Foto: SED

Com o objetivo de auxiliar estudantes em um projeto de leitura, além de ampliar o acervo da biblioteca escolar, o Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA), de Ibirama, promove a campanha Doe um Livro e Transforme Vidas. Os exemplares irão beneficiar os estudantes do ensino fundamental e médio do CEJA de Ibirama.

O projeto Círculo da Leitura, desenvolvido pela professora de língua portuguesa Carolina Gomes Carradore Gonçalves foi o que motivou a criação da campanha idealizada pelos estudantes para que pudessem contemplar toda a comunidade do CEJA. “Temos bons livros, mas observei que os alunos não se interessam tanto pela literatura infanto-juvenil, pois a turma é formada por adultos e eles querem obras mais adultas”, conta.

Uma das propostas do projeto é levar à escola escritores como a visita de Margarida Lorena Zago, também presidente da Academia de Letras do Brasil-Santa Catarina, de Presidente Getúlio. Ela participou de uma roda de conversa com a turma do ensino fundamental do CEJA de Ibirama. “É um momento único estar aqui com vocês, participar da campanha do livro e do projeto Círculo da Leitura. Permaneçam sempre em busca da leitura e escrita, isso irá transformar a vida de vocês”, enfatizou.

Leitura

Segundo a professora, a cada etapa da atividade proposta, os alunos têm um momento de leitura silenciosa, depois trocam as ideias com os colegas sobre o livro. Para a conclusão do projeto, previsto para julho deste ano, os estudantes realizarão um seminário sobre o exemplar lido e a vida do autor.

A diretora da escola, Cristina Lohmeyer, acredita que o projeto é transformador. “O livro é um excelente companheiro, é a possibilidade de sonhar, viajar, ir além do horizonte sem sair do lugar. É quando podemos compartilhar daquela história que fez parte da nossa vida com outras pessoas. Podemos mudar a vida dos nossos alunos com pequenos gestos, como a nossa campanha”, diz.

Como forma colaborativa, a campanha conta com os Amigos do CEJA. Alguns dos comerciantes do município estão com uma caixa de coleta dos livros em frente dos estabelecimentos para arrecadação. Vale lembrar que a escola pede apenas livros de literatura. Interessados em doar devem entrar em contato com a equipe escolar pelo fone (47) 3357-3979.

Informações adicionais para a imprensa
Dafnée Canello
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Educação  - SED
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-0347
Site: www.sed.sc.gov.br

 Com investimentos de quase R$ 300 mil, ADR de Maravilha entrega reforma da Escola Silvio Romero
Foto: Suzana Francieli Ferrari/ADR Maravilha

A Escola de Educação Básica Silvio Romero, em Bom Jesus do Oeste, recebeu reforma geral e instalações preventivas contra incêndio. A cerimônia de entrega da reforma ocorreu na tarde desta quinta-feira 19, e contou com a presença do secretário Executivo Jonas Dall´Agnol, gerente de Educação, Zenaide Borre Kunrath, gerente de Infraestrutura, Amanda Cucchi, consultora jurídica Rosi Carletto Zanella, prefeito de Bom Jesus do Oeste, Ronaldo Luis Senger, direção, professores, APP da escola, alunos e demais lideranças locais e regionais.

Foram investidos R$ 297,3 mil na escola que atende 187 alunos. A escola recebeu instalação do preventivo contra incêndio, substituição da cobertura, da parte elétrica, da iluminação e do forro, colocação de piso cerâmico em alguns ambientes, troca de janelas e portas, pintura geral, sistema de drenagem pluvial, reforma dos banheiros e demais adequações que garantem a acessibilidade da escola.

 Com investimentos de quase R$ 300 mil, ADR de Maravilha entrega reforma da Escola Silvio Romero
Foto: Suzana Francieli Ferrari/ADR Maravilha

De acordo com a gerente de Educação, Zenaide Borre Kunrath, este é um momento de muita alegria e, com certeza, é a realização de um sonho de toda escola e envolvidos. “Agora temos um ambiente bonito, aconchegante e harmonioso, o que é muito importante para o bem estar dos nossos alunos”, disse.

 Com investimentos de quase R$ 300 mil, ADR de Maravilha entrega reforma da Escola Silvio Romero
Foto: Suzana Francieli Ferrari/ADR Maravilha

Para o secretário executivo da ADR Maravilha, Jonas Dall´Agnol, esta reforma representa muito para toda a comunidade escolar. “Este foi um investimento relativamente baixo utilizado para uma obra de qualidade, resultado do recurso público bem aplicado que favorece todos os alunos, professores e a unidade escolar da EEB. Silvio Romero”, afirmou.

Informações adicionais para a imprensa
Suzana Francieli Ferrari
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Maravilha
E-mail: imprensa@mvh.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3664-6532 / (49) 98839-1117
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrmaravilha
Facebook: https://www.facebook.com/regional.maravilha


Foto: SED/SC

Ao longo desta semana, milhares de alunos das redes estadual e municipais de ensino estão envolvidos com a etapa regional da V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente. A ação é dos ministérios da Educação e Meio Ambiente e tem como tema desta edição "Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas".

A conferência levou para a comunidade escolar o desafio de dialogar de forma participativa acerca dos problemas socioambientais locais. Um dos momentos mais esperados desta etapa foi a escolha dos delegados para representar a etapa estadual no próximo mês, em Laguna.

Na terça-feira, 17, a conferência foi realizada no município de Palmitos, onde participaram 17 escolas estaduais e duas municipais. No dia 18, foi realizada em Maravilha, onde participaram 27 escolas estaduais. Houve apresentações e palestras alusivas ao tema. O estudante delegado Lucas Hartmann, da EEF Sede Oldenburg, e Nathalia Frare, da EEB Cardeal Arcoverde, foram os classificados para representar a região na próxima etapa. Em Maravilha, os três delegados escolhidos são Mariana Meneghetti, da EEB Hélio Wasum, Leonardo Cerisolli, da EEB La Salle, e Lucas Ceccon, da EEB. Prof. Silvio Romero.

Para o aluno do 7º ano Lucas Hartmann, da EEF Sede Oldenburg, com a conferência foi possível trabalhar a conscientização da população e também resgatar bons hábitos como evitar desperdícios com a água. O aluno Lucas Ceccon, do 9º ano da EEB Profº Silvio Romero, também destaca a importância de preservar e cuidar da água para garantir que a sua existência no futuro.

De acordo com a gerente de Educação, Zenaide Borre Kunrath, quando a Gered acompanhou a seleção da V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente nas escolas já foi possível ver os excelentes trabalhos realizados. “Parabenizamos todas as escolas e alunos que aceitaram o desafio de participar desta conferência, a qual nos faz refletir bastante sobre o tema de tamanha importância para todos nós”, disse.

Grande Florianópolis

Focadas no desenvolvimento de projetos em conjunto com a comunidade e no estimulo à conscientização ambiental, 56 escolas da Grande Florianópolis se reuniram nesta quarta-feira, 18, para a realização da etapa regional e a apresentação e escolha dos projetos que serão levados para a Conferência Estadual. “O nosso foco principal é que este trabalho de divulgação socioambiental seja realizado de jovem para jovem”, destacou a coordenadora da etapa regional Amanda Cassiana Pereira. Ela comentou ainda que o plano de divulgação e desenvolvimento da feira foi feito com muita parceria entre a Coordenadoria da Grande Florianópolis e as Secretaria Municipais.

Entre as dez unidades que chegaram na votação final, da etapa regional da Grande Florianópolis, esteve a Escola de Educação Básica Rosa Torres de Miranda, do Bairro Jardim Atlântico. Representada pelo aluno Thiago dos Santos Pereira, a escola desenvolveu um projeto de captação e reaproveitamento da água da chuva e dos bebedouros que, ao longo de 45 dias de testes e adaptação, coletou quase 1,1 mil litros de água. “Nós começamos recolhendo a água por meio das calhas e dos telhados, mas logo ampliamos para a captação do gotejamento do ar-condicionado e também do desperdício dos bebedouros. Toda a nossa escola se envolveu e percebeu, de verdade, a importância das questões socioambientais”, explicou Thiago.   

Jaraguá do Sul

A escola estadual Euclides da Cunha, de Jaraguá do Sul, foi a campeã da etapa regional da V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, da Regional de Jaraguá do Sul, realizada na terça-feira, 17. Foram 21 projetos de escolas estaduais e municipais. O trabalho vencedor, “Zé Pilhinha contra a poluição da água”, abordou a importância do recolhimento correto de pilhas e baterias, pois em sua constituição guardam elementos tóxicos, chamados também de metais pesados, que quando descartados de forma inadequada, podem ser repassados não só para o solo, como também à atmosfera, à água e consequentemente aos seres vivos.

Os alunos confeccionaram um recipiente para armazenar o material usado, que depois é levado até um ponto de descarte consciente. O diferencial do projeto é que cada aluno do ensino fundamental das séries iniciais tem um mascote, o Zé Pilhinha, confeccionado pelos próprios estudantes. Eles levam o Zé Pilhinha para casa, recolhem as pilhas e depois levam para a escola, onde é feita a coleta de todas as pilhas e, aí sim, o descarte consciente.

Taió

O auditório do Centro Universitário para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí (Campus Taió) recebeu na quarta-feira, 18 de abril, os participantes das 16 unidades escolares da Regional de Taió. Os trabalhos desenvolvidos pelos alunos e coordenados pelos docentes e gestores das unidades escolares, passaram pela primeira etapa nas próprias escolas. Passaram por uma seleção bem democrática, uma vez que os próprios colegas votaram para escolher o projeto mais interessante e relevante.

Além de alunos, professores e gestores, a Conferência recebeu autoridades e representantes de entidades públicas e privadas que, num sistema de parceria, contribuíram para que o evento pudesse acontecer. Entre eles estavam Daniel Schmitt, gerente Regional da Epagri, Indiara Gonçalves, gerente da Unidavi (Campus Taió), Tiago Maestri, e diretora do Cetrag, Lucas Fach.

Para o coordenador do CNIJMA, Moacir de Melo, o programa desenvolve valores importantes. O mais óbvio é trabalhar o tema da água em si, tão imprescindível em nossos tempos. Outro, não tão nítido, é o compromisso do voto, da escolha mais acertada, uma vez que todos estão avaliando sua escolha por ser um voto aberto.

Os projetos vencedores foram: “Óleo, um grande vilão das águas”, da EEB Fernando Ferreira de Mello, do município de Rio do Campo, e “Água: preserve-a na sua essência”, da EEB Bruno Heidrich, município de Mirim Doce. 

Informações adicionais para a imprensa
Dafnée Canello
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Educação  - SED
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-0347
Site: www.sed.sc.gov.br


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira participou nesta quarta-feira, 18, na Câmara de Vereadores de São Lourenço do Oeste, da solenidade de diplomação do parlamento jovem e executivo mirim. Os estudantes de escolas estaduais e municipais, com idades entre 12 e 15 anos, participaram do processo eleitoral do Programa Parlamento Jovem, que incentiva o exercício da cidadania.

“Esse é o caminho. Vocês são o futuro. Parabéns pela atitude de participar deste projeto tão importante. Busquem informações, conversem sobre tudo aquilo que é importante para a cidade, para o estado e para o Brasil ”, disse o governador.

Uma parceria entre a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e o Ministério Público do Trabalho (MPT/SC) vai proporcionar atendimento de saúde gratuito para trabalhadores da agroindústria na Grande Florianópolis, além de possibilitar a realização de pesquisas e outras ações relacionadas com o tema.


Foto: Arquivo / SED

Comer com regularidade, com atenção e em boa companhia são princípios previstos no Guia Alimentar da População Brasileira e que passam a ser reforçados nas escolas de Santa Catarina com o lançamento do concurso “Bons momentos são feitos para dividir”. Até 15 de setembro, as unidades estaduais de ensino podem inscrever projetos que estimulem os alunos a ter um recreio mais agradável junto aos colegas e ainda concorrer a uma TV 39”. A iniciativa é da Secretaria da Educação (SED) em parceria com as empresas Nutriplus e Risotolândia, responsáveis pelo fornecimento das refeições escolares no Estado.

De acordo o diretor de Articulação da SED, Osmar Matiola, esta é mais uma oportunidade de reforçar os benefícios da alimentação saudável. “O desafio está lançado e nós torcemos para que as escolas tragam boas estratégias para que os estudantes possam se alimentar de forma ainda melhor”, enfatiza.

“Além de suprir as necessidades biológicas, a alimentação é uma prática repleta de sentido no âmbito da vida, carregando valores simbólicos e aspectos subjetivos como prazer, lembranças, solidariedade e alegria”, afirma a nutricionista Renata Maluly, da Risotolândia, ao destacar que o objetivo do concurso é também trabalhar esse lado emocional das refeições no ambiente escolar.

Para o gerente de Comunicação da Nutriplus, Antônio Valini, a ideia é provocar reflexão sobre o ato de comer. “Os gestores precisam apresentar projetos que, após executados, tragam realmente mudanças para a vida dos estudantes, principalmente nas escolhas alimentares que se refletem em saúde e qualidade de vida”, destaca.

Sobre o concurso:

  • As inscrições devem ser feitas entre 2 de abril e 15 de setembro, conforme regulamento divulgado nas escolas.
  • Podem participar escolas públicas estaduais de ensino médio e fundamental atendidas pelas empresas que prestam serviço de alimentação escolar ao Governo do Estado.
  • Os projetos deverão ser inéditos, desenvolvidos pela equipe pedagógica com a participação dos alunos exclusivamente para o concurso.
  • A escolha dos ganhadores seguirá a avaliação de critérios como coerência das ações com o tema proposto; clareza originalidade e criatividade.
  • A divulgação das escolas vencedoras e entrega da premiação ocorrerá no segundo semestre de 2018.
  • Como premiação serão entregues TVs 39” a sete escolas, uma para cada lote atendido pelas empresas Nutriplus e Risotolândia; além de 10 troféus para os melhores projetos registrados por Gereds e Unidades de Atendimento no estado.

Informações adicionais à imprensa
Dafnée Canello - Com informações da Agência Comunicaz
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Educação  - SED
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-0347
Site: www.sed.sc.gov.br 

16 04 reunião BNCC Ensino Médio Jovelino 12












 

 

 


Um novo ciclo começa para o Ensino Médio catarinense com as discussões da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Para promover estudos coletivos, as equipes técnicas da Secretaria de Estado da Educação (SED), da Coordenadoria de Educação da Grande Florianópolis (CRGF), do Instituto Estadual de Educação (IEE) e da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) começaram nesta segunda-feira, 16, a Formação Continuada BNCC do Ensino Médio.

A Base é um documento que define o conjunto de aprendizagens essenciais que todos os estudantes do território nacional devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica.

A formação, que será realizada ao longo dos dias 23, 30 de abril e 7 de maio, está dividida de acordo com cada área de conhecimento sendo: Ciências Humanas (Sociologia, Filosofia, História e Geografia), Ciências da Natureza (Química, Física e Biologia), Linguagens (Língua Portuguesa, Educação Física, Arte e Língua Inglesa) e Matemática.

Cada Grupo de Trabalho terá como propósito organizar pontos de atenção das áreas estudadas cujo documento final será entregue ao Secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps. “Os pontos de atenção representam questões relevantes que serão sugeridas como melhorias na construção do documento”, explica a coordenadora Estadual da BNCC, Julia Siqueira da Rocha.

Sobre a BNCC do Ensino Médio e próximos passos

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio foi entregue pelo Ministério da Educação ao Conselho Nacional de Educação (CNE) no dia 3 de abril. Os ajustes no texto serão feitos pelo MEC a partir dos apontamentos do CNE, após audiências públicas e também pelas contribuições na plataforma do MEC a ser aberta em 30 de abril para toda a sociedade na página do próprio ministério.

A primeira audiência pública do CNE será dia 11 de maio em Florianópolis. Na sequência, dia 8 de junho, em São Paulo (SP), em 6 de julho, em Fortaleza (CE), 10 de agosto, em Belém (PA) e 29 de agosto, em Brasília (DF).

Para avaliar coletivamente e compilar as informações do documento, o CNE fará cinco audiências públicas entre os meses de maio e agosto. A rodada é consultiva – o que significa que o conselho não tem obrigação de fazer todas as alterações sugeridas. 

Informações adicionais para a imprensa
Dafnée Canello
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Educação  - SED
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-0347
Site: www.sed.sc.gov.br

Na quarta-feira, 18, serão encerradas as inscrições para o Processo Seletivo nº 03/2018 da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). São oferecidas 17 vagas de professor substituto em Chapecó, Florianópolis, Ibirama, Joinville, Lages e Laguna. 

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) lançou nesta segunda-feira, 16, a segunda edição do Edital do Inventor, voltada a alunos, professores e técnicos da instituição interessados em proteger suas invenções por meio da propriedade intelectual, pelo depósito de pedidos de patentes. 

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) passa a contar com a Política de Egressos do Corpo Discente, estabelecida na Resolução nº 006/2018 do Conselho Universitário (Consuni). Entre as ações, a política prevê instrumentos para a coleta e a sistematização de dados sobre o egresso e pretende proporcionar encontros periódicos para o intercâmbio de experiências entre egressos e comunidade acadêmica. Outro objetivo é fomentar atividades que contribuam para a formação continuada dos egressos.