Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Estruturas retiradas da Hercílio Luz vão ajudar na construção de outras pontes em SC



Oportunidades

Próximos eventos


Fotos: Doia Cercal / Secom

O governador Carlos Moisés assinou dois decretos na manhã deste sábado, 9, durante o evento de abertura da XVIII Olimpíada Catarinense de Bombeiros na cidade de Tubarão. Um deles vai desburocratizar procedimentos para empresários que precisam do alvará de funcionamento para os estabelecimentos.

"Estamos flexibilizando e facilitando o processo para os empresários que querem abrir o próprio empreendimento. Agora, eles podem ter acesso ao alvará de funcionamento pela autodeclaração. Sendo assim, eles vão preencher toda a documentação necessária e poderão receber o alvará. Depois órgãos do governo passarão para fiscalização. Essa é uma maneira de agilizar os processos. Estamos confiando na palavra dos empresários catarinenses", disse Carlos Moisés. 

:: Mais fotos na galeria 

A liberação do alvará por autodeclaração é para empreendimentos de até 750 metros quadrados. O pedido deve ser feito nas unidades do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC).

O outro decreto assinado pelo governador dá liberdade para o  comandante-geral do CBMSC, coronel Charles Alexandre Vieira, redistribuir a quantidade de bombeiros comunitários por quartel operacional, conforme necessidade.

"Nós já temos 97% de confiança da sociedade catarinense. Isso é um orgulho e vamos seguir nesse desafio. Com essas mudanças, vamos melhorar sempre nossas operações para continuar atendendo nossa comunidade", comentou Charles Alexandre Vieira.

O governador ainda aproveitou o ato para liberar R$ 200.000,00 para a aquisição de uniformes para os bombeiros da Federação Catarinense de Bombeiros Comunitários (Fecabom). 

"Com esse ato poderemos continuar com o nosso trabalho em Santa Catarina. Vamos comprar fardamentos e equipamentos para seguir na nobre missão de auxiliar os bombeiros militares no que for preciso", falou o presidente da Fecabom, Marcelo Schrubbe. 

Sobre a Olimpíada

Mais de mil bombeiros militares e comunitários de Santa Catarina se reuniram para a XVIII Olimpíada Catarinense de Bombeiros. O governador abriu o evento, realizado na Arena Multiuso Prefeito Estêner Soratto da Silva, em Tubarão. 

"Esse é um evento que eu participava quando era bombeiro militar da ativa. Eu me sinto em casa relembrando alguns desses momentos", disse o Carlos Moisés.

O evento reúne os participantes para provas que remetem às atividades diárias da corporação, como atendimento pré-hospitalar; subida no cabo de sisal; montagem de estabelecimento; natação e combate a incêndio com extintores. Na programação, ainda tem a Corrida do Fogo, com a participação da comunidade.

Informações adicionais para imprensa:
Luiz Gustavo Silva
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99609-7077
E-mail: luizgustavosilva@secom.sc.gov.br
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC 


Fotos: Heda Wezel / Celesc

A Celesc inaugurou nesta sexta-feira, 8, uma nova subestação (SE) no Bairro Capoeiras, em Florianópolis. A estrutura tem potência instalada de 40 MVA, suficiente para garantir o crescimento da região continental de Florianópolis nos próximos 10 anos, especialmente dos bairros de Capoeiras, Estreito, Coqueiros, Itaguaçu, Bom Abrigo e Abraão, com reflexos também nos bairros limítrofes do município de São José, antes atendidos pelas subestações Coqueiros e Roçado.

A SE representa investimento de aproximadamente R$ 9,4 milhões, valor que também contempla a construção da Linha de Transmissão entre ela e o seu ponto de conexão no sistema elétrico existente, na Via Expressa. “A SE Florianópolis Capoeiras é mais uma obra que confirma o compromisso da Celesc com o desenvolvimento e com a qualidade de vida de quem mora, trabalha e investe em Florianópolis e na região metropolitana”, comentou o presidente da Empresa, Cleicio Poleto Martins.

“Neste primeiro momento, a Subestação vai operar com 50% da sua capacidade total de transformação e, ao longo do ano de 2020 ganhará  novos alimentadores e trabalhará à plena carga, em benefício de toda a região na sua área de abrangência”, conta o diretor de Distribuição, Sandro Ricardo Levandoski. Ainda com o intuito de garantir o abastecimento do mercado futuro, a obra também foi projetada com espaço suficiente para abrigar novos transformadores de potência, dobrando a capacidade instalada.



Informações técnicas

A Subestação Florianópolis Capoeiras está ligada na Linha de Transmissão em 138.000 volts, que interliga a Subestação Palhoça (pertencente ao sistema Eletrosul e localizada naquele município) à Subestação Trindade (do sistema Celesc), localizada no Bairro Córrego Grande, já na Ilha, por meio de uma intersecção no trecho desta LT na BR-282 (Via Expressa).

Novos investimentos reforçam o sistema elétrico na Grande Florianópolis

A construção da subestação Florianópolis Capoeiras faz parte de um grande pacote de obras de alta tensão projetado para atender a região da grande Florianópolis, que incluem a instalação de novas SEs em São José, Palhoça, Santo Amaro e Governador Celso Ramos. Os empreendimentos integram o Programa Quinquenal de Obras da Celesc e deverão estar implantados até 2022, sendo que a nova subestação do município de São José, localizada no Bairro Real Parque, deverá ser energizada até dezembro deste ano. Para essas obras, a Celesc prevê investimentos de R$ 60 milhões, incluindo as Linhas de Distribuição necessárias para conectar as novas subestações ao sistema elétrico existente.

Outro empreendimento de grande importância para a região metropolitana da Grande Florianópolis, que também está em vias de finalização, e foi anunciada pelo diretor Sandro Levandoski, é a nova Linha de Transmissão, em 138 mil Volts, entre as subestações Biguaçu (do sistema Eletrosul) e Tijucas (do sistema Celesc). Quando energizada, ela permitirá o alívio de carga da Linha pertencente ao sistema Eletrosul que hoje abastece as subestações de Tijucas e Camboriú Morro do Boi, pertencentes à Celesc. A Linha, de 26,5km, passa pelos municípios de Biguaçu, Canelinha e Tijucas, e representa investimento de R$ 21 milhões. “Trata-se de uma obra de grande vulto, que está sendo realizada há um ano e quatro meses, envolvendo cinco empresas e 130 profissionais”, contou Levandoski. A nova LT deve ser energizada até dezembro.

Informações adicionais para a imprensa:
Assessoria de Imprensa Celesc
(48) 3231-5140 - assessoria de imprensa
(48) 99901-7767 - plantão para emergências


Foto: Divulgação / Diretoria de Tecnologia e Inovação/SEA

Durante a 5° edição da Semana de Inovação, promovida pelo Governo Federal em Brasília, nesta quinta-feira, 7, o secretário de Estado da Administração, Jorge Eduardo Tasca, apresentou o modelo catarinense de gestão e inovação nos serviços públicos. Durante a apresentação, Tasca destacou aspectos das principais inovações tecnológicas adotadas por Santa Catarina neste ano e que vêm gerando resultados positivos, como mais celeridade nos serviços e significativa economia aos cofres públicos.

Projetos como Governo Sem Papel, que suspendeu a emissão e circulação de documentos impressos no Executivo estadual, além da Gestão por Resultados, norteada pelos indicadores de desempenho que balizam os projetos e a gestão entre todas as áreas também foram apresentadas.

 “O evento foi uma oportunidade para mostrar a outros estados como Santa Catarina está avançada na busca por uma gestão mais inovadora e próxima das pessoas por meio da tecnologia”, disse o secretário.

Durante o encontro, também foram apresentados projetos que estão em fase de implantação no estado, como a plataforma única de dados para compartilhamento de informações entre todas as secretarias setoriais e um portal único de serviços aos cidadãos.  

A Semana da Inovação é realizada pelo Ministério da Economia,  Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Tribunal de Contas da União (TCU) e Faculdade LatinoAmericana de Ciências Sociais (Flacso), com o apoio e a participação de diversas instituições do Governo Federal, além de organismos internacionais, grupos da sociedade civil, e representantes do setor privado.

Informações adicionais para imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Administração - SEA
E-mail: comunicacao@sea.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-1636 /(48) 99105-4085
http://www.sea.sc.gov.br 


Foto: Julio Cavalheiro / Arquivo / Secom

A concessão do Centro de Eventos de Balneário Camboriú pelo prazo de 20 anos foi autorizada nesta sexta-feira, 8. O decreto assinado pelo governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, conclui mais uma etapa do processo, que vem sendo tratado como uma das prioridades na área do turismo. A próxima etapa é o lançamento da concorrência pública de seleção da empresa responsável pela gestão.

A presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de SC (Santur), Flávia Didomenico, destaca que o decreto atende ao estudo que apontou o melhor modelo de concessão para o espaço. “De acordo com esse estudo, o ideal seria a conceder a gestão do local pelo período de 20 anos, e não por 30 anos, como previa o anterior”, explica.

De acordo com o decreto, o Centro de Eventos será destinado à realização de feiras, congressos, convenções, seminários e eventos do gênero. Também estabelece quais são as fontes de receita permitidas à concessionária, decorrentes do uso do local para estes fins.

Após a publicação do decreto no Diário Oficial, a documentação será encaminhada ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) que tem prazo de até 60 dias para análise e manifestação. Posteriormente a Santur lançará o edital de concorrência pública para seleção da empresa que se responsabilizará pela gestão. “A Santur, integrada a outros órgãos do governo, vence mais esta etapa para em breve iniciar o processo licitatório e ter o Centro de Eventos funcionando em um curto espaço de tempo”, destaca Flávia Didomenico.

Reta final

O cronograma da entrega das obras está dentro do previsto pelo Governo do Estado e também pela SCPar. O estipulado pela Comissão de Licitação da Santur é que os últimos ajustes nos processos licitatórios para obras nos espaços que envolvem os elevadores, as divisórias e também a climatização sejam concluídos até o final de dezembro.

Ainda dentro do previsto, o Centro de Eventos de Balneário Camboriú deverá estar em pleno funcionamento no segundo semestre de 2020. Portanto, os eventos estão sendo pré-agendados com datas somente a partir do mês de julho.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Flores
Assessoria de Imprensa 
Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina - Santur 
E-mail: imprensa@santur.sc.gov.br
Fone: (48) 3665- 7480​ / (48) 98844-1240
Site: www.turismo.sc.gov.br


Governador e primeira-dama com Weslley Vieira. Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Weslley Ribeiro Vieira tem nove anos e pratica basquete em cadeira de rodas desde os cinco. O garoto é uma das mais de 9,8 mil pessoas cadastradas na Associação Florianopolitana de Deficientes Físicos (Aflodef), entidade que na manhã desta sexta-feira, 8, recebeu a visita do governador Carlos Moisés e da primeira-dama Késia Martins da Silva. O chefe do Executivo estadual e a esposa conheceram o trabalho da instituição e da Associação Catarinense de Doenças Raras (ACDR).

Carlos Moisés antecipou que deve levar a pauta das pessoas com deficiência e portadores de doenças raras à próxima reunião com o colegiado de governo. “Entidades que fazem esse tipo de trabalho prestam um serviço muito importante, e o nosso principal papel é dar uma vida melhor para as pessoas”, lembrou o governador, durante a visita.

>> Mais fotos na galeria

Na Aflodef, eles foram recepcionados pelo presidente, José Roberto Leal, que conduziu Carlos Moisés e Késia pelas dependências da sede da entidade. “Trabalhamos com vários projetos. As pessoas normalmente vêm aqui em busca de uma cadeira de rodas, mas nós vamos além. Trabalhamos com a prática esportiva, Educação de Jovens e Adultos (EJA), temos o projeto Praia Acessível e atuamos pela empregabilidade”, resumiu Leal. Segundo ele, vários governadores já foram convidados para visitar a entidade, e Carlos Moisés é o primeiro a atender ao convite.

Na visita à ACDR, o governador e a primeira-dama conheceram o trabalho feito pela associação a favor de aproximadamente 500 pessoas cadastradas que sofrem de alguma doença rara. São moradores de diversas cidades catarinenses e até de outros estados. “Eles veem que não estão sozinhos nessa luta. Uma doença rara geralmente exige providências ‘para ontem’, não é algo que possa esperar. Por isso atuamos nas áreas judicial, científica e com apoio para a família”, explicou a presidente, Margareth Carreirão.

Margareth presenteou Késia e Carlos Moisés com a camiseta da ACDR, um troféu dos 15 anos da associação e um livro “Contra a doença, o amor”, escrito por ela.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Página 2 de 608

Conecte-se