Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Oportunidades

Próximos eventos


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira participou nesta quarta-feira, 18, na Câmara de Vereadores de São Lourenço do Oeste, da solenidade de diplomação do parlamento jovem e executivo mirim. Os estudantes de escolas estaduais e municipais, com idades entre 12 e 15 anos, participaram do processo eleitoral do Programa Parlamento Jovem, que incentiva o exercício da cidadania.

“Esse é o caminho. Vocês são o futuro. Parabéns pela atitude de participar deste projeto tão importante. Busquem informações, conversem sobre tudo aquilo que é importante para a cidade, para o estado e para o Brasil ”, disse o governador.


Foto: Cidasc/Arquivo

O Ministério da Agricultura retira a suspensão da BRF e a empresa pode voltar a exportar carne de frango para União Europeia. O anuncio foi feito pelo próprio ministro Blairo Maggi durante reunião com representantes do Fórum Parlamentar Catarinense, em Brasília, nesta terça-feira, 17. 

A partir de agora, os frigoríficos, que estavam suspensos, estão novamente habilitados a vender carne de frango para o bloco europeu, dependendo ainda de negociações comerciais. Segundo o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies, o retorno das exportações para União Europeia é fundamental para Santa Catarina. “O frango é o nosso principal item da pauta de exportações e a Europa é o mercado que compra produtos de grande valor agregado. O continente representa 15,2% das exportações catarinenses de carne de frango, com um faturamento de US$ 364,9 milhões em 2017”, afirma.

Em Santa Catarina, eram três plantas da BRF impedidas de vender o produto para a União Europeia e que agora serão novamente credenciadas, localizadas nos municípios de Concórdia, Chapecó e Capinzal. As estimativas são de que o estado tenha deixado de exportar mais de três mil toneladas no último mês, um prejuízo que chega a US$ 9 milhões.

Novos mercados

Segundo informações do Ministério da Agricultura, nos próximos dias, a Coreia do Sul anunciará os nomes de cinco frigoríficos catarinenses credenciados a exportar carne suína. Outros três importantes mercados devem ampliar a compra de carnes brasileiras: Indonésia, México e China.

Também na próxima semana, a Indonésia deverá anunciar que comprará carnes do Brasil. O México irá habilitar mais 30 plantas para vender carne de frango e uma delegação da China virá em maio para habilitação de novos frigoríficos de carne suína.

“A exportação de carnes para o continente asiático e o México são uma grande esperança para continuidade do crescimento da produção de proteína animal de Santa Catarina”, ressalta Airton Spies.

Avicultura em SC

Santa Catarina é o segundo maior produtor de aves do Brasil, com 2,1 milhões de toneladas produzidas em 2017. Boa parte deste total é destinada ao mercado externo. Hoje, o estado exporta 46,2% de sua produção, que chega a 120 países ao redor do mundo. Os principais mercados da carne de frango catarinense são: Japão, Países Baixos (Holanda e Bélgica), China, Arábia Saudita e Reino Unido.

A avicultura tem o maior Valor Bruto da Produção Agropecuária catarinense, com um faturamento de R$ 6,2 bilhões em 2017.

Informações adicionais para a imprensa
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca 
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br


Foto: Arquivo / SED

Comer com regularidade, com atenção e em boa companhia são princípios previstos no Guia Alimentar da População Brasileira e que passam a ser reforçados nas escolas de Santa Catarina com o lançamento do concurso “Bons momentos são feitos para dividir”. Até 15 de setembro, as unidades estaduais de ensino podem inscrever projetos que estimulem os alunos a ter um recreio mais agradável junto aos colegas e ainda concorrer a uma TV 39”. A iniciativa é da Secretaria da Educação (SED) em parceria com as empresas Nutriplus e Risotolândia, responsáveis pelo fornecimento das refeições escolares no Estado.

De acordo o diretor de Articulação da SED, Osmar Matiola, esta é mais uma oportunidade de reforçar os benefícios da alimentação saudável. “O desafio está lançado e nós torcemos para que as escolas tragam boas estratégias para que os estudantes possam se alimentar de forma ainda melhor”, enfatiza.

“Além de suprir as necessidades biológicas, a alimentação é uma prática repleta de sentido no âmbito da vida, carregando valores simbólicos e aspectos subjetivos como prazer, lembranças, solidariedade e alegria”, afirma a nutricionista Renata Maluly, da Risotolândia, ao destacar que o objetivo do concurso é também trabalhar esse lado emocional das refeições no ambiente escolar.

Para o gerente de Comunicação da Nutriplus, Antônio Valini, a ideia é provocar reflexão sobre o ato de comer. “Os gestores precisam apresentar projetos que, após executados, tragam realmente mudanças para a vida dos estudantes, principalmente nas escolhas alimentares que se refletem em saúde e qualidade de vida”, destaca.

Sobre o concurso:

  • As inscrições devem ser feitas entre 2 de abril e 15 de setembro, conforme regulamento divulgado nas escolas.
  • Podem participar escolas públicas estaduais de ensino médio e fundamental atendidas pelas empresas que prestam serviço de alimentação escolar ao Governo do Estado.
  • Os projetos deverão ser inéditos, desenvolvidos pela equipe pedagógica com a participação dos alunos exclusivamente para o concurso.
  • A escolha dos ganhadores seguirá a avaliação de critérios como coerência das ações com o tema proposto; clareza originalidade e criatividade.
  • A divulgação das escolas vencedoras e entrega da premiação ocorrerá no segundo semestre de 2018.
  • Como premiação serão entregues TVs 39” a sete escolas, uma para cada lote atendido pelas empresas Nutriplus e Risotolândia; além de 10 troféus para os melhores projetos registrados por Gereds e Unidades de Atendimento no estado.

Informações adicionais à imprensa
Dafnée Canello - Com informações da Agência Comunicaz
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Educação  - SED
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-0347
Site: www.sed.sc.gov.br 


Foto: SSP/SC

O secretário de Estado da Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto Júnior, afirmou que o caminho para o aumento da resolutividade no setor passa, necessariamente, pelo incremento do uso da tecnologia e de inteligência. “Santa Catarina é um dos estados mais adiantados em inovações tecnológicas”, disse. Alceu de Oliveira participou, na noite de terça-feira, 17, em Florianópolis, do I Congresso Catarinense de Direito Processual Penal.

As reduções significativa dos índices de criminalidade nestes primeiros meses do ano, segundo ele, se devem “a análises de cenário muito bem feitas e orientadas e à definição de medidas de curto, médio e longo prazos que estão sendo implementas e estão dando certo”.

De 1º de janeiro até 17 deste mês, a redução do número de homicídios no Estado foi de 16% em relação a igual período do ano passado; a de roubos, 31%, e a de roubos e furtos a instituições financeiras, 50%. Porém, só o emprego de novas tecnologias não será suficiente, acrescentou o secretário. “Não há segurança pública sem presença policial e sem inteligência, pois precisamos identificar os atores do jogo e as regras aplicadas e definirmos os movimentos a serem executados”, explicou.

Alceu de Oliveira também salientou o esforço da pasta em ampliar o número de câmeras de vigilância das cerca de 2,7 mil existentes hoje para cerca de 8 mil e a aquisição de softwares específicos para análises das imagens. “Desde março, estamos com edital publicado para autorização de disponibilização das imagens à SSP. Ele está disponível no Portal de Compras do Governo do Estado”, afirmou. 

Segurança Pública, concluiu, “é um dever do Estado, mas também um direito e responsabilidade de todos”.

Mais informações para a imprensa:
Vitor Hugo Louzado
Assessoria de Comunicação
Secretaria da Segurança Pública
Fone: (48) 3665-8183 / (48) 99118 9821
E-mail: vhlouzado@hotmail.com


Foto: James Tavares / Secom

“A redução do ICMS e outras medidas que o governo tem anunciado estão trazendo otimismo ao empresariado catarinense”, afirmou presidente Federação Catarinense das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), Ivan Roberto Tauffer, em visita ao governador Eduardo Pinho Moreira nesta terça-feira, 17. Durante o encontro, o presidente fez o convite ao governador para participar do 18º Encontro Catarinense de Líderes Lojistas e da posse da Diretoria Executiva da FCDL.

“Várias questões do setor produtivo dependem de medidas do governo e essa área econômica mexe muito com o setor. O fechamento das ADRs (Agências de Desenvolvimento Regional), por exemplo, o empresariado vê com bons olhos”, comentou. O governador Eduardo Pinho Moreira manifestou satisfação com a avaliação positiva feita pelo presidente da FCDL: “Estamos trabalhando sem descanso para que a máquina pública seja cada vez mais eficiente, e é bom saber que há reconhecimento destas ações”, avaliou.

PROTEÇÃO

O presidente afirmou ainda que a redução do ICMS foi entendida como uma proteção para os empresários de Santa Catarina. “Acreditamos que essas medidas venham para somar e estamos de acordo com as ações. Toda mudança que vem da área econômica tem reflexo, se não de imediato, mas logo mais à frente”, assegurou.

De acordo com dados da federação, o varejo teve aumento de 4,4% na Páscoa, considerado reflexo de algumas mudanças. “As notícias são positivas. Estávamos muito em baixa. De inicio os números são relativamente iguais, mas com ascensão por essas medidas”, finalizou.

Mais informações para a imprensa:
Paula Darolt
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Fone: (48) 3665-3009
Site: www.sc.gov.br

Página 1 de 301