A Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), atendendo a inúmeras solicitações dos municípios catarinenses, prorrogou até 20 de fevereiro o prazo para inscrição de propostas de turismo e esporte, via internet, nos Programas de Transferência Seitec 2018. Com a alteração da data limite para o cadastro inicial, outros prazos também foram revistos e devem ser observados nos editais de cada programa.

Na área de turismo, poderão ser inscritas iniciativas para apoio à estrutura e divulgação de eventos geradores de fluxo turístico de Santa Catarina; estrutura e divulgação das Festas de Outubro; estruturação ou revitalização de atrativos e espaços turísticos; qualificação de profissionais que atuam nos segmentos turísticos; e projetos de acessibilidade que atendam às regras gerais das normas da acessibilidade em equipamentos e atrativos turísticos do estado.

No âmbito do esporte, os programas são direcionados à construção e/ou reforma de instalações esportivas em áreas públicas e aquisição de placares eletrônicos poliesportivos. Atletas de alto rendimento de modalidades individuais, sendo subdivididos em atleta olímpico ou paralímpico, internacional, nacional e estadual, também poderão inscrever propostas.

Já o prazo de cadastro de propostas da área cultural permanece sábado, 17 de fevereiro. As iniciativas poderão ser contempladas em dois programas: um deles é voltado à realização de oficinas culturais e o outro para realização de eventos como festivais, feiras e mostras culturais.

No total, serão disponibilizados R$ 8,7 milhões para as três áreas. Os recursos são provenientes dos Fundos de Incentivo ao Turismo (Funturismo), à Cultura (Funcultural) e ao Esporte (Fundesporte). De acordo com o secretário da pasta, Leonel Pavan, este é o maior pacote de programas já feito pela secretaria, beneficiando as três áreas de atuação.

 

Os detalhes de cada programa estão disponíveis nos links abaixo:

Turismo – http://www.sol.sc.gov.br/index.php/turismo-programas-de-transferencia

 Cultura – http://www.sol.sc.gov.br/index.php/cultura-programas-de-transferencia

Esporte – http://www.sol.sc.gov.br/index.php/esporte-programas-de-transferencia 

 

Informações adicionais para a imprensa

Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte - SOL
Fone: (48) 3665-7436/7456
E-mail: imprensa@sol.sc.gov.br 
Site: www.sol.sc.gov.br 

Termina nesta semana o prazo para inscrição de propostas, via internet, nos Programas de Transferência Seitec 2018, da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL). Serão disponibilizado R$ 8,7 milhões para iniciativas nas três áreas. Os recursos são dos Fundos de Incentivo ao Turismo (Funturismo), à Cultura (Funcultural) e ao Esporte (Fundesporte).

No âmbito do esporte, os programas são direcionados à construção e/ou reforma de instalações esportivas em áreas públicas e aquisição de placares eletrônicos poliesportivos. Atletas de alto rendimento de modalidades individuais, sendo subdivididos em atleta olímpico ou paralímpico, internacional, nacional e estadual, também poderão inscrever propostas. O cadastro deve ser realizado até esta quinta-feira, 15 de fevereiro.

Na área do turismo, estão abertos cinco programas: apoio à estrutura e divulgação de eventos geradores de fluxo turístico de Santa Catarina; estrutura e divulgação das Festas de Outubro; estruturação ou revitalização de atrativos e espaços turísticos; qualificação de profissionais que atuam nos segmentos turísticos; e projetos de acessibilidade que atendam às regras gerais das normas da acessibilidade em equipamentos e atrativos turísticos do estado. O prazo de cadastro vai até sexta-feira, 16.

As propostas ligadas à cultura poderão ser contempladas em dois programas. Um deles é voltado à realização de oficinas culturais e o outro à realização de eventos como festivais, feiras e mostras culturais. O período de cadastro vai até sábado, 17.

De acordo com o secretário da pasta, Leonel Pavan, este é o maior pacote de programas já feito pela Secretaria.“Todos os critérios e valores estão nos editais. Além disso, se tiver alguma dúvida os municípios podem procurar os gerentes de cada setor que estão psrontos para atendê-los”, reforça.

Os detalhes de cada programa estão disponíveis nos links abaixo:

Turismo – http://www.sol.sc.gov.br/index.php/turismo-programas-de-transferencia

Cultura – http://www.sol.sc.gov.br/index.php/cultura-programas-de-transferencia

Esporte – http://www.sol.sc.gov.br/index.php/esporte-programas-de-transferencia 

Informações adicionais para a imprensa

Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte - SOL
Fone: (48) 3665-7436/7456
E-mail: imprensa@sol.sc.gov.br
Site: www.sol.sc.gov.br


Foto: Eduardo Correa/SOL

A Irmandade do Divino Espírito Santo (Ides), em Florianópolis, recebeu nesta quinta-feira, 8, o certificado de registro da festividade que promove como patrimônio cultural imaterial de Santa Catarina. Em ato promovido na Capela do Divino, o secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esportes (SOL), Leonel Pavan, e o presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Rodolfo Joaquim Pinto da Luz, entregaram ao provedor da Irmandade, Ademar Arcângelo Cirimbelli, o certificado.

A capela foi preparada para receber autoridades, membros da Ides e os festeiros que praticamente lotaram o espaço para a cerimônia de entrega do registro. Com 244 anos de existência, a Festa do Divino do Espírito Santo soma-se à outra importante e histórica manifestação religiosa, a Procissão do Nosso Senhor dos Passos, no registro de patrimônio cultural imaterial do Estado. "A FCC faz um grande trabalho, um trabalho diferenciado e junto com eles estamos conseguimos avançar em muitos pontos da cultura catarinense, com atos importantes para o nosso Estado, como este que hoje estamos consagrando como patrimônio imaterial, a Festa do Divino Espírito Santo. A Festa do Divino está entre os maiores e melhores eventos culturais do Estado. O gesto de hoje é um gesto que faz com que tenhamos uma responsabilidade enorme para o resto de nossas vidas. Só tenho de parabenizar a todos por esta grande conquista", ressaltou o secretário Leonel Pavan.

O presidente da FCC destacou os esforços da Diretoria de Preservação do Patrimônio Histórico da Fundação na análise e celeridade do processo. “Também sou membro da Irmandade do Divino Espírito Santo e me sinto pessoalmente orgulhoso por fazer esta entrega, que é um reconhecimento à potencialidade desta manifestação que representa a grandeza da cultura e da história de Santa Catarina”, disse Pinto da Luz.

Atualmente, a Diretoria de Preservação analisa outras solicitações de registros, como a pesca da tainha com auxílio de golfinhos em Laguna, a pesca artesanal da tainha em Bombinhas, o o Cacumbi do Itapocu, uma tradição centenária de afirmação da identidade negra na região de Araquari; e o queijo serrano de Lages. 

A concessão do registro para a Festa do Divino foi precedida pela aprovação, pelo Conselho Estadual de Cultura (CEC), do parecer da FCC que ressaltou o “profundo embasamento originário de uma pesquisa histórica, mostrando que a Irmandade do Divino Espírito Santo de Florianópolis foi criada em 1773 e reflete as tradições da cultura dos povoadores açorianos da Ilha de Santa Catarina”. Além disso, foi destacado que “a manifestação ocorre não apenas em Florianópolis, mas também em dezenas de outros municípios catarinenses, expondo seu caráter relevante para a cultura de nosso Estado”.

Tradição e religiosidade

As tradições açorianas como a Festa do Divino estão presentes na cultura catarinense até hoje e chegaram juntas com os colonizadores entre os anos de 1748 e 1756. A Irmandade sempre manteve o período de ocorrência da Festa durante o Pentecostes, cuja data mais relevante se dá exatamente 50 dias depois do domingo de Páscoa e a sete dias do ato litúrgico da Ascensão de Jesus; é o domingo de Pentecostes. Neste dia, ocorre a coroação do Imperador, figura onipresente em todas as festas do Divino, e a missa solene da coroação. Inclusive a IDES possui em seu acervo histórico coroa e cetro que datam de 1774, trazidos diretamente dos Açores e que são utilizados na liturgia da festa desde 1776.

Fundada em 1773, a Ides é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, que tem por missão "abrir portas, resgatar esperanças e encorajar crianças, adolescentes, jovens e suas respectivas famílias, para que sejam protagonistas de suas vidas, transformando a realidade e o meio em que vivem, a partir da promoção da cidadania e do desenvolvimento social.”

Atualmente os programas da Ides atendem cerca de 750 crianças e adolescentes diariamente através dos seus três núcleos de atendimento. Onde elas participam de atividades diferenciadas que possibilitam o exercício da autonomia, liberdade e criatividade.

 

Informações adicionais para a imprensa

Marcos Espíndola
Fundação Catarinense de Cultura (FCC)
Fone: (48) 3664-2571/2572

e-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br 
Site: www.fcc.sc.gov.br 

O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, assina, nesta quarta-feira, 7, de manhã, convênios com seis prefeituras para liberação de cerca de R$ 850 mil referentes ao programa de incentivo financeiro para o Carnaval 2018. O programa, com recursos do Funturismo, foi lançado dia 22 de novembro com prazos para apresentação de propostas e atendimento dos critérios previamente definidos para a liberação de recursos. 

Foram contempladas, com diferentes valores, as propostas apresentadas pelos municípios de Balneário Rincão, Laguna, São Francisco do Sul, Itá, Balneário Arroio do Silva e Concórdia. No total, o programa disponibilizava um total de R$ 2 milhões para rateios entre prefeituras e entidades públicas que atendessem aos pré-requisitos. Três projetos ainda estão em análise e terão parecer final até quinta-feira.

No total, 14 prefeituras se candidataram ao benefício, que pede contrapartida de cerca de 30% do município. Dentre os itens que poderão ser pagos com a verba estão a locação de sonorização, trio elétrico, iluminação, sanitários químicos, arquibancadas, grades, palco, estandes, contratação de serviço de limpeza, segurança, pesquisa e divulgação na mídia.

Informações para a imprensa:
Eduardo Correia
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte (SOL)
Fone: (48) 3665-7436 / 99924-7590
E-mail: educorreia.sol@gmail.com
www.sol.sc.gov.br

 

 


Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) abriu, nesta sexta-feira, 26, prazo para inscrição de propostas nos Programas de Transferência SEITEC 2018, totalizando um investimento de R$ 8,7 milhões. “Este é o maior pacote de programas já feito por esta Secretaria, beneficiando as três áreas de atuação”, destaca o secretário da pasta, Leonel Pavan.

Os recursos são provenientes dos Fundos de Incentivo ao Turismo (Funturismo), à Cultura (Funcultural) e ao Esporte (Fundesporte). “Por força da lei, para receber recursos públicos os municípios precisam se inscrever nos programas da Secretaria e terem seus projetos aprovados”, acrescenta Pavan.

Confira o vídeo do secretário Pavan sobre os programas.

Na área do turismo, estão abertos cinco programas: apoio à estrutura e divulgação de eventos geradores de fluxo turístico de Santa Catarina; estrutura e divulgação das Festas de Outubro; estruturação ou revitalização de atrativos e espaços turísticos; qualificação de profissionais que atuam nos segmentos turísticos; e projetos de acessibilidade que atendam às regras gerais das normas da acessibilidade em equipamentos e atrativos turísticos do estado. O prazo de cadastro vai até o dia 16 de fevereiro de 2018.

As propostas ligadas à cultura poderão ser contempladas em dois programas. Um deles é voltado à realização de oficinas culturais e o outro para realização de eventos como festivais, feiras e mostras culturais. O período de cadastro vai até 17 de fevereiro de 2018.

No âmbito do esporte, os programas são direcionados à construção e/ou reforma de instalações esportivas em áreas públicas e aquisição de placares eletrônicos poliesportivos. Atletas de alto rendimento de modalidades individuais, sendo subdivididos em atleta olímpico ou paralímpico, internacional, nacional e estadual, também poderão inscrever propostas. Nestes casos, o cadastro deve ser realizado até o dia 15 de fevereiro.

Para a maioria dos programas os proponentes devem ser municípios e entidades públicas. A exceção é o programa de incentivo a atletas de alto rendimento, que nesse caso são pessoas físicas. “Todos os critérios e valores estão nos editais disponíveis na página da Secretaria na Internet. Além disso, se tiver alguma dúvida os municípios podem procurar os gerentes de cada setor que estão prontos para atendê-los”, reforça o secretário.

Os detalhes de cada programa estão disponíveis nos links abaixo:

Turismo – http://www.sol.sc.gov.br/index.php/turismo-programas-de-transferencia

Cultura – http://www.sol.sc.gov.br/index.php/cultura-programas-de-transferencia

Esporte – http://www.sol.sc.gov.br/index.php/esporte-programas-de-transferencia 

 

Informações adicionais para a imprensa

Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte - SOL
Fone: (48) 3665-7436/7456
E-mail: imprensa@sol.sc.gov.br 
Site: www.sol.sc.gov.br 


Fotos: Jeferson Baldo/GVG

Mais um importante passo foi dado para as obras do novo acesso ao Sul da Ilha de Santa Catarina, que vai beneficiar diretamente os usuários do Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, e toda a comunidade da região. A licença ambiental necessária para o início do último lote de obras foi entregue nesta terça-feira, 23, pelo governador em exercício Eduardo Pinho Moreira ao Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), responsável pelas obras. “Houve uma soma de esforços de todos os agentes públicos para garantir essa licença ao trajeto apresentado, um traçado que é muito mais racional, com menos desapropriações e com todos os cuidados ambientais necessários”, afirmou o governador em exercício.

>>> Galeria de fotos

O presidente da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), Alexandre Waltrick Rates, explicou que, pela proximidade ao mangue de uma unidade de conservação federal, foi necessária avaliação por equipe do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão federal. “A conquista da emissão da licença comprova que existem todos os cuidados ambientais necessários”, destacou.

Os trabalhos do novo acesso ao Sul da Ilha ocorrem em diferentes lotes para garantir agilidade, e os primeiros trechos já estão em estágios avançados. A licença ambiental liberada agora é para o último lote de obras, um contorno com cerca de quatro quilômetros que margeia parte da área de mangue. O secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, explicou que, com a licença, serão feitas adequações ao projeto para lançar o edital de licitação da obra no final de março. A entrega da ordem de serviço está prevista para julho de 2018, com inauguração de todo o novo acesso em julho de 2019.

Diferentes frentes de trabalho

O primeiro lote da obra compreende duplicação de trecho de 3,55 quilômetros no Bairro Carianos, entre o trevo da Seta e o Estádio da Ressacada, e está com 90% do trecho concluído. O investimento do Governo do Estado é de R$ 23,1 milhões. 

Também em andamento, o segundo lote abrange a duplicação de trecho de 6,48 quilômetros, entre o acesso à SC-405 e o terminal do aeroporto, no valor de R$ 28,3 milhões. O trecho está 95% concluído. 

Estão em andamento, ainda, trabalhos complementares, como construção de viadutos, galerias e ampliação de pontes. E nesta quarta-feira, 24, será deflagrado um processo licitatório para habilitação das empresas para o início dos trabalhos em um novo trecho de 1,4 quilômetros. 

“Essa é uma grande obra do Governo do Estado, que beneficia todos os moradores do Sul da Ilha e contempla o atendimento ao aeroporto, o que é de importância para o desenvolvimento de toda Santa Catarina”, acrescentou Pinho Moreira.

Empresa trabalha no novo terminal

O ato de entrega da licença foi realizado no gabinete do governador, no Centro Administrativo, e contou com a presença do diretor da Floripa Airport, Tobias Market. A empresa, que faz parte do grupo suíço Zürich Airport, tem a concessão do Aeroporto Internacional Hercílio Luz e já iniciou os trabalhos de construção do novo terminal de passageiros. Na primeira etapa de obras, além do novo terminal, a empresa vai construir novos fingers (pontes de embarque que fazem a ligação entre o terminal e as aeronaves) e um novo estacionamento, entre outras melhorias.

O evento contou também com a presença dos secretários de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Carlos Chiodini, e de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan; do presidente da Casan, Valter Gallina; do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, entre outras lideranças políticas do estado.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Jeferson Baldo/GVG

O vice-governador Eduardo Moreira participou da solenidade para transferência oficial da gestão do Aeroporto Internacional Hercílio Luz da Infraero para o Floripa Airport, do grupo suíço Zurich Airport, na manhã desta quarta-feira, 3. “Este é um momento vital para a economia de Santa Catarina. O Zurich Airport, que assume a 'porta de entrada de Santa Catarina’, é especializado e competente. Por isso, o Governo do Estado está atento para que possamos, a partir de 12 de janeiro, recebendo a licença ambiental, lançarmos a licitação da última etapa do acesso ao novo terminal de passageiros e ao Sul da Ilha de Santa Catarina. Resta um trecho com pouco mais de dois quilômetros para a sua conclusão”, disse Eduardo Moreira.

 

>>> Mais imagens na galeria de fotos

Diretor-geral do Floripa Airport, Tobias Markert, adiantou que as obras do novo terminal iniciarão dia 15 deste mês. Embora o prazo de conclusão seja de 22 meses, a empresa suíça pretende antecipar o cronograma em três meses, adiantou Market.

O terminal atual foi construído para suportar o tráfego de 2 milhões de pessoas/ano e hoje está com 3,8 milhões de pessoas/ano. O novo terá capacidade para 8 milhões/ano, podendo atender esta demanda até 2030. Também participaram da solenidade o secretário de Turismo, Leonel Pavan, o prefeito Gean Loureiro, deputados, secretários municipais e vereadores.

Mais informações para a imprensa:
Vitor Hugo Louzado
Assessoria de Comunicação
Gabinete do Vice-Governador
Fone: (48) 3665-2283 / 99118-9821
E-mail: vhlouzado@hotmail.com 


Construção da Adutora 1.200mm. Foto: Casan

Mesmo com a maior demanda, Celesc e Casan apresentam um balanço positivo do atendimento às cidades catarinenses entre o Natal e a virada do ano. As duas empresas do Governo do Estado realizaram investimentos expressivos e reforçaram a equipe para garantir o atendimento extra no período do ano em que Santa Catarina recebe grande número de visitantes.

Na Celesc, o presidente Cleverson Siewert afirma que o período entre o Natal e o Réveillon foi o melhor dos últimos sete anos. “Esse sucesso é resultado de investimentos expressivos, planejamento, mais equipes nas ruas e também do clima mais favorável. Tivemos questões muito pontuais, mas nenhum problema em alimentador ou em subestação. Na virada do ano, foram 1,7 mil unidades consumidoras desligadas em um universo de 3 milhões de unidades consumidoras. É claro que nos solidarizamos com que teve problema, mas dentro do contexto foi o melhor desempenho dos últimos anos”, afirma o presidente.

Ele lembra que as ações preventivas e os investimentos para garantir a confiabilidade do sistema elétrico somam R$ 380 milhões. Isso porque a temporada de verão é o período do ano em que o comportamento do sistema elétrico demanda mais atenção. Além do aumento na demanda de energia, principalmente nas regiões litorâneas, o período de dezembro a março historicamente registra uma grande quantidade de eventos climáticos que afetam o desempenho do fornecimento de energia, como temporais, ventanias e descargas atmosféricas. Entre os investimentos, foram cerca de R$ 250 milhões nas redes elétricas de média e baixa tensão, R$ 90 milhões no sistema elétrico de alta tensão (subestações e linhas de transmissão) e R$ 40 milhões em ações de manutenção para prevenir ocorrências no sistema elétrico catarinense.

Como mesmo com as ações preventivas e os investimentos para reforçar o sistema elétrico, desligamentos emergenciais sempre podem ocorrer, a Celesc trabalha para viabilizar um atendimento o mais rápido possível, reduzindo os tempos de desligamento. O presidente Cleverson explica que o reforço da equipe para esta temporada é de cerca de 20%, entre profissionais técnicos e do departamento comercial. São 37 equipes terceirizadas adicionais com foco nas regiões balneárias e 16 equipes terceirizadas adicionais com foco no interior. E os trabalhos da Operação Veraneio, que começaram já em 15 de dezembro, seguem até depois do Carnaval. Vale lembrar que em caso de falta de energia, o consumidor tem à disposição o Call Center da empresa (0800-48-0196) ou alternativamente o envio de SMS, via celular, com o texto (48196 sem luz + número da unidade consumidora).

>>> Situação do fornecimento de energia em tempo real

Na Casan, não houve registro de problemas generalizados e um balanço detalhado do consumo no período está em fase de finalização. Para evitar situações de falta da água, somente no último ano a companhia investiu cerca de R$ 80 milhões, proporcionando mais tranquilidade a moradores e visitantes durante o verão. 

Na Grande Florianópolis, o destaque foi a Adutora 1.200mm, principal obra para a temporada, com investimentos de R$ 24,6 milhões. A adutora amplia o abastecimento de São José, Biguaçu e Florianópolis (Continente e Ilha). Mesmo com os investimentos, devido ao maior consumo de água tratada nas cidades litorâneas, a Casan renova o pedido para um uso responsável.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Orval Molina / SOL

Os maiores destaques do turismo catarinense em 2017 foram premiados nesta quinta-feira, 28, no Troféu Beto Carrero de Excelência no Turismo, uma promoção da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte e do Conselho Estadual de Turismo. A premiação foi realizada no Parque Beto Carrero World, em Penha, no Litoral Norte catarinense, e contou com a presença do secretário Leonel Pavan, do presidente da Santur, Valdir Walendowsy; empresários e conselheiros do turismo, entre eles o presidente do conselho e diretor-presidente do parque Beto Carrero, Rogério Siqueira, além de prefeitos e lideranças políticas e econômicas da região. 

A Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) e o Conselho Estadual de Turismo realizam nesta quinta-feira, 28, a cerimônia de entrega do Troféu Beto Carrero de Excelência no Turismo. A premiação será no Memorial do Parque Beto Carrero World, em Penha, às 10h30. "O troféu é um reconhecimento a quem ajuda a promover o turismo em Santa Catarina e ao mesmo tempo presta homenagem ao fundador do Parque", destaca o secretário Leonel Pavan.