Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Com a Palavra, o Governador - 20 de outubro de 2017

Com a Palavra, o Governador - 20 de outubro de 2017

No programa "Com a Palavra, o Governador", Raimundo Colombo fala sobre as obras do Centro de Gestão de Risco da Defesa Civil, os programas que apoiam as ideias inovadoras no estado, a autorização para novos Cras e o programa e-Origem.


Oportunidades

Próximos eventos


Fotos: Gerência de Construção / Casan

A Casan começou a mais uma importante obra do Plano de Melhorias Operacionais do Sistema de Abastecimento de Água de São José. No alto da Servidão Osni Valter José Pereira, no Bairro Forquilhinhas, é intenso o fluxo de caminhões e máquinas para terraplenagem da área que receberá um reservatório de 5 milhões de litros de água.

A entrada em operação deste reservatório está prevista para o Verão 2019, ampliando o abastecimento não apenas para o Forquilhinhas, mas também Potecas, Forquilhas, Flor de Nápolis, Picada do Sul, Sertão do Maruim e Distrito Industrial.


Fotos: Divulgação / VOR

O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, pretende garantir até abril do ano que vem a realização em Itajaí da próxima edição da Volvo Ocean Race (VOR), que ocorrerá entre os anos de 2020-2021. Neste domingo, Pavan acompanhou em Alicante, na Espanha, a largada da 14ª edição da regata, que, entre os dias 5 e 22 de abril de 2018, estará na cidade do Litoral Norte de Santa Catarina.

"Queremos acertar o mais rápido possível a renovação para evitar qualquer transtorno, como a perda da etapa para outro Estado", comentou o secretário. Na atual edição, as cidades de Salvador e Rio de Janeiro também concorriam para sediar a fase brasileira. Considerada a maior e mais difícil regata do mundo, Itajaí será a única parada na América Latina da competição.


Foto: GBM Rio dos Cedros

O Corpo de Bombeiros Militar de Rio dos Cedros, município pertencente à Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Timbó, realizou um evento especial nesta semana. Na quarta-feira, 18, o quartel foi palco da festa aniversário de Atalidio Gabriel da Silva, que completou um ano de vida. Mas, além das comemorações, também foi um momento de gratidão, pois há cerca de um ano o menino precisou de socorro e está vivo graças ao atendimento dos bombeiros.

Gabriel, como é chamado, precisou ser atendido pelos bombeiros de Rio do Cedros no dia 6 de novembro de 2016. Na ocasião, a guarnição formada pelos soldados Deywisson Gonçalves e Leon Soares prestou socorro à vítima, que apresentava quadro de Obstrução de Vias Áreas por Corpo Estranho (Ovace).

A família, que reside em uma localidade distante, acionou os bombeiros pelo telefone 193, que despachou a viatura de socorro de Rio dos Cedros. Devido à gravidade da situação relatada, já no caminho também foi acionado o suporte aeromédico do Arcanjo 03.

O menino, que na época tinha apenas algumas semanas de vida, recebeu os primeiros atendimentos ainda na viatura dos bombeiros de Rio do Cedro e teve o quadro revertido. Em seguida, ficou aos cuidados do médico do Arcanjo 03, que finalizou o atendimento, deixando Gabriel totalmente recuperado e sob os cuidados de seus pais.

Nesta semana, quase um anos após o atendimento da ocorrência, os bombeiros de Rio dos Cedros receberam Gabriel no quartel, de forma descontraída e alegre. O soldado Leon, que participou do atendimento, pôde lhe dar um forte abraço e se emocionou com a situação.

“Foi um dia de festa, com guloseimas, brinquedos e presentes para o pequeno Gabriel, mas também foi um dia de festa para todos os bombeiros que saem de suas casas com dedicação para fazer o bem e que têm seu trabalho reconhecido”, relatou Leon. “A comemoração é nossa também, pela oportunidade de podermos salvar a vida de mais um anjo e poder ver que está crescendo bem e feliz”, comemorou o soldado Deywisson.

Informações adicionais para a imprensa:
Bruna Laline Ramos
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Timbó
E-mail: comunicacao.adr34@tio.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3399-3023 / (47) 99240-5217
Site: sc.gov.br/regionais/timbo

 


Foto: Volvo Ocean Race/Divulgação

O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, participa neste domingo, 22, em Alicante, na Espanha, da largada oficial da 13ª edição da Volvo Ocean Race (VOR), que, em abril de 2018, estará em Itajaí, única parada na América do Sul da maior e mais difícil regata do mundo.

“Itajaí será o centro do mundo da vela em abril do ano que vem”, definiu o secretário Pavan. O município do Litoral Norte catarinense recebeu o evento pela primeira vez na regata 2011-2012, quando mais de 250 mil pessoas visitaram a Race Village montada para a competição. Na edição 2014-2015, recebeu novamente o evento e foi a segunda maior etapa em público, com mais de 350 mil pessoas.

Itajaí será o oitavo porto da regata. Após largar em Alicante, os barcos passarão por Lisboa (Portugal), Cidade do Cabo (África do Sul), Melbourne (Austrália), Hong Kong, Guangzhou (China), Hong Kong novamente e Auckland (Nova Zelândia). Após a parada catarinense, as embarcações seguirão a Newport (Estados Unidos), Cardiff (País de Gales), Gotemburgo (Suécia) e Haia (Holanda). A chegada à última estação está prevista para 20 de junho do ano que vem.

Em Itajaí, a Vila da Regata ficará aberta ao público de 5 a 22 de abril. A previsão é que os primeiros barcos cheguem ao Litoral catarinense no dia 8, após a parte mais difícil da prova, a passagem pelo Cabo Horn, no Extremo-Sul do planeta, que é considerado o mar mais radical do mundo.

No dia 20 de abril, será realizada a In-Port Race, uma competição que acontece nos locais de parada. No dia 21, os barcos estarão abertos ao público e, no dia 22, será a partida das sete equipes competidoras para o próximo porto. A estimativa é que a passagem da prova pela cidade gere mais de R$ 50 milhões em negócios para Santa Catarina.

O que é a Volvo Ocean Race?

A Volvo Ocean Race é conhecida como a competição mais longa e mais dura no esporte profissional e como um dos três grandes eventos no mundo da vela, ao lado dos Jogos Olímpicos e da America's Cup. Considerada a Fórmula-1 dos Mares, a VOR terá na edição 2017-2018 a distância mais longa de sua história, navegando por quatro oceanos e com paradas em 12 cidades de cinco continentes, num total de 45 mil milhas náuticas.

Não há prêmio em dinheiro para os vencedores, mas ver o seu nome gravado em um dos anéis de prata que compõem o troféu da Volvo Ocean Race é considerada a maior recompensa para os competidores.

Transmissão ao vivo

O início da corrida será transmitido ao vivo em www.volvooceanrace.com e em www.facebook.com/volvooceanrace a partir das 13h30 pelo horário local (9h30, horário de Brasília).

Informações para a imprensa:
Eduardo Correia
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte (SOL)
Fone: (48) 3665-7436 / 99924-7590
E-mail: educorreia.sol@gmail.com
www.sol.sc.gov.br

 

 


Fotos: James Tavares/Secom

As obras emergenciais para minimizar os danos causados pelo avanço da maré na rodovia SC-406, no Sul da Ilha, em Florianópolis, estão dentro do cronograma, de acordo com o Departamento de Infraestrutura de Santa Catarina (Deinfra). Foram investidos R$ 174 mil, e o prazo para conclusão é de até 30 dias.

>>> Mais fotos

“Hoje recebi o relatório de andamento dos trabalhos e acredito que, em menos de 15 dias, será entregue a obra de proteção da rodovia. É bom deixar claro que não é recuperação da praia e, sim, a proteção da rodovia”, explicou o presidente do Deinfra, Wanderley Agostini.

No final do mês de setembro, o trecho da rodovia SC-406, na Praia do Caldeirão, entre o Morro das Pedras e a Armação, foi atingido pela ressaca e corria risco de desabamento. Para minimizar esses efeitos, o Deinfra realizou ações como a contenção da encosta com pedras.

Agostini conta que era uma obra emergencial. “Nós vencemos todas as etapas da burocracia para fazer a dispensa de licitação pela situação de emergência. Com a maré alta, houve o risco do mar chegar até a rodovia, mas não atingiu a pista. Houve somente algumas rachaduras no acostamento. O Deinfra vem acompanhando a situação no local junto com a Polícia Militar Rodoviária desde o primeiro dia”, concluiu.

No começo do mês de outubro, a Celesc fez a transferência de cabeamento da rede elétrica dos postes comprometidos pela ressaca.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Página 1 de 170