Compartilhe


Foto: Jaqueline Noceti / Secom

O governador Raimundo Colombo assinou e entregou na noite desta terça-feira, 12, contratos aos contemplados pelo Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura 2017. A cerimônia foi no Teatro do CIC, em Florianópolis, com a presença do secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, do presidente da Fundação Catarinense de Cultura, Rodolfo Pinto da Luz e do presidente da Fapesc, Sergio Gargioni.

Na abertura do evento o Grupo Cores de Aidê, premiado nesta edição na categoria música, fez sua apresentação com três músicas de percussão.

>>> Mais imagens na galeria

“É um reconhecimento às pessoas que fazem a cultura catarinense mesmo com todas as dificuldades. Mas é importante que o governo possa apoiar e produzir um evento como esse e se multiplicar em cada município em ações que fortalecem e dão qualidade à nossa cultura que é reconhecida por todos nós”, disse Colombo.

A edição 2017 do Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura recebeu inscrições entre 27 de abril e 26 de junho, com número recorde de 1.803 projetos para as premiações de Culturas Populares; Arte e Cultura Negra e Indígena; Artes Visuais; Dança; Literatura; Música; Patrimônio Material e Imaterial; Museus; Teatro e Circo, Apoio a Eventos Artísticos e Culturais; Bolsa de Trabalho, Intercâmbio e Residências.

Para o secretário Leonel Pavan, é uma vitória de resgatar o projeto e cumprir com o compromisso assumido no início desse ano. “Tivemos mais de 1,8 mil participantes e todos envolvidos e comprometidos, enriquecendo o trabalho de cada um e sem dúvida alguma, a cultura do Estado e do Brasil”.

O investimento para essa edição chegou a R$ 5,6 milhões e selecionou 175 projetos em sete categorias (artes visuais, culturas populares, dança, letras, teatro e circo, música e patrimônio cultural). Os recursos são do Governo do Estado, com promoção da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e do Conselho Estadual de Cultura (CEC).

O presidente da Fundação, Rodolfo Pinto da Luz, comemorou o sucesso do número de inscritos devido ao sistema digital. “Pela primeira vez toda a inscrição foi online, toda documentação foi simplificada para justamente permitir o maior número de inscrições. Foi um sucesso e o que nós desejamos agora é dar continuidade. Esses prêmios estão estendidos a todo o Estado de Santa Catarina, desde o extremo-oeste até o litoral, onde há pessoas e entidades contempladas”.

O Edital Elisabete Anderle de Apoio às Artes e à Cultura do Estado de Santa Catarina foi instituído pela Lei 15.503/11 e regulamentado pelo Decreto 2.336/14. 

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC