Foto: Nery Nader Jr./ADR Mafra

O governador Raimundo Colombo estará em São Bento do Sul e em Mafra neste sábado, 16. Às 10h, em São Bento, Colombo inaugura a reabilitação da Rodovia dos Móveis - trecho de 12,3 quilômetros entre São Bento do Sul e o distrito de Fragosos, Campo Alegre, na divisa com o Paraná. 

O investimento foi de R$ 30 milhões, com obras de infraestrutura, nova camada asfáltica, terceiras faixas, áreas de estacionamento, readequação de refúgios para paradas de ônibus, acessos, passeios, faixas de múltiplo uso, travessias elevadas e novas sinalizações horizontal e vertical.

Já em Mafra, às 14h30, o governador inaugura a nova ala da UTI do Hospital São Vicente de Paulo. Com 10 novos leitos e capacidade para mais de 900 internações por ano. A obra é uma parceria entre o hospital São Vicente de Paulo e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde e da Agência de Fomento de Santa Catarina (Badesc). O investimento, por meio do InvestSaúde (Fundo Catarinense de Apoio à Saúde), foi na ordem de R$ 2,8 milhões, entre instalações e equipamentos.

* Inauguração da Rodovia dos Móveis
Data: 16 de dezembro de 2017
Horário: 10h
Local: Rodovia SC-418 (Rodovia dos Móveis), defronte a Capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Bairro Mato Preto- São Bento do Sul

* Inauguruação da nova UTI do Hospital São Vicente de Paulo
Data: 16 de dezembro de 2017
Horário: 14h30
Local: no Hospital, Rua Senador Salgado Filho, nº 983 - Mafra

Mais informações para a imprensa:
Nery Nader Jr.
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Mafra
E-mail: imprensa@mfa.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3647-0017 / 99240-5668
Site: sc.gov.br/regionais/mafra

 

Secretários da Fazenda dos 26 estados e do Distrito Federal aprovaram nesta manhã, em Vitória (ES), durante a 167ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), convênio para convalidação dos benefícios fiscais concedidos durante a chamada “guerra fiscal”.  O convênio era uma exigência da Lei Complementar 160, sancionada pelo presidente Michel Temer no início de agosto. A lei regulariza os incentivos, isenções e benefícios fiscais oferecidos pelos entes da federação à revelia da legislação com o objetivo de atrair empresas para seus territórios.

Apenas três estados foram contrários ao texto proposto: São Paulo, Paraná e Amazonas. "Tínhamos algumas ressalvas, mas era importante aprovar. O principal ganho é a segurança jurídica para os investidores. Nosso Estado sempre primou por isso como uma forma de garantir continuidade dos investimentos em território catarinense e, consequentemente, a geração de emprego e renda para a sociedade", explica o secretário Renato Lacerda. Entre as ressalvas, ele destaca a possibilidade de estados da mesma região copiarem os incentivos uns dos outros. A LC 160 só restringe a cópia a estados de outras regiões.

O convênio não prevê nenhum mecanismo de redução gradual. Os prazos finais dos incentivos ficaram assim definidos: 15 anos para atividades agropecuária e industrial; 8 anos para importações; 5 anos para atividades comerciais; 3 anos para operações interestaduais com produtos in natura (agropecuários e extrativos vegetais); e 1 ano para os demais. Os estados agora têm prazos determinados para publicarem seus incentivos, levarem suas legislações ao Confaz e republicarem suas legislações reinstituindo seus incentivos, agora devidamente convalidados, ou seja, legitimados por lei.

O texto do convênio será disponibilizado na página no link https://www.confaz.fazenda.gov.br/legislacao/convenios/2017

Entenda

Lei Complementar 160 – publicada no Diário Oficial da União em 8 de agosto de 2017, a Lei Complementar 160 trata da legalização de benefícios fiscais concedidos por estados a empresas e indústrias na chamada guerra fiscal. O texto tramitou por mais de três anos no Congresso Nacional e foi aprovado em julho. A lei determina a anuência de dois terços dos estados para a concessão de um incentivo fiscal. Esse total deverá ser distribuído nacionalmente, com pelo menos a anuência de um terço dos estados de cada região do país. Antes era necessária a unanimidade de todos os membros do Confaz. 

Confaz – é um colegiado presidido pelo Ministério da Fazenda e formado pelos Secretários de Fazenda dos estados. Discute matérias normativas, como convênios e ajustes, que disciplinam a legislação tributária com relação ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Informações adicionais para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Fazenda - SEF
Cléia Schmitz 
E-mail: cschmitz@sef.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-2572/ (48) 99157-1980
Sarah Goulart 
E-mail: sgoulart@sef.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-2504/ (48) 98843-8553
Site: www.sef.sc.gov.br 

O segundo relatório de monitoramento da qualidade das praias da temporada de verão 2017/2018, divulgado pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma), nesta sexta-feira, 15, mostra uma melhora dos pontos próprios em relação à análise da semana passada. Dos 215 pontos analisados, 82,3% estão próprios para banho. As coletas foram realizadas de 11 a 15 de dezembro em 114 praias de 27 municípios do Estado. O relatório completo está no site da Fatma ou pode ser conferido no aplicativo Praias SC, disponível para android. 

Na Capital, 80% (60) dos locais podem ser aproveitados pelos banhistas. No restante do Litoral, 83,6% (177) estão próprios para banho. Onze pontos melhoraram a condição e apenas três estão impróprios para banho. “A chuva influencia diretamente a balneabilidade das praias por levar os detritos das ruas e drenagem para o mar. Como não houve precipitações, os números melhoraram”, informa o gerente de Pesquisa e Análise da Qualidade Ambiental, Oscar João Vasquez Filho. 

Durante a temporada de verão, o monitoramento das praias catarinenses é feito semanalmente. Com mais de 30 anos de experiência, o técnico do Laboratório da Fatma, Marlon Daniel da Silva, dá uma dica importante aos banhistas na hora de escolher a praia para o banho de mar. “Mesmo que no relatório daquela semana o ponto esteja próprio, sempre indicamos que se observe o histórico do local. Se, na maior parte do tempo está próprio, a chance de estar contaminado é menor que um local que apresenta um histórico de impropridade”, salienta o técnico. Os resultados estão todos no site da Fatma ou no aplicativo (endereços acima). 

Como a balneabilidade é feita 

Para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, a Fatma analisa a presença da bactéria Escherichia Coli, encontrada em fezes de animais e humanos. São necessárias cinco coletas consecutivas para se obter o resultado. “Começamos a colher as amostras para o início da temporada em 6 de novembro. Quando em 80% das análises a quantidade da bactéria é inferior a 800 por 100 mililitros, o ponto é considerado próprio”, Silva. Além da estrutura da Fundação, outros dois laboratórios parceiros contribuem para as análises.   

Os pontos analisados são nos municípios Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçú, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Piçarras, Porto Belo e São José. 

Mais informações para a imprensa:
Fundação do Meio Ambiente (Fatma)
Claudia De Conto / Anne Caroline Anderson
Comunicacao@fatma.sc.gov.br
(48) 3665.4177 / 99172.8277

 

 


Fotos: Jaqueline Noceti/Secom

O Hospital São José, de Criciúma, passou por uma completa obra de reforma e ampliação, contando com cerca de R$ 20 milhões em investimentos por meio da Secretaria de Estado da Saúde. A nova estrutura foi inaugurada nesta sexta-feira, 15, em ato com a presença do governador Raimundo Colombo, do vice Eduardo Pinho Moreira, da diretoria do hospital e de lideranças regionais. A instituição filantrópica é referência em alta complexidade com atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

“O Hospital São José é um ícone da saúde de nosso estado, prestando há décadas um excelente serviço para a sociedade catarinense, com profissionais qualificados e dedicados que muito contribuíram para a evolução da saúde na região. O novo investimento vai permitir melhorar ainda mais o atendimento, e quem ganha com isso é toda a população”, afirmou o governador Colombo, parabenizando a equipe do hospital e os envolvidos na obra.

>>> Galeria de fotos

“Referência em média e alta complexidade, o hospital precisava dessa parceria para realizar uma obra com tamanha magnitude. Hoje é um dia para comemorar mais uma grande conquista para Criciúma e toda a região do Sul do estado”, acrescentou o vice Pinho Moreira.

A nova ala, que tem cinco andares, conta com 23 novos leitos de internação, 20 leitos de UTI, oito salas cirúrgicas, além de uma nova porta de entrada das emergências e ambulâncias e um novo e amplo Centro de Diagnóstico por Imagem, Central de Esterilização de Materiais e Hemodinâmica com 11 leitos de recuperação. Entre as oito novas salas cirúrgicas, uma será equipada com videoconferência, podendo realizar cirurgias com médicos de outros lugares.

A nova ala foi edificada em parceria com a própria instituição, contando, além dos recursos do Governo Estadual, com incentivos do Governo Federal por meio do Ministério da Saúde, chegando a um total de aproximadamente R$ 50 milhões em investimentos.

Para o secretário de Articulação Nacional, Acélio Casagrande, um dos grandes desafios do Governo do Estado é melhorar e aumentar a eficiência dos serviços em cada região de Santa Catarina, como está fazendo agora na saúde pública com a inauguração do novo bloco do Hospital São José. “Foram anos de articulação em busca de recursos, como os R$ 5,5 milhões que viabilizamos através do Ministério da Saúde, em Brasília, para a compra de equipamentos. Agora, o Sul conta com uma nova ala que aumentará o fluxo de cirurgias e internações na região”, avaliou.

Fundado há 81 anos, o Hospital São José é referência para o atendimento de 43 municípios da região. Em 2016, foram mais de 250 mil pacientes atendidos, sendo 86% pelo SUS, demanda que comprova a importância da nova obra entregue agora.

Também acompanharam o evento desta sexta, entre outras autoridades, o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Criciúma, João Rosa Filho Fabris, a secretária de Estado da Justiça e Cidadania, Ada de Luca, o secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, deputados e lideranças regionais.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Julio Cavalheiro/Secom

O governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira inauguraram nesta sexta-feira, 15, a pavimentação asfáltica do acesso ao Farol de Santa Marta, em Laguna, uma antiga reivindicação da comunidade. Para pavimentação do acesso, o Governo do Estado investiu, por meio do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) e Secretaria de Estado da Infraestrutura, de R$ 3,9 milhões, do Pacto por SC.

“É uma região importante. Nossa preocupação era que se passasse mais um verão sem a obra pronta. Queríamos entregar até dezembro e conseguimos. Então fica nosso reconhecimento ao empenho de todos os envolvidos. O Farol de Santa Marta é uma obra emblemática para Santa Catarina, pois representa valores, belezas, potenciais de desenvolvimento e um povo que preservou a sua história. Laguna é uma cidade especial e é muito bom ver essa perspectiva de desenvolvimento, com toda infraestrutura sendo melhorada”, disse o governador.

>>> Mais imagens na galeria de fotos

O vice-governador disse que o acesso é uma conquista histórica. Lembrou que desde criança frequenta o farol. “Era uma viagem para chegar até aqui. Hoje o asfalto está trazendo o progresso, qualidade de vida para aqueles que moram aqui e vai estimular o turismo, que é uma atividade econômica impressionante e importante para Laguna e toda região”, disse. 

O novo acesso, com 2,4 quilômetros de extensão, recebeu os serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem, obras de arte corrente, sinalização, obras complementares, obras de arte especiais e serviços diversos. Acompanharam o ato o presidente do Deinfra, Wanderley Agostini, os secretários da Infraestutura, Luiz Fernando Vampiro, da Justiça e Cidadania, Ada Faraco de Luca, de Articulação Nacional, Acélio Casagrande, da ADR de Laguna, Luiz Felipe Remor, deputados, outras autoridades e comunidade.

O secretário da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, salientou que a obra é muito importante para Santa Catarina e para o país. “É muito mais qualidade e com um visual que encanta a todos que conhecem. Ela é uma estrada humanizada, moderna com via de acesso, ciclofaixa e pista de caminhada. E, daqui uns dias, será feito o deck de madeira tratada com visual para o mar, nos metros finais da estrada”, explicou.

Aleém de levar ao Farol de Santa Marta, o trecho liga a comunidade à SC-100 que liga Laguna a Jaguaruna - e durante todo o ano é o acesso de visitantes a 11 praias. O farol foi construído em 1891 por franceses e é considerado o maior da América Latina, com 29 metros de altura.

“Aqui tem muita beleza e história. Essa obra era de fundamental importância para a comunidade e para o desenvolvimento do turismo”, salientou o presidente Wanderley Agostini.

“Esta obra representa um novo passo para o desenvolvimento social, econômico e turístico, garantindo agilidade no deslocamento dos moradores, com mais segurança; além de auxiliar no turismo e alavancar a economia da região”, ressaltou o prefeito de Laguna, Mauro Vargas Candemil.

A importância para comunidade



O morador João Schmitz (acima, na foto), proprietário de uma pousada e restaurante, destacou que a obra vai melhorar a qualidade de vida dos moradores e turistas. “Temos a pousada desde 1970, era dos meus avós. Eles sempre sonharam com este acesso que hoje se torna realidade. O acesso era complicado, às vezes os carros quebravam, sem falar na poeira e no barro. É uma grande conquista a entrega desta obra”, comemorou.

“Para nós é uma satisfação ver essa obra pronta. Contamos agora com um acesso de qualidade, e a ciclovia ficou linda. Sentimos que vai trazer muito benefícios para os pescadores, moradores e turistas. Ela vem aprimorar nossa região com a beleza que ela tem”, relatou a vice-presidente da Associação de União dos Pescadores da região da Ilha, Maria Aparecida Ramos.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: James Tavares/Secom

O calor continua em Santa Catarina nesta sexta-feira, 15, em todas as regiões. E a previsão é que as temperaturas sigam altas nos próximos dias. Nesta sexta, há presença de sol em todo o estado, mas, pela tarde, aumenta a condição de pancadas isoladas de chuva especialmente no Oeste, Meio-Oeste, Planaltos, Vale do Itajaí e Litoral Sul. Podem ocorrer descargas elétricas. As máximas chegam a 35ºC no Oeste.

>>> Mais detalhes do site da Epagri/Ciram

O sábado também começa com sol e calor, com mudança do tempo a partir da tarde, especialmente no Oeste. O forte calor com máxima acima de 36°C deve ser aliviado com pancadas de chuva. Porém, a Epagri/Ciram alerta para o risco de temporais localizados, rajadas de vento acima de 60km/h e granizo.

No domingo, essa condição se espalha para outras regiões, com uma frente fria chegando a SC no fim do dia.

Mais informações para a imprensa:
Central de Meteorologia
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5007 e (48) 3665-5172
E-mail: contatociram@epagri.sc.gov.br
Site: www.ciram.epagri.sc.gov.br
Facebook


Foto: Douglas Saviato/SAN

A liberação do traçado alternativo para o acesso ao novo terminal de passageiros do Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, foi pauta de uma audiência na tarde desta qu​int​a-feira, dia 14, no Palácio do Planalto, em Brasília. O encontro, considerado como positivo, tratou da licença ambiental necessária para o traçado de 2,1 quilômetros de extensão.  

O trecho está em uma área considerada de preservação permanente, a poucos metros da costeira do Pirajubaé, administrada pelo ICMBio. No encontro - com a presença de representantes da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), da Secretaria de Articulação Nacional (SAN), da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e do​ ​Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio) – foi discutido um reforçado estudo sobre o impacto ambiental da região encaminhado pelo Estado ao ICMBio.

De acordo com o presidente da Fatma, Alexandre Waltrick Rates, tudo indica que na primeira quinzena de janeiro haverá um posicionamento positivo do ICMBio para ​que a licença ambiental seja liberada e, consequentemente, a obra seja licitada e iniciada ainda no primeiro semestre de 2018. “Consideramos um grande avanço neste entrave referente à licença desta ​essencial ligação com o novo terminal de passageiros. O ICMBio fará algumas condicionantes as quais atenderemos para ​realizarmos os encaminhamentos necessários”, frisa Rates.

A previsão é que a obra seja executada em um ano, três meses antes da inauguração do novo terminal de passageiros, que tem previsão ​de conclusão​ ​para o segundo semestre de 2019. De acordo com o presidente do ICMbio, Ricardo Soavinski,​ o resultado​ ​das tratativas​ foi positivo​, tendo em vista que o encontro conseguiu construir conclusões técnicas e de engenharia.

“Obtivemos um passo importante para que possamos manter a unidade do local na sua integralidade do ponto de vista ambiental. Sendo assim, avançamos nesta questão tão importante para os habitantes e visitantes de Florianópolis. Agora, iremos nos debruçar​mos​ nesta análise mais detalhada”, adianta.

A audiência foi intermediada pelo diretor do programa da Secretaria de Articulação de Políticas Públicas, Pedro Bruno Barros de Souza. Participaram da reunião também o diretor de planejamento de projetos do Deinfra, Carlos Alberto Ferrari, ​​a secretária adjunta da Secret​aria de Articulação Nacional, Lourdes Coradi, ​a procuradora de Santa Catarina, Ana Carolina de Carvalho Neves, a diretora de licenciamento ambiental da Fatma, Ivana Becker, ​e a especialista em regulação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Janaína Maduro e Lorenzo.

Informações adicionais para a imprensa
Douglas Saviato
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Articulação Nacional
E-mail: douglas@san.sc.gov.br
Fone: (61) 3101-0900 / 99304-0198
Site: www.san.sc.gov.br 


Fotos: James Tavares/Secom

O governador Raimundo Colombo e o comandante-geral da Polícia Militar, Paulo Henrique Hemm, participaram nesta quinta-feira, 14, na sede do 2º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), em Chapecó, da formatura de 120 novos policiais militares. Este foi o quarto de nove grupos que estão sendo formados durante a semana, em um total de 919 soldados.

“É o maior número da história de Santa Catarina. Em novembro, nós chamamos 200 novos policiais civis, então é um ingresso bem expressivo e tem que continuar. Ano que vem deve haver um novo concurso, do porte deste. Também vamos continuar a investir em tecnologia e inteligência para poder se antecipar contra a criminalidade”, destacou Colombo.

Colombo explica que os novos concursos são para suprir a saída de policiais aposentados. “As aposentadorias estão ocorrendo em um número bastante elevado. Então a gente tem um ingresso muito grande, mas o efetivo aumenta pouco”, informa.

Os formados participaram do concurso público em 2015 e iniciaram o curso de formação que aconteceu de 2 de maio de 2017 até 15 de dezembro 2017 no Centro de Ensino da PMSC, em Florianópolis e em mais 15 batalhões pelo Estado.

“Esse reforço virá para que a gente possa promover segurança a todo o povo de Santa Catarina. Nós vamos reforçar efetivamente e procurar naquilo que compete a Polícia Militar dar a resposta”, disse o comandante-geral Paulo Henrique Hemm.

>>> Galeria de fotos

“Definimos a distribuição dos nossos policiais para as cidades de forma técnica e observando vários critérios, como aumento populacional e da criminalidade, da demanda reprimida, dos policiais que foram embora, dentre outros”, explicou Hemm.

Foram 1.284 horas compostas por estudos teóricos sobre direito penal, legislação, trânsito, ética e cidadania. Na parte prática, o treinamento compreende técnicas de policiamento ostensivo, uso de armas, defesa pessoal e participação em operações policiais.

Nesse grupo, 60 fizeram o curso de formação de soldados no 2º Batalhão de Polícia Militar de Chapecó, 30 no 11º Batalhão de Polícia Militar de São Miguel do Oeste e 30 no 20º Batalhão de Polícia Militar de Concórdia.

A soldado Lucielen Lemos Quintia, que vai atuar em Xaxim, conta que nunca tinha pensado em entrar para a polícia, mas depois que passou no concurso descobriu a carreira que quer seguir. “Hoje não me vejo fazendo outra coisa tamanha foi a experiência durante o curso, o crescimento que a gente teve aqui e a aprendizagem”, disse.

O soldado Claudinei Gheno disse que entrar na corporação é um sonho de longo prazo que hoje se concretiza. “Passa um filme na nossa cabeça em lembrar de tudo que passamos para chegar até aqui desde o concurso. Todas as etapas foram cumpridas e hoje estamos aqui”, comemorou.

Todas as turmas que encerram a sua trajetória de formação nos cursos da PM escolhem um nome para serem identificadas. A turma que se forma no Estado escolheu homenagear o soldado PM Jaison Carniel. Ele foi morto em 2014 durante uma emboscada dentro de um estabelecimento comercial em Campos Novos.

O delegado-geral da Polícia Civil, Artur Nitz; a secretária executiva da ADR Chapecó, Astrit Savaris Tozzo; o secretário executivo da ADR Quilombo, Jaksom Castelli; e o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, também participaram da cerimônia.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

A Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC) realiza nesta terça-feira, 19,  às 10h,  no auditório da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), em Criciúma, a solenidade de formatura do Curso de Formação Inicial para 111 agentes penitenciários e 11 técnicos Admitidos em Caráter Temporário (ACT’s). “Desde que assumimos a Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC) temos investido em treinamento e capacitação. Em seis anos já contabilizamos mais de  9 mil servidores capacitados”, destaca a secretária de Estado da Justiça e Cidadania, Ada Faraco De Luca.

Com a conclusão do Curso de Formação os Agentes Penitenciários serão distribuídos para as unidades da Região Sul: oito no Presídio Regional de Araranguá; 23 no Presídio Regional de Criciúma; e 80 na Penitenciária Feminina de Criciúma (66 mulheres e 14 homens), além dos 11 servidores que vão integrar o corpo técnico  da Penitenciária Feminina (2 psicólogos; 2 assistentes sociais; 1 enfermeiro, 1 dentista, 1 técnico em enfermagem;  e 3 técnicos administrativos).

As aulas do Curso de Formação, que  teve a duração aproximada de 45 dias com um total de 244 horas/aula, foram realizadas pela Academia de Justiça e Cidadania, a Acadejuc, no campus da Unesc.

Informações adicionais para a imprensa
Denise Lacerda
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania - SJC
E-mail: deniselacerda@sjc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-5810 / 99152-6934
Site: www.sjc.sc.gov.br


Foto: Paula Darós / ADR 

O governador Raimundo Colombo e o vice, Eduardo Pinho Moreira, cumprem agenda no Sul do Estado nesta sexta-feira, 15. Após a entrega da pavimentação do acesso ao Farol de Santa Marta, em Laguna, participam da solenidade de inauguração das obras de ampliação e reforma do Hospital São José, em Criciúma e as obras de mobilidade urbana, em Içara.