Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Santa Catarina é líder na exportação de frango

Santa Catarina é líder na exportação de frango

O agronegócio catarinense é referência internacional em qualidade da produção e no cuidado com a segurança alimentar. Em 2019, mais de 696 mil toneladas foram embarcadas, gerando uma receita que passa de US$ 1,08 bilhão

Oportunidades

Próximos eventos


Acervo do Museu Nacional do Mar, em São Francisco do Sul - Foto: Divulgação / FCC

Alguns dos espaços culturais administrados pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) terão horários especiais de funcionamento nesta quinta-feira, 20, devido ao feriado de Corpus Christi. Já Centro Integrado de Cultura, Museu de Arte de Santa Catarina, Museu da Imagem e do Som, Teatro Álvaro de Carvalho e Teatro Ademir Rosa, todos em Florianópolis, estarão abertos em horário normal durante todo o feriado.

Centro Integrado de Cultura (CIC)

De quinta-feira a domingo (20 a 23/6): abre normalmente, das 10h às 21h.

Endereço: Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis.
Contato: (48) 3664-2555.


Cinema do CIC

Terá sessões de quinta-feira a domingo (20 a 23/6), às 20h.

:: Consulte a programação aqui

Endereço: Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis.
Contato: (48) 3664-2555.


Museu de Arte de Santa Catarina (Masc)

De quinta-feira a domingo (20 a 23/6): abre normalmente, das 10h às 21h.

:: Confira a programação do espaço

Endereço: no Centro Integrado de Cultura (CIC) – Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica – Florianópolis
Contato: (48) 3664-2629

Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC)

De quinta-feira a domingo (20 a 23/6): abre normalmente, das 10h às 21h.

:: Confira a programação do espaço

Endereço: no Centro Integrado de Cultura (CIC) – Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica – Florianópolis
Contato: (48) 3664-2650

Museu Histórico de Santa Catarina - Palácio Cruz e Sousa

Quinta-feira (20/6): horário de feriado, das 10h às 16h.
Sexta-feira (21/6): abre normalmente, das 10h às 18h.
Sábado e domingo (22 e 23/6): abre normalmente, das 10h às 16h.

:: Confira a programação do espaço

Endereço: Praça XV de Novembro, 227 - Centro - Florianópolis.
Contato: (48) 3665-6363


Museu Nacional do Mar - Embarcações Brasileiras

 Quinta-feira (20/6): horário de feriado, das 10h às 18h (última admissão às 17h30)
Sexta-feira (21/6): abre normalmente, das 9h às 18h (última admissão às 17h30).
Sábado e domingo (22 e 23/6): abre normalmente, das 10h às 18h (última admissão às 17h30).

Endereço: Rua Manoel Lourenço de Andrade, 133 - Centro - São Francisco do Sul
Contato: (47) 3481-2155

Casa de Campo do Governador Hercílio Luz

Quinta-feira (20/6): horário especial, das 13h às 17h.
Sexta-feira (21/6): abre normalmente, das 13h às 18h.
Sábado e domingo (22 e 23/6): abre normalmente, das 10h às 17h.

Endereço: Rua Paulo Sell, 428 - Taquaras - Rancho Queimado
Contato: (48) 3275-1453

Biblioteca Pública de Santa Catarina

De quinta-feira a domingo (20 a 23/6): fechada.

Endereço: Rua Tenente Silveira, 343 - Centro - Florianópolis
Contato: (48) 3665-6422

Casa da Alfândega

Quinta-feira (20/6): fechada. 
Sexta-feira (21/6): abre normalmente, das das 9h às 18h30min.
Sábado (22/6): abre normalmente, das 9h às 13h.

Endereço: Rua Conselheiro Mafra, 141 - Centro - Florianópolis
Contato: (48) 3665-6097

Museu Etnográfico Casa dos Açores

Quinta-feira (20/6): fechado.
Sexta-feira, sábado e domingo (21 a 23/6): abre normalmente, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Endereço: BR-101, km 189 - Balneário São Miguel - Biguaçu
Contato: (48) 3665-6195

Teatro Álvaro de Carvalho

Bilheteria: de quinta-feira a domingo (20 a 23/6), abre normalmente, das 13h às 19h.

:: Consulte a programação para o feriado aqui

Endereço: Rua Marechal Guilherme, 26 - Centro - Florianópolis
Contato: (48) 3665-6401.

Teatro Ademir Rosa

Bilheteria: de quinta-feira a domingo (20 a 23/6), abre normalmente, das 13h às 19h.

:: Consulte a programação para o feriado aqui

Endereço: Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Avenida Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis
Contato: (48) 3664-2628

Informações adicionais para imprensa
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefones: (48) 3664-2571 / 3664-2572
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br 
Site: cultura.sc.gov.br 
Facebook: www.facebook.com/FundacaoCatarinensedeCultura 
Twitter: www.twitter.com/fccoficial 

Santa Catarina é líder na exportação de frango

O agronegócio catarinense é referência internacional em qualidade da produção e no cuidado com a segurança alimentar. Em 2019, mais de 696 mil toneladas foram embarcadas, gerando uma receita que passa de US$ 1,08 bilhão

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) realizará a estreia do espetáculo "O Grande Circo Místico" em 26 de junho, às 20h, no Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. O musical tem as participações de três grupos da Udesc (BigBandMadrigal Orquestra Acadêmica), que são ações de extensão do Departamento de Música. 

Realizado por mais de 30 acadêmicos e professores do departamento, o espetáculo é dirigido pelos docentes Cristina Emboaba e João Eduardo Titton. Em anos anteriores, os grupos da universidade já se reuniram para apresentações como "Ode a Zumbi" e "A Era do Rádio". O musical contará também com as participações dos professores  Maurício Zamith (piano) e Luiz Fiaminghi (violino). 

Saga familiar 

"O Grande Circo Místico" reúne canções de Chico Buarque e Edu Lobo do disco de mesmo nome, lançado em 1983 e baseado no poema de Jorge de Lima (1893-1953). O espetáculo se passa no início do século 20 e conta a saga da família austríaca proprietária do Grande Circo Knieps, além da história de amor entre um aristocrata e uma acrobata.

Originalmente composto como música para balé, "O Grande Circo Místico" é referência para a história da canção brasileira e já foi adaptado para várias formações vocais e instrumentais. Conforme o coordenador de Cultura da Udesc, Ivan Tonon, o espetáculo explora a interpretação vocal e a prática de conjunto.

Os arranjos vocais são de José Gustavo Julião de Camargo, e as orquestrações, de Fernando Emboaba, Lucas Galon, José Gustavo Julião de Camargo e Rafael Alexandre Fortaleza. Os cantores solistas são Grasieli Facchini, Johanna Hirschler, André Luiz Nunes e David Toledo, e as intervenções cênicas, de Fernando Bresolin.

Ingressos

Os valores e os alimentos arrecadados serão doados a três entidades assistenciais: Casa da Criança do Morro da Penitenciária, Casa São José e Creche São Francisco de Assis.

O quê: Espetáculo "O Grande Circo Místico".
Quando: 26 de junho, às 20h.
Onde: Teatro Ademir Rosa, CIC, Avenida Governador Irineu Bornhausen, nº 5.600, Bairro Agronômica, Florianópolis.
Quanto: R$ 10,00 a inteira e R$ 5,00 a meia-entrada (é preciso levar um quilo de alimento não perecível no dia do evento).

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-7935/8010  

 Carlos Silva /MAPA

O Governo Federal anunciou nesta terça-feira, 18, a liberação de R$ 225,59 bilhões para o Plano Safra 2019/20, que este ano contemplará pequenos, médios e grandes produtores. Os agricultores brasileiros contarão com R$ 222,74 bilhões em crédito rural (custeio, comercialização, industrialização e investimentos), R$ 1 bilhão para o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) e R$ 1,85 bilhão para apoio à comercialização. Santa Catarina é um dos estados que se destacam na aplicação de recursos do Plano Safra - em 2018 foram 135.632 contratos de financiamento, que trouxeram investimentos de R$ 12,3 bilhões para o agronegócio catarinense.

Em seu discurso, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, destacou que o Plano Safra 2019/20 dará ênfase aos pequenos e médios agricultores. “Toda a agricultura, independentemente de seu porte, desempenha papel fundamental para garantir a nossa segurança alimentar e de nossos 160 parceiros comerciais. Então essa é a primeira vez, depois de muito tempo, que lançamos um único Plano Safra. Fato que merece ser realçado: temos enfim uma só agricultura alimentando com qualidade o Brasil e o mundo”.

Em Santa Catarina, são 498 mil trabalhadores rurais, sendo que 84% são agricultores familiares. Em 2018, os pequenos produtores catarinenses acessaram R$ 3,2 bilhões em recursos do Plano Safra. Este ano, o Governo Federal investirá R$ 31,2 bilhões em custeio, comercialização e investimento para os beneficiários do Programa de Agricultura Familiar (Pronaf) em todo o país. As taxas de juros para agricultores e pescadores são de 3% e 4,6% ao ano para pequenos; de 6% ao ano para os médios e pequenos produtores que não se enquadram no Pronaf; e, de 8%, para os demais.

“O Plano Safra tem grande repercussão em Santa Catarina. Os produtores catarinenses mobilizaram mais de R$ 12 bilhões em recursos no último ano e a expectativa é de que isso se mantenha este ano. Uma agricultura forte passa por investimentos certeiros, em Santa Catarina nós temos um agronegócio pujante, onde os produtores seguem investindo para melhorar seu processo produtivo, agregar valor e garantir uma melhor safra”, ressalta o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Ricardo de Gouvêa.

Novidades


O Plano Safra 2019/20 terá R$ 222,7 bilhões para o crédito rural, sendo R$ 170 bilhões para custeio, comercialização e industrialização e mais de R$ 53 bilhões para investimentos. Além disso, o Governo Federal aumentou os recursos para agricultura de baixo carbono (Plano ABC), programas de inovação tecnológica, irrigação, correção de solo, produção de leite, suínos e aves.

Os recursos para o Seguro Agrícola também foram ampliados. Este ano, o Ministério anunciou R$ 1 bilhão para subvenção ao seguro rural, mais do que o dobro do ano passado. O Seguro da Agricultura Familiar e o Garantia Safra estão mantidos, com recursos assegurados. Em Santa Catarina, os fruticultores, em especial produtores de maçã, são grandes beneficiários dessa linha de apoio.

Pela primeira vez, recursos do Pronaf poderão ser usados para construção e reforma de moradias de pequenos agricultores. Foram destinados R$ 500 milhões para essa finalidade, valor suficiente para construir 10 mil casas, de acordo com o Ministério da Agricultura. As empresas de pescado e produtos da aquicultura, além das associações ou cooperativas de pescadores, contarão com financiamento para comercialização. Foram criados preços de referência para esses produtos.

Santa Catarina
Em 2018, os produtores catarinenses acessaram R$ 12,3 bilhões em recursos do Plano Safra. Ao todo foram 135.632 contratos, somando agricultura familiar, médios e grandes produtores.

Os agricultores familiares, enquadrados no Pronaf, mobilizaram R$ 3,2 bilhões, sendo que R$ 154 milhões foram investidos em agroindustrialização, R$ 1,7 bilhão em custeio e R$ 1,3 bilhão em investimentos. Os municípios com maior número de contratos são Guaraciaba, Palmitos e Concórdia.

A agricultura empresarial (médios e grandes produtores) teve 44.765 contratos de investimentos que passam de R$ 9 bilhões. Os municípios com maior número de contratos são: Canoinhas, Itaiópolis e Mafra.

Os números são disponibilizados pelo Banco Central do Brasil.

Mais detalhes sobre o Plano Safra 2019/20 estão disponíveis no site do Ministério da Agricultura: http://www.agricultura.gov.br/plano-safra/plano-safra

Informações adicionais:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural
imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48)-3664-4417/(48) 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br
www.facebook.com/AgriculturaePescaSC/

  Foto: Sarah Goulart/ SEF

A Secretaria de Estado da Fazenda (SEF/SC) recebeu nesta segunda-feira (17), em Florianópolis, representantes do Paraná e Rio Grande do Sul para discutir os benefícios fiscais dos Estados do Sul. O objetivo do encontro foi a criação do Fórum de Benefícios dos Estados do Sul, com a apresentação dos incentivos concedidos e os respectivos impactos na economia dos três locais. Entre os temas abordados na reunião, a agroindústria, especificamente a indústria leiteira, o processo produtivo básico e produtos de informática e automação.

“Nosso trabalho é de equalização entre os três Estados, com o objetivo de trabalhar em conjunto já que algumas empresas usam a falta de articulação entre as Fazendas para não pagar impostos”, pontuou o secretário da SEF/SC, Paulo Eli.

Durante a abertura, o diretor de Administração Tributária da SEF/SC, Rogério Mello, afirmou que a criação do Fórum é importante para que a concessão dos incentivos seja padronizada. “Alguns empresários de determinados setores procuram o Governo de Santa Catarina informando a necessidade de receber benefício fiscal para continuar com a empresa instalada no Estado, mas da mesma forma fazem com Paraná e Rio Grande do Sul. Então nós iremos trabalhar para levantar os pontos em comum e assim igualar alguns benefícios fiscais”, explicou o diretor.

Além dos auditores fiscais da SEF/SC, Felipe Letsch, Ingon Rodrigues, Ramon Medeiros, Amery Nadir e Francisco Martins, estiveram presentes o inspetor geral de Fiscalização da Fazenda do Paraná (Sefa/PR), Linor Nespolo; a inspetora geral de Tributação da Sefa/PR; Aquilea Moresco, o representante do Conselho Nacional de Política Fazendária (Cotepe/ICMS) pela Sefa/PR, Mailson Costa; e o subsecretário adjunto da Fazenda do Rio Grande do Sul (Sefaz/RS), Eduardo Jaeger.

Informações adicionais para a imprensa
Assessoria de Comunicação da Secretaria da Fazenda
Michelle Nunes
Fone: (48) 3665-2575/ (48) 9929-4998
E-mail: jornalistaminunes@gmail.com
Sarah Goulart
E-mail: sgoulart@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2504/ (48) 98843-8553
Site: www.sef.sc.gov.br
FACEBOOK: facebook.com/fazendasc

Página 1 de 480

Conecte-se