Foto: James Tavares/Secom

Os catarinenses terão um fim de semana de tempo estável e ensolarado. Nesta sexta-feira, 20, a temperatura deve ser acima dos 30°C na maioria das regiões. O vento sopra de nordeste a norte, fraco. Um sistema de massa de ar seco (alta pressão) atua no Sul do Brasil.

Para o sábado, 21, a previsão da Epagri/Ciram indica o predomínio de sol em todas as regiões com nevoeiros isolados na madrugada e amanhecer. No Oeste e Meio-Oeste, aumento da nebulosidade à tarde, com pequena chance de pancadas de chuva bem isolada, devido ao calor. A temperatura segue elevada, especialmente no Oeste.

No domingo, 22, sol em todas as regiões. Do Oeste ao Sul do Estado, haverá aumento da nebulosidade entre a tarde e noite, com pequena chance de pancadas de chuva no Planalto Sul e Litoral Sul, devido ao calor. A temperatura estará elevada para essa época do ano.

Mais informações para a imprensa:
Central de Meteorologia
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5007 e (48) 3665-5172
E-mail: contatociram@epagri.sc.gov.br
Site: www.ciram.epagri.sc.gov.br
Facebook

O último relatório semanal da temporada sobre as condições das praias catarinenses divulgado pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), órgão que substitui a Fatma, nesta quinta-feira, 29, mostra que dos 215 pontos analisados, 147 (68,4%) estão próprios para banho. As coletas foram realizadas entre os dias 26 e 30 de março. O relatório completo pode ser acessado no www.fatma.sc.gov.br ou no aplicativo Praias SC, disponível para Android.

Em Florianópolis, dos 75 pontos analisados, 42 (56%) estão próprios para banho. No restante do Litoral, 105 (75%) estão próprios para banho. Em relação ao relatório anterior, 17 pontos passaram para a condição de impróprio e oito para próprio. Com o fim da temporada os relatórios das condições das praias catarinenses voltam a ser divulgados mensalmente, sempre na última sexta-feira de cada mês. “Além do relatório, sempre orientamos que o banhista também fique atento e considere o histórico do ponto”, explica o gerente de Pesquisa e Análise da Qualidade Ambiental, Oscar João Vasques Filho.

Como a balneabilidade é feita

Para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, o IMA analisa a presença da bactéria Escherichia Coli, encontrada em fezes de animais e humanos. São necessárias cinco coletas consecutivas para se obter o resultado. Além da estrutura do Instituto, outros dois laboratórios parceiros contribuem para as análises.“Começamos a colher as amostras para o início da temporada em 6 de novembro. Quando em 80% das análises a quantidade da bactéria é inferior a 800 por 100 mililitros, o ponto é considerado próprio”, explica Marlon Daniel da Silva, responsável técnico pelo laboratório do IMA.

Os pontos analisados são nos municípios Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Balneário Rincão, Barra Velha, Biguaçú, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Governador. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Porto Belo e São José.

Texto: Anne Caroline Anderson

Mais informações para a imprensa:
Instituto do Meio Ambiente (IMA)
comunicacao@fatma.sc.gov.br
(48) 9-9172-8277


Foto arquivo: Anne Caroline Anderson/Fatma

Os animais marinhos resgatados em Santa Catarina que precisarem de reabilitação para retornarem ao habitat natural vão ganhar um local novo e especial no Parque Estadual do Rio Vermelho, em Florianópolis. O Centro de Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos será inaugurado nesta quarta-feira, 28, às 10h. A obra, executada pelo Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, terá 3 mil metros quadrados de área construída e poderá receber mais de 170 animais marinhos ao mesmo tempo.

O Centro será administrado Associação R3 Animal. A R3 é uma das instituições executoras do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos. Este será o maior local especializado em reabilitação e despetrolização de animais marinhos do Brasil. 

CAPACIDADE PARA RECEBER 120 ANIMAIS

Serão 12 piscinas, sendo uma para abrigar pinguins; outra para aves voadoras; golfinhos; lobos/leões marinhos e oito para uso misto. O Centro ainda contará com ambulatório, salas de estabilização, internação e isolamento, laboratório de análises clínicas, sala de necropsia, para o caso dos animais encontrados mortos, cozinha para preparação de alimentos para animais e área administrativa. Será possível receber 120 pinguins, 50 aves voadoras, dois leões/lobos-marinhos e um golfinho ao mesmo tempo.

O Centro atenta para a sustentabilidade e terá seu próprio sistema de tratamento de efluentes, captação de água da chuva e sistema de energia fotovoltaica.

Em caso de avistamento de animal marinho ferido ou morto, recomenda-se manter a distância, evitar aglomerações e acionar imediatamente a instituição, pelo telefone 0800 642 3341.

Mais informações

(48) 3018 2316 - Cristiane Kolesnikovas – Coordenadora do PMP- BS/Associação R3 Animal
(47) 9 9950 5906 – Nilson Coelho – Assistente de Comunicação PMP-BS/Associação R3 Animal

Mais informações para a imprensa:
Ênio Novaes
Assessoria de Comunicação
Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA)
E-mail: comunicacao@fatma.sc.gov.br / enionovaes@fatma.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-4177 / 99172-8277
www.fatma.sc.gov.br

O Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), órgão que substitui a Fatma, emitiu nesta quinta-feira, 22, o 15º relatório das condições das praias catarinenses. De acordo com o documento, dos 215 pontos analisados, 156 (72,6%) estão próprios para banho. As coletas foram realizadas entre os dias 19 e 22 de março. O relatório completo pode ser acessado no www.fatma.sc.gov.br ou no aplicativo Praias SC, disponível para Android.

Em Florianópolis, dos 75 pontos analisados, 50 (66,7%) estão próprios para banho. No restante do Litoral de SC, 106 (75,7%) estão próprios para banho. Em relação ao relatório anterior, nove pontos passaram para a condição de impróprio e 14 para próprio. “Além do relatório, sempre orientamos que o banhista também fique atento e considere o histórico do ponto”, explica o gerente de Pesquisa e Análise da Qualidade Ambiental, Oscar João Vasques Filho.

Como a balneabilidade é feita

Para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, o IMA analisa a presença da bactéria Escherichia Coli, encontrada em fezes de animais e humanos. São necessárias cinco coletas consecutivas para se obter o resultado. Além da estrutura do Instituto, outros dois laboratórios parceiros contribuem para as análises.“Começamos a colher as amostras para o início da temporada em 6 de novembro. Quando em 80% das análises a quantidade da bactéria é inferior a 800 por 100 mililitros, o ponto é considerado próprio”, explica Marlon Daniel da Silva, responsável técnico pelo laboratório do IMA.

Os pontos analisados são nos municípios Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Balneário Rincão, Barra Velha, Biguaçú, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Governador. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Porto Belo e São José.

Na internet

Durante a temporada de verão, a Fatma realiza as análises semanalmente. Assim que os resultados são cadastrados no sistema, o site e o aplicativo são atualizados automaticamente.

Texto: Anne Caroline Anderson

Mais informações para a imprensa:
Instituto do Meio Ambiente (IMA)
Ênio Novaes
comunicacao@fatma.sc.gov.br
(48) 3665.4177 / 99172.8277


Santo Antonio de Lisboa, em Florianópolis - Foto: James Tavares/Secom

Em Santa Catarina, o tempo estará instável nesta quinta-feira, 22, com sol entre nuvens em boa parte da manhã e pancadas isoladas de chuva com trovoadas no Oeste e Meio-Oeste, no período da tarde e noite, devido ao rápido aumento da temperatura. Já no Litoral, não há previsão de chuva e a temperatura, que no amanhecer estava mais amena, sobe rapidamente chegando próximo aos 28°C.

No Vale do Itajaí e Planalto Norte do Estado, o dia será de sol com poucas nuvens. A condição de chuva é pequena. Na Serra catarinense, a temperatura é mais baixa, com presença de nevoeiro, típica da região. O sol predomina sem indicativo de chuva na região. À noite, a temperatura volta a baixar em todos o Estado devido à massa de ar mais seco e frio.

Chuva no final de semana

Para essa sexta-feira, 23, o tempo terá aumento de nebulosidade no decorrer do dia. No Oeste e Meio-Oeste devem ocorrer pancadas de chuva isolada à tarde e à noite. No sábado, a previsão também é de sol em SC com pancadas de chuva e trovoada a partir da tarde do Oeste ao Litoral Sul e a partir da noite nas demais regiões devido à chegada de uma frente fria. O domingo será encoberto e com chuva em todas as regiões. Do Oeste ao Litoral Sul, o tempo melhora no decorrer do dia.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Na véspera do Dia Mundial da Água, celebrado todo dia 22 de março, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), chama atenção para o uso racional da água, com o Plano Estadual de Recursos Hídricos, entregue à população na última semana. Para elaborar o documento, foram investidos R$ 3 milhões de recursos estaduais e a Fundação Centro de Referência de Tecnologias Inovadoras (Certi) ficou 18 meses trabalhando no estudo. 

Empresas inscritas no Cadastro Ambiental Legal de Santa Catarina têm até dia 31 desse mês para entregar o Relatório Anual de Atividades Potencialmente Poluidoras e Utilizadoras de Recursos Ambientais (RAPP). Os dados a serem preenchidos se referem ao período entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2017. O relatório deve ser preenchido e entregue no servicos.ibama.gov.br/ctf

Enquanto o licenciamento ambiental analisa se um empreendimento tem condições de operar em determinado local, o Cadastro Ambiental Legal identifica pessoas e empresas que desempenham atividades que possam gerar algum dano ao meio ambiente. O cadastro serve para auxiliar o monitoramento do meio ambiente e fiscalização pelos órgãos ambientais.

“A entrega do Relatório Anual de Atividades contribui para o monitoramento e fiscalização das atividades capazes de causar degradação ambiental, além de permitir a geração de informações para subsidiar políticas públicas”, explica o superintendente do Ibama em Santa Catarina, Jorge Luiz Acioli.

A gestão do Cadastro Ambiental Legal SC é realizada pelo Ibama, Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), ex-Fatma, Polícia Militar Ambiental e Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável. 

Texto: Anne Caroline Anderson

Mais informações para a imprensa: 
Ênio Novaes
(48) 3665.4177/99172.8277
Ascom IMA


Florianópolis. Foto: James Tavares/Secom

O segundo dia do outono em Santa Catarina será com aberturas de sol do Oeste ao Sul e na Grande Florianópolis. No Norte catarinense, o tempo melhora à noite. A temperatura segue mais baixa. O vento sopra de sul a sudeste, fraco a moderado.

Para a quinta-feira, 22, a previsão da Epagri/Ciram indica mais nuvens e nevoeiros no início da manhã, e sol no decorrer do dia em todo o Estado. No Oeste e Meio-Oeste, há condição de pancadas isoladas de chuva à tarde. A temperatura segue em elevação.

Recomenda-se o acompanhamento diário da previsão do tempo.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros no número 193.

Mais informações:
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5006

No novo relatório de balneabilidade da temporada de verão, divulgado nesta sexta-feira, 16, pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), órgão que substitui a Fatma, constam as amostragens e ensaios efetuados nos municípios de Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Balneário Camboriú, Balneário Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Governador Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Piçarras, Porto Belo e São José. Neste relatório, pode-se observar que 11 pontos passaram da condição de próprio para impróprio e nove pontos passaram da condição de impróprio para próprio. As coletas realizadas na semana de 12 e 16 de março de 2018 e o relatório completo podem ser acessados no site do IMA ou no aplicativo Praias SC, disponível para Android – APP PRAIAS SC.

Dos 215 pontos analisados, 151 (70,2) estão próprios para banho. Em Florianópolis, dos 75 pontos avaliados, 46 (61,3%) estão próprios para banho. No restante do Litoral, 105 (75,0%) dos locais analisados estão seguros para os banhistas. "Apesar de estar próximo do fim da temporada de Verão, pedimos ainda a atenção dos usuários/banhistas para situação do ponto em uso. É que placas estão sendo danificadas, vandalizadas, queimadas e até excluídas do local onde foram implantadas para informar a condição do ponto amostrado”, alertou Marlon Daniel da Silva, responsável técnico pelas análises. O último relatório de balneabilidade da temporada de verão será divulgado no dia 30 de março, depois serão divulgados mensalmente na última sexta-feira de cada mês.

Como a balneabilidade é feita

Para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, o IMA analisa a presença da bactéria Escherichia coli, presente em fezes de animais e humanos. São necessárias cinco coletas consecutivas para se obter o resultado. “Começamos a colher as amostras para o início da temporada, em 6 de novembro. Quando em 80% das análises a quantidade da bactéria é inferior a 800 por 100 mililitros, o ponto é considerado próprio”, desta Marlon. Além da estrutura do instituto, outros dois laboratórios parceiros contribuem para as análises.

Na internet

Durante a temporada de verão, o IMA realiza as análises semanalmente. Assim que os resultados são cadastrados no sistema, o site e o aplicativo são atualizados automaticamente. “Indicamos que se observe o histórico do local. Se, na maior parte do tempo está próprio, a chance de estar contaminado é menor que um local que apresenta um histórico de impropriedade”, explica o gerente de Pesquisa e Análise Ambiental, Oscar João Vasquez Filho, gerente de Pesquisa e Análise da Qualidade Ambiental do IMA.

Mais informações para a imprensa:
Ênio Novaes
Assessoria de Comunicação
Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA)
E-mail: comunicacao@fatma.sc.gov.br / enionovaes@fatma.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-4177 / 99172-8277
www.fatma.sc.gov.br


Foto: James Tavares/Secom

O último fim de semana de verão terá sol com algumas nuvens em Santa Catarina. No fim do dia desta sexta-feira, 16, há condição de chuva isolada nas áreas mais próximas ao Paraná. A temperatura estará em rápida elevação. O vento sopra de sul a sudeste, fraco a moderado.

Para o sábado, 17, a previsão da Epagri/Ciram indica sol com aumento de nuvens no decorrer da tarde e pancadas de chuva bem isoladas, típicas de verão. A temperatura segue em elevação. O vento soprará de sudeste a nordeste, fraco a moderado. E o domingo, 18, será de sol e calor em SC, com aumento de nuvens no Sul do Estado no decorrer da tarde.

Recomenda-se o acompanhamento diário da previsão do tempo.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros no número 193.

Mais informações:
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5006