Compartilhe


Foto: James Tavares/Secom

O Comitê de Crise do Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd) decidiu ampliar os contatos com as lideranças dos caminhoneiros em vários pontos de Santa Catarina a partir deste final de semana. A medida foi adotada em reunião neste sábado, informou o secretário de Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto Júnior, que integra o grupo montado pela Defesa Civil no início da semana.

O procedimento tem como objetivo agilizar a liberação de rotas para o transporte de insumos para o tratamento de água potável pela Casan, medicamentos, gás para caldeiras e fogões dos hospitais, combustível para ambulâncias e viaturas, ração para animais, milho e farelo para a produção de ração, disse Alceu de Oliveira. Os integrantes do comitê também fizeram uma avaliação das necessidades de cada setor, em especial das secretarias da Saúde, Agricultura e forças de segurança pública, acrescentou o secretário.


Foto: Jeferson Baldo/Secom

Comitê

O comitê tem realizado reuniões diárias, inclusive com a participação do governador Eduardo Moreira, desde terça-feira (22), no Cigerd junto à Secretaria da Defesa Civil, em Florianópolis. A estrutura faz parte do novo sistema de proteção e defesa civil que está implantado em Santa Catarina e conta com Centro de Monitoramento e Alerta, Meteorologia, Sistema de Hidrometeorologia, Geologia, Mapeamento de Áreas de Risco, Planos de Contingência, Planos de Ações Emergenciais, Gestão de Crise e Respostas a Desastres.

O Centro é autossuficiente, funcionando mesmo sem energia elétrica, e foi preparado para manter a comunicação com as 20 regionais da Defesa Civil no Estado. No projeto foram utilizadas as maiores referências em gestão de crises e desastres do mundo. Os exemplos foram adaptados a características e necessidades de Santa Catarina.

Mais informações para a imprensa:
Vitor Hugo Louzado
Assessoria de Comunicação
Secretaria da Segurança Pública
Fone: (48) 3665-8183 / (48) 99118 9821
E-mail: vhlouzado@hotmail.com