Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Pesquisa auxilia restauradores de obras de arte em todo mundo

Pesquisa auxilia restauradores de obras de arte em todo mundo

Pintada no fim do século 19, a obra Sagrada Família está submetida aos cuidados dos restauradores do Ateliê de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis (Atecor) da Fundação Catarinense de Cultura (FCC).

Oportunidades

Próximos eventos

 Chico Ribeiro/Governo do Estado do Mato Grosso do Sul

A vice-governadora Daniela Reinehr participa nesta segunda e terça-feira, 17 e 18, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, da reunião de trabalho da Comissão Permanente de Políticas Públicas para Mulheres e Segurança Pública do Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul). O encontro é realizado com objetivo de discutir o diagnóstico e a construção de propostas para o enfrentamento à violência que atinge mulheres e meninas que vivem nas áreas de fronteiras.

Santa Catarina já tem constituído um grupo de trabalho que auxilia no desenvolvimento do Projeto SC Fronteiras, que realizou um mapeamento e diagnóstico dos tipos de violência.

Para a vice-governadora, o encontro abrange um dos assuntos de grande preocupação da sociedade. “É cada vez mais urgente discutir a violência contra a mulher em todos os âmbitos, com o desenvolvimento de políticas públicas ainda mais eficazes. Precisamos incentivar a independência das mulheres por meio da qualificação, empregabilidade e empreendedorismo e criar um ambiente seguro para todas”, disse.

Na reunião de trabalho estão sendo organizadas propostas a serem apresentadas em audiência pública prevista para 11 de julho, na Comissão de Relações Exteriores do Senado da República, em Brasília.  Além de Santa Catarina, projetos também estão sendo realizados nos estados que possuem área de fronteiras: Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio Grande do Sul.

Em Santa Catarina fazem parte das áreas de fronteiras os municípios de Bandeirante, Belmonte, Dionísio Cerqueira, Guaraciaba, Itapiranga, Paraíso, Princesa, Santa Helena, São José do Cedro, São Miguel do Oeste e Tunápolis. Nesses municípios, em 2017, foram registradas 1.176 ocorrências de violência contra a mulher, sendo três casos de feminicídios. Em 2018, foram quatro casos de feminicídios. “Minimizar esses números é papel de toda a sociedade”, finalizou Daniela Reinehr.

Informações adicionais para a imprensa:
Assessoria do Gabinete da Vice-Governadora
Elisabety Borghelotti
Fone: (48) 3665-2281 | (48) 98843-5460
E-mail: comunicacao@gvg.sc.gov.br

  Foto: Divulgação/ Deter

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) concederá reajuste médio de 6,6% na tarifa do transporte intermunicipal de passageiros. A medida vai entrar em vigor a partir da zero hora de domingo, 23. 

 Foto: Mauricio Vieira/ Secom

Um passo importante para a logística na região do Vale do Itajaí foi dada na manhã desta segunda-feira, 17. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) liberou para o trânsito um trecho de aproximadamente oito quilômetros da obra de duplicação da BR-470, entre Gaspar e Ilhota. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, liderou o ato, acompanhado pelo governador de Santa Catarina, Carlos Moisés.

:: VEJA GALERIA DE FOTOS

Desde o início do ano, Moisés vem cobrando do Governo Federal mais celeridade nas obras rodoviárias em Santa Catarina, em especial a BR-470. O governador considera a infraestrura como prioridade para o desenvolvimento do estado. Já o ministro disse que reconhece a importância da duplicação para a região e o estado.

"A BR-470 é uma prioridade para o Governo Federal. A gente sabe que tem muita coisa que pode ser liberada, dependendo de aporte de recursos, e vamos providenciar", afirmou Freitas. "Tenho certeza que até meados do ano que vem teremos uma boa parte desse trecho já liberada. A ideia é que até 2021 tenhamos essa obra concluída por inteiro", acrescentou.

Pouco antes da abertura do tráfego no trecho entre Ilhota e Gaspar, o ministro e o governador transitaram pela BR-470 para conferir o andamento dos trabalhos. Os secretários de Estado Douglas Borba (Casa Civil) e Carlos Hassler (Infraestrutura) participaram da agenda na rodovia, assim como parlamentares e engenheiros que atuam na obra.

"Esta estada em Santa Catarina vai ser muito importante para acompanhar o andamento dos trabalhos e discutir os cronogramas dessas intervenções e a alocação de recursos para o ano que vem", considera o ministro da Infraestrutura.

Depois da vistoria na BR-470, o governador e o ministro seguiram para a reunião da Fórum Parlamentar Catarinense, em Itajaí. À tarde, eles participam da inauguração do Berço 4 do Porto de Itajaí. A agenda de hoje ainda prevê uma vistoria no Contorno Viário da Grande Florianópolis.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC

 Foto: James Tavares/Secom

Cerca de R$ 300 milhões de investimentos privados estão sendo aplicados em empreendimentos que podem gerar aproximadamente 3.500 novos empregos diretos e indiretos no Estado. Os números demonstram a força do Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec), que nos últimos dias habilitou mais cinco empresas. Coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), o programa já existe há mais de três décadas e possibilitou a instalação de pelo menos 700 empreendimentos no Estado.

A gigante Portobello, em Tijucas, é uma delas. Para celebrar o aniversário de 40 anos, a indústria de revestimentos cerâmicos fez um investimento em ampliação que vai gerar produtos em grandes formatos. Com um aporte de R$160 milhões, 131 novas vagas de empregos diretos e 300 indiretos, vai gerar uma arrecadação na ordem de R$5 milhões. A Cerâmica Urussanga, também do segmento de revestimentos, fez um investimento de R$84,4 milhões, abrindo 410 novas oportunidades e retornando mais de R$13 milhões em ICMS.

"O Governo incentiva o setor produtivo. Enquanto muitas empresas estão fechando no Brasil, em Santa Catarina elas seguem no sentido inverso. Aqui na Portobello, vocês tomam essa decisão de expandir o seu parque fabril. A gente percebe que vocês têm muita coragem. Tudo que vocês já fazem há muitos anos, nós buscamos entregar também no governo do Estado”, destacou o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés. 

 Cerimônia de inauguração de ampliação da Portobello, em Tijucas

No norte do Estado, estão sendo investidos cerca de R$ 49 milhões com a habilitação pelo Prodec. A estimativa é que juntas, os projetos de expansão das empresas fomentem em torno de 2.630 novos empregos diretos e indiretos em Jaraguá do Sul e Blumenau.

Novos contratos

Na última quarta-feira, 12, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino encaminhou os contratos, formalizando o apoio do governo para ampliação das empresas. A fabricante de itens para a indústria alimentícia Duas Rodas, em Jaraguá do Sul, conta com um projeto de expansão com previsão de contratar mais 22 empregos diretos, 66 indiretos e recolher cerca de R$ 36 mil de ICMS ao Estado, com investimentos previstos de R$17,5 milhões.

Em Blumenau, duas indústrias do ramo têxtil, a Pacífico Sul, que prevê a geração de 357 empregos diretos e dois mil indiretos, irá gerar uma arrecadação de mais de R$ 4 milhões para o Estado e R$20 milhões em investimentos. A TecnoBlu, que atua na indústria de acessórios têxteis, irá contemplar 185 novas vagas diretas e indiretas, com a expectativa de recolher mais de R$1,2 milhão e R$11,5 milhões em investimentos.

“Nosso papel como gestor público é incentivar o empreendedor a investir no Estado. O Prodec é um programa coordenado pela SDE e busca conceder incentivo à implantação ou expansão de empreendimentos industriais e comerciais, que vierem produzir e gerar emprego e renda em Santa Catarina”, destacou o secretário de Estado Lucas Esmeraldino.

O gerente de Apoio ao Investidor na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Luiz Eduardo Koslovski Santos, observa que “a proposta do Prodec dá a oportunidade das empresas direcionarem parte do valor que pagariam em tributos estatuais, para fomentar o crescimento, pois esse recurso será investido para expansão e geração de novos empregos. Com o Prodec as empresas passam a usar esse recurso de maneira mais estratégica para suas expansões”. 

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável
Jornalista: Mônica Foltran
E-mail: comunicacao@sds.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-2261/ 99696 1366

 

 Fotos: James Tavares/ Secom

Uma antiga reivindicação da população de Joinville, a duplicação do acesso ao Distrito Industrial da cidade, irá sair do papel. Na tarde desta sexta-feira, 14, o governador Carlos Moisés autorizou o início das obras, que já estão licitadas. O investimento será de R$ 41,41 milhões para os trabalhos, que incluirão uma revitalização do asfalto já existente. A parte física está orçada em R$ 38,58 milhões e a supervisão, que ainda precisa ser licitada, deve ter um custo de até R$ 2,83 milhões.

:: VEJA GALERIA DE FOTOS 

A ordem de serviço, assinada em solenidade na Associação Empresarial de Joinville (ACIJ), contempla um trecho de 5,7 quilômetros, que passa pelas ruas Hans Dieter Schmidt e Edgar Meister. Segundo o governador, mesmo sem a definição da empresa que fará a supervisão, as obras devem iniciar até julho. A duplicação ficará a cargo da empresa Infrasul.

“A gente entende que essas obras de infraestrutura facilitam a vida do empreendedor, com sua logística de produção. São obras prioritárias pelo impacto econômico que elas trazem para as regiões, com projetos aprovados, e que foram deixadas na gaveta por governos anteriores”, afirmou Moisés.

 

Na avaliação de João Martinelli, presidente da ACIJ, a duplicação do acesso ao Distrito Industrial é fundamental, pois por ali passa quase 20% do PIB da cidade. “Como ela estava intransitável, isso trazia o fluxo de caminhões para o Centro da cidade. É uma obra que nós vínhamos reivindicando há muitos anos. Por isso, ficamos sensibilizados com o gesto do governador Moisés em perceber a importância dessa obra”, frisou Martinelli.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Carlos Hassler, destacou que a duplicação será realizada com recursos próprios. Com isso, o retorno financeiro passa a ser imediato após a conclusão dos trabalhos: “A intenção é que essas obras sejam as primeiras de investimento, paralelo ao plano de manutenção que já está em andamento. Depois de décadas, estamos vendo realmente o Estado investir recurso próprio em infraestrutura de peso, e não em convênios de pequenos serviços. Isso demonstra maturidade e capacidade de se auto gerir. Obra de financiamento tem que ser paga depois. Com recurso próprio, eles estão pagas quando se encerram e geram riqueza automaticamente”.

Plano Novos Rumos

A duplicação do acesso ao Distrito Industrial de Joinville faz parte do plano "Novos Rumos - Santa Catarina em Movimento", um conjunto de ações estratégicas para melhorar a infraestrutura catarinense e destravar o desenvolvimento de Santa Catarina.

Esta foi a terceira obra anunciada pelo programa. A primeira foi o Contorno Viário de Chapecó e a segunda tratou da revitalização da SC-401, a rodovia mais movimentada do Estado, em Florianópolis. As demais serão anunciadas nas próximas semanas.

Outros anúncios

Ainda durante sua visita a Joinville, Moisés garantiu um repasse de R$ 1 milhão ao Festival de Dança. Também foi renovada a parceria com a Associação dos Bombeiros Voluntários de Santa Catarina. A ABVESC vai receber R$ 6 milhões - R$ 3 milhões em 2019 e R$ 3 milhões em 2020 - para aquisição de equipamentos e manutenção das atividades das 31 corporações espalhadas pelo Estado.

Informações adicionais para a imprensa
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação 
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC 

Página 1 de 478

Conecte-se