Tamanho da Fonte

 

SC tem a maior expectativa de vida e o menor índice de mortalidade infantil do país

Santa Catarina é novamente destaque em ranking de qualidade de vida. O Estado tem a maior expectativa de vida e a menor taxa de mortalidade infantil do país, aponta pesquisa nacional do IBGE divulgada nesta sexta-feira, dia 2. Os dados são referentes a 2010. 

pesquisa ibge 20130802 1781824676
Foto: Antônio Carlos Mafalda/Secom 

Segundo o levantamento, a expectativa de vida no Estado aumentou mais de 10 anos entre 1980 e 2010, passando de 66,56 para 76,80 anos. Na divisão por sexo, as mulheres apresentam expectativa de 79,90 anos e os homens de 73,73 anos, também os maiores indicadores do país. A média nacional ficou em 73,76.

Santa Catarina apresentou também a menor taxa de mortalidade infantil: 9,2 óbitos de menores de um ano para cada mil nascidos vivos no Estado, enquanto a média nacional é de 16,7 óbitos em cada mil nascidos vivos. Em 1980, a média catarinense era de 46,1 e a nacional de 69,1.

Outro indicador pesquisado é o de mortalidade na infância, que mede o número de óbitos de crianças com até cinco anos em cada grupo de mil. A média catarinense é de 11,2, e a nacional de 19,4. Em 1980, o mesmo indicador era de 51,2 em SC e de 84 no Brasil.

“Estes dados representam qualidade de vida, algo que foi construído ao longo de muito tempo, com a participação de todos. Santa Catarina se orgulha, mas os desafios continuam, desafios de fazer cada vez mais e melhor. Esses dados são muito importantes, eles nos animam e vamos continuar trabalhando firme para melhorar cada vez mais. É muito bom ver Santa Catarina com os melhores índices do Brasil”, avalia o governador Raimundo Colombo.

Ouça a entrevista com o governador Raimundo Colombo:


Os números

Expectativa de vida em SC
Média geral – 76,80
Homens – 73,73
Mulheres – 79,90

Mortalidade infantil
(crianças de zero a um ano de idade – número de óbitos para cada mil nascidos vivos)
Média geral – 9,2
Homens – 10
Mulheres – 8,5

Mortalidade na infância
(crianças de zero até cinco anos – número de óbitos para cada mil nascidos vivos)
Média geral – 11,2
Homens – 12,3
Mulheres – 1 0,1

Fonte: IBGE – Veja a pesquisa completa aqui

Informações adicionais:
Alexandre Lenzi
Secretaria de Estado de Comunicação 
E-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Telefone: (48) 8843-4350

Desenvolvimento: CIASC | Gestão do Conteúdo-SECOM | Tecnologia-Open Source

Acesso Restrito

Acesse sua conta de usuário

Usuário
Senha *
Lembrar de mim