Compartilhe

 Foto: Ana Paula Miranda/SAN

O secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, foi recebido na manhã desta quinta-feira, 14, no escritório do Banco Mundial em Brasília pelo coordenador da área econômica, Rafael Muñoz, para oficializar as tratativas do Estado com a instituição financeira em função do volume de pagamento da dívida pública do quadriênio 2019 a 2022.

Ao final do debate e troca de ideias, o secretário e o coordenador se comprometeram a encontrar caminhos para solucionar a reestruturação da dívida pública do Estado com a União, bancos federais e internacionais. O Banco Mundial estudará alternativas para refinanciamento de alguns contratos mediante ajustes fiscais e a Secretaria de Fazenda trabalhará para honrar os compromissos.

“Em função do déficit projetado em 2019, de cerca de R$ 2,5 bilhões, será preciso reestruturar contratos para manter os pagamentos em dia”, salientou o secretário Paulo Eli.

A reunião foi acompanhada pelo secretário de Articulação Nacional (SAN/SC), Diego Goulart, e os economistas do grupo Banco Mundial, Fabiano Sílvio Colbano e Rafael Ornelas.

Informações adicionais:
Ana Paula Miranda
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Articulação Nacional - SAN