Fotos: James Tavares/ Secom

Uma antiga reivindicação da população de Joinville, a duplicação do acesso ao Distrito Industrial da cidade, irá sair do papel. Na tarde desta sexta-feira, 14, o governador Carlos Moisés autorizou o início das obras, que já estão licitadas. O investimento será de R$ 41,41 milhões para os trabalhos, que incluirão uma revitalização do asfalto já existente. A parte física está orçada em R$ 38,58 milhões e a supervisão, que ainda precisa ser licitada, deve ter um custo de até R$ 2,83 milhões.

:: VEJA GALERIA DE FOTOS 

A ordem de serviço, assinada em solenidade na Associação Empresarial de Joinville (ACIJ), contempla um trecho de 5,7 quilômetros, que passa pelas ruas Hans Dieter Schmidt e Edgar Meister. Segundo o governador, mesmo sem a definição da empresa que fará a supervisão, as obras devem iniciar até julho. A duplicação ficará a cargo da empresa Infrasul.

“A gente entende que essas obras de infraestrutura facilitam a vida do empreendedor, com sua logística de produção. São obras prioritárias pelo impacto econômico que elas trazem para as regiões, com projetos aprovados, e que foram deixadas na gaveta por governos anteriores”, afirmou Moisés.

 

Na avaliação de João Martinelli, presidente da ACIJ, a duplicação do acesso ao Distrito Industrial é fundamental, pois por ali passa quase 20% do PIB da cidade. “Como ela estava intransitável, isso trazia o fluxo de caminhões para o Centro da cidade. É uma obra que nós vínhamos reivindicando há muitos anos. Por isso, ficamos sensibilizados com o gesto do governador Moisés em perceber a importância dessa obra”, frisou Martinelli.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Carlos Hassler, destacou que a duplicação será realizada com recursos próprios. Com isso, o retorno financeiro passa a ser imediato após a conclusão dos trabalhos: “A intenção é que essas obras sejam as primeiras de investimento, paralelo ao plano de manutenção que já está em andamento. Depois de décadas, estamos vendo realmente o Estado investir recurso próprio em infraestrutura de peso, e não em convênios de pequenos serviços. Isso demonstra maturidade e capacidade de se auto gerir. Obra de financiamento tem que ser paga depois. Com recurso próprio, eles estão pagas quando se encerram e geram riqueza automaticamente”.

Plano Novos Rumos

A duplicação do acesso ao Distrito Industrial de Joinville faz parte do plano "Novos Rumos - Santa Catarina em Movimento", um conjunto de ações estratégicas para melhorar a infraestrutura catarinense e destravar o desenvolvimento de Santa Catarina.

Esta foi a terceira obra anunciada pelo programa. A primeira foi o Contorno Viário de Chapecó e a segunda tratou da revitalização da SC-401, a rodovia mais movimentada do Estado, em Florianópolis. As demais serão anunciadas nas próximas semanas.

Outros anúncios

Ainda durante sua visita a Joinville, Moisés garantiu um repasse de R$ 1 milhão ao Festival de Dança. Também foi renovada a parceria com a Associação dos Bombeiros Voluntários de Santa Catarina. A ABVESC vai receber R$ 6 milhões - R$ 3 milhões em 2019 e R$ 3 milhões em 2020 - para aquisição de equipamentos e manutenção das atividades das 31 corporações espalhadas pelo Estado.

Informações adicionais para a imprensa
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação 
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC 



O Portal Digital do Detran disponibilizou nesta quinta-feira, 13, um novo serviço para a população: a emissão de certidões referentes a CNH e veículos, que podem ser feitas online do início ao fim.

No item habilitação é possível emitir a Certidão de Registro de CNH, que ser solicitada somente pelo próprio habilitado. Basta acessar o sistema, escolher o item habilitação, solicitar a certidão, gerar o boleto, efetuar o pagamento e no dia seguinte fazer o download do documento. É possível fazer o cancelamento antes do pagamento. Tudo isso, sem a necessidade de ir ao órgão de trânsito.

Em veículos, três novidades: Certidão de Propriedade; Certidão para Seguro; e Certidão de Baixa. Qualquer pessoa, mesmo não sendo o proprietário do veículo, pode solicitar essas certidões. Dentro deste item, é possível acompanhar a situação do cadastro, se está ativo ou não para receber as notificações via e-mail, podendo fazer a alteração a qualquer momento.

Na página inicial do Portal foi disponibilizada a opção “validar certidão”, para que qualquer pessoa, em posse do código do documento possa fazer a consulta sem precisar se logar no sistema; porém se já fez o login, a opção também estará disponível através de ícone próprio.

O Portal foi lançado dia 4 de abril oferecendo os serviços: segunda via da CNH; CNH definitiva e PID (Permissão Internacional para Dirigir). Desde a sua implantação, foram emitidos 2.838 documentos, sendo 610 - segunda via de CNHs; 1.449 - CNHs Definitivas; e 7.799 – PIDs.
No dia 16 de maio, iniciou o envio de avisos via e-mail, com o vencimento dos débitos do veículo: IPVA, licenciamento e seguro obrigatório. Hoje, são 23.249 pessoas cadastradas.

Informações adicionais para imprensa
Janaina Guliato
Assessoria de Imprensa
Departamento Estadual de Trânsito de SC (Detran)
E-mail: imprensa@detran.sc.gov.br  
Fone: (48) 3664-1733
www.detran.sc.gov.br 

Fotos: Júlio Cavalheiro/Secom

A rodovia estadual mais movimentada de Santa Catarina superou, nesta quinta-feira, 13, o recorde de tempo sem acidentes com morte. A SC-401, que dá acesso ao Norte da Ilha, em Florianópolis, está há 211 dias sem ocorrências fatais. Até então, a melhor marca havia sido estabelecida há 24 anos, em 1995, antes mesmo da vigência do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e em uma época em que as obras de duplicação ainda estavam em andamento.

:: VEJA GALERIA DE FOTOS

O recorde foi comemorado pelos policiais do Comando de Polícia Militar Rodoviária (CPMR) que trabalham na rodovia. Eles se reuniram no posto próximo à antiga praça de pedágio para celebrar as vidas salvas nos últimos 211 dias. “É fato que esse número é emblemático, mas o importante mesmo é manter as operações para preservar a vida nas rodovias”, explica o tenente-coronel Evaldo Hoffmann, comandante do CPMR.

Na avaliação dele, o resultado foi atingido graças à maior presença dos policiais na rodovia. “É preciso trabalhar com uma estratégia bastante forte de fiscalização e educação. Trabalhamos com o equipamento móvel de forma ostensiva. O radar é muito eficiente, desde que o condutor saiba que em um determinado trecho há fiscalização e que é importante reduzir a velocidade para evitar acidentes”, detalha. As abordagens de lei seca também foram intensificadas, de acordo com o tenente-coronel Evaldo.

Proteger vidas

De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes, o trabalho nas rodovias estaduais é parte importante da atual estratégia da corporação para proteger os catarinenses. “Temos uma presença maior da Polícia Militar Rodoviária. Uma prioridade para este ano é torná-la verdadeiramente uma polícia das estradas, ampliando a atuação não só na área de trânsito, mas também no combate à criminalidade”, explica.

Segundo ele, estão sendo encaminhados investimentos, como a compra de viaturas e equipamentos, além do fortalecimento de campanhas educativas.

Revitalização vai dar mais segurança

A SC-401 ficará ainda mais segura. O governador Carlos Moisés autorizou, nesta semana, a revitalização do trecho entre os entroncamentos com a SC-404, no Itacorubi, e a SC-402, no Ratones. Estão previstos serviços de pavimentação, terraplanagem, drenagem, sinalização, troca de guardrails metálicos por muretas de concreto e a implantação de uma terceira pista na subida do João Paulo, até o cemitério Jardim da Paz. O investimento projetado é de R$ 32,3 milhões, com recursos resultantes de economias feitas no Governo do Estado ao longo deste ano.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC



O Detran, baseado nos princípios da isonomia e imparcialidade, visando promover a livre concorrência e oferta de serviços, lança, nesta segunda-feira, 10, o edital de chamamento público, de credenciamento de clínicas médicas e psicológicas, para a realização de exame de aptidão física e mental e de avaliação psicológica.   

A Portaria, publicada no Diário Oficial do Estado e no site do Detran, traz os procedimentos e as orientações legais para as entidades interessadas na prestação dos serviços de saúde junto ao órgão de trânsito em todo o Estado. O processo é exclusivo para pessoas jurídicas, o ato será precário, intransferível e renovável mediante requerimento. O serviço é restrito ao município para o qual a entidade for credenciada a atuar.

Os requerimentos os documentos que precisam ser enviados serão analisados pela Comissão de Credenciamento que emitirá parecer. A próxima etapa será a vistoria no local de instalação das clínicas. Feito isso, a clínica interessada será notificada, via e-mail, a assinar o termo de credenciamento. O ato se concretiza com a publicação do credenciamento no Diário Oficial do Estado. O prazo de vigência será de um ano, podendo ser renovado sucessivamente por igual período, desde que observadas as exigências normativas e que seja feito um requerimento de renovação do alvará junto ao Detran.

Os profissionais já credenciados deverão se adequar à nova sistemática de credenciamento - por intermédio de clínica médica e clínica psicológica, no prazo de 90 dias, podendo ser prorrogado pela diretora do Detran mediante requerimento justificado.

“Dessa forma garantimos a acessibilidade de todos os profissionais e mais comodidade e praticidade ao cidadão catarinense, que vai contar com uma maior diversidade de clínicas, as quais poderão se instalar em todas as regiões do Estado”, ressaltou a diretora do Detran, Sandra Mara Pereira.

Informações adicionais para imprensa
Janaina Guliato
Assessoria de Imprensa
Departamento Estadual de Trânsito de SC (Detran)
E-mail: imprensa@detran.sc.gov.br  
Fone: (48) 3664-1733
www.detran.sc.gov.br 

 Foto: Julio Cavalheiro/ Secom

A rodovia José Carlos Daux (SC-401), que dá acesso ao Norte da Ilha, passará por uma revitalização. O governador Carlos Moisés assinou digitalmente, na manhã desta segunda-feira, 10, na sede da Associação Empresarial de Florianópolis (ACIF), um documento que autoriza o início das obras. O investimento previsto é de R$ 32,3 milhões. As melhorias fazem parte do plano "Novos Rumos - Santa Catarina em Movimento", um conjunto de ações estratégicas para melhorar a infraestrutura catarinense e destravar o desenvolvimento de Santa Catarina.

:: VEJA GALERIA DE FOTOS DO ANÚNCIO

"É uma obra que vai melhorar o trânsito e aumentar a segurança para quem transita", afirmou o governador. No total, de acordo com Moisés, o programa deve resultar em investimentos de até R$ 200 milhões, com seis obras em cinco regiões catarinenses. "Esses recursos não são de financiamentos, mas de recursos próprios, resultado das economias que estamos fazendo em todas as secretarias, com compras feitas de forma mais racional, digitalização dos processos e redução de diversas despesas", explicou.

 SC-401, em Florianópolis | Foto: James Tavares/ Secom

A revitalização ocorrerá em um trecho de 12 quilômetros da SC-401, entre os entroncamentos com a SC-404, no Itacorubi, e a SC-402, no Ratones. Estão previstos serviços de pavimentação, terraplanagem, drenagem, sinalização, troca de guardrails metálicos por muretas de concreto e a implantação de uma terceira pista na subida do João Paulo, até o cemitério Jardim da Paz. Segundo o secretário de Estado da Infraestrutura, Carlos Hassler, as obras serão realizadas à noite e durante a madrugada, para minimizar os transtornos. "A obra levará de um ano e meio a dois anos, dependendo das condições do tempo e do andamento dos trabalhos", afirmou.

Também acompanharam o ato os secretários de Estado Douglas Borba (Casa Civil), Jorge Eduardo Tasca (Administração), Helton Zeferino (Saúde), Ricardo Dias (Comunicação) e coronel João Carlos Neves Júnior (Casa Militar), o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, e o anfitrião e presidente da ACIF, Rodrigo Rossoni, além de outros representantes da sociedade civil organizada e parlamentares.

Esta foi a segunda obra anunciada pelo programa. A primeira foi o Contorno Viário de Chapecó. As demais serão anunciadas nos próximos dias e semanas.

O prefeito de Florianópolis vê com otimismo a execução da revitalização da SC-401. "É a rodovia de maior movimento em Santa Catarina, e esse trabalho fundamental vem em boa hora", destacou.

Apoio da sociedade

Na ACIF, Moisés agradeceu o apoio das entidades da sociedade civil no que diz respeito ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), prevendo a redução de repasses aos poderes para haver mais recursos a investimentos. "A previsão é que sobre mais de R$ 400 milhões para investir. A revitalização da SC-401 terá um investimento de R$ 32 milhões. Isso dá uma ideia de como poderemos aplicar mais recursos a favor dos catarinenses", frisou. O presidente da Associação, Rodrigo Rossoni, enalteceu a união do empresariado em torno de pautas de interesse da cidade.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Um plano de investimentos em infraestruturas, com obras estratégicas para cinco regiões do Estado, foi lançado nesta sexta-feira, 7, pelo governador Carlos Moisés durante visita a Chapecó. Com recursos estaduais, o plano Novos Rumos - Santa Catarina em Movimento contempla seis obras, que irão acelerar o desenvolvimento regional e serão anunciadas em junho.

A primeira divulgada por Moisés foi o trecho que complementa o Contorno Viário Oeste, entre a BR-282 e a SC-283, em Chapecó. O governador autorizou a licitação da obra para a área de 11,4 quilômetros.

"Vamos investir em todas as regiões do Estado, selecionando as demandas com problemas mais graves, como é o caso do excesso de veículos pesados dentro de Chapecó. São soluções que vamos encaminhar com verbas próprias", antecipou Moisés. O anúncio foi feito a empresários e lideranças chapecoenses, após a visita técnica do ministro Sergio Moro ao Complexo Penitenciário de Chapecó.

 O Contorno Viário Oeste vai ajudar a escoar a produção de cooperativas e empresas de Chapecó - Foto: James Tavares / Secom

De acordo com o governador, o objetivo do Novos Rumos é, com responsabilidade e dentro da capacidade financeira do Estado, fazer intervenções estratégicas na infraestrutura de Santa Catarina, priorizando aquelas com maior potencial para gerar resultados positivos para cada região. “Não é tudo que gostaríamos de fazer, mas é o que é possível fazer hoje”, disse.

No caso do complemento do Contorno Viário Oeste de Chapecó, o investimento previsto é de aproximadamente R$ 25 milhões. Batizada em 2014 com o nome de Estrada Municipal Alcebíades Sperandio, a via passa pelas comunidades de Linha Simonetto, Linha Sarapião, Linha Cascavel e Colônia Bacia, a oeste da área central de Chapecó.

A prioridade foi apontada pelo prefeito Luciano Buligon e endossada pela vice-governadora, Daniela Reinehr. De acordo com o prefeito, a obra terá impactos positivos no longo prazo, já que ajudará a escoar a produção das cooperativas e empresas da cidade, além de melhorar a mobilidade urbana.

"São 250 caminhões por dia que vamos tirar do Centro de Chapecó. Esta obra vai trazer resultados positivos não só depois de concluída, mas por muitos anos", reconheceu o prefeito.

Há pouco mais de seis anos, o Governo do Estado já havia inaugurado o trecho entre a avenida Atílio Fontana e a SC-480, mas uma continuidade até a BR-282 ficou pendente. Além de melhorar a mobilidade para moradores, o Contorno Viário Oeste ajuda no tráfego de caminhões entre os estados do Sul do Brasil e do Mercosul.


Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC

 Fotos: Divulgação/ Prefeitura de Antônio Carlos

A revitalização do trecho da SC-407 em Antônio Carlos está mais perto de virar realidade. O secretário de Estado da Casa Civil, Douglas Borba, assinou no fim da tarde desta quarta-feira, 5, na prefeitura, a autorização do processo licitatório da obra. A pavimentação contempla um trecho de 3,2 quilômetros entre o limite dos municípios de Antônio Carlos e Biguaçu até a Praça Anchieta.

Segundo Borba, a rodovia é essencial para os moradores e para a economia local, pois faz ligação entre as duas cidades, dando acesso à BR-101. ”Este caminho traz desenvolvimento econômico à região, facilitando a logística e o escoamento da produção agrícola”, disse.

Mais conhecida como Rua Daniel Petry, a via contempla o ”trecho esquecido” dos trabalhos de recuperação da SC-407. A obra será custeada com a sobra do contrato de pavimentação da rodovia, de 2016, no valor aproximado de R$ 2 milhões.

O prefeito Geraldo Pauli agradeceu a iniciativa do Governo do Estado de destravar o processo de continuidade da obra. "O trecho revitalizado da SC-407 ficou bonito, o problema é quando você chega em Antônio Carlos. É uma via que suportou durante muitos anos o excesso de peso dos caminhões e não teríamos recursos para recuperá-la", afirmou Pauli.

Também estiveram presentes os vereadores de Antônio Carlos, o secretário-adjunto da Casa Civil, Matheus Hoffmann, e o coordenador da Central de Atendimento aos Municípios, Gabriel Loeff.

 

Informações adicionais à imprensa
Mauren Rigo
Assessoria de Comunicação
Casa Civil
E-mail: comunicacao@casacivil.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2005 / 98843-3497
Site: www.scc.sc.gov.br
www.fb.com/casacivilsc / @CasaCivilSC

 Foto: Julio Cavalheiro/ Secom

Na madrugada desta quinta-feira, 6, foi finalizada a operação de transferência de carga da ponte Hercilio Luz. Com condições climáticas favoráveis, a equipe conseguiu adiantar o trabalho previsto inicialmente para levar quatro etapas e concluí-lo em apenas três noites. A atividade se encerrou por volta das 2h30min.

Agora, 80% do peso da ponte, cerca de 1,7 mil tonelada, voltou a ser sustentado pela própria estrutura pênsil. O trabalho de restauração ao longo de mais de um ano incluiu a substituição dos 28 cabos pendurais e 360 barras de olhal que mantêm a ponte elevada. Desde 2017, quando ocorreu a primeira transferência de carga, a Hercílio Luz foi elevada em cerca de 1,80 metro e o peso ficou apoiado sobre as estruturas provisórias.

 Arte: Sal Santos/ Secom

Próximas etapas

Dando continuidade ao cronograma da obra, será iniciada a desmontagem da estrutura provisória superior e, assim, o cartão-postal voltará a ter a configuração original. Com a retirada da estrutura provisória superior, também será possível avançar na colocação do piso da pista do vão central e dar continuidade à construção das passarelas de pedestres e ciclistas.

A última etapa de transferência de carga, dos 20% que seguem sustentados pela estrutura provisória, está prevista para setembro, quando a obra entra na fase final.

Mais informações para imprensa:
Patricia Zomer
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
patriciazomer@sie.sc.gov.br



O Portal Digital do Detran completa dois meses com 19.890 mil pessoas cadastradas, oferecendo serviços referentes a veículos, habilitação e penalidades. A ferramenta desenvolvida pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc) é simples, intuitiva e dispõe de sistema de acessibilidade para deficientes visuais. O acesso online garantiu maior agilidade no atendimento e redução do número de visitas dos usuários ao órgão de trânsito.

“Melhorar a qualidade dos serviços prestados à população é uma das nossas grandes metas. Através da modernização dos serviços garantimos mais facilidades e comodidade aos nossos usuários. Em breve novas funcionalidades serão disponibilizadas no portal”, ressalta a diretora do Detran, Sandra Mara Pereira.

Pelo portal eletrônico é possível solicitar: segunda via da CNH; CNH definitiva e PID (Permissão Internacional para Dirigir). O pedido e o pagamento do boleto é todo feito por via eletrônica, o usuário somente vai até o órgão de trânsito retirar o documento na data previamente agendada. Desde o lançamento do serviço online, foram emitidos 2.436 documentos, sendo 529 - segunda via de CNHs; 1.218 - CNHs definitivas; e 689 – PIDs.

O mais recente serviço implantado no portal é o envio de avisos via e-mail, com o vencimento dos débitos do veículo: IPVA, licenciamento e seguro obrigatório. Trinta dias antes do prazo para quitação da primeira parcela do imposto, o sistema envia um lembrete ao proprietário com as dívidas a vencer, o que evita uma série de transtornos devido à falta de pagamento.

Desde o lançamento do serviço, em 16 de maio, cerca de 400 pessoas se cadastraram para receber a notificação, que necessita de autorização prévia. O primeiro lote de envios será no próximo dia 10, para quem tem os débitos a vencer em julho.

Além de todos esses serviços, e-mails com notificações sobre vencimento de habilitação; de penalidades e de autuação recente também foram incorporados ao portal.

O serviço que é oferecido desde janeiro, utiliza a base de dados dos condutores cadastrados no Detran, que hoje conta com 737.371 e-mails. Nesses cinco meses foram enviadas 28.503 notificações de habilitações a vencer; 177.905, penalidades a vencer e; 134.310, autuações recentes.

Para ter acesso a todas essas funcionalidade, é preciso ir em Detran Digital, fazer um cadastro e o login, escolher a solicitação de serviço desejada, além de deixar ativos todos os campos disponíveis em Notificações (conforme quadro abaixo), para que o envio dos informativos esteja autorizado.

Detran envia alertas sobre débitos dos veículos

Informações adicionais para imprensa
Janaina Guliato
Assessoria de Imprensa
Departamento Estadual de Trânsito de SC (Detran)
E-mail: imprensa@detran.sc.gov.br  
Fone: (48) 3664-1733
www.detran.sc.gov.br 

  Foto: Julio Cavalheiro/Secom

Terminou sem imprevistos a primeira das quatro noites da nova etapa de transferência de carga da Ponte Hercílio Luz. Nem mesmo o vento sul e a garoa fina que caíam no começo da noite de segunda-feira, 3, impediram o começo dos trabalhos. Às 22h35min, o governador Carlos Moisés acionou a sirene para autorizar o serviço, que foi finalizado por volta de 0h30min da madrugada. A operação é decisiva para o projeto de restauração do cartão-postal. 

Ao final do processo, que ainda prevê mais três noites de trabalho, 80% do peso da ponte voltará a ser sustentado pela própria estrutura. Desde 2017, quando ocorreu a primeira transferência de carga, a Hercílio Luz foi elevada em cerca de 1,80 metro e o peso ficou apoiado sobre as estruturas provisórias.

>>>> VEJA MAIS IMAGENS NA GALERIA DE FOTOS <<<<

Agora, a estrutura será rebaixada em 80 centímetros - 12 centímetros na primeira noite - e cerca de 1,7 mil tonelada do peso da ponte volta a ser sustentado pela estrutura pênsil, pelos 28 cabos pendurais e 360 barras de olhal que foram substituídos na restauração e que mantêm a ponte elevada. O rebaixamento é realizado por 54 macacos com bombas hidráulicas controladas por computador.

Responsável pela autorização oficial do serviço, o governador ressaltou que o Executivo segue trabalhando para entregar a ponte em 30 de dezembro de 2019. Segundo Moisés, os recursos para a finalização da obra estão assegurados e “está tudo muito bem encaminhado para a gente terminar esse processo histórico de restauração da ponte”.

Especificamente sobre a transferência de carga, o governador lembrou que a superação dessa etapa permitirá que a empresa Teixeira Duarte avance em outras frentes de trabalho: “A ponte não foi feita para ficar escorada em estruturas provisórias. Essa transferência é necessária e garante um pouco mais de estabilidade à obra”.

 Foto: Peterson Paul/Secom

Na visão do secretário Carlos Hassler, da Infraestrutura, essa transferência de carga constitui um marco para a obra, que entra agora em sua reta final. “Agora, há uma série de serviços que precisam que ela esteja apoiada no seu peso próprio. Na verdade, ela já poderia estar apoiada 100% na própria estrutura, mas há a necessidade da retirada de ferragens, que possuem um peso significativo”, contou o secretário.

Materiais das estruturas provisórias ajudarão a construir pontes no interior

Também presente na ponte, o secretário de Estado da Defesa Civil, João Batista Cordeiro Junior, afirmou que os materiais das estruturas provisórias serão usados na construção de pontes no interior do Estado.

“Estamos elaborando um termo de referência para nos próximos dias fazer um processo de Regime Diferenciado de Contratação para que uma empresa faça um plano de corte dessas ferragens e um projeto de pontes de seis a 12 metros. Elas vão, então, ser repassadas aos municípios para substituir pontes de madeira”, afirmou Cordeiro.

Plano de contingenciamento segue ativo para as próximas três noites

Ao contrário da primeira transferência de carga, ocorrida em 2017, não foi necessário fazer interrupções no trânsito. Apenas o canal marítimo abaixo da ponte foi fechado durante a operação e seguirá o mesmo procedimento nas próximas noites de trabalho. O plano de contingência comandado pela Defesa Civil e alinhado com os demais órgãos de segurança segue ativo até que seja finalizada a operação de transferência de carga da Ponte Hercílio Luz. Também dão apoio aos trabalhos de segurança o Corpo de Bombeiros, a Marinha, a Polícia Militar, a Guarda Municipal e a Defesa Civil Municipal.

Clique na imagem para abrir em formato PDF

 Arte: Sal Santos/Secom

Informações adicionais para imprensa:

Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045

Patricia Zomer
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
patriciazomer@sie.sc.gov.br