Compartilhe


Foto: Heron Queiroz / Fesporte

A tradicional cerimônia do fogo simbólico que anuncia a 57ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) foi realizada noite desta quinta-feira, 19, na Sociedade Esportiva Bandeirante, em Brusque.

O salão nobre do Bandeirante esteve repleto para o ato do acendimento do fogo que representa a essência dos Jogos Abertos de Santa Catarina. No berço dos Jasc, onde o empresário Arthur Schllösser deu início à principal competição esportiva em 1960, a emoção tomou conta dos presentes. Recheado de simbolismos, como o recebimento da bandeira dos Jogos pelo município sede da 57ª edição, o ponto alto da noite, claro, foi com o acendimento da pira. 

O prefeito de Brusque, Jonas Paegle, e o vice-prefeito de Lages, Juliano Polese, tiveram a honra de decretar mais um passo para o início da 57ª edição dos Jasc.

Em alusão ao fogo olímpico, referente às Olimpíadas de origem na Grécia, a cerimônia em Brusque teve o seu ápice com a entrada do fogo simbólico. A tocha dos Jasc foi acesa pela neta de Arthur Schllösser, Eugência Schllösser. Em seguida, Juliano e Jonas acenderam a pira da 57ª edição dos Jogos.

"É um motivo de alegria, reabitando os Jogos Abertos de Santa Catarina, isso nasceu em 1960. Como prefeito, é uma alegria e uma satisfação, realmente os Jogos Abertos integram todos os municípios de Santa Catarina. É uma satisfação, pois isso marca uma nova etapa, estamos voltando ao que éramos. É um motivo de alegria acender esse fogo" disse o prefeito de Brusque.

Emocionado, o presidente da Fesporte, ressaltou a importância do esporte na sociedade catarinense. "Estamos aqui hoje onde tudo começou. O fogo jamais vai apagar, pois Brusque e a Fesporte não vão deixar. Não vamos deixar essa chama perder a força."

Lages recebe da Fesporte a bandeira dos Jogos Abertos

Representado por Juliano Polese, vice-prefeito e também presidente da Comissão Central Organizadora, o município-sede Lages recebeu das mãos do presidente da Fundação Catarinense de Esporte, Erivaldo Nunes Caetano, a bandeira dos Jogos Abertos. O ato simbólico representou a oficialização da cidade como a detentora, por nove dias dos Jasc. 

"É uma responsabilidade muito grande de realizar um evento tão grandioso como esse, mas tenho a certeza de que será uma experiência inesquecível para atletas e comunidade em geral", disse o vice-prefeito.

Emoção toma conta dos homenageados

Nove nomes que muito fizeram para Santa Catarina foram homenageados e, certamente, na noite desta quinta-feira, foi o momento de maior emoção e também aplausos pelo público presente. 

 

Arthur Schlosser (in memoriam), Rubens José Facchini (in memoriam), Orlando Francisco Muller, Ruth Mosimann Hoffmann, Vinícius José Bado, Bruno Appel, Osni Cesar Muller e Rudi Nodari. Todos exibiram muita emoção no momento de receber uma placa de agradecimento pelo serviço prestado ao esporte catarinense.

 A chama dos Jogos Abertos de Santa Catarina desembarca em Lages e, no dia 3 de novembro, iniciará a 57ª edição. A competição seguirá até o dia 11, com a expectativa de reunir mais de 4 mil atletas para a disputa de 26 modalidades.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Koerich
Assessoria de Imprensa
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ 9 9959-8096
E-mail: heronqueiroz@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br