O Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) interditou na manhã desta terça-feira, 10,  a SC-415, no km 85, em São João do Itaperiú, no Norte do Estado. A rodovia permanecerá bloqueada para obras perto da localidade de Morro dos Monos.

De acordo com o setor de engenharia do Deinfra, será preciso escavar uma profundida de sete metros para poder identificar o problema no solo. Quem precisar ir até São João do Itaperiu estando próximo de Massaranduba precisa se deslocar pela BR-101. 
 
O Deinfra vai instalar placas com orientação aos motoristas nos acessos de Barra Velha, Massaranduba e Guaramirim. Não há previsão de liberação do trânsito antes de três semanas.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville

Para garantir o tráfego seguro dos pedestres que utilizam a rodovia Antônio Heil, em Itajaí, foi instalado um semáforo no quilômetro 3,8, nas proximidades da Escola Estadual Monsenhor Vendelino Hobold. Além disso, também foram fixadas uma lombada e uma faixa de segurança no local.

As medidas foram realizadas por uma parceria entre o Deinfra e a prefeitura de Itajaí. De acordo com o fiscal do Deinfra, Cléo Quaresma, a solução será aplicada até a construção de uma passarela na rodovia. Para o secretário da Infraestrutura, Paulo França, as ações atendem a solicitações feitas pelos moradores da região, além de trazer mais segurança e conforto a todos os usuários.

Andamento das Obras

Com 70% dos trabalhos concluídos, as obras na Rodovia Antônio Heil seguem dentro do cronograma. Dos 20 quilômetros que serão duplicados, 14 já estão prontos.

O Governo do Estado investe mais de R$ 146 milhões na duplicação do trecho de 20 quilômetros, que inclui a construção de dois viadutos e na restauração do trevo com a BR-101. Além disso, foram duplicados 3 quilômetros em Brusque. O trecho liga a divisa do município de Itajaí ao Rio Limeira e faz parte de um convênio entre o Governo do Estado e a empresa Fischer S.A, com transferência de recursos do ICMS da empresa à obra. O investimento em Brusque soma R$ 29 milhões. As obras, neste trecho, já estão concluídas e abertas ao tráfego.

Mais informações para a imprensa:
Júlio Cancelier
Secretaria de Estado da Infraestrutura
Fone: (48) 3664-2008 / (48) 99641-0037

Em reunião nesta quarta, 4, o Comitê de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Coderf), aprovou a minuta do convênio interfederativo entre Governo do Estado e municípios da região para implantação da Rede Integrada de Transporte Coletivo Metropolitano.O principal objetivo é viabilizar o sistema de linhas e serviços de transporte público coletivo municipal e intermunicipal nas modalidades terrestre ou aquaviário na região metropolitana da Grande Florianópolis. O documento também trata das paradas de ônibus, concessão da operação das faixas e vias preferenciais ou exclusivas para ônibus conforme contratos de programa que serão estabelecidos com cada município. A Coderf é a instância consultiva da Região Metropolitana de Florianópolis (RMF). 

Técnicos das prefeituras vão apresentar o texto do convênio aos prefeitos para que se formalize a assinatura entre prefeituras e Governo do Estado. Outro documento que será analisado pelo Coderf é o contrato de programa que estabelece as regras da prestação de serviço do transporte coletivo metropolitano firmado com cada um dos municípios.

Além desses dois instrumentos, é necessário aprovar projeto de lei estadual na Alesc, em tramitação no Estado, transferindo a responsabilidade da operação e fiscalização do transporte coletivo metropolitano da Grande Florianópolis para a Suderf. Com esses instrumentos legais, pode-se lançar o edital de licitação. Participaram da reunião representantes das prefeituras de Biguaçu, Governador Celso Ramos, São José, Suderf, SC Parcerias, Granfpolis, OAB, Crea-SC e CAU-SC.

Mais informações para a imprensa:
Rosália Dors Pessato
Assessoria de Comunicação
Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis - Suderf
E-mail: rosalialdors@gmail.com
Fones: (48) 3665-3334 e (48) 99150-1222
Site: www.spg.sc.gov.br/suderf


Fotos: Jeferson Baldo/Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira esteve reunido com secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Renato Newton Ramlow, na manhã desta quinta-feira, 5, em Brasília. Em pauta, esteve a discussão da aprovação do projeto de contenção das encostas da Serra do Rio do Rastro ao longo da SC-390.

“A Serra do Rio do Rastro é considerada uma das rodovias mais belas do mundo e é a única ligação direta entre o Sul do Estado e a Serra. Portanto, é uma via extremamente importante para o desenvolvimento estadual. Há 30 dias, também lançamos uma licitação para a recuperação rodoviária entre Orleans e Lauro Müller, também na SC-390, uma integração entre a Serra e o Litoral”, destaca Moreira.

>>> Galeria de fotos

Fases do projeto

Técnicos da secretaria explanaram ao governador as quatro fases do projeto que ainda está em processo de análise. O plano de trabalho possui duas metas, sendo que a primeira de viabilidade está aprovada. Já a segunda está em curso e diz respeito aos custos. O projeto está orçado em R$ 20 milhões. Ao todo, são 25 pontos de contenção.

“A secretaria, na presença do coronel Newton, entendeu que é um belo projeto e espero viabilizarmos logo estas obras de prevenção, potencializando o turismo e oferecendo segurança às pessoas”, complementa o governador.

Recursos

De acordo com o coronel, somente em 2017 foram destinados para Santa Catarina R$ 77 milhões em recursos. A previsão é que para este ano sejam encaminhados ao Estado em torno de R$ 150 milhões. O secretário ressaltou ainda que nessa quarta-feira, 4, foram destinados recursos na ordem de R$ 5,5 milhões para cinco municípios catarinenses: Lages, São João do Itaperiú, Curitibanos, Araquari e Timbó Grande.

A secretária de Articulação Nacional, Lourdes Coradi Martini, e o secretário de Defesa Civil, Rodrigo Morateli, também estiveram presentes. 

Informações adicionais para a imprensa
Douglas Saviato
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Articulação Nacional
E-mail: douglas@san.sc.gov.br
Fone: (61) 3101-0900 / 99304-0198
Site: www.san.sc.gov.br 


Fotos: Jeferson Baldo / Secom

O conjunto de obras em execução no novo acesso ao Terminal Aeroportuário de Florianópolis, com investimentos previstos de R$ 229,1 milhões pelo Governo do Estado foi detalhado em uma reunião técnica com a participação do governador Eduardo Pinho Moreira, na tarde desta quarta-feira, 28, em Florianópolis. O avanço do cronograma, dividido em quatro lotes, foi apresentado pelo secretário de Estado de Infraestrutura, Paulo França, aos representantes de todos os órgãos envolvidos na execução da obra, entre eles, o as empresas construtoras e supervisoras, Fatma, IcmBio, Polícia Militar Rodoviária, Anac, SAC, e Presidência da República, por meio do setor que acompanha os projetos executados em parceria com a iniciativa privada, além do grupo suíço que vai construir o novo terminal em Florianópolis.


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Para proporcionar mais segurança a quem trafega nas rodovias estaduais de Santa Catarina durante o feriado prolongado de Páscoa, a Polícia Militar Rodoviária dá início à Operação Semana Santa, a partir das 18h desta quarta-feira, 28, indo até as 8h da próxima segunda-feira, 2 de abril.

A corporação vai desenvolver uma política de conscientização dos usuários, para prevenir a ocorrência de acidentes de trânsito, bem como possíveis infrações. “Recomendamos aos motoristas para que não dirijam após ingerir bebidas alcoólicas, utilizem o cinto de segurança, respeitem os limites de velocidade, bem como as regras gerais de circulação de trânsito”, enfatizou o comandante da PMRv, coronel José Norberto de Souza Filho.

Na operação serão envolvidos todos os postos rodoviários do omando de Policiamento Rodoviário, onde serão empregados os policiais militares rodoviários em escala de revezamento. Estarão disponíveis viaturas do tipo moto e de patrulhamento, cobrindo uma malha viária de mais de 4 mil quilômetros de SC.

ACIDENTES DIMINUIRAM EM 2018

De 1º de janeiro a 25 de março foram registrados 1.789 acidentes, com ou sem vítimas. O número é  5,59% menor do que o registrado no ano passado, quando ocorreram 1.895 acidentes no total. 

Para o comandante Norberto, no atual cenário, manter os índices é motivo de comemoração. “Temos que avaliar que hoje o número de veículos é maior, a quantidade de motoristas aumentou e nossa malha viária também. Então, se o número de ocorrências mantém, já é motivo de comemorar. Para esse ano, até o momento, os índices baixaram”.

Especificação

1º de janeiro a 25 de março

Variação

2017

2018

Absoluta

Percentual

Acidentes com Vítimas

806

782

-24

-2,98%

Acidentes sem Vítimas

1.089

1.007

-82

-7,53%

Total de Acidentes

1.895

1.789

-106

-5,59%

Veículos Envolvidos

3.449

3.149

-300

-8,70%

Número de Feridos

1.090

1.013

-77

-7,06%

Número de Mortos

59

57

-2

-3,39%

Fonte: Seção Operacional do Comando de Policiamento Rodoviário

ANTES DE VIAJAR:

- Verifique as condições do seu veículo, tais como parte mecânica, freios, sistema iluminação e pneus;
- Regularize seus documentos de porte obrigatório, evitando desta forma situações desagradáveis no seu passeio;
- Motorista e passageiros, todos devem utilizar o cinto de segurança;
- É obrigatório o uso do farol baixo em todas as rodovias;
- Só ultrapasse em locais permitidos e com segurança;
- Mantenha a velocidade regulamentar para a via;
- Se consumir bebidas alcoólicas não dirija;
- Lembre que gentileza gera gentileza, seja paciente e cortês no trânsito.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Júlio Cancelier/Sec. Infraestrutura

Com 96% da obra executada, o Governo do Estado pretende liberar em breve o primeiro trecho do acesso ao Sul da Ilha, que vai do Rio Fazendinha à entrada do novo terminal de passageiros do Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis.

Para concluir este trecho, faltam pintura das pistas, sinalização e acabamentos. Além de melhorar a mobilidade na região, a abertura do acesso vai facilitar o transporte de materiais para a construção do novo terminal do aeroporto.

>>> Galeria de fotos

Em visita às obras nesta segunda-feira, 26, o secretário de Estado da Infraestrutura, Paulo França, e o engenheiro do Deinfra responsável pela obra, Cléo Quaresma, constataram que as duas pistas, acostamento, ciclovia, interseções e os passeios estão praticamente concluídos no chamado lote 02-A (acesso ao novo aeroporto).

O eixo principal deste lote é de 3,78 quilômetros. No momento, estão em execução os serviços de drenagem e obras complementares. A capa asfáltica está concluída em todo o trecho implantado.

Lote 01-A

Com relação ao chamado lote 01-A, que começa na interseção da SC-405 (Trevo da Seta) e vai até o acesso ao Bairro Carianos (Estádio da Ressacada), o secretário avalia que a obra também avança no que se refere à pavimentação, ciclovias, calçadas e sinalização, mas falta desapropriar alguns terrenos.

O lote 01-A está em plena execução: 90,10% da terraplenagem e 88,40% da pavimentação. Entre a nova ponte do Rio Tavares até a intercessão de acesso ao Bairro Carianos, já foram concluídos os serviços referente à primeira camada de capa asfáltica. No momento, estão em execução os serviços de drenagem e as obras complementares.

As obras complementares neste trecho também estão dentro do cronograma previsto, com a restauração e prolongamento da ponte existente sobre o Rio Tavares. Foram cravadas 34 estacas metálicas das 38 previstas e colocados os blocos e apoios centrais. Neste mês de março, 51% desta obra está concluída.

Também neste trecho, está sendo construído o Viaduto de Carianos, obra iniciada em janeiro de 2015, a um custo de R$ 4.928.124,17. Estão em execução os serviços de cravação de estacas, vigas longarinas, pré-lages e blocos de fundação. De acordo com as últimas medições, a obra está com mais de 67% do cronograma executado.

Lote 01-B

O desafio final para a entrega completa da obra é o chamado Lote 01-B, que liga os dois trechos atualmente em execução, do Viaduto Carianos até o Rio Fazendinha. A obra está sendo licitada depois de receber a licença do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), com condicionantes apresentadas pelo Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio).

As obras de implantação, pavimentação e duplicação do novo acesso ao Sul da Ilha de Santa Catarina e ao novo terminal de passageiros do Aeroporto Hercílio Luz tiveram início em 13 de agosto de 2015. Essencial para a operação do novo terminal, a sua conclusão irá beneficiar todo o Sul da Ilha, configurando uma nova via de acesso. “É uma conquista coletiva porque é uma obra vital para o Sul da Ilha de Santa Catarina e também para quem chega e sai de Santa Catarina, com um novo terminal mais confortável”, salientou o governador Eduardo Pinho Moreira.

“Estima-se que até 60% do tráfego do Sul da Ilha irá utilizar este novo acesso, desafogando vias atualmente congestionadas, o que irá resultar em melhoria para a mobilidade urbana e condições para ampliação do turismo”, acrescentou o secretário Paulo França.

Nesta quarta-feira, 28, a Secretaria de Estado da Infraestrutura recebe para uma reunião, às 14h, no auditório do Deinfra, os representantes da Anac, ICMBio e do Programa de Parcerias de Investimentos do Governo Federal, com o objetivo de apresentar os trabalhos que estão sendo executados pelo governo catarinense. Também participa da reunião a Zurique Airport. A seguir, a comitiva fará uma vistoria às obras de construção do novo acesso.

Mais informações para a imprensa:
Júlio Cancellier
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura
Fone: (48) 3664-2008 / 99641-0037


Fotos: James Tavares / Secom

Às vésperas de completar 345 anos, Florianópolis recebe um pacote de obras e projetos com investimentos de R$ 345 milhões. O anúncio foi feito pelo governador Eduardo Pinho Moreira e pelo prefeito da Capital, Gean Loureiro, em coletiva à imprensa, nesta quinta-feira, 22, na sede da prefeitura. Os recursos serão aplicados em obras estruturantes e estratégicas, que contemplam pavimentação de ruas, revitalização e duplicação de rodovias, construção de escolas, reformas nas pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles, centros de saúde, além da área de proteção animal.

“São obras emergenciais que vão impactar muito em mobilidade, segurança e qualidade de vida. Nossa Capital merece atenção e este presente de aniversário. Comecei a administrar o Estado há pouco mais de um mês com muita energia e vontade, assim como o prefeito Gean vem fazendo. Quando um governante se dedica e transmite essa vontade, as coisas acontecem. Priorizamos algumas ações que estão se multiplicando, principalmente na Saúde e na Segurança Pública. E este ritmo de trabalho não para mais”, pontuou o governador.

>>> Mais imagens na galeria

Moreira informou que os recursos para Florianópolis serão financiados pelo BNDES. São principalmente obras que já estão licitadas pelo próprio Governo do Estado, como por exemplo, as pontes, a SC- 401 e o acesso ao aeroporto. “Dentro de poucas semanas os recursos devem estar liberados e entregaremos as ordens de serviço”, informou o governador.

Para o prefeito Gean Loureiro, com o trabalho integrado com o Governo do Estado, a expectativa é de ampliação da capacidade de produzir melhorias para a cidade. “Estreitamos os laços com o Governo, retomamos projetos essenciais e fomos em busca dos recursos. Agora é a hora de tirar do papel essas obras e ações aguardadas há muito tempo pela comunidade”.

PACOTE DE OBRAS

Pavimentação

Quanto às obras de infraestrutura, o Governo do Estado retomou o convênio com a prefeitura, com o repasse de R$ 12 milhões. Os recursos vão permitir a pavimentação de 41 ruas.

Também será feita a pavimentação de mais 20 ruas. Nove ruas na Tapera, cinco no Centro, uma em Jurerê, Jurerê Tradicional, Cachoeira do Bom Jesus, Morro das Pedras, além da rua João Meirelles, no Abraão, a Servidão João Tomaz de Oliveira, no Rio Vermelho e a Rodovia Virgílio Várzea, no bairro Saco Grande, totalizando mais de R$ 8,5 milhões.

Ainda para este primeiro semestre está prevista a revitalização da SC-401, uma importante rodovia da cidade. O valor estimado é de R$ 45 milhões.

Já a conclusão do último trecho de 2,6 quilômetros da via de acesso ao aeroporto e ao Sul da Ilha, no valor de R$ 108 milhões, está prevista para julho de 2019.

Também está prevista a revitalização da Avenida Governador Ivo Silveira, no bairro Capoeiras, no valor de R$ 5 milhões.

Além da duplicação da Rodovia Admar Gonzaga, do cemitério do Itacorubi até o início do Morro da Lagoa, ao custo de R$ 45 milhões, e da duplicação da Rodovia SC-405 entre o Rio Tavares e o Campeche, orçada em R$ 12 milhões.

Ponte

Dentro do pacote anunciado, estão as obras de reforma das pontes Colombo Salles e Pedro Ivo Campos, que ligam a Ilha ao Continente. Com o custo de R$ 58 milhões, as obras devem começar ainda neste primeiro semestre.

Iluminação

Também serão feitas melhorias na iluminação pública das rodovias SC-402, SC-405 e SC-406, na Tapera e no Ribeirão da Ilha, com investimento em torno de R$ 3,4 milhões.

Praças

No pacote, também estão previstas as construções e reformas das praças do Carianos, Serrinha, Monte Serrat, Tapera, Ingleses e Renato Ramos da Silva, no Estreito. Os recursos devem ultrapassar R$ 4 milhões.

Educação

O investimento na área de educação será de mais de R$ 35 milhões em construções das escolas dos Ingleses e do Rio Vermelho e nas reformas das escolas Intendente José Fernandes, no Ingleses, Jacó Anderle, na Vargem Grande, e de Muquém/Antônio Paschoal Apóstolo, no Rio Vermelho. 

Saúde

Ainda no primeiro semestre, será feita a reforma e ampliação dos centros de saúde da Tapera, Lagoa da Conceição, Canto da Lagoa e Abraão, bem como entregue a unidade do Pantanal.

Já para o segundo semestre, estão previstas a construção dos centros de saúde do Alto Ribeirão, Costeira e Capivari nos Ingleses. Para essas melhorias serão investidos cerca de R$ 6,4 milhões.

Estão em fase de análise e aprovação de projetos as reformas das UPAs Sul e Norte e das policlínicas do Sul e do Norte, além da reforma e da ampliação do centro de saúde dos Ingleses, e a entrega da farmácia de referência.

Proteção animal

Para garantir conforto e qualidade aos animais, o poder público irá reformar, pela primeira vez, a Diretoria do Bem-estar Animal (DIBEA) e o Centro de Controle de Zoonoses, localizados ao lado do Cemitério do Itacorubi, na SC-401. O local passará a se chamar Centro de Atendimento à Saúde do Animal (CASA). O valor estimado da obra é de R$ 3,4 milhões.

Assistência Social

Na área da assistência social, os poderes municipal e estadual irão trabalhar em conjunto no Projeto de Intervenção Social no Norte da Ilha, que faz parte do Programa Floripa Social, com o custo estimado em R$ 910 mil reais ao ano. A principal atividade será a ampliação dos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos para aquela região da cidade, explorando ações de desenvolvimento comunitário, pessoal, social e esportivo às comunidades.

Os trabalhos vão atender diretamente 80 jovens de 13 a 17 anos. No Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Canasvieiras serão 40 participantes; de Ingleses, 20. Já na Academia da Polícia Civil (Acadepol), serão 20 participantes com início das atividades em abril e mais 20 previstos para o segundo semestre de 2018.

O projeto também permitirá o atendimento de mais 50 crianças e adolescentes no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos no espaço que será construído nos Ingleses, atualmente em fase de projeto. Será também reformado o Serviço de Convivência da Vila União, atualmente desativado. Quando for reaberto, poderá atender 40 crianças e adolescentes. Total de investimento de R$ 660 mil.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Divulgação / SEI

A primeira barra de olhal da nova estrutura da Ponte Hercílio Luz foi instalada com sucesso nesta quinta-feira, 22. De acordo com o engenheiro do Deinfra e fiscal da obra Wenceslau Diotallévy, as barras de olhal têm um papel muito importante nesta nova etapa pois são elas que farão a ponte ficar novamente sustentada.

“As barras serão fixadas de cada lado da ponte, a partir do vão central”, explicou o fiscal, informando que a instalação das 360 peças deve durar aproximadamente cinco meses.

Segundo o secretário da Infraestrutura, Paulo França, a instalação das primeiras barras marca uma nova e importante fase da obra. “Estamos em um momento fundamental da recuperação da ponte Hercílio Luz. Agora ela começa a retomar sua forma original”, destacou.

No período da tarde começou também a troca das rótulas, que são as estruturas que fazem a ligação da torre com a fundação. O trabalho é realizado pelo mar. Além disso, será necessário o levantamento da torre principal em 3 centímetros.

A próxima etapa da obra será a instalação dos pendurais. Essas estruturas fazem parte do vão central e sustentam a treliça a partir das barras de olhal. Ao todo, a ponte deve receber cerca de 2 mil toneladas de metal novo, o que representa aproximadamente 40% da atual estrutura.

Mais informações para a imprensa:
Júlio Cancelier
Secretaria de Estado da Infraestrutura
Fone: (48) 3664-2008 / (48) 99641-0037

As obras de restauração da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, entram em uma nova fase. Nesta quinta-feira, 22, às 10h, será realizado o processo de montagem da nova estrutura com a colocação da primeira barra de olhal e troca das rótulas.