Compartilhe


Fotos: Juliana Bolotin / ADR

Numa iniciativa do Governo do Estado em parceria com a ADR de São Lourenço e municípios, foi realizado, de 25 de novembro a 2 de dezembro, um mutirão de cirurgias de catarata, custeado com recursos estaduais. A ação terminou com um saldo de 1.198 procedimentos cirúrgicos realizados, beneficiando pacientes de 51 municípios do Oeste e Extremo-Oeste catarinense.

Durante os oito dias do mutirão, uma equipe de 20 profissionais entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e pessoas responsáveis pelo cadastramento dos pacientes, atuaram das 6h às 20h na realização de aproximadamente 180 cirurgias por dia.

O mutirão aconteceu nas dependências da Fundação Hospitalar em São Lourenço do Oeste, instituição referência na realização de cirurgias eletivas desta natureza. O secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), Walmor José Pederssetti e a gerente regional de Saúde, Patricia Conteratto, acompanharam as ações durante todos os dias. Além disso, São Lourenço recebeu também a visita de uma representante da Secretaria de Estado da Saúde, Grace Ella Berenhauser, superintendente de Planejamento e Gestão, que acompanhou o mutirão.

O secretário Pederssetti ressalta que é motivo de muita satisfação integrar o quadro de servidores do Governo do Estado e ter a possibilidade de atuar nesta ação que possibilita o restabelecimento da visão a tantas pessoas, sem ônus para os municípios beneficiados. “É gratificante poder participar de um mutirão que garante qualidade de vida às pessoas”, ressaltou. Pederssetti agradece, ainda, a parceria com o município de São Lourenço do Oeste, por meio do prefeito Rafael Caleffi, e da Associação de Municípios do Noroeste Catarinense (AMNoroeste), por meio da servidora Rosi Mari Guarda, cuja atuação muito contribuiu para o sucesso do mutirão.

SAIBA MAIS

Total de municípios atendidos: 51
ADRs beneficiadas: Chapecó, Concórdia, Dionísio Cerqueira, Maravilha, Itapiranga, Quilombo, Palmitos, Seara, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste e Xanxerê.

DEPOIMENTOS

Edilia Francisca Gaboardi, 74 anos, agricultora, residente no município de Ipuaçu, sofria com as limitações impostas pela catarata há quase 10 anos. Ela integra a lista dos 167 pacientes beneficiados com o procedimento cirúrgico neste sábado, primeiro dia do mutirão. Edilia conta que a doença a impedia de trabalhar na agricultura, agora porém, pretende voltar a desenvolver suas atividades como plantar e colher, que é o que mais gosta de fazer.

Olinda Vicentin de Lima, do município de Ponte Serrada, também foi beneficiada com o procedimento. Há três anos aguardava pela cirurgia. Ela conta que a principal limitação imposta pela catarata era dirigir. “Estou feliz e assim que me recuperar voltarei a dirigir sem medo” – conta ela, enfatizando que temia sofrer algum acidente de trânsito por conta da visão prejudicada.

P"Estamos muito felizes em iniciar essa ação pelo Oeste catarinense. Acabar com as filas e melhorar a qualidade de vida das pessoas é uma das coisas que move o Governo do Estado”, disse o secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso.

Juliana Balotin
Assessoria de Comunicação
ADR São Lourenço do Oeste
E-mail: juliana.balotin@gmail.com
Fone: (49) 3372-1002 e (49) 98837-9273
Facebook: https://www.facebook.com/regional.slo/
Site: http://www.sc.gov.br/index.php/regionais/saolourencodooeste