Compartilhe


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

Em reconhecimento pelos projetos sociais que faz, o médium e filantropo Divaldo Pereira Franco recebeu do governador Eduardo Pinho Moreira a medalha Zilda Arns Neumann. A honraria foi entregue durante inauguração da exposição Os Pacificadores na noite desta sexta-feira, 13, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), em Florianópolis.

“Divaldo é um homem que prega e pratica a caridade e que através de suas ações e exemplos mostra ao Brasil e ao mundo que é possível, com o esforço de cada um de nós, mudar a realidade. Por isso, o governo catarinense faz essa homenagem justa para alguém que vem a Santa Catarina trazer bons exemplos”, disse o governador.

“Lutar pela paz é o dever de todos nós e sabemos que os poderes constituídos, como a Assembleia Legislativa e o Governo de Santa Catarina, devem criar, preservar e sobretudo fazer da paz, a bandeira da ordem e do progresso”, enfatizou Divaldo Franco.

A MEDALHA

A Medalha Zilda Arns Neumann homenageia pessoas e instituições que se destacam em trabalhos, ações e projetos sociais relevantes voltados a crianças e adolescentes. Foi criada pelo decreto nº 952, de 8 de maio de 2012, e é entregue pelo chefe do Executivo.



>>> Fotos na galeria

Na cerimônia de entrega, Pinho Moreira destacou a importância do papel desempenhado pela catarinense Zilda Arns, dedicada a caridade e a fazer o bem. “Ela é uma das brasileiras mais importantes da história.  Por meio de sua profissão promoveu cuidado a crianças e idosos. Com seu trabalho tivemos uma diminuição da mortalidade infantil no nosso país. Essa medalha significa uma homenagem a pessoas que se dedicam a promover o bem e a paz”.

O HOMENAGEADO

Nasceu em 5 de maio de 1927, em Feira de Santana, Bahia, se comunicando com os Espíritos desde a infância. É professor e reconhecido como um dos maiores médiuns e oradores espíritas da atualidade, além de ser o maior divulgador da Doutrina Espírita por todo o Mundo. 
A exposição

A exposição Os Pacificadores é resultado da parceria entre a Federação Espírita Brasileira (FEB) e a Federação Espírita Catarinense (FEC) que elucida e traz a reflexão sobre a responsabilidade de cada cidadão como construtor da paz. Entre as personalidades lembradas nesta exposição estão: Gandhi, Martin Luther King Jr, Nelson Mandela, Albert Schweitzer, Madre Tereza, Chico Xavier e Divaldo Franco. A mostra estará aberta até 27 de abril.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC