Encontre serviços e notícias do Governo de SC

 

Vídeos

Coronavírus: sintomas e prevenção



Oportunidades


BANNER DEFICIENTES 01


Foto: Mauricio Vieira / Secom

A Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina (SES) informa que recebeu do Ministério da Saúde (MS), na última quinta-feira, 26, nova remessa de doses da vacina contra a gripe. Foram encaminhadas ao estado um total de 228 mil doses. A distribuição para as 17 regionais de saúde começou nesta sexta, 27. A dose não protege contra o coronavírus. 

Como a Campanha de Vacinação contra a gripe foi antecipada, como uma estratégia para auxiliar no diagnóstico da Covid-19, o Ministério da Saúde tem recebido as doses do laboratório produtor Butantan de forma escalonada, de acordo com a produção. Por esse motivo, as doses são enviadas ao estado em remessas.

Santa Catarina receberá um total de 2.570.800 doses em pequenos lotes, com datas a serem confirmadas, pois depende da produção da vacina. O quantitativo recebido é dividido, proporcionalmente, para as regionais de saúde, de acordo com os grupos prioritários. As regionais de saúde são responsáveis por distribuir as vacinas aos 295 municípios catarinenses.

Diante da pandemia do Coronavírus, a Secretaria de Estado da Saúde orientou os municípios a organizarem a vacinação da melhor maneira possível a proteger os idosos e doentes crônicos, considerados grupo de risco da Covid-19.

Histórico de recebimento em Santa Catarina

1ª remessa (16/03): 307.600
2ª remessa (23/03) 156.000
3ª remessa (25/03): 228.000

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Informações adicionais para a imprensa:
Amanda Mariano
Bruna Matos
Patrícia Pozzo
NUCOM - Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive)
Secretaria de Estado da Saúde
Fone: (48) 3664-7406 | 3664-7402
E-mail: divecomunicacao@saude.sc.gov.br
www.dive.sc.gov.br
www.instagram.com/divesantacatarina
www.facebook.com/divesantacatarina


Foto: Mauricio Vieira / Arquivo / Secom

Os alunos da rede estadual de ensino poderão usar o tempo fora da sala de aula durante o combate à pandemia do coronavírus (Covid-19) para aprender com a página de Recursos Digitais de Aprendizagem. A nova área do site foi elaborada pelos técnicos da Secretaria de Estado da Educação (SED) com atividades, orientações e estímulo à aprendizagem em família.

A página é dividida entre anos iniciais do Ensino Fundamental, anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio, com materiais específicos para os estudantes de cada uma dessas etapas escolares. Os conteúdos incluem dicas para prevenção ao coronavírus, brincadeiras para aprendizagem em família, acervo para leitura, sugestão de canais educativos nas mídias sociais, indicação de filmes e informações sobre a preparação para o vestibular.

A proposta é fornecer alternativas de estudo para orientar os pais e atender os estudantes durante o período de distanciamento social, complementando o que é trabalhado em sala de aula. As atividades propostas têm como objetivo complementar os conteúdos previstos nos planos de ensino dos professores e não serão consideradas como horas-aula no calendário letivo de 2020.

O secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, ressalta que a disponibilidade desses materiais para acesso dos alunos e pais é uma forma de complementar o processo de ensino-aprendizagem e fazer bom uso do tempo dos estudantes.

“Elaboramos um conjunto de possibilidades que estão à disposição dos alunos para que façam o melhor proveito desse tempo em que estão em casa, já que estamos seguindo as regras do Governo do Estado de permanecermos o maior tempo possível nas nossas residências por conta do distanciamento social”, destaca Natalino Uggioni.

Atividades para acompanhamento dos pais

Os Recursos Digitais de Aprendizagem tendem a aumentar a interação de pais e alunos nos estudos, especialmente nos anos iniciais, destaca a gerente de gestão da Educação Fundamental, Paula Cabral. O material para as crianças inclui várias sugestões de atividades lúdicas e brincadeiras que os pais podem propôr durante o distanciamento social.

“É muito importante a participação das famílias nesse primeiro contato, até para auxiliar o acesso da criança ao site da SED e acompanhar o processo de aprendizagem. Temos vários materiais direcionados aos pais com dicas para auxiliar, por exemplo, na organização dos horários de estudo do aluno”, explica Paula.

O material elaborado para aprendizado dos anos iniciais tem como objetivo trabalhar as competências e habilidades das crianças com atividades e brincadeiras em família. O acervo de livros que incluem HQs, livros infantis, livros de curiosidades, narrativas e poesias. Ainda há indicação de canais educativos nas mídias sociais com animações e contação de histórias, além da sugestão de aplicativos, jogos e filmes.

Os alunos dos anos finais do Ensino Fundamental têm à disposição materiais relacionados a conceitos nas áreas de conhecimento como matemática, ciências da natureza, ciências humanas, linguagens e ensino religioso. Há dicas para organização dos estudos, orientações de prevenção ao coronavírus e indicação de leituras, filmes, canais nas mídias sociais e jogos educativos.

Dicas de vestibular para os alunos do Ensino Médio

Os estudantes da rede estadual que frequentam o Ensino Médio terão mais autonomia para escolher entre os conteúdos disponíveis no canal. O foco para os adolescentes é reforçar os conhecimentos vistos em sala de aula disponibilizando materiais que têm vínculo com os componentes curriculares e são selecionados de uma curadoria por técnicos da SED.

Há alternativas que vão desde videoaulas e bibliotecas digitais até cursos gratuitos de programação em jogos em Scratch ou apps em Android. Também há conteúdos preparatórios para o Enem e vestibulares, incluindo banco de questões de provas anteriores, dicas para redação e obras literárias indicadas para prestar o vestibular.

>>>Acesse a página de Recursos Digitais de Aprendizagem

A gerente de Educação do Ensino Médio e Profissional, Maria Tereza Paulo Hermes Cobra, ressalta que o material disponibilizado inclui dicas e orientações para que os adolescentes possam entender a pandemia e desenvolver outras habilidades durante o período de distanciamento social, afirmando que a escola tem função de instruir o aluno durante um período atípico como o atual.

“A escola não é apenas lugar de ensinar o conteúdo, mas também de desenvolver outras habilidades sociais e emocionais. Precisamos trabalhar a formação integral dos alunos, ajudando para que eles consigam resolver problemas complexos com criatividade e organizem o seu tempo enquanto estão em casa”, explica Maria Tereza.

Participação dos professores com sugestões

Nos próximos dias, será criado um formulário na página dos Recursos Digitais de Aprendizagem para que os pais e alunos possam mandar sugestões, as quais serão analisadas e podem ser incluídas no material. Os professores, que atualmente estão em período de recesso, também serão envolvidos nesta etapa, com a possibilidade de enviarem sugestões para colaborar com a construção do canal.

A SED reconhece a ferramenta como complementar no processo ensino-aprendizagem, para estimular ao estudo em um momento em que não é possível adotar quaisquer formas de aprendizado que envolva contato presencial.

Informações adicionais para imprensa:
Gabriel Duwe de Lima
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED
Fone: (48) 3664-0347 
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
www.sed.sc.gov.br 


Foto: Mauricio Vieira / Secom

O governador Carlos Moisés anunciou nesta quinta-feira, 26, a retomada parcial das atividades não essenciais em Santa Catarina a partir da próxima semana. Segundo o chefe do Executivo estadual, a ação faz parte do Plano Estratégico para a Retomada das Atividades Econômicas em Santa Catarina e será publicada em um decreto nesta sexta-feira, 27.

Carlos Moisés salientou que a orientação do Estado é que as pessoas permaneçam em casa. A abertura parcial de comércios e atividades não essenciais ocorrerá com um regramento, com o objetivo de preservar a saúde da população.

>> Confira o Plano Estratégico na íntegra aqui

“Precisamos promover a convivência dos catarinenses com a pandemia da Covid-19, conciliando as vertentes do convívio social, da preservação da vida das pessoas e da atividade econômica. Isso quer dizer que nós pesamos as duas coisas e estamos fazendo gradativamente um plano para que as pessoas possam voltar ao convívio de forma segura. Esse é o grande objetivo”, declarou o governador.

Durante a coletiva de imprensa, Carlos Moisés lembrou ainda que as aulas seguem suspensas em todas as redes de ensino até o dia 17 de abril, conforme determinação do decreto 525. O governador reforçou também que missas, cultos e reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, seguem suspensos.

>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

Veja o que abre e o que deve permanecer fechado

Agências bancárias, correspondentes bancários, lotéricas e cooperativas de crédito poderão abrir a partir de segunda-feira, 30, para atender exclusivamente pessoas que necessitem de serviços bancários presenciais.

A partir da quarta-feira, dia 1º, estarão liberados também:

- atividades e os serviços privados não essenciais, a exemplo de academias, shopping centers, bares, restaurantes e comércio em geral;
- atividades do setor hoteleiro;
- atividades de construção civil;
- escritórios de prestação de serviços em geral;
- centros de distribuição e depósitos.

Para funcionar, os estabelecimentos precisarão respeitar algumas regras:

1) Para estabelecimentos com permissão de atendimento ao público e entrada de pessoas:
a) limitação de entrada de pessoas em 50% (cinquenta por cento) da capacidade de público do estabelecimento, podendo este estabelecer regras mais restritivas;
b) controle de acesso e marcação de lugares reservados aos clientes, bem como o controle da área externa do estabelecimento, respeitadas as boas práticas e a distância mínima de 1,5 m entre cada pessoa.
2) priorização do afastamento, sem prejuízo de salários, de empregados pertencentes a grupo de risco, tais como pessoas com idade acima de 60 anos, hipertensos, diabéticos e gestantes;
3) priorização de trabalho remoto para os setores administrativos;
4) adoção de medidas internas, especialmente aquelas relacionadas à saúde no trabalho, necessárias para evitar a transmissão do coronavírus no ambiente de trabalho e no atendimento ao público;
5) utilização de veículos de fretamento para transporte de trabalhadores, ficando a ocupação de cada veículo limitada a 50% da capacidade de passageiros sentados;

Serviços autônomos liberados

Também serão liberados sem restrições, a partir de quarta-feira, 1º, os serviços autônomos, domésticos e os prestados por profissionais liberais.

Transporte coletivo segue suspenso

O governador Carlos Moisés anunciou ainda que os transportes coletivos permanecerão suspensos pelo prazo de mais sete dias, a contar da próxima quarta-feira, dia 1º. A determinação mantém suspensa a circulação de veículos de transporte urbano municipal e intermunicipal de passageiros, além da circulação e do ingresso no território catarinense dos veículos de transporte interestadual e internacional de passageiros, público ou privado. A decisão também vale para veículos de fretamento para o transporte de pessoas.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
Site: www.sc.gov.br

 


Foto - Dorivan Marinho/SCO/STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu, no fim da tarde desta quinta-feira, 26, liminar para permitir que Santa Catarina deixe de pagar, pelo período de 180 dias, a dívida pública junto à União e utilize os recursos para viabilizar medidas de saúde pública relacionadas ao combate ao coronavírus. 

O pedido foi protocolado pela Procuradoria-Geral do Estado de Santa Catarina (PGE) para garantir que a União deixe de aplicar qualquer tipo de penalidade ao estado em razão da suspensão dos pagamentos. Sem quitar as parcelas pelos próximos seis meses, a estimativa é de que o Governo do Estado consiga investir cerca de R$ 300 milhões no enfrentamento da Covid-19. 

“O Estado de Santa Catarina, assim como os demais entes federados, tem a obrigação constitucional de adotar medidas de contenção da velocidade de circulação do vírus, tais como medidas socioeconômicas preventivas já adotadas no âmbito do estado, desenvolvimento de campanhas publicitárias de informação e conscientização, incremento das operações de fiscalização sanitária e epidemiológica, bem como o desenvolvimento de medidas efetivas para o tratamento dos infectados pelo vírus, a exemplo do aumento do número de leitos comuns e de UTI, da disponibilização de medicamentos que se mostrem eficazes no combate do vírus”, ressaltou a Procuradoria na ação. 

Na segunda-feira, 23, o Governo Federal chegou a anunciar que iria suspender os pagamentos de todos os estados. No entanto, como não houve a formalização da suspensão e a próxima parcela devida por Santa Catarina venceria na segunda-feira, 30 de março, a PGE ajuizou a demanda junto ao STF nesta quinta e obteve a medida liminar. O STF já concedeu a suspensão por 180 dias para, pelo menos, outros cinco Estados: Bahia, Maranhão, Paraíba, Paraná e São Paulo. Uma audiência virtual deve ser realizada pelo STF com a União e representantes de todos os Estados para tratar do assunto.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Informações adicionais:
Maiara Gonçalves
Assessoria de Comunicação
Procuradoria Geral do Estado - PGE
comunicacao@pge.sc.gov.br 
(48) 3664-7650 / 99131-5941 / 98843-2430
Site: www.pge.sc.gov.br 


Foto: Divulgação / Cidasc

Referência internacional em sanidade animal e vegetal, Santa Catarina mantém as fiscalizações nas barreiras sanitárias da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc). Os serviços de defesa agropecuária seguem normalmente, inclusive neste período de restrições ao convívio social determinadas pelo Governo do Estado.

"Para preservar a saúde de seus funcionários e dos produtores rurais, a Cidasc está priorizando o atendimento via telefone e email. Além isso, o produtor pode retirar a Guia de Trânsito Animal ou a Permissão de Trânsito Vegetal através do Sistema Sigen+. O trabalho de fiscalização nas barreiras continua, assim como o atendimento a doenças de notificação obrigatória", destaca a presidente da companhia, Luciane Surdi.

>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

Os barreiristas foram orientados a intensificar as medidas de prevenção para evitar o contágio pelo coronavírus, principalmente mantendo uma distância segura dos transportadores e reforçando os hábitos de higiene. Santa Catarina possui barreiras sanitárias fixas nas divisas com Paraná, Rio Grande do Sul e na fronteira com a Argentina, que controlam a entrada e a saída de animais e produtos agropecuários no estado.

Escritório municipais da Cidasc

O atendimento presencial nos escritórios municipais da Cidasc está suspenso. Os médicos veterinários e engenheiros agrônomos atenderão presencialmente apenas em casos de doenças de notificação obrigatória, suspeitas de introdução de pragas quarentenárias ausentes no estado, e em outros casos inadiáveis.

Quando indispensável o atendimento presencial, o produtor, responsável técnico ou representante de empresa deve agendar via telefone ou e-mail, e os funcionários irão atender uma pessoa por vez, evitando aglomerações e contato físico. Todas as regras de higiene e prevenção serão seguidas.

Permissão de Trânsito Vegetal

A emissão de Permissão de Trânsito Vegetal – PTV segue normalmente, e o serviço de certificação fitossanitária de frutas como maçã, banana e citros deve ser mantida pelos responsáveis técnicos habilitados, pois trata-se de serviço essencial, conforme Decreto nº 525, de 23 de março de 2020.

As exigências de PTV para ingresso em SC também estão mantidas e são fiscalizadas nas barreiras sanitárias.

Transporte de animais

O transporte de animais está mantido e a Guia de Trânsito Animal (GTA) é documento obrigatório nesse processo.
A GTA pode ser solicitada online pelo sistema da Cidasc, sem necessidade de comparecer ao escritório local. Em caso de emissão exclusiva do serviço oficial, deve ser solicitada por e-mail.

Durante o período de quarentena, será estimulado o atendimento remoto e serão aceitas GTAs em formato digital, dispensando a impressão. Essa medida não se aplica ao trânsito de animais para abate, nem ao trânsito de animais para outros estados.

Distribuição de brincos oficiais

A distribuição de brincos oficiais de identificação animal será adiada. Assim que as atividades forem restabelecidas, o produtor deve procurar o escritório da Cidasc ou do Icasa para regularização.

O atendimento daquelas entregas de brincos que forem totalmente inadiáveis será feito mediante agendamento prévio, respeitando todas as indicações para prevenção ao coronavírus. O agendamento de atendimento e entrega de brincos oficiais deve ser feito por e-mail ou por telefone, disponíveis no endereço http://www.cidasc.sc.gov.br/estrutura-organizacional/

Ações de prevenção ao coronavírus em Santa Catarina

Os dados oficiais do Governo do Estado são atualizados no site www.coronavirus.sc.gov.br. As notícias relacionadas às medidas para combater a propagação da doença também podem ser conferidas aqui. As atualizações podem ser acompanhadas ainda por Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado. 

Informações adicionais para imprensa:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br

Página 5 de 727