Nesta sexta-feira e sábado, 20 e 21, 19 equipes do Corpo de Bombeiros Militar e seis equipes de Associações de Bombeiros Voluntários do Estado estarão no Oeste, nas cidades de Joaçaba e Herval D’Oeste, para a 2° Seletiva Catarinense de Resgate Veicular. O objetivo do desafio é promover o conhecimento técnico e as habilidades de resgate e desencarceramento de vítimas presas a ferragens, entre os bombeiros e profissionais de emergências que atuam nas situações de acidentes veiculares ou traumas graves.

O Centro de Comunicação Social do Corpo de Bombeiros Militar utilizará o Facebook da corporação para transmitir as provas ao vivo. O objetivo é integrar bombeiros do mundo todo e compartilhar as manobras desenvolvidas durante o campeonato como forma de aprimoramento técnico entre os profissionais da área. As transmissões serão feitas pela página www.fb.com/CBMSC.

A abertura do evento será às 10h desta sexta-feira, 20, no Centro de Eventos da Unoesc em Joaçaba.

Provas

 A competição consiste em resgatar vítimas de cenas que simulam acidentes de trânsito, utilizando protocolos mundiais e padronizados de atendimento. Tudo é retratado da forma mais fidedigna possível.

Os requisitos avaliados no Desafio de Resgate Veicular estão presentes nas Guias de Avaliação da Organização Mundial de Resgate .

O desafio consiste no atendimento de ocorrências divididas em três tipos: Manobra Rápida, Manobra Standard e Manobra Complexa. Normalmente, em função da dificuldade logística, são realizadas apenas duas manobras nos desafios em âmbito nacional. Os cenários são previamente sorteados por membros da Associação Brasileira de Resgate e Salvamento, sendo que nenhuma equipe terá acesso previamente.

a) Manobra Rápida: 10 minutos de duração. 2 veículos. 1 vítima inconsciente (Encarceramento Tipo Físico I);

b) Manobra Standard: 20 minutos de duração. 2 veículos. 1 vítima consciente (Encarceramento Tipo Físico I);

c) Manobra Complexa: 30 minutos de duração. 2 veículos. 2 vítimas (Encarceramento Tipo Físico I e Encarceramento Tipo Físico II).

Veículos

Para a realização das manobras são utilizados veículos totalmente descontaminados, sem combustível e óleo. Estes veículos são colapsados com emprego de maquinário pesado, visando tornar o cenário o mais próximo possível da realidade. São utilizados outros elementos como defensas, guardrails, postes e árvores. Visando também a aproximação com a realidade das ruas, todas as vítimas são reais. São pessoas que realizam o curso de figuração e que também atuam como avaliadores da equipe de APH.

 As equipes são compostas por sete pessoas: Comandante, Resgatista 1, Resgatista 2, Logística, Socorrista 1, Socorrista 2 e Suplente (caso queiram). Podem ser componentes das equipes: bombeiros militares, bombeiros civis profissionais, bombeiros comunitários, bombeiros voluntários e profissionais do Samu.

Por ser um estado ativo junto à Associação Brasileira de Resgate e Salvamento, Santa Catarina possui duas vagas para o Desafio Nacional de Resgate, em Curitiba, em julho. Posteriormente, as quatro melhores equipes poderão participar do World Rescue Challenge 2018, na Cidade do Cabo, na África do Sul.

Informações adicionais para a imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa 
Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina - CBMSC
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Fone: (48) 3251-9614 / 98843-4427
Site: www.cbm.sc.gov.br


Fotos: Jackson Jacques/CBMSC

Uma comitiva formada por quatro profissionais do Instituto de Bombeiros do Estado de Renânia Norte Westfália, na Alemanha, chegou por volta das 9h desta segunda-feira, 16, ao Centro de Ensino do Corpo de Bombeiros Militar, no Bairro Trindade, em Florianópolis. Eles conheceram as atividades desenvolvidas pela corporação e o modelo de atendimento prestado à população catarinense pelo Corpo de Bombeiros Militar.

No local, foram recebidos pelo comandante-geral do CBMSC, coronel BM João Valério Borges, pelo subcomandante-geral, coronel BM Vanderlei Vanderlino Vidal, pelo chefe do Estado Maior-Geral, coronel BM Alexandre Corrêa Dutra, pelo chefe da 1° Região de Bombeiros Militar, coronel BM César Assumpção Nunes, além de outros militares. Logo na chegada, o coronel BM Alexandre Corrêa Dutra entregou a um dos integrantes da comitiva o cabo Alamar, que simboliza o ajudante de ordens, aquele que seria referência da equipe ao longo do dia e que estaria à disposição para auxiliar no que fosse necessário. 

Ao final da manhã, eles receberam uma minuta de um convênio para troca de experiências profissionais entre o CBMSC e o Instituto de Bombeiros de Estado de Renânia Norte Westfália, na Alemanha. Durante todo o dia desta terça-feira, 17, os alemães seguem em visitas ao Corpo de Bombeiros catarinense, com viagem a Itajaí, ao 7° Batalhão de Bombeiros Militar para conhecer a estrutura de salvamento aquático.

Importância do convênio

O comandante-geral do CBMSC explica que a visita dos alemães a Santa Catarina pretende impulsionar um intercâmbio de conhecimentos entre as instituições de Bombeiros. O motivo é a similariedade nos modelos de atividades desenvolvidas para atender as demandas da população. “Na Alemanha, eles também têm o Bombeiro do Estado (que seria equivalente ao nosso Bombeiro Militar) e têm o serviço voluntário, em que os municípios arcam com estrutura e equipamentos, enquanto pessoas da comunidade (depois de treinadas pelo estado) atuam de forma totalmente voluntária no atendimento às ocorrências de incêndio,” disse. 

Em Santa Catarina, há também dupla modalidade de atendimento: por meio do Estado, com o Corpo de Bombeiros Militar, e com os Bombeiros Voluntários, em que os municípios pagam equipamentos, estrutura e salários para quem atua nas ocorrências. ”Porém, com a entrada em vigor da Lei Kiss, em março do ano passado, o Estado passa a ser o único responsável legal pela área de atividades técnicas, responsável pelas análises de projetos e vistorias para liberação de habite-se e atestados de funcionamentos (alvarás). Nosso interesse hoje é atuar constitucionalmente na área técnica e fortalecer os Bombeiros Voluntários para que, por meio de convênios com o Estado, possam continuar a atuar no atendimento de ocorrências”, disse o comandante-geral, coronel BM João Valério Borges, durante a palestra de apresentação para a comitiva alemã.

Atualmente, em Santa Catarina, o município de Joinville possui a mais antiga corporação de Bombeiros Voluntários do país. O vice-presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Mario Cezar Aguiar, que participou da palestra á comitiva de alemães, disse que, desde que houve a mudança na legislação, os estados brasileiros passaram a ser responsáveis pelo serviço de Bombeiros. “A parceria entre os municípios e o Estado é essencial. Afinal de contas, o objetivo de todos é o mesmo: o bom atendimento à população nos momentos de emergência”, explicou.

O coronel BM Alexandre Corrêa Dutra, chefe do Estado Maior-Geral, também vê como salutar a parceria entre o Estado e municípios no atendimento a situações emergênciais, conforme o modelo alemão adotado. “Nesse sentido, um intercâmbio com o Instituto do Fogo Alemão, para treinamento de profissionais do CBMSC que multiplicariam o conhecimento adquirido entre as comunidades, seria essencial para efetivação desse modelo de integração”, avaliou.

Na Alemanha, uma legislação nacional assegura um tempo de resposta máximo de até 8 minutos para início do controle de uma cena de emergência. O que somente é possível com a interação constante da comunidade. “Em caso de emergências, as pessoas da comunidade, que já estão treinadas e mapeadas para atenderem a determinadas áreas, recebem um sinal sonoro. Elas têm de se dirigir ao quartel, colocar EPI e fazer os procedimentos de segurança necessários para controle da situação. Somente assim, seria possível cobrir uma área tão vasta", explicou o tenente-coronel Alexandre da Silva, assessor do chefe do Estado Maior-Geral, que acompanha os alemães.

Almoço da Ilha dos Guarás e visita à Defesa Civil

Ao final da palestra, o comandante-geral repassou à comitiva uma minuta do acordo que se pretende celebrar para avaliação até o final da estada em Santa Catarina. Após conhecerem a estrutura do Centro de Ensino Bombeiro Militar, os alemães se dirigiram para um almoço de confraternização na Ilha dos Guarás. O secretário de Estado da Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto Junior, e demais autoridades, participaram da recepção.

Integram a comitiva que visita Santa Catarina: o chefe e os gerentes de Departamento e Executivo, do Instituto de Bombeiros de Estado de Renânia Norte Westfália, Berthold Penkert, Peter Strickmann e Yannick Ngatchou, respectivamente, e o chefe do Corpo de Bombeiros da cidade de Münster, Gottfried Wingler-Scholz.

Na parte da tarde, conheceram o Grupamento de Busca e Salvamento e o Centro Integrado de Gerenciamento e Resposta a Desastres da Defesa Civil de Santa Catarina.

Nesta terça-feira, eles seguem para Itajaí onde conhecerão a estrutura de salvamento aquático do 7° Batalhão de Bombeiros Militar e o modelo de atuação dos guarda-vidas civis adotados pelo CBMSC. Na quarta-feira, 18, visitarão o 3° Batalhão de Bombeiros de Blumenau e seguirão para Pomerode, considerada a cidade mais alemã do país.

Informações adicionais para a imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa 
Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina - CBMSC
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Fone: (48) 3251-9614 / 98843-4427
Site: www.cbm.sc.gov.br

Nesta segunda-feira, 16, Santa Catarina recebe uma comitiva de quatro bombeiros da Alemanha, que buscam conhecer a estrutura do Corpo de Bombeiros Militar do Estado e analisar a possibilidade de convênio para troca de experiências e formação profissional. Além do Comando-Geral do Centro de Ensino do Corpo de Bombeiros Militar, em Florianópolis, estão previstas visitas à Secretaria de Estado da Defesa Civil e aos municípios de Itajaí, Balneário Camboriú, Blumenau e Pomerode.

Integram a comitiva, o chefe do Instituto de Bombeiros do Estado de Renânia Norte Westfália, Berthold Penkert, o gerente de Departamento do Instituto de Bombeiros do Estado de Renânia Norte Westfália, Peter Strickmann, o gerente executivo de Departamento do Instituto de Bombeiros do Estado de Renânia Norte Westfália, Yannick Ngatchou, o chefe do Corpo de Bombeiros da cidade de Münster, Gottfried Wingler-Scholz.

O Instituto de Bombeiros do Estado de Renânia Norte Westfália é o maior Centro de Formação e Treinamento de Bombeiros da Alemanha, com capacidade para receber 300 bombeiros ao mesmo tempo. “Uma parceria entre o Instituto e o CBMSC para um intercâmbio profissional seria uma ótima oportunidade para o aprimoramento técnico e profissional do Corpo de Bombeiros Militar catarinense,” analisou o coronel BM Alexandre Corrêa Dutra, chefe do Estado Maior-Geral do CBMSC.

Informações adicionais para a imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa 
Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina - CBMSC
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Fone: (48) 3251-9614 / 98843-4427
Site: www.cbm.sc.gov.br

Chapecó -  Corpo de Bombeiros Militar comemora 53 anos com anúncio da implantação do Serviço Aeromédico Especializado

Os 53 anos do Corpo de Bombeiros Militar de Chapecó foram comemorados nesta sexta-feira,13, em cerimônia marcada pelo anúncio oficial da implantação do Serviço Aeromédico Especializado no Oeste, realizado em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde e o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina. As atividades operacionais de transporte de pacientes começam em 19 de junho, com uma aeronave Arcanjo, tendo como base o aeroporto de Chapecó.

A cerimônia, realizada no Aeroporto de Chapecó, contou com a presença de autoridades municipais, estaduais e da comunidade. O secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, assinou o edital de seleção para contratação dos profissionais que irão compor as equipes do aeromédico no Oeste. O comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel João Valério Borges, assinou a portaria de ativação da 3ª Companhia do Batalhão de Operações Aéreas (BOA), que será sediado no Aeroporto de Chapecó.

O secretário de Estado da Saúde destaca que o objetivo é ampliar a rede de atendimento e ter resposta rápida no transporte especializado de pacientes. “Vamos ter esta rapidez nos atendimentos regulados com urgência, no início serão prestados em média 15 atendimentos por mês, mas que poderão ser ampliados conforme a necessidade”, explica.

Segundo o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, o objetivo é descentralizar estes serviços de operações aéreas. “Sempre pensamos em Chapecó como uma cidade polo que integra todo o Estado, sempre foi um desejo trazer para o interior o nosso serviço de operações aéreas. Com certeza esta aeronave vai trazer um atendimento muito maior, muito mais rápido e qualificado para todas as pessoas que residem no Oeste de Santa Catarina”, afirma.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto Júnior, afirma que é um dia histórico. "Trata-se de uma  conquista no sentido de melhor prover e manter os serviços humanitários que garantem a proteção a vida, patrimônio, meio ambiente, proporcionando efetiva qualidade de vida”, afirma.

O serviço será prestado junto com o Samu, que será o gestor das transferências de pacientes. O Batalhão irá responder pelos condutores, operadores da aeronave. “São 53 anos de excelentes serviços prestados pelos nossos bombeiros, ao longo dessas cinco décadas. Nada melhor do que ganhar um belo presente: o anúncio do serviço aeromédico”, afirma o comandante do 6° BBM  Chapecó , tenente coronel  Hilton de Souza Zeferino.

Reconhecimento

Chapecó -  Corpo de Bombeiros Militar comemora 53 anos com anúncio da implantação do Serviço Aeromédico Especializado

A cerimônia de aniversário também foi marcada pela promoção de 15 bombeiros comunitários, que passam a integrar as guarnições de serviço, auxiliando voluntariamente nas ocorrências atendidas pelo 6º Batalhão de Bombeiros Militar. Também foi realizada a entrega de medalhas de mérito comunitário, concedida a personalidades civis ou militares como reconhecimento nas ações em benefício dos programas comunitários.

Em convênio firmado entre Prefeitura de Chapecó e Corpo de Bombeiros Militar foram entregues equipamentos no valor de R$ 147,1 mil, sendo um conjunto de almofadas pneumáticas, 29 capacetes e 17 botas de combate a incêndio, uma viatura para realização de vistorias e o ABTR-45 - caminhão de combate a incêndio, totalmente revitalizado.

A secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) Chapecó, Astrit Savaris Tozzo destaca que os bombeiros são exemplos de empenho e dedicação. “São muitas conquistas que trazem benefícios para toda população, a exemplo deste novo serviço aeromédico. Nosso reconhecimento também aos bombeiros comunitários que somam forças nesta grande missão de salvar vidas”, destaca.

Mais informações para a imprensa:
Andréia Cristina Oliveira
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó
Fone: (49) 2049-7427 / 99938-6966
E-mail: imprensasdrcco@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/chapeco

Na manhã desta sexta-feira, 13, chegaram relatos de tremores no Norte e Sul da Ilha de Santa Catarina para a Defesa Civil de Florianópolis. Logo que a Defesa Civil Estadual foi notificada, o coordenador Regional da Grande Florianópolis foi acionado para o monitoramento dos municípios da região. Em São João Batista também chegaram relatos do tremor. Até o momento a situação está sendo averiguada. Logo que novas informações sejam repassadas, a Secretaria de Estado da Defesa Civil fará um novo comunicado. A Assessoria de Comunicação da Defesa Civil Estadual está à disposição para o esclarecimento de qualquer dúvida.

Informações adicionais para a imprensa
Flávio Vieira Júnior
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Defesa Civil - SDS
Fone: (48) 3664-7009 / 99185-3889 / 99651-5888
E-mail: defesacivilsc@gmail.com
Site: www.defesacivil.sc.gov.br

 


Foto: Divulgação / SDC

O Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd) de Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí, foi inaugurado na tarde desta segunda-feira, 9. O evento contou com a presença de lideranças regionais e do secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli.

A Secretaria de Estado da Defesa Civil (SDC) abriu nesta terça-feira, 3, o período para indicações de homenageados pela medalha Mérito da Defesa Civil. A honraria, instituída pelo Decreto nº 1.570, de 12 de junho de 2013, tem por finalidade agraciar pessoas que tenham se destacado por relevante participação nas atividades ligadas à Defesa Civil.

A proposta com a sugestão de homenageado pode ser encaminhada de qualquer órgão que faça parte do Sistema Estadual de Defesa Civil, como as defesas civis regionais e municipais. As sugestões podem ser enviadas para a SDC, até às 23h59min do dia 18 de abril, através do preenchimento do formulário online. 

IMG 5476

Mais informações sobre a medalha Mérito da Defesa Civil podem ser obtidas através do telefone (48) 3664-7000, com o gerente de projetos da SDC, capitão BM Diego Sommer. 

Informações adicionais para a imprensa
Flávio Vieira Júnior
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Defesa Civil - SDS
Fone: (48) 3664-7009 / 99185-3889 / 99651-5888
E-mail: defesacivilsc@gmail.com
Site: www.defesacivil.sc.gov.br


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Pleitos de Joinville ao Estado estiveram mais uma vez na pauta do governador Eduardo Pinho Moreira, na tarde desta terça-feira, 27. A reunião no gabinete do Centro Administrativo, em Florianópolis, contou com as presenças da secretária da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Joinville, Simone Schramm; e do presidente da Associação Empresarial, Moacir Thomazi. Entre os assuntos, o repasse de reursos à Associação dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina (ABVESC).

>>> Imagens na galeria

Eduardo Pinho Moreira informou que o Estado realizou o pagamento de duas parcelas referentes aos meses de fevereiro e março de um convênio de R$ 2,1 milhões assinado entre o Governo e a ABVESC para o biênio 2017/2018. “O pagamento de R$ 360 mil referente a essas duas parcelas já foi autorizado”, confirmou. Até o final do ano, a instituição deverá receber outras 10 parcelas de R$ 180 mil cada uma. Os recursos são destinados ao custeio.

A ABVESC, que representa 31 corporações em todo o Estado, estará reunida com a cúpula da Segurança Pública, no dia 2 de abril, em Joinville. No evento serão discutidas oportunidades de trabalho conjunto.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

cigerd ararangua2018

Nesta quarta-feira, 28, o secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, inaugura mais dois Centros Integrados de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd). A primeira solenidade ocorre em Tubarão, às 10h, em seguida a entrega será no município de Araranguá, às 14h.

Segundo o secretário, o início de atividade dos centros representa uma resposta mais rápida para a população do Sul do Estado. "O objetivo é interligar toda Santa Catarina. Em Florianópolis estamos finalizando o  Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres, onde a Defesa Civil irá trabalhar de forma integrada com as outras secretarias facilitando e direcionando as ações em crises", ressaltou.

Cada centro possui cerca de 160 metros quadrados e foram construídos com nove módulos de ferro galvanizado. São estruturas autossuficientes com a capacidade de permanecerem operacionais mesmo com falta de energia elétrica. Foram investidos cerca de R$ 853.082,57 em cada Cigerd.

O objetivo do Centro regional é integrar os órgãos envolvidos na Defesa Civil e aproximar a Secretaria de Estado da Defesa Civil dos municípios. O Cigerd Regional é parte de um projeto inovador baseado em referencias internacionais em funcionalidade, para que exista mais praticidade na construção de uma defesa civil assertiva.

Em Tubarão, a estrutura foi construída graças a uma parceria da Secretaria de Estado da Defesa Civil com a Polícia Militar de Santa Catarina que cedeu o terreno na Rua Padre Roberto Ladall de Moura, 116, Bairro São João. Já em Araranguá, o terreno para a implantação foi cedido pelo Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), na Rua coronel Apolinário Pereira, 540, Centro.

 A secretaria de Estado da Defesa Civil está implantando 20 centros do mesmo modelo, estrategicamente distribuídos no Estado. Todos serão interligados com a base em Florianópolis, facilitando a gestão da crise e possibilita uma resposta rápida ao cidadão.

Informações adicionais para a imprensa
Flávio Vieira Júnior
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Defesa Civil - SDS
Fone: (48) 3664-7009 / 99185-3889 / 99651-5888
E-mail: defesacivilsc@gmail.com
Site: www.defesacivil.sc.gov.br

O Governo do Estado repassou nesta segunda-feira, 26, R$ 360 mil para a Associação de Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina, a ABVESC. Os valores são referentes às parcelas de fevereiro e março de 2018 de um convênio para o biênio 2017/2018. O valor total que será repassado até o final do ano chega a R$ 2,1 milhões e deverá ser destinado ao custeio das unidades voluntárias. 

Nesta terça-feira, 27, o governador Eduardo Pinho Moreira recebe o vice-prefeito de Joinville, Nelson Coelho; a secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional Joinville, Simone Schramm; e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Joinville e presidente da ABVESC, Moacir Thomazi, em Florianópolis.

Entre 2013 e 2017, o Governo do Estado repassou R$ 10,537 milhões em recursos para as corporações de bombeiros voluntários ligadas à ABVESC. A Associação dos Bombeiros Voluntários de Santa Catarina conta com 31 corporações filiadas. O rateio dos recursos é feito de acordo com a população que cada uma atende.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC