Foto: Antonio Prado/Fesporte

A terça-feira, 19, foi de festa para os catarinenses nas quadras de Curitiba, onde estão sendo realizados os Jogos Escolares da Juventude (JEJ) 12 a 14 anos. Das oito modalidades esportivas, apenas o handebol feminino não conseguiu classificação. Se a segunda-feira foi de tensão e superação para Santa Catarina, a terça foi de festa para os catarinenses. Na parte da manhã, as meninas entraram em quadra e, à tarde, foi a vez dos rapazes.

Seis escolas catarinenses foram ao jogo com a classificação para a semifinal garantida. Apenas o handebol feminino dependia de uma vitória para a classificação. E ela veio. O restante brigava pelo primeiro lugar na chave a partir de uma vitória.

A primeira vitória do dia veio com o voleibol feminino da Escola Estadua Rodrigues Alves, de Saudades: 2x0 diante das mineiras com parciais de 25x12 e 25/15, o que garantiu o primeiro lugar na chave.

Depois, as meninas do handebol do Colégio São Bento, de Criciúma, foram para o jogo contra as estudantes do Espírito Santo e perderam por 21 a 7. Com a terceira derrota em três jogos, Santa Catarina foi rebaixada para a segunda divisão da modalidade para 2018.

Posteriormente o futsal feminino do Colégio Rogacionista, de Criciúma, fez um jogo bastante equilibrado contra as estudantes do Paraná. As paranaenses abriram o placar, mas depois as catarinenses impuseram uma forte marcação e conseguiram virar para 3 a 2. Mas faltando cinco segundos para o fim do jogo, o time da casa empatou em 3 a 3. Na decisão por pênaltis, as criciumenses perderam por 4 a 3, se classificando em segunda lugar.

Já as meninas do basquete do Colégio Sagrada Família, de Blumenau, lideradas por Luana, que anotou 15 pontos, tiveram uma vitória épica diante do Colégio Agnes, de Pernambuco. Faltavam dois minutos para o fim da partida e as catarinenses perdiam por 27 a 23. A derrota representava a desclassificação do torneio, já que o time tinha apenas uma vitória.

 De repente as meninas tiraram uma força interior até então desconhecida na competição e foram para cima das pernambucanas. Resultado: empataram em 29 a 29 no último segundo do jogo.

Na prorrogação, já com adrenalina mais equilibrada, as blumenauenses apresentaram um maior volume de jogo e venceram a partida em 38 a 33, se classificando para a semifinal em segundo lugar no grupo.

Mais emoção na parte da tarde

Na parte da tarde, as emoções começaram com o futsal masculino do Colégio Recriarte, de Camboriú, que obteve uma fácil vitória sobre o Colégio Máster, do Rio Grande do Norte: 5 a 2, com destaque para Daniel, autor de dois gols.

A vitória trouxe energias positivas para o handebol masculino do Colégio Aplicação Uniarp, de Caçador, que também venceu. As vítimas da vez foram os paranaenses: 28 a 23, com grande atuação de Otávio Colussi, que marcou 11 gols.

Depois, foi a vez dos meninos do vôlei da Escola Erwin Prade, de Timbó, entrarem em quadra e construir uma tranquila vitória diante dos pernambucanos: 2 a 0, com parciais de 25/14 e 25/13.

Em seguida, o basquete masculino do Instituto Jangada, de Jaraguá do Sul, foi para o jogo contra os alagoanos disposto a mostrar serviço e sacramentar a posição de número um do grupo. Em tarde inspirada, Guilherme Silva fez 19 pontos e ajudou os catarinenses a vencer a partida em 50 a 31.

Os JEJ são uma promoção do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e têm a participação de mais de quatro mil atletas. A delegação catarinense é gerenciada pelo Governo Estadual por meio da Fesporte e é composta ao todo por 162 jovens competidores de 77 escolas de 37 municípios.

Até às 21h15, o COB não havia divulgado os confrontos das semifinais desta quarta-feira, 20. Mas pelos resultados dos grupos até o momento, estão definidos os seguintes confrontos das equipes catarinenses:

Futsal masculino 
Colégio Recriarte/Camboriú x EE Pedro Lessa/MG

Voleibol masculino
Escola Erwin Prade/ Timbó x Escola Luis Loeses/RG

Voleibol feminino
EEB Rodrigues Alves/Saudades x Cel/RJ 

Basquete feminino
Colégio Sagrada Família/Blumenau x Santa Mônica Cent. Ed. Madureira/RJ

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ 99696-3045
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 

A equipe masculina de basquetebol da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) conquistou a medalha de bronze na etapa nacional da Liga do Desporto Universitário de Quadras (LDU), que ocorreu entre 12 e 17 de setembro, em Recife. A competição reuniu os vencedores das chamadas Conferência Norte, Nordeste, Central e Sul, ou seja, as quatro melhores equipes universitárias do país.

A Udesc ganhou uma das partidas, contra a Universidade da Amazônia (Unama), do Pará, e perdeu as outras duas, contra o Centro Universitário Maurício de Nassau (Uninassau), de Pernambuco, e as Faculdades Integradas da União Pioneira de Integração Social (Upis), do Distrito Federal. "Essa conquista significa muito para a Udesc. Quando comparamos a nossa realidade com a de outras universidades, é muito mais trabalhoso para nós conseguirmos manter uma equipe de rendimento", ressalta a coordenadora de Eventos da universidade catarinense, Josiele Alves.

O time da Udesc é treinado pelo professor Maurício Camaroto e contou com acadêmicos de cinco centros (CAV, CCT, Ceart, Cefid e Cesfi) e um atleta convidado das Faculdades Avantis. "Os meninos estão de parabéns. Deram seu melhor em quadra e saímos com um ótimo resultado", comemora Josiele. A equipe masculina de basquetebol da Udesc conquistou a vaga para a fase final após ter ganhado a Conferência Sul, que foi realizada entre 29 de maio e 3 de junho, em São José dos Pinhais (PR).

Entre 18 e 23 de outubro, a Udesc disputará os Jogos Universitários Brasileiros (Jubs), em Goiânia, com dez atletas de seis modalidades: tênis feminino, basquete 3x3 feminino, xadrez masculino, natação masculino, futebol virtual e Jubs Acadêmico (apresentação de artigos científicos sobre esportes).

Liga com novo formato

A partir deste ano, as antigas etapas regionais da LDU de Quadras passaram a se chamar conferências, sendo divididas em Norte, Nordeste, Central e Sul, que teve instituições de ensino superior do Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.

Na Conferência Central, estão incluídos Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro. A Norte abrange todos os estados da região Norte do Brasil, além do Maranhão, enquanto a Nordeste engloba todos os estados da região, com exceção do Maranhão.

A Liga do Desporto Universitário de Quadras é uma realização da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), com patrocínio do Banco Itaú e Onza Indústria de Confecções e apoio do Ministério do Esporte, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Ao todo, 385 atletas de 11 estados participaram da etapa nacional da LDU, disputando basquetebol, futsal, handebol e voleibol nas categorias feminina e masculina. Confira a pontuação e a classificação geral

Mais informações para a imprensa: 
Rodrigo Brüning Schmitt
Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br / rodrigo.schmitt@udesc.br
Telefones: (48) 3664-7935/8010
www.udesc.br


Foto: Antonio Prado/Fesporte

Foram oito partidas, sete vitórias e apenas uma derrota, o que dá um saldo bastante positivo para Santa Catarina no primeiro dia das modalidades coletivas neste domingo, 17, nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) 12 a 14 anos, em Curitiba. O destaque do dia foi a goleada de 9 a 3 do futsal feminino Colégio Rogacionista, de Criciúma, sobre as estudantes baianas do Colégio Integral. Gols foram marcados por Liriel (5), Kemeli (2) e Andressa (2).

Já o futsal masculino do Colégio Recriarte, de Camboriú, teve uma partida mais difícil, vencendo de virada o Colégio Objetivo, de São Paulo, por 2 a 1, com gols de David e Kaiki.

>>> Galeria de fotos

Outra vitória apertada veio no handebol masculino do Colégio Aplicação da Uniarp, de Caçador: 21 a 18 diante do Instituto Educacional O Mestre, do Rio Grande do Norte.

A equipe começou nervosa na primeira etapa e não conseguia encaixar seu jogo, perdendo gols fáceis, mas, no final, imprimiu uma forte marcação e conseguiu vencer. O armador esquerdo Otávio Colussi foi o artilheiro catarinense com nove gols.

Já o handebol feminino de Santa Catarina perdeu por 15 a 12, com o Colégio São Bento, de Criciúma, para as meninas do Instituto Educacional 13 de Maio, do Mato Grosso.  

>>> Mais informações e fotos no site da Fesporte

No basquete masculino, os catarinenses do Instituto Jangada, de Jaraguá do Sul, obtiveram uma vitória tranquila diante Colégio Salesiano Dom Bosco, do Rio Grande do Norte: 70 a 36. O cestinha do time catarinense foi o ala/pivô Guilherme Nathan, com 21 pontos.

A realidade do basquete feminino do Colégio Sagrada Família, de Blumenau, foi diferente, já que venceram com dificuldade por 44 a 40 o Centro Educacional Bartolomeu Mitre, do Paraná. A ala Ana, de Blumenau, foi a cestinha da partida, com 21 pontos.

“As meninas estavam nervosas por ser uma estreia em um campeonato brasileiro. Mas esta vitória foi positiva para dar um incentivo a mais nas próximas partidas”, destacou a treinadora blumenauense Bruna Rodrigues.

No voleibol masculino, os estudantes da Escola Erwin Prade, de Timbó, passaram fácil diante pelo Colégio Batista, do Ceará: 2 a 0 com parciais de  25/12 e 25/7.

O mesmo placar se repetiu no voleibol feminino da Escola Estadual Rodrigues Alves, de Saudades, que fez 2 a 0 em cima do time da Escola Fátima, do Distrito Federal, com parciais de 25/12 e 25/15.

Os JEJ são uma promoção do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e têm a participação de mais de 4 mil atletas. A delegação catarinense é gerenciada pelo Governo Estadual por meio da Fesporte e é composta ao todo por 162 jovens competidores de 77 escolas de 37 municípios.

>>> SC fecha 1ª parte dos Jogos Escolares da Juventude com 30 medalhas

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ 99696-3045
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Daniel Augusto Raduenz, de Pomerode (ao centro) conquistou duas medalhas de ouro no atletismo. Foto: Wander Roberto/Exemplus/COB

Com o final das modalidades coletivas (atletismo, badminton, ciclismo natação, ginástica rítmica, tênis de mesa, judô e xadrez), nesta sexta-feira, 15, dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) para estudantes de 12 a 14 anos, em Curitiba, o time de Santa Catarina fechou sua participação com um saldo positivo de 30 medalhas sendo seis de ouro, nove de prata e 15 de bronze. Só nesta sexta, foram 12 medalhas conquistadas. Agora, as atenções estão voltadas para o início das chamadas modalidades coletivas: basquete, vôlei, handebol e futsal. As disputas começam no domingo, 17, até o dia 21.

O destaque do time de Santa Catarina na primeira parte dos JEJ foi Daniel Augusto Raduenz, da Escola Estadual Almirante Barroso, de Pomerode, que conquistou duas medalhas de ouro no atletismo. Venceu no lançamento do dardo, com direito a recorde brasileiro escolar com a marca de 55m,81cm, e também foi ouro no arremesso do peso com a marca de 15m16cm.

Para os integrantes da Fesporte, que gerencia toda a logística em Curitiba, o saldo foi positivo. “Os resultados foram satisfatórios nesta primeira etapa. Santa Catarina continua mantendo a média de conquistas dos últimos anos, brigando pelos primeiros lugares com gigantes como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná. Com o início das modalidades coletivas, a expectativa é por mais medalhas para nosso estado”, enfatizou Josélia Maranho, da Fesporte, e chefe da delegação catarinense.

Os JEJ são uma promoção do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e tem a participação de mais de quatro mil atletas. A delegação catarinense é gerenciada pelo Governo Estadual por meio da Fesporte e é composta ao todo por 162 jovens competidores de 77 escolas de 37 municípios.

Confira as medalhas de SC nas modalidades individuais 

MEDALHA DE OURO

Atletismo masculino/Arremesso do peso: Daniel Augusto Raduenz, da EEB Almirante Barroso, de Pomerode.

Atletismo masculino/Lançamento do dardo: Daniel Augusto Raduenz, da EEB Almirante Barroso, de Pomerode.

Atletismo feminino/Revezamento 4x75: Nicole Bertipalha de Carvalho/EEB Gama Rosa /São Pedro de Alcântara, Camilly Carolini dos Santos/ EM Eladir Skibinski/Joinville, Letícia Lucindo Dell Agnolo/ Colégio Cenecista Elias Moreira/Joinville e Beatriz Neckel da Silva/ Colégio Energia/ Balneário Camboriú.

Judô feminino/Equipe: Larissa Nienchotter/Colégio Adventista de Itajaí, Helena Oliveira/EEB Idelfonso Linhares/Florianópolis,Vitória Rodrigues/ EEB Gov. Bornhausen/Arroio Trinta, Joice de Souza/ E.E.F Mont’Alverne/Ituporanga, Giovana Galkowski/Colégio Bom Jesus São José/São Bento do Sul,Gabrielly Duarte/Colégio Salesiano/Itajaí, Ana Cardoso/ EM Prof. Zulma do Rosário Miranda/Joinville e Tiffany Weinfurter/EM Henrique Midon/Itajaí.

Xadrez feminino pensado: Maria Eduarda Gomes/EEB Dom Joaquim Dagostini, de Lacerdópolis.

Xadrez masculino bliz: Nathan Felipe Filgueiras/Colégio Sagrada Família/ Blumenau.

MEDALHA DE PRATA

Atletismo masculino/Arremesso do peso: Rodrigo Trenhago/ EEB Jacob Guiso/Chapecó.

Atletismo feminino/80m com barreiras: Gabriela Genevro/Colégio Dom Bosco/Chapecó.

Natação masculina 200m Medley: Gustavo Carvalhais Ribeiro/Colégio Dom Jaime Câmara/São José.

Natação masculina 400m livre: Gustavo Carvalhais Ribeiro/Colégio Dom Jaime Câmara/ São José.

Judô masculino até 40kg: Zuke Leivas Muller/EEB Abílio Manoel de Abreu/ Florianópolis. 

Judô masculino até 44 kg: Wesley Leonardo Niels/Colégio Menino Jesus/Blumenau. 

Tênis de mesa/Dupla mista: Thiago Hau França/EEB São Bento/São Bento do Sul e Maria Eduarda Magagnin/EEB Anair Voltolini/Epav/Pouso Redondo.

Tênis de mesa equipe feminina: Maria Eduarda Magagnin/EEB Anair Voltolini/Epav/ Pouso Redondo e Maria Eduarda Comin/Colégio Superação/Videira.

Xadrez masculino pensado: Nathan Felipe Filgueiras/Colégio Sagrada Família/Blumenau.

MEDALHA DE BRONZE

Atletismo feminino/ 250m: Camily Caroline/EM Eladir Skibinski/Joinville.

Badminton dupla mista: Andrei Morgan e Camila Foschieira/EEB São Luís/ União do Oeste.

Badminton dupla masculina: Kauan Sttocco/Colégio de Aplicação/Caçador e Andrei Morgan/EEB São Luís/União do Oeste.

Badminton dupla feminina: Natália Stein/Colégio de Aplicação/Caçador e Camila Foschieira/EEB São Luís, de União do Oeste.

Judô masculino até 36kg:Thiago Camargo Ribeiro/EEB Nélson Horostecki/Chapecó.

Judô feminino até 53kg: Giovana Galkowski/Colégio Bom Jesus São José/São Bento do Sul.

Judô feminino até 48kg: Joice de Souza/EEB Mont Alverne/Rio do Sul.

Natação masculina revezamento 4x50 meddley: Lucca Tonin/Bom Jesus Ielusc/Joinville, Lucas Farias/Colégio Marista/Criciúma, Gustavo Carvalhais/Dom Jaime Câmara/São José e Tiago Konescki/Educandário Imaculada Conceição/Florianópolis.                               

Tênis de mesa/Equipe masculina: Lucas Grossl e Thiago Hau França/EEB São Bento/São Bento do Sul. 

Tênis de mesa/Dupla masculina: Thiago Hau França/EEB São Bento/São Bento do Sul e Lucas Grossl/EEB São Bento/São Bento do Sul.

Tênis de mesa/Dupla mista: Lucas Grossl/EEB São Bento/São Bento do Sul e Maria Eduarda Magagnin/EEB Anair Voltolini/Epav/Pouso Redondo.

Tênis de mesa/Dupla feminina: Maria Eduarda Magagnin/EEB Anair Voltolini/Epav/ Pouso Redondo e Maria Eduarda Comin/Colégio Superação/Videira.  

Tênis de mesa individual masculino: Thiago Hau França/EEB São Bento/São Bento do Sul.

Tênis de mesa individual feminino: Maria Eduarda Magagnin/EEB Anair Voltolini/Epav/ Pouso Redondo.

Tênis de mesa individual feminino: Maria Eduarda Comin/Colégio Superação/Videira. 

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ 99696-3045
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Gabriela Genevro (Colégio Dom Bosco/Chapecó) foi prata nos 80 metros com barreiras. Fotos: Antonio Prado/Fesporte

Nesta quinta-feira, 14, penúltimo dia de competição das modalidades individuais, Santa Catarina conquistou 12 medalhas nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) para estudantes de 12 a 14 anos, em Curitiba. Foram medalhas cinco de prata e sete de bronze. Em dois dias de disputas, o estado soma, no total, 18 medalhas (uma de ouro, oito de prata e nove de bronze).

O judô conquistou cinco medalhas, sendo três de bronze e duas de prata. As de prata vieram com Zuke Leivas Muller, da EEB Abílio Manoel de Abreu, de Florianópolis, categoria até 40kg; e Wesley Leonardo Niels, do Colégio Menino Jesus, de Blumenau, categoria até 44kg.

Já as medalhas de bronze do judô foram conquistadas por Thiago Camargo Ribeiro, da Escola Estadual Nelson Horostecki, de Chapecó, categoria até 36 quilos; Giovana Galkowski, do Colégio Bom Jesus São José, de São Bento do Sul, categoria até 53kg; e Joice de Souza, da Escola Estadual Mont Alverne, de Rio do Sul.

A quinta-feira foi de apenas duas medalhas no atletismo. A primeira foi uma de prata com Gabriela Genevro, do Colégio Dom Bosco, de Chapecó, na prova dos 80 metros com barreiras. A segunda veio com uma de bronze de Camily Caroline, da Escola Municipal Eladir Skibinski, de Joinville, nos 250 metros. O atletismo se encerra nesta sexta-feira, 15, e os atletas catarinenses disputam nove finais.

No tênis de mesa, o dia foi positivo, com um total de quatro medalhas distribuídas entre prata e bronze na dupla mista e medalha de bronze dupla masculina e feminina. Conquistaram medalha de prata na dupla mista: Thiago França, da EEB São Bento, de São Bento do Sul, e Maria Eduarda Maggnin, da EEB Anair Voltolini/Epav, de Pouso Redondo.


O judô conquistou cinco medalhas no segundo dia de competição

Já a medalha de bronze, também na dupla mista foi conquistada por Lucas Grosso, da EEB São Bento, de São Bento do Sul, e Maria Eduarda Comin, do Colégio Superação, de Videira.

Na dupla masculina, foram medalhistas de bronze Thiago e Lucas. Na disputa da dupla feminina, a medalha de bronze ficou com as duas Marias.

Na natação Gustavo Carvalhais Ribeiro, do Colégio Dom Jaime Câmara, de São José, conquistou a medalha de prata nos 400 livres prata. No dia anterior, ele também tinha sido prata nos 200 metros medley.

As modalidades individuais dos Jogos Escolares da Juventude se encerram nesta sexta-feira com grandes chances de medalhas para Santa Catarina. A partir de domingo, 17, até o dia 21, será a vez das modalidades coletivas: basquete, vôlei, handebol e futsal.

A delegação catarinense é gerenciada pelo Governo Estadual por meio da Fesporte e é composta ao todo por 162 jovens competidores de 77 escolas de 37 municípios.

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ 99696-3045
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Foto: Antonio Prado/Fesporte

O primeiro dia de competição dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) 12 a 14 anos, em Curitiba, foi positivo para Santa Catarina. Foram conquistadas, no total, seis medalhas. A principal delas é a de ouro, entregue a Daniel Augusto Radeus, da EEB Almirante Barroso, de Pomerode, no arremesso do peso.  

No total, foram uma de ouro, três de prata e duas de bronze. As disputas foram acompanhadas pelo presidente da Fesporte, Erivaldo Caetano Júnior, o Vadinho. “Conquistar esta medalha de ouro foi uma surpresa para mim, pois não é a minha prova. Minha especialidade é o arremesso do dardo, que irei competir na sexta-feira”, disse o campeão Daniel, que revelou que o arremesso de 15m16cm que lhe garantiu o ouro foi o melhor da vida. “O máximo que conseguia nos treinos era 14 metros”, finalizou o atleta, que receberá sua medalha nesta quinta-feira durante as provas. A medalha de prata da mesma competição coube a Rodrigo Trenhago, da EEB Jacob Guiso, de Chapecó.

No tênis de mesa, Santa Catarina recebeu medalha de prata por equipe com Maria Eduarda Magagnin, da Escola Estadual Anair Voltolini/Epavi, de Pouso Redondo, e Maria Eduarda Comin, do Colégio Superação, de Videira. O time catarinense perdeu a final por 3 a 1 para o Paraná.

Entre os homens, também por equipe, Lucas Grossl e Thiago Hau França, da Escola Estadual São Bento, de São Bento do Sul, ganharam medalha de bronze. O tênis de mesa prossegue nesta quinta-feira com as disputas de duplas e duplas mistas, finalizando a modalidade na sexta-feira com as disputas individuais.

No judô feminino, Giovana Galkowski, do Colégio Bom Jesus São José, de São Bento do Sul, ficou com a medalha de bronze na categoria 53kg.

Na natação, Santa Catarina foi medalha de prata 200m Medley com Gustavo Ribeiro, do Colégio Dom Jaime Câmara, de São José, na prova dos 200 metros medley.

Ao fazer um balanço do primeiro dia de competição, Vadinho se disse bastante satisfeito com os resultados. “Estamos no caminho certo e confio plenamente no talento dos nossos atletas. Ainda vamos conquistar bastante medalhas”, disse confiante.

A delegação catarinense em Curitiba é gerenciada pelo Governo Estadual, por meio da Fesporte, e é composta por 162 jovens competidores de 77 escolas de 37 municípios.

Informações adicionais para a imprensa
Antônio Prado
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ 99696-3045
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 


Foto: Divulgação / Fesporte

Jovens de 12 a 14 anos mais bem colocados nos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) chegam a Curitiba nesta segunda-feira, 11, para representarem Santa Catarina nos Jogos Escolares da Juventude (Jej), entre os dias 12 e 21 de setembro. Os catarinenses participam da cerimônia de abertura nesta terça-feira, 12, no ginásio do Circulo Militar, em Curitiba (PR), a partir das 18 horas. As competições começam nesta quarta-feira. A delegação catarinense é gerenciada pelo Governo do Estado por intermédio da Fesporte.

Segundo o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), a edição de 2017 dos Jogos Escolares da Juventude quebrou um recorde no número de inscrições: são 4.069 atletas de 1.396 escolas públicas e privadas de todo o país. Desse total, Santa Catarina estará representada por 162 jovens competidores distribuídos entre as 13 modalidades da competição. São elas: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei e xadrez. 

Todas as regiões de Santa Catarina estão presentes na etapa nacional

Ao todo, são 77 escolas de 37 municípios catarinenses representados. Com duas escolas classificadas em modalidades coletivas, Criciúma totaliza 23 representantes e é a cidade com mais alunos classificados. No handebol feminino, o Colégio São Bento terá 12 meninas representantes e, no futsal feminino, o Colégio Rogacionista Pio XII defenderá o título nacional da modalidade. No ano passado, as meninas do Sul de SC foram campeãs do futsal com uma campanha irretocável: cinco vitórias em cinco jogos, 30 gols marcados e apenas três gols sofridos.

A cidade com o maior número de escolas classificadas é Joinville. São 11 instituições de ensino com, ao menos, um atleta representante cada. Destaque para a natação, que classificou cinco jovens atletas, e para o atletismo, que classificou quatro.

Quanto ao número de atletas, Criciúma (23), Blumenau, com (21), Caçador (14), Timbó (12), Jaraguá do Sul (12), Saudades (10) e Camboriú (10) também se classificaram em modalidades coletivas e emplacaram jovens na etapa nacional de Curitiba.

Para Josélia Maranho, a chefe de delegação do Time Santa Catarina e gerente de esporte de base e inclusão da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), os Jogos Escolares da Juventude são uma grande oportunidade para os jovens aprenderem diferentes valores, em diferentes aspectos. Além, claro, do orgulho em poder defender o estado de Santa Catarina.

"Eles têm uma excelente convivência, conhecimento e confraternização com os demais atletas dos estados brasileiros. Todos têm em média de 100 a 190 alunos, que se reúnem nas refeições, além de ter uma área muito legal de conivência que COB oferece. Então, creio que o mais importante para eles é a experiência que eles levam. Sem contar com a possibilidade de viajar para outro estado e representar Santa Catarina, que para eles é um motivo de orgulho", destaca Josélia. 

Atuais medalhistas tentam repetir o feito de 2016

Das 35 medalhas que Santa Catarina conquistou no ano passado, algumas podem se repetir. Daniel Augusto Raduenz, da Escola Básica Municipal Almirante Barroso, de Pomerode, levou o ouro no lançamento de dardo em 2016 e disputará a prova mais uma vez. Já Ana Carolina Souza, da Escola Municipal Machado de Assis, de Blumenau, conquistou três medalhas de prata na ginástica rítmica no ano passado e volta para as competições de 2017 em 13 categorias da modalidade.

Josélia explica que o desempenho do estado, diante do retrospecto nos últimos anos, deve ser satisfatório dentro do processo que vem sendo realizado no esporte catarinense. 

"A delegação de Santa Catarina chega com uma excelente expectativa. Queremos conseguir um bom número de medalhas. Nesta primeira etapa, a individual, é que a gente sempre ganha mais medalhas. Queremos chegar ao máximo possível de pódios", comentou. 

Outro destaque individual vai para Kauan Figueroa Sttocco, de Caçador. O jovem, de 14 anos, do Colégio de Aplicação da Uniarp, é o único atleta catarinense que se classificou para mais de uma modalidade da etapa nacional. Além de integrar a equipe de handebol masculino, Kauan também foi campeão catarinense no badminton e vai disputar as categorias de simples, duplas e duplas mistas.

Os Jogos Escolares da Juventude 

Organizados pelo Comitê Olímpico Brasileiro, o COB, os Jogos Escolares da Juventude são o maior celeiro de atletas olímpicos do país. Da delegação composta por 465 atletas do Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, um total de 52 já haviam participado dos Jogos Escolares, entre eles Mayra Aguiar e Sarah Menezes, do judô, e Hugo Calderano, do tênis de mesa. 

Além das competições, os jovens atletas terão à disposição em Curitiba uma série de eventos paralelos. O programa socioeducativo e cultural abrange diversas atividades extras com o intuito de aproximar os jovens de todo o país aos valores olímpicos.

"A revelação de talentos é importante, mas não é nosso principal objetivo nos Jogos. Queremos contribuir para a inclusão social e transformação do Brasil por meio do esporte. Tenho a convicção de que estamos alcançando nossos objetivos esportivos e sociais com a realização dos Jogos Escolares", diz Edgar Hubner, diretor geral dos Jogos Escolares da Juventude e gerente geral de Juventude COB. 

Para inspirar os jovens talentos do esporte nacional, o COB selecionou 11 atletas olímpicos ou pan-americanos para atuarem como Embaixadores dos Jogos em Curitiba. A função dos embaixadores é levar o exemplo positivo da prática esportiva para os jovens participantes, mediante o contato direto, palestras e atividades educativas. 

Entre os embaixadores para a capital paranaense, quase todos tiveram passagens pelos Jogos Olímpicos ou Pan-americanos. Destaque para o judoca Tiago Camilo, medalhista de prata nos Jogos Olímpicos Sydney 2000 e bronze em Pequim 2008 e atual presidente da Comissão de Atletas do COB. Fabiana Murer, medalhista pan-americana e campeã mundial indoor do salto com vara, também estará em Curitiba, junto a Etiene Medeiros, melhor nadadora brasileira da atualidade.

 Além de Etiene, Tiago e Fabiana, também serão embaixadores na capital paranaense: Gideoni Monteiro (ciclismo), Jéssica Maier (ginástica rítmica), Luiz Henrique dos Santos (badminton), Aline Silva (lutas), Ligia Silva (tênis de mesa), Iziane Marques (basquete), Rodrigo Hardy (futsal) e Silvia Helena Pereira (handebol).

Texto: Nicolas Quadro e Renan Koerich

Assessoria de Comunicação - Fesporte 
Renan Koerich
Antonio Prado
Heron Queiroz
Zenilda Stein
Nicolas Quadro
Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128
Cel: (48) 988027742

3.200 atletas começam disputas por medalhas nos Jogos Escolares de SC
Foto: Fesporte

Chegou a vez dos maiores. Recém encerradas as competições da etapa estadual dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) para estudantes de 12 a 14 anos, as atenções se voltam agora para a faixa de 15 a 17 anos. Neste fim de semana, 2 e 3 de setembro, as emoções das disputas do Jesc/15-17 se iniciam com atletismo, badminton, judô, tênis de mesa e xadrez, na cidade de Curitibanos, além da ginástica rítmica, que acontece em Brusque. A chegada das delegações aconteceu na sexta-feira, 1º, quando ocorreram os congressos técnicos específicos das modalidades.  

São previstos para essa primeira parte dos Jesc/15-17 cerca de 1,4 mil atletas, que sonham com a conquista de troféus e medalhas, além da vaga para os Jogos Escolares da Juventude (Jej), na mesma faixa etária, que acontecem em Brasília, de 16 a 25 de novembro.

Para a totalidade de participação na etapa estadual dos Jesc/15-17, a estimativa é de 3,2 mil atletas. As demais modalidades acontecerão no período de 6 a 10 de setembro também em Curitibanos. A exceção fica por conta da natação, que terá como local de disputa o Complexo Aquático da Unisul, em Palhoça.

O evento tem a promoção do Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, e a parceria da 11ª Agência de Desenvolvimento Regional e Prefeitura de Curitibanos.

Mais informações para a imprensa: 
Heron Queiroz
Assessoria de Comunicação
Fesporte
Fone: (48) 99635-9617 / 3665-6126
www.fesporte.sc.gov.br
www.facebook.com/fesporte

Está tudo pronto para mais uma Olimpíada Catarinense de Bombeiros, que será em Joaçaba, no próximo sábado, 26 de agosto. O evento desportivo reúne Bombeiros Militares e Comunitários de todo estado, para competirem entre equipes, em modalidades que remetem às atividades desempenhadas diariamente pela corporação.

A abertura será na manhã deste sábado às 8h30min, no Ginásio do Complexo Desportivo da Unoesc, em Joaçaba. Na sequência, iniciam as provas com a modalidade de natação. Ao todo a competição é composta por seis modalidades desportivas: combate a incêndio com extintor; montagem de estabelecimento; atendimento pré-hospitalar; subida livre em cabo de sisal; natação e corrida rústica.

Além do caráter competitivo, a Olimpíada Catarinense de Bombeiros é um evento de confraternização. A composição das equipes, que representam as organizações de Bombeiro Militar, devem ser mistas, compostas por homens e mulheres Bombeiros Militares, Comunitários e servidores municipais (agentes de Defesa Civil ou BCP- Bombeiro Civil Privado). As provas simulam as atividades desenvolvidas pelas guarnições em serviço e estão abertas à livre participação, de acordo com as regras regulamentares e técnicas do evento.

Informações adicionais para a imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa 
Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina - CBMSC
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Fone: (48) 3251-9614 / 98843-4427
Site: www.cbm.sc.gov.br

Fotos: Molina Orval/SOL

O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, assinou nesta quarta-feira, 23, em Rio do Sul, durante o 1º Seminário de Gestão e Sustentabilidade do Esporte e do Lazer de Santa Catarina, o contrato para repasse de R$ 350 mil para a etapa estadual da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) e também a proposta para o texto final do Plano Estadual de Esporte e Lazer.

O seminário, ocorrido no Parque Universitário Norberto Frahm, reuniu aproximadamente 200 pessoas, entre atletas, dirigentes, conselheiros, técnicos, professores e estudantes da área esportiva de cerca de 50 municípios do Estado. "Este evento aqui em Rio do Sul surge para aproximar nós, da secretaria e do governo estadual, da sociedade e dos protagonistas do esporte de Santa Catarina que são vocês. Queremos ouvi-los e, dentro das nossas possibilidades, atendê-los da melhor forma, de maneira clara e transparente", destacou o secretário Pavan.

A Olesc ocorrerá de 7 a 14 e outubro em Rio do Sul e deverá reunir mais de 3 mil atletas na disputa de 14 modalidades: atletismo, basquete, ciclismo, futsal, ginástica artística, handebol, judô, caratê, natação, tênis, tênis de mesa, voleibol e xadrez. A última vez que Rio do Sul sediou a etapa estadual foi em 2007. No ano passado, 210 municípios participaram das etapas eliminatórias da competição. "Temos muito orgulho de sediar essa Olesc, após 10 anos sem um evento esportivo deste porte do Estado aqui no município", comemorou o prefeito José Thomé, que adiantou que o município se candidatará a receber outras competições da Fesporte.

A proposta do Plano Estadual de Esporte e Lazer será encaminhada para a Assembleia Legislativa para votação e posterior sanção do governador Raimundo Colombo. Aprovado e sancionado, Santa Catarina será o primeiro estado brasileiro a ter uma diretriz do gênero. "Esta era uma demanda expressiva do segmento esportivo catarinense, mas que estava com tramitação morosa desde 2014. Neste ano conseguimos acelerar esse processo com a realização de várias reuniões e esperamos transformar o plano em lei até o final do ano", observou o secretário Pavan.

Seminário-Esporte-Olesc

O seminário ainda contou com uma mesa redonda envolvendo Alexandre Beck Monguilhott, presidente do Conselho Estadual de Esporte; Mário César Bertoncini, procurador-geral do Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina; e Carla Krug, gerente de Projetos Esportivos da secretaria. A programação ainda contou com apresentação dos resultados obtidos na pesquisa Suplemento de Esporte, apresentação das estratégia da Fesporte para o segmento esportivo e também de cases de eventos da Fesporte por dirigentes esportivos municipais.

O 1º Seminário de Gestão e Sustentabilidade do Esporte e do Lazer de SC foi promovido pela Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), em parceria com a Fesporte, Conselho Estadual de Esporte e Tribunal de Justiça Esportiva, além disso conta com o apoio da prefeitura de Rio do Sul, por meio da Fundação de Esportes, Universidade do Alto Vale do Itajaí (Unidavi) e Federação Catarinense de Municípios (Fecam).

Informações adicionais para a imprensa

Eduardo Correia
Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte - SOL
Fone: (48) 3665-7436/7456
E-mail: imprensa@sol.sc.gov.br
Site: www.sol.sc.gov.br