Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Com a Palavra, o Governador - 17 de novembro de 2017

Com a Palavra, o Governador - 17 de novembro de 2017

O governador Raimundo Colombo fala sobre a ressocialização dos presos no estado, os resultados do agronegócio e o projeto piloto da Secretaria da Educação com a implantação do sistema de matrículas online.


Oportunidades

Próximos eventos


Foto: James Tavares/Secom

A semana termina com predomínio de sol em boa parte do Estado, com mais nuvens na Grande Florianópolis e Norte do Estado. A temperatura estará em elevação, chegando a 34°C no Extremo-Oeste, 31°C no Vale do Itajaí e 27°C no Litoral Sul. O vento sopra de sudeste passando a nordeste, fraco a moderado.

Para o sábado a previsão é de sol, com mais nebulosidade entre a tarde e noite. A temperatura deve ficar elevada. Já no domingo uma frente fria que está no Rio Grande do Sul avança para Santa Catarina trazendo instabilidade ao longo do dia em todas as regiões, com risco de temporal localizado. O calor diminui. 

>>> Mais detalhes da previsão para esta sexta

Mais informações para a imprensa:
Central de Meteorologia
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5007 e (48) 3665-5172
E-mail: contatociram@epagri.sc.gov.br
Site: www.ciram.epagri.sc.gov.br
Facebook

 


Foto: Divulgação / Udesc

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) realizará as provas do Vestibular de Verão 2018 neste domingo, 26, em oito municípios catarinenses, para 8.975 candidatos, que disputarão 1.273 vagas de 49 cursos de graduação gratuitos e presenciais. 


Fotos: Leticia Wilons / Dive

O secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, esteve nesta quinta-feira, 23, com prefeitos e profissionais de saúde dos municípios de Itapema, Balneário Camboriú e Joinville para atualização das ações de combate ao mosquito Aedes aegypti. Foi assinado o Termo de Compromisso para qualificar as ações de combate, alertar sobre o aumento expressivo do número de focos e também buscar o envolvimento da comunidade. Participaram também o superintendente de Vigilância em Saúde, Fábio Gaudenzi, e o diretor de Vigilância Epidemiológica, Eduardo Macário.

Segundo Vicente Caropreso é necessário redobrar a atenção para esta causa. “Além das ações realizadas pelos profissionais da área, há a necessidade da população fazer a sua parte. É um trabalho simples e direcionado que intensifica o combate ao mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e do Vírus Zika”, completa o secretário.

Em Itapema, a prefeita Nilza Simas afirma que “agora é o momento de uma divulgação muito forte, com apelo à população para que nos ajude na prevenção do Aedes”. Segundo ela, é necessário fazer contratações para aumentar o número de agentes da dengue para prevenção e monitoramento de focos e visitação nas residências.

O prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, comenta sobre a força tarefa que o município está fazendo. “O que fizemos aqui foi envolver várias secretarias para gestão desse caso, pois o aumento de focos no município é grande e totaliza 15% dos casos registrados no estado. Contamos também com a população, que deve contribuir na fiscalização e prevenção dos focos”, finaliza.

Segundo o superintendente de Vigilância em Saúde da SES, Fábio Gaudenzi, a região do Litoral sofre a pressão da entrada de turistas e de cargas, apresentando grande risco tanto para a inserção do vetor quanto das doenças transmitidas por ele. 

Já o diretor de Vigilância Epidemiológica da SES, Eduardo Macário, afirma que Itapema sempre chamou a atenção pela aglomeração de pessoas e pelo risco de infestação. “Atualmente, a cidade possui 34 mil imóveis em áreas de infestação. O município tem um bom número de imóveis visitados, mas precisa aumentar a produtividade dos agentes de endemias, contratando mais 26 agentes para atender os parâmetros do programa nacional”.

Em Joinville, a maioria dos focos está concentrada no bairro Boa Vista, na zona leste da cidade.  “Vamos agir com rapidez. Temos duas semanas para trabalhar forte nas escolas e realizar mutirões nas regiões com focos”, garantiu o prefeito de Joinville, Udo Döhler. Ele também determinou a vinculação da sala de situação municipal ao gabinete da prefeitura, para maior controle e acompanhamento das ações.

Para cumprir os parâmetros estabelecidos em portaria pelo Programa Nacional de Combate ao Aedes aegypti, é preciso de um agente para cada mil imóveis em um ciclo de visita que ocorre a cada dois meses. Itapema ainda precisa contratar 26 agentes de controle de endemias, já Balneário Camboriú precisa de 40. Em Joinville o número de agentes está de acordo.

Até o dia 11 de novembro deste ano, foram identificados 9.953 focos do mosquito Aedes aegypti em 142 municípios de Santa Catarina, sendo 322 focos em Itapema, 1.579 em Balneário Camboriú e 243 em Joinville.

Informações adicionais para a imprensa:
Letícia Wilson e Patrícia Pozzo
Núcleo de Comunicação
Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive)
Secretaria de Estado da Saúde
Fone: (48) 3664-7406 | 3664-7402
E-mail: divecomunicacao@saude.sc.gov.br
www.dive.sc.gov.br

 

 


Foto: Jaqueline Noceti / Secom

Para promover o desenvolvimento social e econômico em diversas frentes de atuação, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae SC) e a prefeitura de Lages lançaram o programa Cidade Empreendedora. O governador Raimundo Colombo participou do evento nesta quinta-feira, 23, na Associação Empresarial de Lages, que também contou com a apresentação do projeto Serra de Sabores e com a entrega oficial, pelo Sebrae, do documento Lages em Números.

“É um passo importante para o desenvolvimento econômico e para oferecer mais e melhores empregos. O momento da economia é de retomada e nós precisamos preparar o ambiente pra que a gente aproveite da melhor forma esse cenário de crescimento que está se desenhando”, disse o governador.
A atuação integrada do Sebrae e a prefeitura visa a implantação de políticas para melhorar o ambiente de negócios, garantir condições favoráveis para o empreendedorismo e elevar os indicadores de qualidade de vida, assim como fomentar o conhecimento.

Serra de Sabores

Serão trabalhados produtos com a identidade territorial da Serra Catarinense, como o pinhão, a truta, o frescal, o queijo serrano, vinhos de altitude, maçã Fuji, mel de melato de bracatinga e a goiaba serrana. O projeto buscará a ampliação de mercado, a capacitação dos produtores com a dinamização e o fortalecimento da economia regional.

Lages em Números

O documento elaborado pelo Sebrae contém informações que sintetizam as várias bases de dados sobre as estatísticas relacionadas ao grau de desenvolvimento do município. O documento também comparou as informações de Lages com um conjunto de outros municípios, e com o próprio Estado, permitindo referências para as análises de evolução de indicadores e a representatividade do município em diversos contextos. As informações completas do relatório podem ser acessadas no sebrae.sc/lagesemnumeros

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Robson Valverde / SES

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou, nesta quarta-feira, 22, os resultados do Sistema Integrado Catarinense de Telemedicina e Telessaúde (STT), desde sua implantação em 2005, e anunciou novos serviços para agilizar e aprimorar diagnósticos e o acesso do paciente aos exames. O evento foi realizado no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), em Florianópolis.

“Com a Telemedicina foi possível realizar exames de eletrocardiograma e dermatologia à distância de forma rápida e sem fila. Os laudos da radiologia podem ser dados à distância e o arquivamento dos exames é online. Além disso, estão sendo introduzidas a tele-espirometria, que é um exame pulmonar realizado de forma simples e importante para o diagnóstico de doenças, e também a tele-eletroencefalografia que registra e analisa a atividade elétrica cerebral por meio de eletrodos colocados na cabeça do paciente”, comemora o secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso.

A superintendente de Serviços Especializados e Regulação, Karin Geller, disse estar muito feliz em estarem avançando a cada mês no desenvolvimento da Telemedicina. “Utilizamos um sistema da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), no sentido de aliar o serviço que já existe na redução das filas de espera. O paciente é acompanhado pelo médico da família. Na unidade de saúde, ele realiza o exame de telediagnóstico. Há uma comunicação entre o médico da família e o especialista, via teleconsultoria. Quando o paciente vai para o especialista, se necessário, já está com sua avaliação adiantada. Isso é integração com a Atenção Básica”, explica Karin.

Além disso, a Regulação Estadual implantou este ano o sistema Tratamento Fora do Domicílio (TFD) online. “Já aprovamos o TFD online para fora do Estado, que é de responsabilidade da SES. No ano que vem queremos expandir para os TFDs municipais, que é dentro de Santa Catarina”, fala Geller.

Segundo o coordenador geral do STT, professor da UFSC Aldo Von Wangenheim, são 13 anos de trabalho para ter um programa que une baixa, média e alta complexidade. “Muito provavelmente temos um dos poucos programas dessa área com tecnologia altamente avançada. Quando criamos o sistema, entendemos a necessidade de SC atacar a ambulancioterapia e estamos conseguindo. Sistematizamos todo o processo, levando exames importantes para a Atenção Básica, sendo laudado por um especialista à distância e podendo ser tratado no seu município. O paciente pode ter acesso a seu exame pelo celular, via aplicativo STT Meus Exames, graças a essa parceria com a SES”, explica Aldo que ainda finaliza “Se não fosse o apoio da secretaria seria apenas um projeto de pesquisa. Santa Catarina é pioneira na Telemedicina e Telessaúde e podemos nos orgulhar disso”.

Informações adicionais para a imprensa:
Gabriela Ressel
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Saúde
Telefone: (48) 3664-8822
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br/ secretariadeestadodasaude@gmail.com

Página 1 de 199