Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

VACINAÇÃO | Febre Amarela em Santa Catarina

VACINAÇÃO

Ei você, já se vacinou contra a Febre Amarela? Procure um posto de saúde mais próximo e previna-se! Uma dose, e você estará protegido por toda vida. Assim, tornamos Santa Catarina um estado mais forte!

Aperte o play e confira!

Oportunidades

Próximos eventos

VACINAÇÃO

Ei você, já se vacinou contra a Febre Amarela? Procure um posto de saúde mais próximo e previna-se! Uma dose, e você estará protegido por toda vida. Assim, tornamos Santa Catarina um estado mais forte!

Aperte o play e confira!

 Foto: Flávio Vieira Júnior/Defesa Civil 

Foi realizada nesta quinta-feira, 18, a reunião entre o presidente do Conselho dos Gestores de Proteção e Defesa Civil (Congepdec) e os coordenadores das regiões. O Chefe da Defesa Civil de Santa Catarina, João Batista Cordeiro Júnior, participou do encontro representando os estados do Sul. O estatuto do Conselho, as necessidades dos estados que serão repassadas para a Secretaria Nacional de Defesa Civil e a criação de uma Frente Parlamentar de Defesa Civil fizeram parte da pauta. 

Ficou definido que os coordenadores das regiões brasileiras promoverão encontros regionais para captar as demandas e apoio para a Frente que será criada. "Será redigida uma carta do Congepdec para o Governo Federal com todos os anseios dos estados e sugestões de ações que devem ser fomentadas", comentou João Batista.  

Ainda segundo o chefe da Defesa Civil catarinense, a estruturação das defesas civis estaduais e a organização dos estados como órgãos de apoio da União para a implementação de políticas públicas também foram temas contemplados no encontro. 

"Durante a reunião criamos grupos temáticos para a discussão sobre os sistemas de alertas, a regulamentação da Lei 12.608, que disciplina a proteção e defesa civil no Brasil, e o acompanhamento da implementação das políticas nacionais de segurança em barragens  através da legislação pertinente", completou. 

A próxima reunião do Congepdec será realizada, no dia 20 de agosto, em Santa Catarina.

Informações adicionais para a imprensa
Flávio Vieira Júnior
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Defesa Civil - SDS
Fone: (48) 3664-7009 / 99185-3889 / 99651-5888
E-mail: defesacivilsc@gmail.com
Site: www.defesacivil.sc.gov.br


Soldado Ozair Cruz está ao centro, operando o rádio - Foto: Arquivo / CBMSC

Por volta das 19h40min da última terça-feira, 16, o 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de SC, com sede em Lages, foi acionado pela central de ocorrências (Cobom) do telefone 193, que informou sobre o engasgamento de uma criança de sete dias de vida.

A mãe, desesperada, relatou ao soldado Ozair Hoffmann da Cruz Junior que o filho estava engasgado e não conseguia respirar. Após pedir para que ela se acalmasse, o bombeiro militar passou as instruções necessárias para que a criança voltasse a respirar.

“A senhora deve colocar a criança nos braços, com a barriga para baixo, abrir a boquinha dele e bater nas costas, entre as costas e a nuca, para que ele volte a respirar”, orientou.

Após repetir o procedimento, conforme a orientação do soldado, a mãe informou que a criança voltou a respirar, porém não chorou e continuava com a pele muito vermelha.

Assim, o soldado orientou, mais uma vez, a mãe para que mantivesse a calma, dizendo na sequência: “então coloque a criança encostada com as costas no seu peito, mantenha a boca do bebê aberta”, com isso a mãe avisou que o recém-nascido havia voltado a respirar.

Como esta ocorrência apresentava risco de morte ao recém-nascido, o soldado solicitou o suporte da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) - que opera no mesmo ambiente - enquanto se comunicava com a mãe. Verificadas as informações pela equipe de regulação do SAMU, uma unidade de suporte avançado (USA), que é uma UTI móvel,que conta com médico, enfermeiro e os equipamentos necessários, foi enviada para o atendimento.

Até que a viatura chegasse ao local, o soldado manteve o contato com a família para conter a situação e garantir que a criança estivesse em segurança até a análise da equipe. No local, o médico constatou que o recém-nascido estava com os sinais vitais estáveis, a coloração normalizada e sem risco.

O soldado BM Hoffmann é graduado em enfermagem e especialista em urgência e emergência.

Como agir ao perceber uma criança engasgada

Ao primeiro sinal de engasgamento, a recomendação do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina é que os responsáveis acionem as equipes pelo telefone 193; verifiquem os sinais de pulsação e respiração; além disso, é de extrema importância que se mantenha a calma para passar as informações necessárias aos bombeiros militares – endereço, número do telefone de contato, ponto de referência – e também, com tranquilidade, repassar a alguém próximo as orientações para realizar o que é indicado pelo atendente.

Informações adicionais à imprensa:
Melina Cauduro
Assessoria de Imprensa
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina - CBMSC
48) 3665-8426 / (48) 98843-4427 / (48) 9 9938-9839
imprensa@cbm.sc.gov.br 

 Heron Queiroz/Arquivo/Fesporte

Sexta-feira marca a abertura do segundo maior evento esportivo de Santa Catarina. Cerca de 3.200 atletas de 81 municípios catarinenses estarão em Rio do Sul, de 19 a 27 de julho, para as competições da 32ª edição dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. Serão 15 modalidades em disputa: atletismo, basquete, caratê, ciclismo (contrarrelógio, cross country, bicicross e estrada), futebol, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, taekwondo, tênis, tênis de mesa, voleibol, vôlei de praia e xadrez.

Além dessas modalidades, também compõem a grade a natação e a ginástica artística, que, para atender as exigências regulamentares, já foram realizadas no Complexo Aquático da Unisul, em Palhoça, nos dias 6 e 7 de julho, e no Complexo Esportivo do Sesi, em Blumenau, em 13 e 14 de julho.

Uma das novidades desta edição é o taekwondo, que compõe a grade como modalidade oficial pelo primeiro ano após cumprir o período exigido como apresentação. O tênis feminino não será disputado por não exigir o limite mínimo de oito municípios participantes. 

Vinte e um locais de competição vão compor a estrutura física dos Joguinhos, sendo duas fora de Rio do Sul: o Ginásio Municipal de Lontras e Ginásio Municipal de Esportes Hermínio Girardi, em Laurentino. Ambos os espaços vão acolher as partidas de voleibol.

O cronograma geral do evento, programação e boletins diários podem ser acompanhados diretamente pelo site da Fesporte (www.fesporte.sc.gov.br).

A abertura dos Joguinhos Abertos acontecerá no dia 19, às 20 horas, no Ginásio Municipal Artenir Werner. O evento é uma promoção do Governo do Estado, realizado pela Fesporte, em parceria com o Município de Rio do Sul.

Informações adicionais para imprensa:
Heron Queiroz
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Esporte - Fesporte
Fone: (48) 3665-6126/ 9 9656-3362
E-mail: prado@fesporte.sc.gov.br 
Site: www.fesporte.sc.gov.br

 Foto: Janaina Guliato/ Secom

Condutores infratores que tenham a habilitação suspensa ou cassada serão submetidos à prova teórica de reciclagem nas Ciretrans, a partir de 5 de agosto em todo o estado. Para que a medida entre em vigor, o Detran/SC buscou a parceria do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina S.A. (Ciasc) para desenvolver uma ferramenta no sistema DetranNet que contemple a modalidade Penalidades. A nova funcionalidade foi apresentada durante reunião realizada na tarde desta quarta-feira, 17, em Florianópolis.

O encontro reuniu profissionais do Detran/SC, do Ciasc, delegados regionais e representantes das Ciretrans de diversas regiões de Santa Catarina. Na ocasião, foi feita a apresentação e demonstração do sistema que será disponibilizado para os operadores, além do repasse de orientações gerais quanto aos procedimentos a serem adotados, de acordo com o anexo II, da Resolução 168/2004 do Contran.

Cada Ciretran fará o agendamento da prova de acordo com a demanda. Na Capital, a avaliação deve ocorrer toda quarta-feira. Assim, o condutor que tiver cumprido o período de suspensão ou cassação, deve apresentar o certificado no órgão de trânsito de seu município para fazer o agendamento da prova.

A exigência será aplicada a todos os condutores que realizaram o curso de reciclagem, mesmo que estejam cumprindo o período de suspensão, desde que ainda não tenham entregado seus certificados nos órgãos de trânsito.

Para os condutores de outras unidades da federação, será obrigatória a transferência do prontuário, pois o interessado deve constar na base de dados estadual para que possa realizar a prova e cumprir todas as etapas do processo administrativo.

O gerente-geral das Jaris e Imposição de Penalidades do Detran, Felipe Odara, explica que o objetivo é avaliar o conhecimento dos condutores adquiridos durante o curso de reciclagem. “É algo que vem somar a todas as medidas implantadas pelo Detran para um trânsito mais seguro e consciente”, frisou.

Mais informações para a imprensa:
Janaina Guliato
Comissão Estadual de Leilão
Detran/SC
E-mail: janainaguliato@detran.sc.gov.br

 

Página 1 de 506

Conecte-se