Compartilhe


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira empossou na tarde desta terça-feira, 20, no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis, o secretário Paulo Eli e o adjunto Marco Aurélio Dutra na Secretaria de Estado da Fazenda. Seu antecessor era o auditor fiscal, Renato Lacerda.

“Com grande experiência como gestor público, Paulo Eli vai fazer um controle absoluto dos gastos e sabendo que o Governo do Santa Catarina tem muitas prioridades, mas nesse momento são duas vitais e fundamentais, Segurança Pública e Saúde, e esses setores terão recursos”, disse o governador.

O novo secretário falou de cinco desafios que serão enfrentados durante os próximos 10 meses de sua gestão, trabalhar com menos servidores, prestar mais serviços e ter maior agilidade; colocar as contas do Estado em dia; trabalhar o presente e construir o futuro; melhorar a gestão orçamentária, financeira, contábil e o controle interno; e conseguir recursos novos, fora da tributação, para fechar as contas desse ano.

>>> Mais imagens na galeria

“Os maiores desafios da Secretaria da Fazenda esse ano é realmente trabalhar com menos gente, porque nosso quadro está reduzido e dois terços estão com tempo de aposentadoria. Vamos ter que aprender a trabalhar com menos gente usando tecnologia e as ferramentas disponíveis hoje. Somos 964 servidores ativos, dos quais 67 ocupam cargos de chefia, 57 são comissionados puros e 11 são CLT, além dos 1.307 inativos e 112 bolsistas.  Dos servidores ativos, dois terços podem se aposentar nos próximos 5 anos. E a folha de pagamento dos inativos é maior que a folha de pagamento dos ativos”, explicou o secretário Paulo Eli.

O secretário acredita em uma retomada do crescimento da receita durante 2018 e comparou os anos de 2017 e 2014. “A receita de 2017 foi inferior a de 2014, em termos reais descontada a inflação, e isso causou todos os problemas que nós estamos vivendo hoje.

O secretário

É natural de Rancho Queimado, Santa Catarina. Com 41 anos de experiência na administração pública, dos quais 34 deles dedicados exclusivamente à Fazenda de SC, Paulo Eli é graduado em Administração, Ciências Contábeis e Gestão Fazendária pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Entre os destaques do currículo, estão ainda a especialização em Política e Estratégia pela Escola Superior de Guerra do Ministério da Defesa.

O adjunto

Formado em administração de empresas, administração pública e direito, com especialização em auditoria pela UFSC e em administração tributária pela Esaf, Marco Aurélio Dutro ingressou como auditor fiscal da Secretaria da Fazenda de SC em 1984, trabalhou no campo como julgador de processo fiscal e como conselheiro do Tribunal Administrativo Tributário (TAT). Foi diretor da dívida de 1995 a 1997 e do Tesouro em 2003. Por duas vezes (1998 e 2006) ocupou o cargo de secretário de Estado da Fazenda. Foi secretário adjunto da Casa Civil em 2005 e 2006. Também foi diretor administrativo-financeiro da Celesc Geração de 2009 a 2011; diretor administrativo financeiro da Secretaria de Estado da Administração e até então ocupava o cargo de secretário adjunto da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC