Compartilhe

Regional Chapecó (Atualização às 16h) - As ações do Colegiado de Governo da Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó estão sincronizadas para garantir a retomada da normalidade nos municípios de abrangência. Nesta quarta-feira, 30, a Polícia Militar, em conjunto com outros órgãos de Segurança Pública e Exército, estão tomando todas as medidas possíveis para fazer o abastecimento, tanto de combustível quanto de outros insumos.

Foram liberados todos os trevos das rodovias federais que abrangem a área do 2º BPM. Todos os pontos de manifestação em Rodovias Estaduais também foram desmobilizados na região.

Ações em conjunto garantiram a chegada de insumos no Hospital Regional do Oeste (HRO) e evitaram problemas no atendimento durante os 10 dias de paralisação. Na área da educação, apenas seis escolas não tiveram aula durante este período.

Escolta de comboios com combustíveis e insumos continuam sendo realizadas pelo exército até que a situação esteja normalizada.

Até às 16h desta quarta-feira, 30, três postos receberam combustível em Chapecó.

Regional Maravilha (atualização às 17h) - Na Regional de Maravilha o principal ponto de bloqueio estava sendo na BR-282, trevo de acesso a Maravilha. O movimento reunia agricultores, caminhoneiros e demais grupos apoiadores. Na tarde desta quarta-feira, 30, um dos líderes do movimento deu por encerrada a mobilização que foi acompanhada pela Coordenadoria Regional da Defesa Civil e Policia Militar.

Na agroindústria, caminhões de rações chegam aos produtores. Já os postos de combustíveis dos municípios pertencentes a esta regional até o momento não foram abastecidos.

Regional de Xanxerê (atualização às 17h30) - Dois municípios de abrangência da Regional de Xanxerê, Faxinal dos Guedes e Marema decretaram situação de emergência. Nesta quarta-feira, 30, começou o abastecimento dos postos de combustível com orientação da Polícia Militar.

Os caminhoneiros que estavam parados nos movimentos e que querem seguir viagem estão sendo liberados dos locais e as empresas de transportes que sentirem a necessidade de apoio da Polícia Militar devem entrar em contato.

O movimento continua pacífico em Xanxerê, Ponte Serrada, Abelardo Luz e Bom Jesus, municípios esses com maior número de caminhões parados. Sendo que não há obstrução da via.