 3321-8281

 

A quarta-feira, 4, será de tempo frio, seco e com sol em Santa Catarina. Temperatura baixa com condições de geada isolada ao amanhecer nas áreas altas do Estado. Durante o dia, temperatura mais agradável. Vento sul a sudeste persistente, passando a nordeste no Oeste e Meio Oeste, fraco a moderado.

frio em santa catarina 20130904 1095750265
Foto: James Tavares/ Secom

Próximos dias

Quinta-feira -  Tempo seco com sol entre nuvens em SC. À noite há chance de chuva isolada no Litoral Norte. Temperatura mais baixa, especialmente no amanhecer, com mínima entre 0°C e 5°C nas áreas altas do Meio Oeste, Planalto Sul e Planalto Norte com condição de geada isolada. Durante o dia, a temperatura se eleva mais com o deslocamento da massa de ar frio para o oceano. Vento de sudeste a nordeste, fraco a moderado com rajadas a partir da tarde.

Sexta-feira e sábado - Sol entre nuvens em SC. Entre a Grande Florianópolis e o Litoral Norte há chance de chuva isolada na madrugada de sexta-feira. Temperatura em elevação. Vento de nordeste a noroeste, fraco a moderado com rajadas.

 

REGIÃO: LITORAL NORTE  18ºC
 13ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
S/SE 20 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Encoberto com chuva
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: PLANALTO NORTE  17ºC
 8ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
S/SE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Encoberto com chuva
Manhã: Nebulosidade variável e chuva isolada
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS LITORÂNEA  18ºC
 13ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
S/SE 20 Km/h 50 Km/h
Madrugada: Encoberto com chuva
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS SERRANA  16ºC
 6ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
S/SE 15 Km/h 45 Km/h
Madrugada: Encoberto com chuva
Manhã: Nebulosidade variável
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: VALE DO ITAJAÍ  16ºC
 10ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
S/SE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Encoberto com chuva
Manhã: Nebulosidade variável e chuva isolada
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: LITORAL SUL  21ºC
 5ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
S/SE 20 Km/h 50 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: PLANALTO SUL  15ºC
 4ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
S/SE 20 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: MEIO OESTE  18ºC
 4ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
SE/NE 15 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: OESTE  18ºC
 7ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
SE/NE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: EXTREMO OESTE  19ºC
 7ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
SE/NE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens

Mais informações:
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5006

O grupo executivo intersetorial foi formado na manhã desta terça-feira, 3, com representantes da assistência social e saúde do Estado, municípios de Florianópolis, São José, Palhoça e Biguaçu, Polícia Militar e movimentos sociais para elaborar o fluxo de atendimento à população de rua na Grande Florianópolis.

A reunião, realizada no auditório da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), foi coordenada pelo secretário da pasta, João José Cândido da Silva. O próximo encontro para a definição do fluxo está prevista para 19 de setembro, às 10h, na SST.

Cândido da Silva destacou ser importante entender de onde vêm as pessoas que vivem em situação de rua e para onde podem ser encaminhadas, por isso a importância da criação do fluxo. “Precisamos atuar de maneira simples e eficiente para que possamos trabalhar a integração das políticas públicas no atendimento a esta população”, destacou.

O superintendente de planejamento e gestão da Secretaria de Estado da Saúde, Clécio Espezim, afirmou que o trabalho em conjunto entre as áreas permite o aprimoramento das ações a serem implantadas em favor destas pessoas.

A coordenadora geral de projetos do Centro Cultural Escrava Anastacia e vice-presidente do Instituto Vilson Groh, Ivone Maria Perassa, ressaltou ser fundamental a criação deste fluxo de atendimento e destacou a importância de se trabalhar de maneira integrada com o Estado, os municípios e os movimentos sociais. “Precisamos deixar de agir isoladamente e unirmos esforços para atender a esta população que tanto precisa de atenção”, destacou.

Outras propostas que serão discutidas posteriormente incluem a criação de comitê regional de monitoramento das políticas públicas para a população de rua; levantamento de possível área que possa ser usada para a instalação de um restaurante popular; oferecer oficinas de capacitação profissional no Dom Jaime, em Palhoça; e buscar formas de criar casas de acolhimento.

Participaram do encontro representantes das secretarias de Estado da Assistência Social e Saúde; dos municípios de Florianópolis, São José e Biguaçu; Polícia Militar e dos movimentos sociais voltados para o atendimento à população em situação de rua.

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) divulgou a terceira chamada da seleção de Pedagogia a Distância, com classificados em seis dos dez polos envolvidos, nesta terça-feira, 3.

Os aprovados precisam se matricular até segunda-feira, 9, devendo primeiro acessar a página da seleção para imprimir o requerimento específico de solicitação de matrícula e preenchê-lo.

Até o último dia do prazo, esse formulário e os demais documentos exigidos pelo edital (a partir da página 11) terão de ser entregues diretamente ou encaminhados via Sedex para a Secretaria de Ensino de Graduação do Centro de Educação a Distância (Cead), da Udesc.

A secretaria está localizada na Avenida Madre Benvenuta, nº 2.007, Bairro Itacorubi, Florianópolis, CEP 88035-001.

Quem não enviar toda a documentação ou mandá-la fora do prazo perderá a vaga, sendo substituído pelo próximo candidato da lista de espera. Novas chamadas ainda não tiveram datas agendadas.

Mais informações podem ser obtidas com a Secretaria de Ensino de Graduação da Udesc Cead pelos telefones (48) 3321-8402, 8408 e 8432, das 8h às 19h, e pelo e-mail seceg.cead@gmail.com.

Confira o boletim produzido pela Rádio Secom:

  Baixar áudio

Assessoria de Comunicação da Udesc
Jornalista Rodrigo Brüning Schmitt
E-mail: rodrigo.schmitt@udesc.br
Telefones: (48) 3321-8142/8143

Com objetivo de promover o debate sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), será realizada a 4ª Conferência Estadual do Meio Ambiente (Cema/SC). A abertura será nesta quinta-feira, 5, às 9h30, no auditório do Morro das Pedras Praia Hotel, em Florianópolis. “É um evento importante, pois vem de encontro às ações desenvolvidas na área de meio ambiente pelo Governo do Estado, por meio da secretaria”, afirma a secretária em exercício do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Lúcia Dellagnelo.

Entre os meses de junho e julho, foram realizadas as conferências municipais, nas dez regiões hidrográficas do Estado. Cada região apresentou cinco propostas, para os quatro eixos pré-definidos: produção e consumos sustentáveis, redução dos impactos ambientais, educação ambiental e geração de emprego e renda. “Reunimos as duzentas ideias e, neste encontro, serão escolhidas cinco de cada eixo que são mais relevantes para apresentar no evento nacional”, explica a gerente de Planejamento e Educação Ambiental da DSMA e coordenadora da 4ª Cema, Rejane Varela.

Ainda na 4ª Cema, serão escolhidos os 40 delegados que participarão da 4ª Conferência Nacional do Meio Ambiente (CNMA), entre os dias 24 e 27 de outubro, em Brasília.

Gestão dos resíduos sólidos

A secretária em exercício do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Lúcia Dellagnelo, contou que a secretaria está promovendo reuniões com os municípios para fazer os planos municipais de gestão de resíduos sólidos. “Tivemos o primeiro encontro em Itajaí na semana passada e estamos programando os próximos ainda para setembro”, disse.

{text}

A Comissão Estadual da Verdade Paulo Stuart Wright vai ouvir mulheres catarinenses que foram presas políticas na época do regime militar. Os depoimentos serão colhidos durante audiência pública que será realizada na próxima quinta-feira, dia 5, às 14h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, em Florianópolis. A audiência integra a programação da Semana Paulo Stuart Wright – 40 anos de seu desaparecimento, organizada pelo Coletivo Catarinense Memória, Verdade e Justiça. 

Foram convidadas a prestar informações sobre a experiência na prisão Anne Beck, Anita Maria Silveira Pires, Brigitte Buchele de Souza, Derlei Catarina De Luca, Hildegart Brand, Lígia Giovanella, Marize Lippel, Marlene de Souza Soccas, Rosangela de Souza e Rosemeri Cardoso. De acordo com o coordenador da Comissão Estadual da Verdade, o procurador do Estado Naldi Otávio Teixeira, o objetivo da audiência é coletar dados, informações e prestar esclarecimentos a respeito das violações de direitos humanos praticadas por motivação exclusivamente política no Estado de Santa Catarina. 

 A Comissão

A Comissão Estadual da Verdade Paulo Stuart Wright (CEV) foi criada em 2013 com o objetivo de examinar violações de direitos humanos ocorridas no período de setembro de1946 aoutubro de 1988, além de subsidiar a Comissão Nacional da Verdade (CNV). As atividades desenvolvidas pela CEV são consideradas públicas, exceto nos casos em que seja necessário manter sigilo para resguardar a intimidade, a vida privada, a honra ou a imagem das pessoas envolvidas. 

O nome da Comissão homenageia Paulo Stuart Wright, político catarinense que nasceu em Herval d'Oeste, em 2 de junho de 1933. Quando deputado foi cassado por ato da Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Posteriormente, foi presoem São Paulona primeira semana de setembro de 1973, data a partir da qual não se teve mais notícias do paradeiro dele. 
 

Mais informações:
Maiara Gonçalves
Assessoria de Comunicação
comunicacao@scc.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2005 / 8843-3497 

O governador em exercício Eduardo Pinho Moreira assinou na tarde desta terça-feira (03), no Centro Administrativo do Governo do Estado, o ato de nomeação do vereador Clonny

Capistrano Maia de Lima, que assume o cargo de secretário de desenvolvimento regional da Grande Florianópolis. A decisão foi confirmada na última sexta-feira (30), durante reunião entre Eduardo Moreira e o governador Raimundo Colombo.
Ao destacar o grande volume de investimentos que o Governo do Estado emprega neste momento em uma série de obras em toda Grande Florianópolis, Eduardo Moreira ressaltou a

importante missão que assume o vereador josefense. “O Clonny é jovem e demonstra muita dedicação e respeito às causas públicas, por isso, confiamos a ele a missão de administrar esta importante secretaria de Estado”, disse.

O advogado Clonny Capistrano é natural de Natal, no Rio Grande do Norte, e chegou a São José no ano de 1996. Concorreu à Câmara de São José no ano de 2004, 2009 e 2012. Em

2009 ficou como suplente, exercendo o cargo por 30 dias, e no ano de 2013 iniciou seu primeiro mandato como vereador josefense. Também exerceu os cargos de consultor geral da

Procuradoria de São José, superintendente adjunto da Fundação Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e secretário municipal da Receita.

posse 20130903 1828837174
Foto: Jeferson Baldo/Divulgação

Informações adicionais:
Rafael Cardoso
Gabinete do Vice-governador
Telefone: (48) 9118-9821

A Secretaria de Estado da Saúde vai transferir o atendimento obstétrico do Hospital Infantil Jeser Amarante Faria, de Joinville, para a Maternidade Darcy Vargas, também localizado em Joinville. A decisão é motivada pelo baixo número de atendimentos feitos no centro obstétrico do Hospital Infantil – este ano, a média de partos é de 0,8 por dia. Em 2012, o número de partos foi de 1,5 a cada dia. A previsão é de que a mudança ocorra em outubro.

A secretária de Estado da Saúde, Tânia Eberhardt, explica que o que está sendo feito é uma gestão inteligente do serviço. “Não estamos tirando o serviço, estamos apenas transferindo para a maternidade, que conta com toda estrutura para atender as mães adolescentes”. De acordo com informações da direção do Jeser Amarante Faria, o custo mensal para manter o centro obstétrico no Hospital Infantil é de R$ 210 mil, mesmo sendo feito menos de um parto diariamente.

O espaço físico onde hoje está o centro obstétrico será usado para instalação de 20 leitos de UTI neonatal – sete dos quais já existem atualmente em outro espaço do hospital e mais 13 que serão construídos com recursos autorizados nesta segunda-feira, 2, pelo governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira, e pela secretária Tânia. A previsão é de que esses novos leitos estejam em funcionamento em março de 2014.

Com a decisão de transferir os partos para a Maternidade Darcy Vargas, o Hospital Infantil atenderá exclusivamente gestantes adolescentes cujos bebês tenham diagnóstico intra-uterino de patologias cirúrgicas, ou seja, crianças que tão logo nasçam tenham de ser submetidos a cirurgias.

“Será uma troca. A Darcy Vargas vai ajudar o Hospital Infantil absorvendo os partos e o Jeser Amarante vai ajudar a resolver o problema de falta de UTI neonatal, que será muito importante para a maternidade”, explica a diretora executiva do Hospital Infantil Jeser Amarante Faria, Estela Maria Cuchi.

{text}

A Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania-SJC, através do Departamento de Defesa do Consumidor-Procon/SC elaborou uma lista de produtos básicos para a higiene e limpeza utilizados no cotidiano. A pesquisa conta com 86 itens de várias marcas disponíveis nos mercados, considerando algumas especificações como cor, tipo, peso e outras características descritas na planilha, foram coletados os preços em nove estabelecimentos situados na região da Grande Florianópolis.

Entre os produtos pesquisados, 23 encontram-se um percentual de diferença acima de 50% entre o maior e o menor preço encontrado, e nove com diferenças acima de 65%. Entre estes, um acima de 100%.

Portanto, o Procon destaca alguns dos produtos com maiores percentuais: a Vassoura Condor Varre Canto pode ser encontrada ao menor preço de R$ 9,80 e ao maior preço de R$ 20,99, estabelecendo assim uma diferença de 114,2%. O Desodorante Sanitário Sani All cx 35gr, com o menor preço de R$ 0,70 e o maior preço de R$ 1,34, uma diferença de 91,4%. Com o percentual de 88,4%, temos o Álcool em Gel Da Ilha 480gr, que pode ser encontrado em um estabelecimento pelo menor preço de R$ 3,18 e, em outro, pode chegar a R$5,99. O Desinfetante Líquido Pinho Sol 500 ml está com menor preço de R$ 2,49 e o maior de R$ 4,27, obtendo o aumento de 71,5%.

>>> Clique aqui para ver a pesquisa completa

Confira o boletim produzido pela Rádio Secom:

  Baixar áudio


O Secretário da Fazenda, Antonio Gavazzoni, participa de audiência pública nesta quarta-feira (4), às 9h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa, para apresentar os números da gestão fiscal do Estado do 3º quadrimestre de 2012 e 1º quadrimestre de 2013. A Lei de Responsabilidade Fiscal determina que, ao final de cada quadrimestre, o poder Executivo demonstre se está cumprindo as metas fiscais, tais como limite para contratação de empréstimo, saldo da dívida pública e gasto com pessoal. Para atender aos questionamentos dos parlamentares, Gavazzoni estará acompanhado do diretor de Contabilidade Geral, Adriano de Souza Pereira.

O Governo vai mostrar que depende cada vez mais da arrecadação própria. No 1º quadrimestre de 2013, o recolhimento de ICMS e IPVA respondeu por mais de 90% da arrecadação tributária do Estado, enquanto os repasses da União - Fundo de Participação dos Estados (FPE) e Imposto sobre Produto Industrializado (IPI exportação) – representaram 6,5%. Os repasses do Governo Federal reduziram em 2,8% de janeiro a abril em relação ao mesmo período de 2012. Enquanto isso, o Governo do Estado aumentou em 13,26% os repasses aos municípios relativo à arrecadação de ICMS e IPVA.

Em virtude de renegociações, o Estado também pagou menos juros e amortizou mais a dívida pública no 1º quadrimestre de 2013 em relação ao mesmo período de 2012. O valor pago em juros teve uma redução de 59% e a amortização foi 36% superior. A aplicação do Estado em saúde para fins de 12% (percentual exigido em lei) também apresentou resultados bastante positivos. De janeiro a abril de 2013, o Governo aplicou R$ 488 milhões na saúde contra R$ 384 milhões no mesmo período de 2012, um incremento de 27%. Na Educação o crescimento foi de 6,85%.

Com relação ao 3º quadrimestre de 2012, o Estado vai mostrar que cumpriu os percentuais de aplicação na Saúde e na Educação e manteve os gastos com pessoal abaixo do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal. Além disso, comprovou disponibilidade de caixa para pagamento de dívida, conforme prevê a legislação. 

{text}