Compartilhe


Foto: James Tavares/Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira, acompanhado do secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, e do prefeito Luciano Buligon, lançou nesta sexta-feira, 23, em Chapecó, o edital de licitação para a construção do novo terminal de passageiros do Aeroporto Serafim Enoss Bertaso. A obra, que vai dobrar a capacidade do local, receberá investimento de R$ 10,6 milhões, sendo R$ 8,5 milhões do Governo Federal, mais R$ 2,1 milhões de contrapartida do Estado. O município vai investir R$ 500 mil na ampliação do prédio da Seção de Combate à Incêndio. A licitação deve durar de 60 a 70 dias. A previsão de conclusão da obra é de oito meses. O aeroporto não será fechado durante a ampliação.

>>> Acesse a galeria de fotos

“É uma obra necessária. O aeroporto de Chapecó tem um crescimento acima da média nacional. Enquanto no Brasil foi de 2,9%,  aqui foram 11,4% no último ano. E deve aumentar ainda mais. Nesta região, o agronegócio é muito forte e é uma atividade vital para Santa Catarina. Uma infraestrutura aeroportuária de qualidade é um grande vetor de desenvolvimento”, afirmou o governador. 

No último ano, o movimento no aeroporto registrou 467,9 mil embarques e desembarques. Se comparado a 2016, o acréscimo foi de 48.065 usuários, conforme dados da administração do Aeródromo. O terminal possui atualmente 1.180 metros quadrados, mas com a obra passará para 3.850 metros quadrados. O aeroporto possui três companhias operando - Azul, Gol e Avianca - e cerca de 45 voos comerciais semanais. Atende cerca de 330 municípios do Oeste de Santa Catarina, Sudoeste do Paraná e Noroeste do Rio Grande do Sul, compreendendo uma população de dois milhões de habitantes. 

“O aeroporto de Chapecó é um dos que mais cresce em Santa Catarina. Esta é a primeira etapa do plano de estruturação deste aeroporto. Devemos ampliar as conversas com a Anac para dar continuidade aos investimentos”, informou o secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro.

Para o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, com as melhorias, o aeroporto se tornará mais atrativo para a inciativa privada, além de proporcionar aos passageiros mais qualidade e conforto. “O investimento de hoje é uma grande conquista. Não podemos parar de avançar”, explicou.

Na área de segurança, em 2017, foram adquiridos um segundo caminhão de combate a incêndios e novos equipamentos. Também foi ampliado o número de bombeiros de nove para 23. Com isso, o município aguarda a homologação da Anac para enquadrar o aeroporto de Chapecó na categoria seis, permitindo incrementar o número de operações, rotas e voos com aeronaves maiores e outras companhias. O superintendente do aeroporto, Eglon Buraseska, destacou que a expectativa, após a conclusão de todas as melhorias e com a homologação, é que dobre a movimentação de passageiros e a capacidade operacional. 

Também acompanhou a solenidade a secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó, Astrit Savaris Tozzo, além de comunidade, deputados e outras autoridades.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC